Car.blog.br

Pesquisar este blog

CAOA Chery anuncia Arrizo 5, Tiggo 4 e 7 nacionais em 2018

Categorias: , 22 Comentários

A montadora de automóveis brasileira CAOA Chery anunciou lançamentos de novos SUVs e sedãs nacionalizados para 2018.

Chery Tiggo 7

A montadora, que lançou recentemente o Tiggo2, dá continuidade à sua ofensiva de renovação com a nacionalização do sedã Arrizo 5, e dos SUS Tiggo 4(chamado de Tiggo5x na China) e Tiggo 7 - todos os modelos chegam às lojas ainda em 2018.


Chery Tiggo 4

O sedã Arrizo 5 será fabricado em Jacareí (SP), enquanto os novos Tiggo 4 e 7 sairão da unidade de Anápolis (GO) - onde a montadora já produz o Hyundai ix35, Tucson e New Tucson.



Em relação aos motores que equiparão tais modelos a CAOA Chery divulgou poucos detalhes, mas já adiantou que o Arrizo 5 terá um motor turbo e transmissão automática CVT, nos modelos top, e motor atmosférico acoplado a uma transmissão manual ou automática CVT nas configurações de acesso.

Chery Arrizo

A chegada dos novos modelos marca o fim da produção do Celer e Celer Sedan - os dois modelos não são mais fabricados.

22 comentários:

  1. A CAOA Chery está indo com os dois pés no peito da concorrência. Tomara que isso se transforme em uma redução nos preços absurdos nos carros vendidos aqui. Custa nada sonhar...kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho q não será bem assim....exemplo: tiggo2.

      Excluir
    2. tiggo 2 é uma piada. Não tá vendendo nada. Literalmente zero. Nada.

      Vamos ver se o AT vai resolver a parada, mas acho que não,.

      Excluir
    3. Carlos Relinchando novamente...igual ao comentário idiota que fez ref. a quantidade de Tiggo vendido pela quantidade de concessionarias no Brasil.. sendo que a Audi tem o dobro e o Q3 vendeu igual..

      e ja que é sabichão..porque não comenta novamente a VW com a Diselgate...até no blog desabilitaram os comentários.

      Excluir
  2. Montadoras chinesas, em especial, Chery, JAC, Great Wall e Geely, estão naquele ponto de viragem em termos de tecnologia, motores, qualidade e design. Este último, goste-se ou não, é uma procura de design tipicamente chinês. A CAOA então, agressiva como é, se fazendo montadora "nacional", merece ser olhada com atenção,. Arrizo 5 turbo deve ser novidade mundial.

    ResponderExcluir
  3. Ual, confesso que não esperava por isso. Apesar da minha marca chinesa favorita ser a JAC, a Chery está um passo a frente com sua fabrica aqui no BR. Concorrência é sempre bom!

    ResponderExcluir
  4. Só serão mesmo respeitados e se tornarão opção depois de passarem em testes de longa duração e de impacto no LatinNcap. Até que isso aconteça carro chinês em geral continuará sendo carro chinês, ou seja, LIXO! Pq a ideia que todo mundo tem de carros chineses em geral é que são construídos com materiais de péssima qualidade, desde o aço até a mais simples peça plástica. Baixa durabilidade, inseguros e super desvalorização. Vai levar décadas até que a chinesada consiga mudar isso e tornar seus carros confiáveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, vc é uma grande conhecedor de mercado. Então não passar no LatiNCap é motivo para não vender?!?! Décadas para mundar o conceito?!?!...sei. Esse conhece... Tem 2 detalhes que vc acho que não leva em consideração:
      1º - CAOA conhece o mercado como poucos, tem uma rede enorme de distribuição, e é nacional, ou vc acha que eles não vão opinar sobre os veículos vendidos por aqui (tanto que em 2 anos a a empresa é só CAOA. Escreva)
      2º O carro não é chinês, apenas por algum tempo os fornecedores serão chineses. Depois tudo vem de onde se compra, e mesmo que venham da china, se a qualidade for AA (como 100% das grandes montadoras globais fazem) ela mata o mercado...
      Amigão, vc é legal, mas precisa ter uma visão mais "smart" do mercado... Fica a dica...

      Excluir
    2. Hmmmmm, interessante então o que dizer da kombi que foi aposentada por ser ridiculamente insegura e que continuava sendo vendida no Brasil ?!? Cara, é sério, tem certos comentaristas de blog que deveriam enviar seus currículos pra essas instituições, já que são os especialistas em segurança e vendas...

      Excluir
    3. Excelente comentário Dinho Júnior

      Excluir
    4. Não precisa ir longe. O Onix teve nota zero e continua sendo o mais vendido do país. O nome da empresa conta mais. Se a Caoa tirasse o "chery" do nome já estaria vendendo mt bem.

      Excluir
    5. Meu Chery Celer sedã ACT 16/16, adquirido em agosto/2016, chegou aos 33.000Km e nada a reclamar do carro. Sem problemas, apenas manutenção normal. Carro excelente, mecânica robusta e design bonito. Ótimo custo X benefício. Em suma: O carro é ótimo e não me arrependo da compra. Pretendo trocar pelo Arrizo 5. Já tive Ford, Volks, GM e FIAT. E sinceramente, essas marcas cobram muito pelo pouco que oferecem.
      Antes de comprar o Celer, fui ver carros dessas outras montadoras. Mas pelo preço do Celer, eu comprava apenas 1.0 e pelados. Pesquisei sobre o carro e a marca, além de conversar com proprietários de carros da Chery. E para minha surpresa,não encontrei nenhuma pessoa insatisfeita com seus veículos. Mas a decisão final, se deu depois de um Test-drive, que me surpreendeu. Um motor forte de boas retomadas
      Prova da boa construção do motor, foi a revisão feita nos 30.000Km, onde constatei a inexistência de vazamento de óleo tanto do motor, quanto da caixa de marchas. Diferente de um Gol que tivemos que com essa quilometragem já tinha vazamento de óleo do motor.
      Surpreso com o carro é desejando que a Chery se firme no mercado e ofereça carros cada vez mais robustos e confiáveis.

      Excluir
    6. Meu celer 15/15 ta com 105 mil e ta zerado... nenhum vazamento nem nada... um puta carro

      Excluir
    7. Fiat e Chevrolixo pior que Chery

      Excluir
  5. Esses nomes não são muito legais para o mercado brasileiro. Tiggo2, Tiggo7... Nomes individualizados fazem mais sentido na tradição do nosso mercado.

    ResponderExcluir
  6. Carro chinês é um lixo. Péssima qualidade, peças ruins, manutenção problemática, acabamento ruim. Só tem beleza por fora. Depois as pessoas reclamam de citroen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você dos chinas de 2011.
      Comprei um Jac 3 para minha em 2012 e um ano depois já apresentava pequenos defeitos; chegamos aos três anos com 25.000 Km rodados e batendo muita coisa. Realmente o carro era ruim.
      Estou há um ano e um mês com um Jac T5 CVT com 33.000 Km rodados e a história é outra; completamente diferente, não bate nada e o carro é muito melhor do que muitos figurões por ai. como sempre digo, quem vive de passado é museu.

      Excluir
  7. Carro chinês é um lixo. Péssima qualidade, peças ruins, manutenção problemática, acabamento ruim. Só tem beleza por fora. Depois as pessoas reclamam de citroen

    ResponderExcluir
  8. Chinês lacrando arrizo 5 vai ser um seda toppp

    ResponderExcluir
  9. Resumo da obra
    Enquanto o Chevrolet Cruze continuar um bom produto, mas inferior ao Corolla; enquanto a Ford continuar errando com o Focus Sedan (Fastback ou qualquer que seja o nome); enquanto o Citroën C4 Lounge continuar tímido; enquanto a Hyundai insistir em vender o Elantra de maneira equivocada; enquanto o Jetta não receber algum tipo de protagonismo pela Volkswagen; e, especialmente, enquanto Honda Civic (por capacidade produtiva) e Nissan Sentra (por importação) forem limitados no Brasil, o sedã médio da Toyota continuará intocável na liderança.

    Mas isso por absoluta qualidade e merecimento.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.