Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW registra recorde impressionante de vendas em setembro

Categorias: , , 32 Comentários

A marca Volkswagen AG registrou o melhor setembro de sua história com crescimento de vendas de 8% para 593.700 veículos vendidos em âmbito global. As vendas caíram 1,1% na Europa, mais que compensadas por uma subida de 131% no Brasil e 33% nos EUA. As vendas da China aumentaram 7,5% para 310.500 mil veículos em um único mês.

VW registra recorde impressionante de vendas - setembro

"Há também sinais claros de uma recuperação no mercado interno da Alemanha, os pedidos atuais estão bem acima do mês anterior", observa o chefe de vendas Juergen Stackmann. As vendas na Alemanha caíram 9% em setembro.


Na América do Sul foram vendidos 37.900 veículos - representando um crescimento de 84%. Os principais drivers que sustentam esse desenvolvimento positivo foram o Brasil com um aumento de 131%, Argentina com avanço de 44%, e Chile com 49%.


O crescimento de venda de carros compactos, que incluem Gol e Voyage, nesses mercados foram particularmente fortes comparado com o ano passado.

Report de vendas - VW - Setembro de 2017

MercadosSet-2016Set-2017Δ (%)Jan-Set-2016Jan-Set-2017Δ (%)
Europe160.400 158.500 -1,2%1.288.300 1.278.300 -0,8%
Europa Ocidental141.000 136.300 -3,3%1.125.200 1.090.600 -3,1%
Germany48.300 44.100 -8,7%431.800 399.800 -7,4%
Europa Central / Oriental19.400 22.200 14,4%163.100 187.700 15,1%
Russia7.000 8.100 15,7%52.700 31.100 -41,0%
North America45.600 53.800 18,0%423.900 440.000 3,8%
USA24.100 32.100 33,2%231.300 252.500 9,2%
South America20.600 37.900 84,0%254.200 315.200 24,0%
Brazil9.900 22.900 131,3%164.400 191.800 16,7%
Asia-Pacific303.700 326.200 7,4%2.264.900 2.324.700 2,6%
China288.800 310.500 7,5%2.133.100 2.200.400 3,2%
Worldwide545.600 593.700 8,8%4.374.800 4.490.900 2,7%

Fonte: VW RI

32 comentários:

  1. Daí, continuo não entendendo a demora do Golf reestilizado, já à venda na Argenina e México, pois assim poderia se aproveitar desta recuperação para melhorar suas vendas por aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente por conta do lançamento do POLO no Brasil. Ou seja, houve uma inversão, primeiro lançaram o polo no brasil, para depois lançar o golf, na argentina lançaram o golf, para depois lançar o polo. Só sei que estou ansioso para conhecer o novo produto VW.

      Excluir
    2. A VW me pareceu querer dar o foco ao Polo aqui, já que ele vai brigar num dos segmentos mais em alta no momento. Ela é a única, junto à Fiat, com capacidade produtiva pra desbancar o Onix em volume. O Golf só vai demorar um pouco a mais. Eu pedi à concessionária da minha cidade pra me avisarem quando chegar o Polo pra test drive, estou bem curioso pra ver como anda o bicho.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. Se entrarem nos sites da Argentina e do México, vão verificar que o modelo oferecido ainda é o mesmo que aqui... http://www.vw.com.mx/es/models/golf-gti.html http://www.volkswagen.com.ar/es/modelos/golf/golf.html

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra variar, vai começar o festival de bobagens.
      Mimimi Grupo VW. Fio, faz conta antes de relinchar. O Grupo VW vende quase 11 milhões de carros por ano, e isso dá quase 1 milhão por mês. Só por aí vc já concluiria que se trata da marca núcleo da VW.
      Além disso, vc continua a relinchar quando fala dos mais vendidos. O problema é que vc está relinchando com base em lista 100 mais vendidos de jan-agosto, e este artigo aqui trata de vendas SETEMBRO!

      È relincho demais para apenas 4 linhas. Se pensagem 1 minuto antes, evitar-se-ia tantos relinchos.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Na boa, essas outras empresas, tipo Toyota..FCA (essa tá falida)...Ford..ao que parece não tem noção do que estão enfrentando no mercado.
    Se vc comparar o Novo Polo 2018 com o Fiesta dá para ver que a Ford está totalmente perdida.
    Como que a Ford me vem com um "novo" Fiesta na Europa que nada mais é que o anterior recauchutado e com interior emperiquitado.
    A GM correu da Europa. PSA e Citroen terão que pedir ajuda á Opel para ver se sai alguma coisa, mas o próprio novo Corsa é um anterior recauchutado.

    Aí vamos para a Toyota...Yaris...com plataforma de Etios. Motores turbo? Não sabe nem que existe. Honda apelando para visual hyundai. E a Hyundai pensando em comprar a massa falida da FCA para se se recupera do desastre de vendas que está enfrentando nos EUA e China.

    Na boa, os caras estão facilitando demais para os alemães da VW. A concorrência está cada vez mais incompetente, e a VW está nadando de braçada....se continuar assim, vai ter que consolidar GM-Ford, Honda-Toyota, e mesmo assim pedir ajuda de engenharia de alemães para competir...a coisa tá feia...bem feia para os concorrentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falastrão explica isso. Quem vende para locadora mesmo?
      Automóveis
      POS.
      MODELO
      VAREJO
      % TOTAL
      SET 17

      CHEVROLET ONIX
      10.595
      61,47%
      17.236

      HYUNDAI HB20
      6.836
      80,14%
      8.530

      RENAULT KWID
      6.795
      65,60%
      10.358

      FORD KA
      4.092
      46,89%
      8.727

      CHEVROLET PRISMA
      3.501
      57,18%
      6.123

      FIAT ARGO
      3.455
      83,78%
      4.124

      TOYOTA COROLLA
      3.425
      56,74%
      6.036

      HONDA HR-V
      3.380
      89,42%
      3.780

      VW GOL
      3.009
      49,93%
      6.026
      10º
      HYUNDAI CRETA
      2.552
      73,63%
      3.466
      11º
      TOYOTA ETIOS HATCH
      2.542
      89,79%
      2.831
      12º
      VW FOX/CROSS FOX
      2.515
      51,75%
      4.860
      13º
      JEEP COMPASS
      2.452
      58,70%
      4.177
      14º
      NISSAN KICKS
      2.429
      70,45%
      3.448
      15º
      FORD ECOSPORT
      2.085
      66,00%
      3.159
      16º
      VW UP
      2.064
      80,63%
      2.560
      17º
      FIAT MOBI
      1.920
      53,30%
      3.602
      18º
      HYUNDAI HB20S
      1.900
      67,95%
      2.796
      19º
      TOYOTA ETIOS SEDAN
      1.883
      79,08%
      2.381
      20º
      RENAULT SANDERO
      1.662
      41,90%
      3.967
      21º
      HONDA CIVIC
      1.604
      84,38%
      1.901
      22º
      HONDA WR-V
      1.407
      94,68%
      1.486
      23º
      JEEP RENEGADE
      1.376
      45,73%
      3.009
      24º
      FORD FIESTA
      1.305
      85,52%
      1.526
      25º
      MERCEDES CLASSE C
      1.285
      96,54%
      1.331
      26º
      NISSAN VERSA
      1.268
      51,95%
      2.441
      27º
      FIAT PALIO
      1.207
      89,21%
      1.353
      28º
      FIAT SIENA
      1.092
      56,06%
      1.948
      29º
      FORD KA+
      1.067
      40,65%
      2.625
      30º
      HONDA CITY
      1.049
      78,93%
      1.329
      31º
      CHEVROLET CRUZE SEDAN
      1.047
      63,45%
      1.650
      32º
      VW JETTA
      897
      96,24%
      932
      33º
      HONDA FIT
      870
      75,13%
      1.158
      34º
      CHEVROLET TRACKER
      865
      93,01%
      930
      35º
      VW VOYAGE
      858
      22,44%
      3.823
      36º
      RENAULT CAPTUR
      774
      67,72%
      1.143
      37º
      TOYOTA HILUX SW4
      772
      89,25%
      865
      38º
      HYUNDAI IX35
      700
      83,43%
      839
      39º
      CHEVROLET SPIN
      679
      29,02%
      2.340
      40º
      FIAT UNO
      581
      18,19%
      3.194
      41º
      MITSUBISHI ASX
      576
      91,43%
      630
      42º
      CITROËN C3
      562
      70,43%
      798
      43º
      HYUNDAI TUCSON
      547
      81,76%
      669
      44º
      CHEVROLET CRUZE SPORT6
      545
      85,96%
      634
      45º
      CHERY QQ
      504
      100,00%
      504
      46º
      RENAULT LOGAN
      491
      15,39%
      3.191
      47º
      RENAULT DUSTER
      478
      50,69%
      943
      48º
      PEUGEOT 208
      456
      43,14%
      1.057
      49º
      CHEVROLET COBALT
      444
      24,65%
      1.801
      50º
      MITSUBISHI OUTLANDER
      391

      Excluir
    2. ^^ vítima do sistema educacional brasileiro. hahaha

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O motor 1 puxa o saco da Fiat

      Excluir
    2. Demais. A VW pode até vender bem lá fora mas aqui no Brasil reinou muito tempo (com produtos fracos) e agora cada vez mais preterida. Ninguém quer mais Gol. Golf preço de ouro. Up micou com o preço tb. Vamos ver o Polo, mas aposto que se vender bem não da 6 meses vai estar uns 5 mil mais caro já... e o blog achando que ela é a última bolacha do pacote...

      Excluir
    3. E verdade. Cada vez mais preterida . Deve ser por isso que aumentou as vendas em 131% em setembro de 2017 contra 2016...

      Excluir
  6. Difícil prever qualquer coisa em nosso país. Somos assaltados literalmente todos os dias. Se as montadoras implantassem a mesma política dos USA com incentivo do governo, poderíamos ter excelentes carros a um preço justo. Quem tiver curiosidade acesse o site da vw abaixo e da uma olhadinha nos preços praticados nos USA, nem precisa considerar que a nossa moeda é totalmente desvalorizada em relação ao dólar, só pela conversão já seria um ótimo avanço para as vendas.
    http://www.vw.com/models/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bobagem básica.
      Os preços da VW EUA estão sem frete (em média 1000 dólares) e estão sem imposto estadual (que varia de estado para estado, mas fica entre 6% e 8%).

      E, nos preços do brasil, já temos todos os impostos (que dá 55%) e ainda o frete.

      No fim das contas, o carro no brasil é mais barato que nos EUA, se desconsiderar os impostos.

      O problema não são as montadoras. O problema é o ESTADO brasileiro, que é devorador de riqueza nacional.

      Excluir
    2. Carlos, depois me fala onde existe um Passat 0km abaixo de 100k que compro na hora. Não se engane, aqui o governo tem sua parcela, mas o lucro das montadoras são altos e de ciência do governo que deixa tudo isso por interesse.

      Excluir
    3. A coisas mais estúpida que existe é reclamar de "lucro de montadora" ou de qualquer outra empresa. Pior é falar que "são altos".
      Primeiro, que é chute, já que não há balanços publicados no Brasil. então puro chute. E nem adianta vir com "estudos" e mimimi dizendo que é "alto" que continua chute. Os dados não estão disponíveis.

      Os balanços da América Latina dizem o contrário. GM está no preju, e parece que a FCA foi a única com balanço publicado da AL com lucro em 2016 (deve ser por causa da Jeep).

      E mesmo que estivessem. E mesmo que estivesse altos. Em uma economia de mercado o lucro de um setor ou empresa é um sinalizador para o mercado. Os outros empresários olham a lucratividade e investem, aumentando a competição, e, consequentemente, reduzindo os preços (com aumento de oferta).

      Então, não cabe essa crítica. Isso é coisa estúpida. Não tem sentido.

      Os preços refletem oferta e demanda em um mercado competitivo. Lembre-se que existe mais de 40 empresas atuando no Brasil.

      Criticar lucro de empresa é coisa de esquerdista idiota (isso é um pleonasmo, pois todo esquerdista é um idiota por definição), que não entende nda de mercado, nem de economia e nem de nada. Em geral são manés de humanas...

      Excluir
    4. Kkkkk esse Carlos é uma piada,dizer q carro no Brasil é mais barato q nos EUA, sai dai doente,nos EUA vc compra um mustang com 35 mil dolares,Até um pintor pode comprar um mustang se ele quiser e aqui no Brasil,vc terá q ser rico kkkk pra poder ter o msm carro!

      Excluir
    5. Carlos, as montadoras atuantes no Brasil tem uma margem muito boa, penso até que os preços são combinados, estão pouco ligando para o mercado brasileiro, onde oferecem porcaria por preços absurdos. Estive recentemente nos EUA e o Golf pena para vender lá. Tem promoção de tudo quanto é jeito, inclusive com garantia de 100.000 milhas e 10 anos. Isso que estou falando do Golf top, pois lá não existe estas versões peladas que empurram pra nós. Forneço para empresas sistemistas, onde várias estão quebradas, pois as montadoras esfolam nos preços e quando da um recall joga sempre passa a bola para o fornecedor. Não sei com o que trabalha, mas neste setor conheço um pouquinho de como funciona o sistema.

      Excluir
    6. Denis, o GTI S nos Estados Unidos é mais pé de boi que a versão de entrada daqui. Claro que a diferença de preço é enorme, mas o nosso de entrada é melhor. Entra no site e faça a comparação

      Excluir
    7. Roberto, só de citar que é GTI estamos falando de um 2.0 turbo de 210 cv. Só a motorização já é uma diferença enorme para o nosso 1.4 TSI.

      Excluir
  7. A VW rica, os fanboys que ficam se matando...andando a pé.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse Carlos,N passa de um nerd mal Amado,sem vida social,Deve passar o dia todo estudando sobre a vw kkkkk

      Excluir
  8. O Carlos é igual ao Mick Jagger, previu que o UP ia estourar, o carro não bombou, previu que o Golf brasileiro is arrebentar, o carro naufragou. Vai ser pé frio assim lá longe!

    ResponderExcluir
  9. Onde que no Brasil o gol se destaca pelo aumento de vendas? Mês passado fixou atrás até do Corolla, um carro de 100.000 reais. Em outros países da AL pode até estar vendendo mais gol, mas no Brasil, ninguém que saber mais de gol.

    ResponderExcluir
  10. O Carlos fala que o carro aqui no Brasil é mais barato, gostaria de saber a onde, o carro fabricado aqui no Brasil é exportado pagando frete e fica mais barato lá fora com o imposto de lá que o preço aqui sem imposto, a culpa carro aqui ser mais caro não é só o imposto que altíssimo mais tb das montadoras que colocam o custo lá em cima

    ResponderExcluir
  11. Ninguém se deu conta que essas vendas de setembro de 2016 foi um periodo que a VW estava com fábricas paradas, férias coletivas, falta de peças com problemas de fornecedores e etc? Que os 131% não são pelo volume alto e sucesso de agora, e sim pelas mancadas e baixas vendas do ano passado? A reportagem usou um bom marketing, só isso.

    ResponderExcluir
  12. "recorde impressionante"... não falo mais nada kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.