Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Jetta 2019 chega ao Brasil este ano importado do México

Categorias: , , , , 110 Comentários

A Volkswagen do Brasil fará o lançamento da nova geração do Jetta ainda neste ano de 2018 - no segundo semestre. O modelo chegará ao Brasil importado do México, e será uma das estrelas da marca no Salão de São Paulo.

Novo VW Jetta 2019

O novo Jetta foi apresentado no meio de janeiro no Salão de Detroit, e agora veio baseado na plataforma MQB - a mesma do Golf.

Novo VW Jetta 2019

Nesta nova geração o Jetta ficou maior, mais largo e com mais espaço interno - mantendo o volume do porta-malas inalterado.

Novo VW Jetta 2019

Por enquanto foi divulgado apenas as especificações do modelo com motor 1.4 TSI (o mesmo do Jetta Comfortline atual), tendo como novidade a nova transmissão automática TipTronic de 8 marchas, e a substituição da suspensão traseira por um esquema interdependente por eixo de torção - mais robusto, macio, de manutenção mais barata e mais adequado ao uso nos pisos da América Latina.



O interior tem uma grande evolução, com um layout horizontalizado, e que, pela primeira vez Jetta, passa a oferecer como opcional o painel digital Active Info Displauy de segunda geração.

Novo VW Jetta 2019

O visual está bem diferente, maior, mais imponente, inspirado no modelo topo de gama da marca na Europa, o Arteon.

Novo VW Jetta 2019

O Jetta ficou maior - o que deve permitir uma "subida de nível", posicionando-o para disputar com sedãs de maiores dimensões como o Fusion.

Novo VW Jetta 2019

Apesar de maior, os preços foram reduzidos marginalmente nos EUA. Torcida para que essa política seja mantida no Brasil.

110 comentários:

  1. Agora sim teremos o Golf sedã atualizado no Brasil!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sedã do golf se aplica mais ao VW NMC, esse Jetta tá mais para filho único ou irmão maior do virtus.

      Excluir
  2. Ficou lindo este Jetta.

    Espero que venha com valores razoáveis para fazer sucesso por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gostei. Muito feio essa nova identidade da marca. Uma canoa, uma barca. Jetta era esportivo agora é tiozão.Muito grande, esse lugar é do Passat. Só restando o A3 sedan top esportivo e bonito no mercado.

      Excluir
    2. A grade da frente ficou muito grande e desproporcional ao carro como um todo.
      Gostei do interior.

      Excluir
    3. nossaaaa!! olhando a primeira foto(de frente) se observa que não é bonito mesmo!!! não gostei tambem daquela dianteira! design que tenede a logo ficar ultrapassado. vixiiiiiiiiiiiii!!!!!! kkkkk

      Excluir
    4. Ficou uma barca mesmo, um Virtusão. Essa grade tb ficou exagerada e sem graça. O Camry domina nessa categoria.

      Excluir
    5. O Jetta highline 2.0 TSI DSG atual, não é declarado, mas dinamicamente é sim um esportivo. Tanto que ele desbanca fácil o Civic SI.

      Excluir
    6. Civic Si atual, não.
      Civic Si atual dá uma banho de dinâmica e dirigibilidade no Jetta, mesmo nesta nova geração MQB, conforme relato de todos os repórteres americanos...

      Excluir
    7. Charles Kuramoto, você tem essa matéria? Pois esse novo Jetta, só foi disponibilizado para o mercado norte americano e com motor 1.4tsi.

      Excluir
    8. Dê uma olhada nesta matéria:

      https://www.cars.com/articles/theres-a-new-2019-volkswagen-jetta-coming-and-we-drove-it-1420698302981/

      Em determinado momento descreve: "The 2019's body roll is in check, and the steering has a good feel, but it doesn't quite live up to the VW Golf. An engineer said the Jetta is tuned for more comfort than the hatches and relies on the driving modes to tailor its performance to different preferences"

      As avaliações do Civic Si G10 levou os repórteres a descrever que a capacidade dinâmica do Civic é maior que a do Golf GTI.
      Tanto é que a C&D confirmou este quesito no Lightining Lap, quando o Civic Si igualou o tempo do Golf GTI.
      Detalhe: precisou ser o Golf GTI MT-6, porque o DSG-6 não é um câmbio para pistas ...

      Excluir
  3. Vem para brigar com o Civic Touring, no preço...

    ResponderExcluir
  4. Vem pra ficar de enfeite,pq vão preferir levar o Virtus na versão TOP , do que levar ele nessa versão anabolizada e bem mais cara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. Ele vem para atacar as versões superiores do Corolla e Civic e ainda o Vision.

      Excluir
    2. Nada a ver... eu compro o Jetta, mas não sou cliente do Virtus. Esse sim é um concorrente pro Corolla.

      Excluir
    3. Negativo, Igor.
      Quem busca um sedã médio continuará com sedã médios.

      Virtus é um sedã compacto que traz dimensões próximas ao do Corolla, Civic, mas compradores desse segmento não abandonarão o patamar de superioridade em detrimento de um inferior ...

      Excluir
    4. Tem muita gente com dificuldade financeira que não tem condições de comprar algo melhor e vai acabar comprando o Virtus.

      Excluir
    5. Amigo, quem está com dificuldades financeira nem pensaria no Virtus.
      Não é um modelo nada barato.
      Pensaria num usado ou num sedã compacto de valor muito menor.

      O Virtus chega numa faixa de valor mais restritivo, com compradores que enxergam nesses modelos as perspectivas desejadas para um veículo que possa atender o dia-a-dia e o lazer da família aos finais de semana.
      Não tem absolutamente nada com dificuldades financeiras...

      Excluir
    6. Aí que vc se engana. Virtus TSI tem desempenho, espaço interno e segurança praticamente igual ao do Corolla Xei 2.0 de 105 mil, só que bebe menos, é mais tecnológico, tem porta-malas maior, custando 25 mil a menos. Virtus vai roubar SIM muitos potenciais clientes do Corolla, principalmente do Gli que é bem inferior ao Virtus.

      Excluir
    7. Ter desempenho, espaço interno e segurança similares ao Corolla não quer dizer que o mercado o enxerga como concorrente desse.
      Virtus com certeza roubará vendas das versões de acesso do Corolla, mas nada que o incomode.

      Quem busca Corolla não enxerga num Virtus o contexto de qualificação necessário para torná-lo competitivo...

      Excluir
    8. Gustavo Melo, oque o Charles Kuramoto quer dizer, é que os clientes do Corolla, estão atrás de algum status, não de um automóvel. Assim como os comprado dos pseudo SUV's.

      Excluir
    9. Ótima análise. SQN. Virtus disputará mercado com Civic e Corolla de entrada. A plataforma foi maravilhosamente aproveitada: dá a possibilidade de potencializar o tamanho dos carros aproveitando os espaços. Gourmetizar seria se a VW mantivesse plataformas antigas, dimensões internas e externas semelhantes e colocasse um painel colorido e alguns botões no painel e dissesse que era uma categoria superior. Não fez nada disso, trouxe é modernidade em uma plataforma modular que possibilita fazer carros extremamente seguros. A questão é que ( e falo especificamente do Brasil, pois a Ford tem ótimos motores também que não são trazidos para cá) a VW tem, em geral, os melhores motores e a melhor plataforma para produção de carros em massa no Brasil. Isso possibilitou ela praticamente subir cada carro de categoria e mantendo os custos e os preços mais baixos. É incrível. Lembro da Hyundai falando que o motor turbo que eles trouxeram não competia com o do UP! pois eles precisariam de pelo menos 3 anos para chegar no mesmo nível e o custo seria muito alto.
      A verdade é a seguinte: a VW fez um investimento e agora está colhendo os frutos desse investimento. E até 2020 seremos agraciados com carros incríveis. Aquela distância entre o que se criava na Europa e no Brasil irá diminuir drasticamente. O próximo passo serão os elétricos e eles já planejam traze-los.

      Excluir
    10. Menos, Lou.
      Muito menos, por favor.

      A plataforma MQB tem seus adjetivos, mas não é melhor que o Honda ACE, base do atual Civic.
      ACE é uma plataforma mais equilibrada, melhor otimizada, e mais rígida que a MQB.
      Nos resultado do IIHS ficou bastante evidente a rigidez e segurança.
      O Lightining Lap da CarandDriver US mostrou o acerto dinâmico do Civic melhor que do Golf.
      Por fim, os dados do Jetta GVII mostram um carro mais leve que o Jetta GVI, mas ligeiramente mais pesado que Civic X.

      Agora, quanto ao motor turbo da Hyundai não tem nada haver o que descreveu.
      Simplesmente, a Hyundai BR não fez a lição de casa e se limitou um 1.0T medíocre, quando poderia ter trazido o 1.0T (GDi; variador de fase e tempo de abertura na admissão e escape).
      Esse 1.0T GDi está pronto e equipa o i20, além de outros modelos e tem sido muito elogiado...

      Excluir
    11. Ok a plataforma ACE da Honda é tudo isso que diz e dela saem: Civic, Accord e CR-V. Na MQB são produzidos N veículos inclusive Audi, denotando ótima qualidade e multifuncionalidade.

      Acerto dinâmico do Civic X melhor que do Golf, comparando hatches obviamente, mas aí entram os poderosos motores TSI e câmbio DSG, resolvendo a disputa no mundo REAL.

      Especulam um Jetta 2.0 TSI 230 cv 35 kgfm de torque, sendo "ligeiramente" mais pesado que o Civic X ou Si, imagine o desempenho do bólido comparado ao Honda.

      Excluir
    12. Também me recordo dessa declaração da Hyundai na QR jogando a toalha na produção dos motores 1.0 Turbo, reconhecendo a superioridade da Volkswagen bem à frente, hoje no Brasil em know how nada de braçada, com custos mais acessíveis e pagando menos impostos.

      Excluir
    13. Substitua a palavra multifuncionalidade por versatilidade. Fica melhor empregado.
      Sim, a MQB permite abranger uma gama de modelos das marcas da VW.
      Mas é exatamente essa abrangência que restringe a plataforma a alcançar a excelência em quesitos específicos.
      Soa como aquela alusão ao pato: anda, voa e nada, mas apenas na ordinariedade.

      Agora, queria entender onde entra os motores TSI quando estamos na discussão específica de plataformas???
      Não precisaria esperar pelo novo Jetta GLi, que levará a mecânica do Golf GTI, para mostrar números destacados de desempenho.
      Na atual geração, o Jetta GLi, ou Highline, já concretiza esses atributos.

      Todavia, a Honda mostrou que a esportividade de um carro vai muito além de um motor e câmbio.
      O Civic Si com um simples 1.5T de 204 HP foi capaz de igualar os números do poderoso Golf GTI nas pistas, conforme postei logo acima.
      Logicamente, que no uso diário o Civic Si ficaria no retrovisor do Golf GTI, mas nas pistas, quando são colocados à prova a dinâmica (direção x suspensão x plataforma x frenagem x mecânica) ficou evidente que o hondinha aí é, mesmo com motor menos potente, tem maior refinamento na estrutura mais equilibrada, acerto da suspensão e dirigibilidade, para compensar aspectos de potência.

      Em adição, a MQB sempre foi uma plataforma deficiente quando o assunto é equilíbrio.
      Em todos os modelos, seja VW, Audi, Seat, no Teste do Alce não passa muito além de 77 km/h.
      Nem mesmo o Golf GTI Clubsport conseguiu se aproximar de 80 km/h, um modelo que foi desenvolvido para pistas...

      Excluir
    14. Nossa. Você está usando um teste aleatório, com uma margem de erro absurda, em uma única pista para provar seu ponto sobre a dinâmica do carro? Moose test, apesar de ter uma margem de erro, ainda vá lá. E o Civic eu sei que se saiu muito bem nesse teste. Ponto. Agora, calma, a plataforma MQB é igual pato? É a plataforma que mais acumula prêmios nessa década em todo o mundo. Só isso.
      É exatamente o contrário do que você disse. A VW consegue excelência com uma grande gama variedade de produtos ( por isso ganham como carro do ano, ganham 5 estrelas no crash test etc.). Sabe a parte mais incrível? Já são 5 anos e só do do ano passado para agora que os concorrentes estão chegando no mesmo nível estrutural.( levando consideração os custos, obviamente). Motores a mesma coisa. Só em 2016 que os concorrentes conseguiram chegar na VW. Fazer alguns carros excepcionais é difícil. Agora, fazer VÁRIOS carros excepcionais é o que só a VW faz.

      Excluir
    15. Moose Test seria apenas para apontar que o equilíbrio estrutural da MQB não é lá nenhuma referência.
      E o que tem haver os diversos prêmios automotivos quando o assunto é especificamente estrutura modular???
      Não descrevi nenhum demérito ao MQB, apenas descrevi que os aspectos de excelência em determinados quesitos não são atendidos.
      De fato, ao relembrar o Golf GTI Clubsport S, que necessitou alteração na suspensão em relação ao Clubsport, além de receber pneus especiais para compensar a rolagem da traseira.

      No mais, VW faz ótimos carros, sem dúvidas.
      Mas nas Américas precisa remar um pouco mais, porque aqui a banda toca um tanto diferente. Além disso, VW BR, por exemplo, ainda é muito desleixada ...

      Excluir
  5. Será que o Gol vai vim com essa frente horrível?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os haters são todos analfabetos. REPAREM QUE eles cometem atrocidades com a Língua Portuguesa mesmo ao tentar escrever uma frase.

      Hater=analfabeto.

      Excluir
  6. Esse Jetta ficou lindo demais...nessa a Vw acertou em cheio

    ResponderExcluir
  7. Se vier com preço para competir com Corolla aí sim o Toyota corre seríssimo risco de perder a liderança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema, é que o público do Corolla compra o "nome", não um carro. A maioria comprou o Corolla, pois disseram pra ele que não quebra. Mas eles mesmos ( proprietários ), nunca leram a ficha técnica, ou algum comparativo.

      Excluir
    2. Nunca vai tirar o Corolla, mesmo se viesse com um preço mais em conta.
      Motivo: Corolla tem baixa desvalorização, peças de mais fácil acesso e preços baixíssimos, manutenção e seguro baixos, carro que tem um bom histórico em mecânica robusta. Ou seja, nenhum sedãn médio do Pais hoje, disponibiliza tudo o que o corolla tem, quem tem sabe muito bem o porque tem, quem compra realmente não olha comparativo, pois isso é ridículo. Corolla hoje manda no mercado e pronto!

      Excluir
  8. Acredito que o modelo 2017/2018 vá ficar mais em conta com o lançamento do novo Jetta, estou pensando em adquirir um 17/18 zero km,.mas com o lançamento do Virtus me deixou com muita dúvida!!!

    ResponderExcluir
  9. Ford importa excelentes carros do México comparado aos fabricados aqui. A importação do Jetta de lá, é certeza de qualidade, tomara que nunca resolva fabricar por aqui!

    ResponderExcluir
  10. Uma verdadeira banheira.
    Quem compra fusion, Passat, accord... Não compra jetta pois é carrinho pra essa faixa de renda, quem compra a seleção q citei quer ostentar poder de compra.

    ResponderExcluir
  11. subida de nivel kkkk, seiiiiiiii. Up reestilizado vai "subir" de nivel e competir com Serie 1, Classe A e volvo V40

    ResponderExcluir
  12. Interior bonito apesar de meio empiriquitado como diz o Carlos, exterior muito comum, sem novidade.

    ResponderExcluir
  13. Com virtus Volkswagen encosta no líder,chegando Jetta e t Cross volta a liderança

    ResponderExcluir
  14. 60 cv a menos e 8 kilos de torque a menos tbm. Prefiro o antigo.

    ResponderExcluir
  15. Acho que a VW vai dar com os burros n'água.

    Está trazendo produtos excelentes e os posicionando de maneira equivocada no mercado.

    Com o Polo ela acertou, mas errou a mão no Virtus e aparentemente vai errar no Jetta.

    As categorias "hatch médio" ou "sedan médio" não se definem simplesmente por tamanho, mas por nível de acabamento, equipamentos, conjunto mecânico e, não há como negar, imagem (leia-se status).

    O foco do Virtus tem que ser City e Cronos. O carro está longe de ser ruim, mas também está longe de ser sedan médio.

    E o foco do Jetta tem que ser Corolla, Cruze e Civic. Fusion, Accord e Camry são concorrentes para o Passat.

    Tentar subir esse modelos de patamar é, na minha opinião, uma estratégia equivocada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Acho que a VW vai dar com os burros n'água.
      Está trazendo produtos excelentes e os posicionando de maneira equivocada no mercado".

      Não é a VW que está fazendo isso, é apenas este blog.

      Excluir
    2. Estão repetindo o mesmo erro cometido com o golf. Transformou o melhor hatch médio da categoria em mico de mercado ao tentar concorrer em segmento superior.

      Excluir
    3. Mas os Unicos que traçam Essa estrategia é o carlota e esse site!

      Excluir
    4. O comentário do Itallo é perfeito! A 2ª maior montadora do mundo não saberia posicionar seus produtos? Não! Essa história de levar os veículos da VW para o andar de cima é uma febre aqui do blog... logo passa...

      Excluir
    5. só espero que nao inventem realmente isso, pq como todos falaram, quem fica comparando virtus com corola é este site, pq tem que ser exatamente isso que vc citou, eu ja tive jetta e estou com golf, ja fizeram besteira com golf matando um baita carro, se inventarem isso jogando o jetta com preço nas alturas posicionando com segmente de sedans grandes, vou ter que pular fora da marca, pq eu jamais pegaria um virtus hj, eu quero pegar esse jetta mas desde que posicionem ele na mesma faixa atual de preço e categoria, se a vw for querer colocar esse virtus no lugar do jetta vai perder sim clientes pq hj quem compra esse tipo de carro nao é bobo

      Excluir
  16. Percebo que esse Virtus.ops,jetta está um pouco maior.quando ele virá ao Brasil..

    ResponderExcluir
  17. A versão top de linha deve beirar R$ 125, 130 mil

    Só que sem motor 2.0 TSI

    ResponderExcluir
  18. Gostei bastante do Jetta.
    90% de chance de eu trocar meu Cruze turbo por ele esse ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Onde mora? Pago 80k no seu Cruze se não bateu

      Excluir
    2. Angra dos Reis.
      Nunca foi batido.
      21 mil km rodados.

      Excluir
    3. Bah, muito longe, não compensa buscar.
      Sou do Rio Grande do Sul

      Excluir
    4. Tu aceita 80 k num LTZ 2????

      Excluir
    5. A Quatro Rodas recebeu ofertas em torno de R$ 70k no LTZ II do Longa Duração.
      Uma oferta de R$ 77k, numa loja multimarcas.
      (tabela 90k)

      Excluir
  19. Respostas
    1. Não foi confirmado a versão com enfeites esportivos ainda

      Excluir
  20. O Golf é a versão hatch do Jetta? Caso não seja, bem que poderia existir um versão hatch dele.

    ResponderExcluir
  21. Carlos4Carros, qual destes você escolheria?

    VW Fox Connect 1.6 por R$ 50.090,00 ou Polo 1.0 por R$ 53.040?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fox e o pior carro da Volks no momento. Uma pequena gambiarra teuto-tupiniquim. Não tem refinamento de projeto. Não tem comparacao com o Polo que e um projeto alemão. POLO SEM PENSAR NEM 0.1 S.

      Excluir
    2. E outra. As concessionárias já tem desconto para o Polo. Nesses 53k se negociar bem acho que leva o 1.6.

      Excluir
    3. Carlos, você considera o Fox pior que o Gol???

      Excluir
    4. Polo sem a menor dúvida. É tudo melhor. Só o fato de ser um carro mundial já basta. Fora motor turbo, projeto atual, painel e tudo mais

      Excluir
    5. Carlos4carro é o famoso "testei olhando videos no youtube" kkkkkkk
      É obvio que por possuir uma plataforma melhor, ser mais largo e possuir entre eixos maior, o Polo se torna um carro superior em dirigibilidade, porém, apesar de ser um projeto antigo, o Fox não é tão ruim, apesar de ser altinho faço curvas com velocidade relativamente altas com total segurança, o carro é extremamente estável e confortável, pelo mesmo preço oferece acabamento superior, mais itens de conforto como direção com regulagem de altura e profundidade, espelhos retrovisores elétricos, faróis de milha, multimídia de série, etc. A conclusão final é que se o uso da pessoa for mais urbano, considero o Fox (principalmente a versão extreme) por possuir uma posição mais elevada de direção e ser vai alto que o Polo em relação ao assoalho no solo um ótimo negócio, pois vai trafegar melhor nas valetas das cidades, e a sua pequena inferioridade em dirigibilidade não sera percebida em baixas velocidade.

      Excluir
  22. Eu fico imaginando se um carro da Hyundai tivesse uma foto do interior, onde teria luzes e detalhes vermelhas.....
    O carlos Vitar iria sambar na cara das inimigas até gastar o salto....

    ResponderExcluir
  23. Vídeo foi claro em dizer que New Jetta foi concebido para mercado americano. Eu compraria de tivesse $$$$$

    ResponderExcluir
  24. De fato o design melhorou, mais parrudo e com presença, adorei a grade nova.

    Além de bonito, o Jetta tem que deixar de ser um mico, ano passado vendeu míseras 7600 unidades, desvaloriza muito.

    O futuro, só a Deus pertence, então por enquanto na faixa de 90mil ou mais, apenas Civic e Corolla continuam as únicas opções.

    ResponderExcluir
  25. O reinado Corolla acabou de vez, se o preço for condizente, seu título será: "O matador de Sedans"

    ResponderExcluir
  26. Preocupado se manterão o motor 2.0...queria trocar o meu (estou no segundo modelo), mas por motor de Golf não dá. Pior que não vejo carro no padrão do Jetta na concorrência, em termos de potência e preço, que são perfeitos pra mim (o máximo que meu dinheiro pode pagar, pelo melhor carro que posso ter), nem queria trocar de marca.

    ResponderExcluir
  27. Realmente a traseira do Virtus foi inspirada no novo Jetta, tem o mesmo desenho.
    Mas achei que a frente ficou "meio Acord", gostei mais da frente do próprio Virtus...

    ResponderExcluir
  28. Provavelmente as opções de motorização 1.4TSI e 2.0TSI vai ser mantido.. O resto tudo novo, plataforma etc etc tudo novo..

    ResponderExcluir
  29. Espero que não perca o freio eletrônico/Auto Hold como aconteceu no Golf mexicano. Será o segundo sedan médio no mercado ter o freio eletrônico, depois do Civic.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Vamos ver se a VW vai fazer besteira de novo.

      Excluir
  30. Nem pra colocar 1.4 flexível, resumo: Corolla continua reinando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho um Golf 15/15 e não é Flex, e falo que não sinto saudades de usar álcool, e por varios motivos, valor do álcool, carro falhando no frio etc etc, meu Golf apenas a gasolina para mim é nota 10, sem contar a economia que não tem nem comparação com carro Flex..

      Excluir
    2. Golf e Jetta estão divorciados faz um tempo. Eles foram o mesmo carro, "com mochila" e "sem mochila" nas primeiras gerações, quando a VW quis fazer um sedã compacto para o mercado americano. Com o passar das gerações a diferença entre os carros se acentuou, até o ponto em que nas sétimas gerações os carros não tem quase nada em comum. Comparem esse Jetta com o atual Golf.

      O fato é que o Golf foi desenvolvido para o mercado europeu e o Jetta é um carro americano - tanto que esse Mk. 7 não será vendido na Europa, onde já vendem bem o Passat, o mercado de lá não absorveu o Jetta atual.

      No Brasil acho que manterão as atuais versões Comfortline e Highline, mas imagino que as duas terão esse motor 1.4 TSI, que é muito bom, aliás. Já tive em dois carros e só me deu alegrias.

      Para quem quer mais potência, fica a esperança da versão R-Line que já foi anunciada para os EUA. Aqui no BR a VW não seria louca de não trazer uma versão mais potente para o público do atual Jetta 2.0 TSI.

      Excluir
    3. eu dou graças a deus se nao colocaram esse flex , assim como o cristiano, tb tenho um golf 15/15 e melhor coisa é esse motor 1.4 somente a gasolina extremamente economico, quem tem golfao 1.4 tsi sabe como esse carro é muito economico principalmente na estrada e se fosse flex nao seria tanto quanto essa versao somente a gas

      Excluir
  31. Jetta e Golf já se divorciaram faz tempo. Compartilham peças e design, mas não são o mesmo carro "com mochila" e "sem mochila". Isso só aconteceu com as duas primeiras gerações, e nas restantes os carros foram se separando cada vez mais, até chegar a 2018, em que os carros são radicalmente diferentes, no desenho e na proposta.

    Golf é um carro feito para o consumidor europeu e o Jetta é um carro para americano - tanto que essa geração Mk. 7 não chegará à Europa.

    As únicas versões apresentadas em Detroit - S, SE, SEL and SEL Premium - contam com o motor 1.4 TSI. Gosto muito desse motor, esteve no meu Golf (alemão de 140 cv) e está no meu Jetta atual. Só alegria.

    Pra quem sente falta de mais potência, já foi anunciada uma versão R-Line, mas não se sabe que motorização terá.

    No Brasil a VW provavelmente manterá as versões chamadas Comfortline e Highline com motor 1.4 TSI. Acredito que em 2019 venha uma motorização mais potente para os órfãos do atual Highline 2.0 TSI de 211cv. Uma versão R-Line aqui seria um sonho.

    ResponderExcluir
  32. Respostas
    1. Certamente, a versão topo de linha será dinamicamente bem superior a atual. Quando o carro foi apresentado recentemente nos EUA à mídia especializada, o próprio diretor da VW, quando elogiado acerca do desempenho da nova geração na pista (1.4 de 150 cv), disse: "Você precisa ver a versão GLI"! Ainda que haja uma redução de potência para 190cv, o torque sera elevado e no final das contas o carro manterá o ótimo desempenho, porém com maior eficiência. Seu peso será, pelo menos, 50 kg menor e o consumo, obviamente, melhorará. Enfim, será um carrão! Quem tem que se preocupar com os números de venda é a VW e não eu, consumidor!

      Excluir
  33. Só quero ver o preço do Comfortline

    ResponderExcluir
  34. VW viajando na maionese. Se mudar o preço p cima encalha. Não dá p competir com corola. Se manter o preço será um diferencial p derrubar a Toyota.

    ResponderExcluir
  35. Essa frente ficou parecido com o Fusion antigo

    ResponderExcluir
  36. ASSIM FICOU TOP...MAIS UM COROLA...

    ResponderExcluir
  37. Carlos4carros entre um Jetta 2017/2018 e um Virtus Comfortline com todos os opcionais, qual você escolheria, me fale sua opinião sincera???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí complicou para ele, se fosse para escolher entre um BMW, Mercedes e o Polo, ele não pensaria duas vezes...

      Excluir
  38. Esse novo Jetta MQB é mais negócio que o grande Passat, pois tem o mesmo desempenho, amplo espaço interno, consumo menor, e custa menos. Vai vender mais que o irmão maior nos USA. Aguardando os preços dele e do Tiguan AS mexicanos no Brasil.

    ResponderExcluir
  39. Carlos4rodas, vc trocaria um gol por um fox mais novo ou outro gol mais novo?
    Em resumo, gol ou fox?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Polo ou Up. Faça um test drive e verá. Se realmente o orçamento estiver apertado, um Gol.

      Excluir
  40. Quem sou pra criticar a estratégia da VW (ou de qualquer outra marca) mas, para mim, a Volks erra quando tenta gourmetizar um excelente produto (como é o caso do Virtus) colocando-o pra brigar com versões de acesso de Corolla e Civic e colocando o Jetta pra brigar com Fusion.

    O novo Jetta é apenas 6 cm menor que o Passat, tem 3 cm a mais de entre eixos que a geração à venda no Brasil e manteve o porta malas com a mesma capacidade, ou seja, virou uma bela banheira. A plataforma MQB, que abriria um leque enorme de possibilidades, acabou sendo sub utilizada nesse caso (e, mais uma vez, na minha humilde opinião.

    Acredito que o Virtus (que tem porta malas maior que a nova geração do Jetta) vá promover uma certa dicotomia na VW, pois quem tem dinheiro pra comprar o Virtus irá comprá-lo e será muito feliz, enquanto quem tem dinheiro pra comprar o Jetta vai acabar olhando para os lados (Corolla e Civic).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sendo que existe o Lamando, este sim, um verdadeiro golf sedan. Então estamos assim, os chineses tem um carro europeu e nós teremos um carro orientalizado. Ótimo não? Ficamos reféns da estratégia da volks para os EUA que fará do jetta o sucessor do passat que existe por lá.

      Excluir
    2. Ótima análise. SQN. Virtus disputará mercado com Civic e Corolla de entrada. A plataforma foi maravilhosamente aproveitada: dá a possibilidade de potencializar o tamanho dos carros aproveitando os espaços. Gourmetizar seria se a VW mantivesse plataformas antigas, dimensões internas e externas semelhantes e colocasse um painel colorido e alguns botões no painel e dissesse que era uma categoria superior. Não fez nada disso, trouxe é modernidade em uma plataforma modular que possibilita fazer carros extremamente seguros. A questão é que ( e falo especificamente do Brasil, pois a Ford tem ótimos motores também que não são trazidos para cá) a VW tem, em geral, os melhores motores e a melhor plataforma para produção de carros em massa no Brasil. Isso possibilitou ela praticamente subir cada carro de categoria e mantendo os custos e os preços mais baixos. É incrível. Lembro da Hyundai falando que o motor turbo que eles trouxeram não competia com o do UP! pois eles precisariam de pelo menos 3 anos para chegar no mesmo nível e o custo seria muito alto.
      A verdade é a seguinte: a VW fez um investimento e agora está colhendo os frutos desse investimento. E até 2020 seremos agraciados com carros incríveis. Aquela distância entre o que se criava na Europa e no Brasil irá diminuir drasticamente. O próximo passo serão os elétricos e eles já planejam traze-los.

      Excluir
    3. O público que pode adquirir um Jetta prefere maior espaço interno e maior requinte a um porta-mala gigante. 510l é mais que suficiente. Já os concorrentes do Virtus, possuem porta-malas maiores. Via de regra, seus proprietários instalam kit gás e ainda ficam um bom espaço disponível. O interior do Virtus é espaçoso, o que o coloca à frente de seus concorrentes, porém não terá o requinte da categoria superior, algo bem lógico. A plataforma MQB representa um grande avanço. A VW, há alguns anos, investiu muito nisso e agora começa a colher os frutos. Carros mais seguros, maiores, mais modernos, porém mais leves, o que otimiza todo o conjunto. Podemos ter uma boa mostra disso, se compararmos os projetos Virtus x Cronos. O abismo entre um e outro carro é enorme. A Fiat leva vantagem apenas no design. De resto, toma uma banho de engenharia e eficiência. O consumidor brasileiro, aos poucos, vem dando mais valor a questão primordiais, como segurança e eficiência. Nesse sentido, o trabalho da Latim Ncap vem contribuindo, e muito, para uma maior conscientização do nosso consumidor. Onix, zero estrela nos testes de impacto, sendo o carro mais vendido do país, ainda é vergonhoso. Peugeot 208 vendido aqui sem as proteções daquele vendido na Europa é algo quase criminoso! Enfim, devemos exigir que todos os carros, antes de ser colocados à venda, passem pelo Latim Ncap. Somente com a divulgação dos resultados, é justo que sejam comercializados. Posteriormente, deve-se exigir que, para serem vendidos por aqui, devem alcançar padrões de segurança aceitáveis, estabelecidos pelo Latim Ncap. É isso que devemos exigir de nosso Legislativo.

      Excluir
  41. Rolls Royce e bentley estão com os dias contados quando chegar esse jetta.

    ResponderExcluir
  42. Se o câmbio for banhado com ions de ouro, também, não compro!

    ResponderExcluir
  43. Só deu os "intindidu" dos paranauê das concorrência, dos entreeixo e das plataforma automotiva, mininu! Aí, sim. 😂😂

    ResponderExcluir
  44. Se o geração 6 já, versão topo, já dava pau em todos esses sedans médios que andam por aqui, inclusice honda civic si e medios como fusion topo, agora vai andar anos luz à frente. A VW tá de parabéns! Só tó a espera da versão topo de linha com o motor do Golf GTI. Vai ser humilhação!!!

    ResponderExcluir
  45. A autolatina voltou? Reparem que lateralmente esse Jetta é muito parecido com um Fusion.

    ResponderExcluir
  46. Agora vejamos a situação do Brasileiro que prefere comprar um sedã médio do que um SUV:
    1-Corolla (Excelente Carro, inegável, mas que deixa a desejar muito no designer interior, aquele reloginho do Del Rey no Painel...putz. Motor 2.0 aspirado que responde bem mas já ultrapassado a tempos, odeio falar de revenda porque acho que o cara que compra um carro pensando nisso sofre no mínimo de ejaculação precoce)
    2- Novo Civic- Carro perfeito em muitos sentidos (Exceto a suspensão, se passar por cima de uma formiga você sente) gente e que preço absurdo! Meu Deus! A Honda apostou alto e se deu bem! Brasileiro é otario e tá pagando 130 mil em um civic! Ai ai
    3- Cruze carro muito bom! O melhor da categoria na maioria dos testes! Mas que deixou a desejar muito no designer! A versão sedã ainda passa raspando mas a Hatch da a impressão que cruzaram um Onix com um HB 20, horrível!
    4- Novo Jetta- Aparentemente designer broxante mas só vendo pessoalmente pra saber mesmo!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.