Car.blog.br

Pesquisar este blog

Uber desiste de fazer testes com carros autônomos

Categorias: , , , , 13 Comentários

Após o acidente que provocou a morte de uma mulher no Arizona por um carro autônomo, a empresa Uber não irá renovar sua licença nos EUA para realizar testes com os veículos autônomos. Elaine Herzberg, de 49 anos, caminhava durante a noite fora de uma passagem de pedestres quando foi atropelada por um Volvo XC90 do Uber que estava em modo autônomo.


Esta decisão foi divulgada pela empresa logo após o governador do Arizona, Doug Ducey, não permitir mais veículos autônomos neste estado. Foi a primeira morte registrada por um veículo sem motorista.




A Uber decidiu suspender todas as suas operações com veículos autônomos, inclusive na California. A licença valida para os testes com veículos autônomos na California expira neste dia 31 de março.

Uber desiste de fazer testes com carros autônomos

“A polícia de Tempe divulgou o vídeo prévio ao incidente. O vídeo me pareceu perturbador e incômodo e coloca muitas perguntas sobre a possibilidade de o Uber continuar operando no Arizona”, afirmou Doug Ducey.

13 comentários:

  1. Fatalidade a parte, acho essa proibição e decisão um regresso a evolução da tecnologia autônoma...

    Temos que olhar os dois lados, pois por exemplo poderia ser nossa mãe morta por um carro autônomo.

    Mas que é uma pena é...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Torno a descrever: Se não desenvolverem sobre arquitetura de A.I. todos esses sistemas que operam com sistemas ordinários estarão fadados a inúmeras falhas ...

      Excluir
  2. Se é pelas mortes, então o governador do Arizona deveria proibir veículos não autônomos tb, afinal eles matam aos montes.

    ResponderExcluir
  3. A mulher que morreu foi muito imprudente, mas o carro da Volvo falhou, sem dúvida os sensores e radares deveriam terem "visto" ela...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os sensores do Volvo estavam desligados... o que falhou eram os sistemas que a Uber tinha adaptado.

      Excluir
    2. A Quando a Uber mudou do Fusion para o Volvo o números dos radares a Laser foram reduzidos de 9 para apenas 1. A área de pontos cegos foi ampliada.
      Pelo menos foi oque li numa reportagem com especialistas em condução autonoma.

      Excluir
  4. Pelo vídeo da pra ter uma ideia de que mesmo um motorista humano dificilmente teria visto a pessoa, já que ela atravessou a rua num lugar extremamente escuro. Mas também é estranho os sensores terem falhado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Volvo informou que os sistemas do XC90 foram desligados, pra que pudessem adaptar os da Uber.

      Excluir
  5. Queimou o filme da Volvo. Mesmo a montadora alegando que seus sistemas de segurança foram desligados, foi um XC90 que matou a dona! Lamentável.

    ResponderExcluir
  6. Culpa do Uber
    Desligou os sistemas da XC90. Queimou o filme da Volvo. A marca... reconhecida pela segurança,caso tivesses seus mais de 19 sensores ligado... conseguiria evitar isso. Pilot Assist+City Safety 2 e BLIS, junto aos radares no simbolo da Volvo e no retrovisor interno...ajudariam a freiar o carro antes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correta a tua observação. Se nao queimou a Volvo arranhou muito a imagem da empresa. Dificil entender mesmo com licenças estaduais como foi permitido que um empresa de taxis qualquer desligue os sensores de projeto dum carro. A Volvo certamente está envolvida neste incidente.

      Excluir
  7. Carros autônomos nunca vai ser seguros, quando estiverem rodando vão entrar os Hakes no sistema dos carros causando vários acidentes

    ResponderExcluir
  8. Histeria social do inferno. Não é a minha intenção pouco caso da morte de alguém, mas ontem no Brasil morreram umas 45 pessoas atropeladas e nem por isso a GM parou de fazer Onix e nem a Skol parou de vender cerveja. Se não existisse essas merda de rede social nóis tava em marte com carro voador que faz milkshake. MAS NÃÃÃOOO.. tem sempre uns desocupado da porra pra fazer mimimi e uns outros desocupados da porra pra prestar atenção no mimimi, até que em dois mil e trinta e dez a humanidade vai acabar porque um ser humano chamou o outro de bobo e metade do mundo entrou em depressão e a outra metade ficou fazendo textão no facebook até morrer de fome.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.