Car.blog.br

Pesquisar este blog

BMW M4 Conversível comemora 30 anos com série Jahre

Categorias: , , , 11 Comentários

A BMW incluiu, há 30 anos, o primeiro modelo esportivo conversível da linha M em sua lista de modelos, o: M3 Cabrio. O esportivo permitia que o motorista pudesse desfrutar do ar livre, enquanto dirige o esportivo.

BMW M4 Conversível: edição limitada à 300 unidades

Após cinco gerações, o atual sucessor BMW M4 Conversível (lançado em 2004, que marca a substituição da antiga sigla M3 Conversível) acaba de ganhar a série especial BMW M4 Conversível 30 anos, limitada a 300 unidades, que celebra essa história iniciada em 1988.

BMW M4 Conversível: edição limitada à 300 unidades

Equipado com o pacote esportivo M Competition, o esportivo de quatro lugares traz motor seis cilindros M TwinPower Turbo, com 450 cavalos de potência, sistema de exaustão M Performance, suspensão adaptativa M com modo Sport, controle de estabilidade DSC com diferencial Active M e transmissão de dupla embreagem de sete velocidades.

BMW M4 Conversível: edição limitada à 300 unidades

O design do modelo traz detalhes que remetem à série especial e conferem um toque de exclusividade ao esportivo, como a inscrição "30 Jahre Edition" ("Edição 30 anos", em alemão) impressa nas soleiras das portas e no encosto de cabeça, além do respectivo número da série de 0 a 300.

BMW M4 Conversível: edição limitada à 300 unidades

O esportivo está disponível em duas cores: azul "Macao" metálico, que remete ao primeiro modelo de três décadas atrás, e o "Mandarin II uni", que deriva do amarelo Dakar disponível na segunda geração do M3 conversível.

BMW M4 Conversível: edição limitada à 300 unidades

A cabine revestida em couro dialoga com a carroceria — na carroceria azul, há as opções de revestimento azul e preto ou prata e preto; já na carroceria amarela o interior traz interior preto e costuras em amarelo. As rodas de 20 polegadas, por sua vez, trazem pintura escurecida e desenho exclusivo.

11 comentários:

  1. Chega para ser currado pelo Audi RS5 Cabrio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara chato do caramba! Se a matéria for sobre foguete, ainda assim o sujeito vai arrumar um jeito de falar da VW, da Audi, da condução autônoma, do painel digital. Haja paciência!

      Excluir
    2. Mas é muita vontade de se ter BMW...vem comentar de Audi em post de BMW, talvez comentando tanto assim, vc passe a acreditar nessas mentiras...

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Não existe mais RS 5 cabrio, apenas coupé.

      Excluir
    5. Em dirigibilidade e dinâmica essa M4 da um espanco nessa sua RS5 cabrio. Cala a boca um pouco Carlos4carro pq vc não sabe nada de carros. Quem realmente entende de carros não compra só pelos números.

      Excluir
    6. Esses Carlos só falam merda, Audi não sei o que lá, M4 dá espanco blablablá... nunca dirigiram nem um nem outro, puta que pariu

      Excluir
    7. antonio e precisa dirigir um carro pra saber se ela é bom ou não, pra isso existe a imprensa especialista, e unanimidade diz que em dirigibilidade dinâmica os BMW são imbatíveis. Quer dar lição de moral, faça isso na tua casa.

      Excluir
  2. Infelizmente esse tipo de carro não pode ser usado com a nossa atual segurança.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.