Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Santana GLS 2000: um clássico da elegância, luxo e sobriedade

Categorias: , , , , , 26 Comentários

O Volkswagen Santana foi o carro que colocou a montadora alemã no mercado de automóveis de luxo no Brasil. Lançado em 1984, ele dispunha de um motor 1.8L e um nível de acabamento e tecnologia não encontrado em seus rivais à época: Del Rey e Opala Diplomata.

VW Santana GLS 2000

Além disso, o estilo do Santana, com linhas esguias, sóbrias e elegantes, fruto de um projeto mais moderno, destacava-se nas ruas. O modelo de duas portas, porém, tinha um visual mais esportivo, enquanto a versão sedã de quatro portas tinha um estilo ainda mais conservador.

VW Santana GLS 2.0 1989

A versão apresentada neste artigo é um modelo GLS 1989 com motor 2.0L, que já continha as inovações de estilo incorporadas em 1987: para-choques envolventes e novos faróis dianteiros para o modelo topo de gama. Nesse ano também foi introduzida a nova nomenclatura das versões: CL, GL e GLS.

VW Santana GLS 2.0 - lateral

O motor 2.0 tinha 112 cv e 17,5 kgfm, com o qual atingia, segundo a Volkswagen, a velocidade máxima de 187 km/h, número esse não confirmado pelos testes da revista Quatro Rodas, onde o modelo a gasolina atingiu 165 Km/h e o a álcool, 167 Km/h.

VW Santana GLS 2.0 1989 - lateral traseira

A aceleração de 0 a 100 Km/h era feita em 11,4 segundos para o modelo movido com combustível vegetal, e 12,1 segundos no modelo a gasolina. É importante observar que na época não existiam os motores flex, o que obrigava ao comprador optar por um modelo a gasolina ou a álcool.

VW Santana GLS 2.0 1989 - painel de instrumentos

O consumo de combustível ficava em 8 Km/l de gasolina na cidade, e 13 Km/l na estrada - valores considerados bons para a época, sobretudo por se tratar de um motor com carburador, e de um carro pesado e cheio de equipamentos como ar-condicionado e direção hidráulica.


Na final da década de 80 o Santana fazia sucesso no mercado brasileiro, colocando-se sempre entre os dez carros mais vendidos, chegando a ficar em quinto lugar no ranking, superando modelos menores e mais baratos como Uno e o Voyage.

VW Santana GLS 2.0 1889 - interior

O sucesso, porém, não era absoluto pois seu grande rival, o Chevrolet Monza, vendia bem mais, chegando a liderar o mercado nacional. De qualquer forma, era um bom resultado para um carro caro e sofisticado.

VW Santana GLS 2.0 1889 - interior - bancos

O Santana GLS, versão topo de linha, vinha de fábrica bem completo, com direção hidráulica, acionamento elétrico dos vidros, travamento centralizado e um sistema de som bastante sofisticado - com o tradicional Rio de Janeiro PLL - um dos auto rádios mais cobiçados do mercado.

VW Santana GLS 2.0 1889 - interior

A direção hidráulica era do tipo progressiva, tornando a direção bastante segura conforme a velocidade subia. Contribuia para isso, também, a excelente posição de dirigir, e o ótimo volante de quatro raios de excelente pega.

VW Santana GLS 2.0 1889 - interior

O acabamento interno da versão GLS era quase irrepreensível: revestimento dos bancos e portas em veludo de elevada qualidade, que, associado aos encaixes perfeitos, davam aos passageiros do Santana um ambiente sofisticado, aconchegante e acolhedor.

VW Santana GLS 2.0 1889 - interior

O ar-condicionado era potente e "gelava" o interior com facilidade. Ocorre que, quando ligado, o compressor roubava potência do motor de forma perceptível, além de elevar o consumo de combustível. 

VW Santana GLS 2.0 1889 - posição de dirigir

Era o preço a pagar pelo conforto.

VW Santana GLS 2.0 1889 - traseira

Conclusão

O Volkswagen Santana foi um carro que marcou época no Brasil. Além de colocar a VW no mercado de carros de luxo, colocou o consumidor brasileiro com que existia de mais moderno em termos de tecnologia automotiva. 

VW Santana GLS 2.0 1889

O projeto do carro era tão bom, que sobrevive até hoje na China com pouquíssimas modificações - mercado no qual é líder de vendas em pleno junho de 2012.

26 comentários:

  1. Lindo Santana, Fábio!

    Essas rodas do Gol GT deixaram ele mais bonito ainda.

    Eu tenho muitas saudades do meu, que era idêntico ao seu, só que Cinza-Quartzo... Meu pai teve um CG 1.8 85 e um CL 2.0 89.

    O AC dele realmente era uma maravilha. Gelava muito bem... Arrisco a dizer que gelava mais do que o AC do meu Gol Power 2012 atual.

    A direção hidráulica dele era excelente, leve nas manobras e suficientemente firme em altas velocidades... Não era leve em excesso como a do Monza.

    E esse tecido dos bancos dos GLS 88/89/90 era muito bom, tanto ao toque, quanto na resistência. O famoso "veludo molhado"... Certamente o melhor tecido que a VW já colocou num carro.

    O AP 2.0 álcool no Santana é valente, embora áspero. Isso eu considerava um ponto negativo do carro...

    E essa safra do Santana, na minha opinião, era a melhor. O modelo 1991 em diante não tinha acabamento tão bom quanto o modelo quadrado.

    Digo isso porque já tive um Versailles 1993 2.0 álcool e ele não tinha materiais tão bons quando o Santana quadrado.

    Um ótimo carro. Uma pena que o tempo foi cruel e os concorrentes o ultrapassaram em modernidade, espaço e conforto.

    No meu ponto de vista, o Monza era o seu maior rival. Um carro muito bom também, mas digamos que agradavam os que gostavam de um carro mais sóbrio do que esportivo.

    É um carro que eu gostaria de ter novamente. Não como de uso diário, mas para curti-lo nos finais de semana...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostou né, Man! Sabia que você iria apreciar este artigo. Já estava com essas fotos fazia tempo e ontem com notícia de que o Santana foi o mais vendido na China em junho resolvi escrever.

      Esse meu Santana foi excepcional. Comprei ele em 2003 com pouco mais de 20.000 Km e rodei com ele até os 60.000, quando um amigo meu insistiu tanto que acabei vendendo o carro para ele.

      Andei com esse carro pelo interiorzão do Brasil de monte. Desde as estradas maravilhosas de São Paulo até as estaduais do Tocantins (que, por sinal, são ótimas, bem pavimentadas, e vazias!).

      Andei muito com esse carro na Belém - Brasília, e ele nunca me deixou na mão. Na realidade, posso dizer que nem mesmo uma lâmpada de farol queimou.

      O interior era um show a parte, e esse revestimento realmente, como vc disse, ainda está para sair outro igual no Brasil.

      Na boa, andar com esse carro no interior do Tocantins, naquelas estradas lisas e retas, foi realmente sensacional.

      Excluir
    2. O GLSi 94 até o 98 tinha acabamento tão bom quanto aos quadrados antigos.

      Excluir
    3. Eu tenho um Santana automatico GLS completo preto lindo automático não eh caro a mão de obra..não paga documentos... Amooo

      Excluir
    4. Tenho uma Santana Quantum 1990 relíquia. Conservada. Já tenho à 17 anos e jamais venderei por preço algum. Ela tem as mesmas cores e acabamentos do Santana acima.
      E a Dirigibilidade???
      Não há nada igual.

      Parabéns a este artigo.

      Excluir
  2. Uma das poucas coisas que nunca me agradaram no Santana eram os freios. Era o ponto mais fraco do carro.

    Se você pisasse forte no pedal umas 4 vezes, em alta velocidade, já era o quanto bastava para o pedal baixar.

    Os freios eram muito suscetíveis ao "fading", ou seja: superaqueciam muito rapidamente e perdiam a eficiência. Ainda mais nas versões com motor 2.0.

    A coisa melhorou quando lançaram o carro com os discos ventilados, já na linha 90. Mas ainda assim, não era o ideal...

    ResponderExcluir
  3. caraca !!!1 que Santana lindo !!! lembro com se fosse hoje quando meu pai chegou do trabalho, entrou na garagem de casa com uma Quantum GLS 2000 Bege Flash OKM ! em 1988 eu tinha 10 anos de idade e ja era apaixonado por carros , lembro que o carro tinha plásticos até nos bagageiros ! que tempo bom ...

    ResponderExcluir
  4. comprei um gls 89 4p exelente carro,bem conservado,muito confortavel e veloz.

    ResponderExcluir
  5. com essa roda do gol GT ficou super chique , tenho um voyage confortiline 2012 branco, masi quando eu vejo na rua , santana CD gl 87 gls , voyage GLS , parati GLS antes de 1991 , confesso que gostaria de voltar uns 15 anos e ter um destes do que hj com meu carro , gol GT tambem entra na lista assim como gts e GTI

    ResponderExcluir
  6. Ta bonito mesmo o carro. Tbm tenho um CD 86 verde. Tava arrumando e dexando bonito, nesta semana me roubaram, levaram som, rodas, bancos, bateria e xenon. To com vontade de abandonar pra falar a verdade....

    ResponderExcluir
  7. A direção desse santana consegue ser mais bonita que a do camaro 2013 !

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. Pedro,as rodas do Santana da foto são aro 14,as mesmas que equipavam o Santana GL,o Passat GTS e o Gol GT.

      Excluir
  9. Eu adoro o Santana e o considero um excelente carro.Compraria um GLS desse mas todo original com 4 portas e ainda teto solar e câmbio automático.

    ResponderExcluir
  10. Tenho um santana 88 2 portas 2.0 excelente carro é o meu primeiro carro e será o ultimo pois estou reformando ele ta todo desmontado estou trocando o fundo e colocando peças novas e originais mais ta deficil de achar. Uma pergunta onde você encontrou os frisos da janelas e será que eu posso usar suas fotos e história na minha pagina do facebook dedicada ao santana quadrado.

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho um pra vender. Sou de Presidente Prudente-SP. Completo. angelicaisique@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Angélica. Eu tenho um Santana GLS 2000, 2 portas, completo. Eu o adquiri através de um consórcio, no qual eu pretendia adquirir um "gol bola", pois o consórcio iniciou em 1994, ano em que o gol quadrado saiu de linha. Acabei de pagar a última parcela, e fui escolher meu carro; só que, em vez de pegar o carro "zero", peguei o Santana, completo, bom, e bem mais barato, me sobrando o suficiente, de crédito, para comprar outro carro, e assim eu fiz. Foi um do negócios mais perfeitos que realizei até hoje. Isso foi em outubro de 1998; estou com ele até hoje, e, creio que será meu último carro. Se eu morasse aí por perto, ficaria com o seu. Duvido alguém gostar mais do Santana do que eu.

      Excluir
  12. Eu tenho um e nao tenho do que recrama

    ResponderExcluir
  13. tenho um identico só muda que é azul faz um ano ñ deu poblema nenhum sò alegria

    ResponderExcluir
  14. Bom dia
    estou precisando de ajuda, o meu carro e um santana 86 Cd e o painel de instrumentos parou
    não funciona nada, meu zap e 983012927 se souberem de alguma coisa pra me ajudar me chama no zap

    ResponderExcluir
  15. eu tenho um Santana 2000 a álcool 1.8 compreto tá bem conservado enteresa em ver chama no zap (65)996396785 sapezal mt

    ResponderExcluir
  16. Sr. José, se o seu Santana está inteiro, cuide bem dele, pois esses carros parecem "ter alma", e generosa, porque não maltratam quem "realmente gosta deles". O meu, quando tem algum problema, para meu conforto e tranquilidade, demonstra-o em casa, muito raramente sofre "pane" em transito. Está comigo há 19 anos.

    ResponderExcluir
  17. Eu, em particular digo tenho até hoje Santana Quantum Gls, Automático ainda todo original 2.0, motor Ap, caixa de cambio automático de 3 marchas, e atualmente estou em dificuldades de comprar o jogo de junto com seus respectivos retentores e mais o rolamento do diferencial, está ainda em uso só que com vazamento de oleo, não vendo se não for consertado vou fazer um palanque com cobertura para guardar. procuro por jogo de juntas com caixa 3 marcha, me oferece de 5 marcha uma pena, tenhos outro carros mas este satisfaz quaisquer desejos. Manoel Afonso dos Santos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amigo, vc conseguiu comprar o jogo de juntas e os retentores do câmbio automático 3 marchas? Se sim, pode me dizer a onde vc achou? também estou com este mesmo problema. Obrigado

      Excluir
  18. tenho um prata , penso em vende lo. esta parado na garagem.

    ResponderExcluir
  19. Essa roda é do CD, um pouco mais antigo. Colocaram no Gol GT também.
    Do mais, tudo certinho

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.