Car.blog.br

Pesquisar este blog

Crash Test: Jeep Compass obtém 5 estrelas - EuroNCAP

Categorias: , , , , 22 Comentários

O Jeep Compass atingiu a classificação máxima de cinco estrelas EuroNCAP, graças a bom desempenho em testes de impacto e também da disponibilidade de recursos de segurança ativa.

Jeep Compass 2018

A maior contribuição para a classificação máxima de cinco estrelas da Jeep Compass é a eficácia da sua "gaiola de segurança" - 65% construída com aço de alta resistência - o que garante uma resistência à torção alta e maior proteção dos ocupantes. O modelo conta com cerca de 70 sistemas de segurança ativos e passivos.



Os sistemas de segurança instalados de série na nova gama Compass disponível na Europa incluem sistemas ativos de assistência à condução, como Forward Collision Warning-Plus e Lane Sense Departure Warning-Plus, que combinam tecnologia de radar e câmera de vídeo para reconhecer colisões potenciais e evitar impactos alertando o condutor com avisos audíveis, visuais e tácteis. Além disso, sob certas condições, esses sistemas usam a direção eletrônica (EPS) para ajudar o motorista.

Jeep Compass 2018

O Jeep Compass também possui sistemas de segurança adicionais, disponíveis como padrão ou opcional, dependendo da versão, especificamente projetada para auxiliar na condução da rodovia. Entre estes é Adaptive Cruise Control - que mantém a distância do veículo à frente e em determinadas circunstâncias, pode levar o veículo a uma parada completa sem a intervenção do condutor; e monitoramento cego (disponível no pacote de estacionamento), que ajuda o motorista ao mudar de pista e notifica veículos em seu ponto cego através de ícones iluminados no espelho retrovisor e com um toque acústico selecionado pelo motorista.

Jeep Compass 2018

A oferta de equipamentos de segurança no Compass também inclui sistemas específicos para auxiliar nas manobras de estacionamento, como a detecção do Cross Path, que notifica os motoristas que se afastam dos espaços de estacionamento a respeito de veículos passando por trás, mediante ícones iluminados no espelho retrovisor e sinais audíveis.

Jeep Compass 2018

Todos estes sistemas complementam as características de segurança que incluem também seis airbags (airbags frontais para o condutor e passageiro dianteiro, airbags de cortina lateral para todas as filas e airbags laterais na frente assentos) e ESC (controle eletrônico de estabilidade) com ERM (mitigação de rolagem eletrônica).

22 comentários:

  1. Parabéns JEEP. Daqui a pouco vem alguns falarem mal..show.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Hector, já são dois carros fabricados no Brasil pela Jeep que obtém nota máxima. No mesmo teste, o Novo Fiesta que será vendido na Europa também obteve 5 estrelas. Mas para um relinchador de plantão que costuma comentar por aqui, os únicos carros que prestam são da VW.

      Excluir
  2. Mas não não eram os americanos que só sabiam fazer BigMac e que tinha a engenharia 20 anos atrasada em relação aos alemães?

    Esse Jeep compass é um produto extremamente acertado. Tanto em design, motorização e câmbio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em design realmente é show, até porque acabou de sair do forno, é inédito! Acabamento também mto bom. Mas perde em vários itens p/ o ix35, como preço, consumo, preço de revenda, custos de revisão, porta-malas.. e se comparado ao New Tucson então, perde feio em quase tudo.
      Em pacotes de equipamentos perde p/ o Kia Sportage (e em design tb, na minha opinião).
      O Compass é elegante e imponente, sem dúvida, mas ainda tem muito que evoluir.
      E não se trata de falar mal, e sim comparar e apontar pontos fortes e fracos.
      Eu não diria que americanos não sabem fazer carros..
      Eu diria que ninguém faz carros como os alemães!

      Excluir
    2. IX35 é ridículo: acabamento plástico, volante de plástico, 2 airbags, ar condicionado analógico, não tem nem computador de bordo nem retrovisor eletrocrômico. Bizarro.

      Excluir
    3. Tente convencer um americano a pagar o que um europeu paga num carro e as respostas serão as seguintes (serão novas pergunta pra quem tenta convencê-lo...):
      1. Por que pagar tão caro num bem que eu repassarei adiante dqqui três anos???
      2. Por que pagar tão caro sabendo que se o produto é muito caro, seu pós vendas também o será???
      3. Essa "tecnologia de ponta" é confiável??? Não vai me deixar na mão quando eu estiver viajando numa viagem longa com minha família???
      4. Esse veículo suporta um impacto contra uma picape??? Tanta tecnologia se traduz em segurança???

      Por esses motivos Volvo é a marca de carros importados que mais vende nos EUA, alia luxo na medida, motores condizentes e segurança e seu pós vendas nos EUA é muito bom...

      Americano se importa com outras coisas mais tecnológicas como computadores, celulares, gadgets modernos, acessibilidade, produtos como aviões, tratores, ferramentas...

      Gosta também de barcos, de casas de campo, de viajar (se você for pra América Central, o que mais verá lá é americano aproveitando as férias, feriados...

      Então, face este cenário, é muito improvável que americanos se importem com couro de vacas belgas criadas em pastos planos que proporcionam extra suavidade ao toque e maciez inigualável... Bota um banco de couro resistente aí e "segue o enterro" - daqui três anos repasso esse carro mesmo...

      E mesmo na Europa que tem tanto baba-ovo aqui que fala tão bem, mas nunca foi lá, a grande maioria dos caros ão muito simples (de onde você acha que vêm o conceito de sub-compactos, motores pequenos e baixo preço que tanto deu certo aqui no BR???)

      Excluir
  3. Tem pessoas que dizem: "Os americanos não sabem fazer carros"

    Mas os EUA é um dos países que têm a segurança como prioridade, e as avaliações

    são as mais rígidas.

    ResponderExcluir
  4. Já era de se esperar um belo projeto um bom carro

    ResponderExcluir
  5. Parabéns a jeep acertou em cheio no compass,pena q o 3008 ira tirar algumas vendas dele,no mais otimo carro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia até tirar mas a cota mensal para o 3008 é de apenas 250 unidades. Pelo menos por enquanto.

      Excluir
  6. Tiguan mandou lembranças pra esse trambolho da Fiat aí!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apaga que dá tempo...
      Se todo mundo for por sua opinião medíocre, o mundo vira uma Nutelisse sem medidas...

      Excluir
    2. Rodolfo Carvalho mais um fanboy da VW.

      Excluir
  7. com certeza a jeep fabrica os melhores suvs do planeta

    ResponderExcluir
  8. Isso fará vendas aumentarem, foi muito importante esse teste para o consumidor.

    ResponderExcluir
  9. Vejo muitos comentários com uma galera defendendo e criticando este ou aquele modelo... imagino que comentem com base em ficha técnica da internet ou opiniões de "especialistas" do Youtube, ou talvez, sejam vendedores mesmo (o que justifica, pois quem vende tem que defender o seu, não é mesmo?)... Dessa forma, vou dar minha opinião de cliente de SUV's (se é que a minha opinião sirva para alguma coisa, kkk). São duas as variáveis que considero quando compro um SUV: 1 - segurança, pois SUV's não tem a mesma estabilidade de um veículo menor (e não venham me dizer que é a mesma coisa, pois sou proprietário de SUV Top e veículo pequeno, e não é...). 2 - a experiência que passa quando dirijo. Experiência que pode ser traduzida pela sensação de segurança que transmite, bom arranque, visual agradável do interior... enfim, não fico lendo fichas técnicas nem ouvindo opiniões de "especialistas"... na hora de fechar negócio é uma decisão muito mais emocional... já comprei de 4 marcas diferentes, apenas em uma eu repeti a compra, e nunca me arrependi de nem um negócio... todos excelentes carros! Para quem é vendedor: Teste drive bem feito é fundamental! Meu último SUV mesmo, o que levou meu dinheiro foi teste drive: eu falei para o vendedor qual era minha necessidade. Parece que o cara leu meus pensamentos e não economizou no teste drive. Espero ter ajudado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SUV é um carro mais alto e com suspensão reforçada para superar obstáculos e pisos irregulares, pois como o próprio nome diz é um utilitário, normalmente comprado para uso familiar não esportivo, aliás não tem foco no desempenho, nem na dirigibilidade dos hatches ou sedans. Fiz test drive no Compass Limited e senti a suspensão firme bater seca numa valeta, obviamente que o projeto é para encarar esse tipo de obstáculo com facilidade, mas sacrifica um pouco o conforto. Pergunta: pela experiência dos 4 SUVs que possuiu, recomendaria algum desses: Volvo XC60, Edge, Grand Cherokee, Audi Q5, BMW X5? Para SUV médio não seria aguardar pela chegada do Tiguan que é bem conceituado na Europa?

      Excluir
  10. Vamos ser mais imparciais, mas o Compass é uma boa escolha. O único problema dele é o motor flex que deveria ser mais econômico.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.