Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo JAC T40: fotos, preços, versões e itens de série

Categorias: , , , 43 Comentários

A JAC Motors do Brasil apresenta o seu novo SUV compacto JAC T40, com preços começando em R$ 56.990 reais, chegando a R$ 58.990 reais no topo de linha.

Novo JAC T40

O modelo estará nas concessionárias no começo de agosto, e os preços variam entre R$ 56.990 reais e R$ 58.990, porém inicialmente apenas com transmissão manual. Em 2018, no primeiro semestre chega o JAC T5 Automático, com transmissão CVT.


Novo JAC T40

O JAC T40 chega enfrentará em breve o SUV compacto da Chery, o Tiggo 2, mas ele se posiciona também como competidor de modelos como VW CrossFox e Renault Sandero StepWay.

Novo JAC T40

Em termos dimensionais, o T40 mede 4,13 metros de comprimento, 1,75 m de largura, 1,55 m de altura e 2,49 m de entre-eixos. O porta-malas oferece capacidade de 450 litros, e a altura livre do solo é de 18 cm.

Novo JAC T40

O motor é o quatro cilindros 1.5 Flex, de 127 cv @ 6.000 RPM, e torque máximo de 15,7 kgfm a 4.000 RPM, associado a uma transmissão manual de cinco marchas. O peso é de 1.155 kg.

Novo JAC T40

O JAC T40 também traz o novo emblema da marca JAC no Brasil, de formato horizontalizado.

Novo JAC T40

Esse logo está posicionado em uma grade dianteira cromada que separa os faróis. A estética difere bastante do JAC T5, mais ostensivo.

Interior

O interior do JAC T40 também traz uma linguagem de design própria, onde de destaca a central multimídia na posição central, novo volante de três raios e cluster de instrumentos analógicos.

Novo JAC T40

A central multimídia de 8 polegadas está presente apenas na versão topo, tem tela sensível ao toque de 8 polegadas e capacidade de espelhamento de tela.

Novo JAC T40

Os revestimentos dos bancos são de tecido e couro.

Versões, preços e itens de série

  • JAC T40, chamada de Pack 2, é precificada em R$ 56.990, e traz de série controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, sensor de estacionamento traseiro, faróis com acendimento automático, direção com assistência elétrica, câmera integrada ao retrovisor, aviso de cinto, banco do motorista com ajuste de altura, piloto automático, espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico e repetidor de seta, faróis com regulagem elétrica de altura, sistema de posicionamento diurno em LED, retrovisor interno eletrocrômico, rodas de liga leve de 16” montadas em pneus 205/55 e volante multifuncional.
  • JAC T40 Pack 3, de R$ 58.990 reais, tem todos os itens do Pack 2 e acrescenta câmera frontal integrado ao retrovisor, câmera de ré e central multimídia com tela de 8”.
  • Opcional: Pintura bicolor R$ 1.990 reais.

Vídeo - JAC T40 - detalhes

43 comentários:

  1. Preço competitivo, boa lista de equipamentos mas sem CVT por enquanto é complicado... Vai vender bem mas poderia vender mais de já viesse a versão automática. E mais um que chegará antes do TIGGO2 kkkk, entretanto se ao menos o automático da Chery vier antes blz.

    ResponderExcluir
  2. Coragem aos compradores de carro chinês.E é bom lembrar..boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum hum. Esse aí tá se mordendo por conta da alta competitividade do veículo.

      Excluir
    2. Neste caso não se trata de coragem e muito menos de sorte; o que temos de ter é o bom senso em avaliar o que tem qualidade; e este Jac T40 tem e, me parece que de sobra. Carro completíssimo e super aprovado nos mercados do Peru e Colômbia. Vamos parar com o preconceito e valorizar o que realmente merece ser valorizado. Volto a enfatizar: Estou muito feliz com o meu Jac T5 CVT e só vou de china daqui prá frente.

      Excluir
    3. Melhor q um popular 1.0 ele é sem duvidas kkkkk

      Excluir
    4. Os chineses pouco a pouco estão evoluindo ,creio q num futuro próximo estarão no msm nivel da Hyundai por exemplo. Sobre o carro esteticamente bonito apesar de semelhante a ix35 na dianteira kkk me parece um carro bem equilibrado e com otimo custo beneficio.

      Excluir
    5. É normal defendermos o carro que possuímos,duvido que você defenderia essa marca se não tivesse.

      Excluir
    6. Cara eu n tenho um jac muito menod um chinês possuo um honda civic atualmente,enfim a questão é q os chineses estão melhorando em qualidade e oferecem otimo custo beneficio.Antes de julgar o carro q tal fazer um teste drive?

      Excluir
    7. Antes de ter ele provavelmente defendia, ou não teria comprado...

      Excluir
    8. Hector, estamos aqui trocando idéias e experiências, que, assim como me ajudou a colher informações sobre o Jac T5, quando eu não o conhecia, os nossos relatos atuais vão ajudar outros também. Não se trata de defender esta ou aquela marca.
      Tenho mais 4 carros: Honda Cívic automático, Livina, HB20 e Etios automático. Antes do T5 CVT rodava bem mais com o Cívic e o livina era reserva. O T5 virou o meu xodó e há mais de 5 meses que só rodo com ele. Pode crer no que vou te dizer: Eu esqueci totalmente do Cívic; tá lá, trancado na garagem do meu trabalho. O T5 é muito bom e a versatilidade que deram ao câmbio CVT é um caso à parte. Procure conhecer o carro para não julgar sem conhecimento de causa.

      Excluir
  3. o j3 foi aprovado e elogiado no desmonte da 4 rodas... já o ecosport....
    Bom rever o seu conceito de boa sorte!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brasileiro tem mania de comprar marca não o carro em si,vai dizer q um up tsi por 60 mil é custo beneficio? Kkkkk moro de rir

      Excluir
    2. 4 Rodas? Só pode ser piada. J3 também foi eleito melhor compra pela 4 Rodas, imagina se todos tivessem seguido o concelho. Por coincidência quando a JAC deixou de investir em MKT, com Faustão e tudo mais, a 4 Rodas também parou de falar do JAC. Mesma coisa o suposto desempenho ruim da Ecosport no desmonte. Por coincidência um outro SUV era capa de revista na mesma edição. Nem me fale da 4 Patas, realmente não levo a sério.

      Excluir
    3. O artigo não diz, mas o principal alvo desse modelo é o EcoSport, com medidas próximas (tirando o comprimento do estepe atrás).

      Excluir
  4. Quem manda no mercado é o consumidor independente do produto. Exemplo: Ônix reprovado e é líder de mercado.... Brasileiro é assim mesmo, critica os bons produtos e elogia os ruins só pq vende... É caso UP que um excelente produto e tem um monte de ............... que fica falando sem critério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e vc acionista defende oq? carro bom para o povo ou lucro?
      para de demagogia......

      Excluir
    2. O problema do UP é o visual, um caixotinho muitíssimo sem graça. Apesar de ser um super carro, peca neste item que é importantíssimo. Dai o sucesso do Ônix que perde feio para o Up em tudo, menos na beleza.

      Excluir
    3. Exatamente...UP não caiu no gosto do brasileiro, apesar de ser um ótimo carrinho...não vejo um bom futuro para o UP!É só esperar para ver se eu estou errado...

      Excluir
  5. Bom preço pelo conjunto, pessoal reclama dos chineses, mas se não fosse por eles, hoje estaríamos pagando 60 mil em qualquer 1.0 básico, mexeram no mercado e fizeram as tradicionais oferecerem mais por menos.
    Quanto mais concorrência melhor para o consumidor, produtos melhores por preço mais justo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pensa como eu, se não fosse os chineses, nos brasileiros não tínhamos acesso a quase nada de tecnologia, visto que tudo é feito la e consegue chegar aqui por um preço que nós podemos comprar. Os carros hoje só estão um pouco mais completos pela revolução nos preços que eles fizeram a uns 10 anos, estão fazendo uma revolução no comercio mundial.

      Excluir
  6. A JAC já está há certo tempo no Brasil e ainda não aprendeu?
    Esse tipo de carro tem que ter o câmbio automático logo de cara!
    Mais um lançamento equivocado!

    ResponderExcluir
  7. Gostei do carro, só a JAC tem que dar uma boa garantia, pra animar as compras.
    Carro muito bem conceituado em termos de custo x beneficio.

    ResponderExcluir
  8. Gostei do carro! E haja opcionais que muitos carros no Brasil ficam devendo. Não sei qual o medo de proprietários em não adquirir um carro deste. Pelo menos se deve fazer um test-drive para comparar a qualidade do produto. Tem gente que nem andou, não conhece o carro e, logo, diz que não presta. Ah, vá! Então é melhor comprar o 1.0 de R$ 55 ou 60 mil?

    ResponderExcluir
  9. Carlos4mitos. Eu defendo qualidade e segurança pra mim , minha família e os demais. Comora um Ônix pra vc e coloca a sua família dentro e boa sorte seu .......

    ResponderExcluir
  10. Com um bom CVT supera o 2008 como opção custo x benefício. E olha que a Peugeot deve ter tirado as barras de proteção lateral do carro, assim como fez com o 208... Logo, não fica atrás e segurança, recursos e valorização. Ótimo design interno e externo e boa lista de equipamentos. Parabéns à JAC!

    ResponderExcluir
  11. Que fetiche tem esses xing-ling com carros manuais! Praticamente ninguém apto a comprar carro desse segmento vai de manual! O carro tem até um design legal (eu nunca compraria, diga-se), mas já é queimado na largada!

    ResponderExcluir
  12. Gostei do carro, mas não sei se tenho coragem de encarar um xing-ling. Será que consigo peça para manutenção e vender daqui há alguns anos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa pergunta, essa é a minha grande dúvida é o medo dessese fabricantes saírem do Brasil como já aconteceu e ai

      Excluir
    2. Se for comprar pra vender daqui 4 ou 5 anos, acredito que vale a pena adquirir sim, até porque com essa idade já não terá uma desvalorização tão grande. A revenda vai depender da aceitação do mercado, mas acredito que esse carro tem tudo pra ter boas vendas, não existe muita opção no segmento nessa faixa de preço com essa quantidade de itens. Mas enfim, tudo na vida tem um risco e carro não foge à regra, independente da marca, afinal, você pode comprar um carro de uma marca tradicional, ter dor de cabeça e ter de vender depois.

      Excluir
  13. Se fosse automatico eu compraria hoje. Melhor que Polo pelado por 50k. Acorda VW.

    ResponderExcluir
  14. Belíssimo !!! De muito bom gosto. Torço para que seja bem sucedido no teste de impacto.

    ResponderExcluir
  15. Carro bonito e cheio de itens de série,preço justo massss manutenção, peças e desvalorização do carro na hora da venda. Já tenho medo de comprar carros franceses imagine esse. E aí senhores proprietários dos Jac o que me diz a respeito. Se não for igual a carros franceses quem sabe em futuro próximo seja meu próximo carro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho um Jac T5 CVT e creio que ele não vai desvalorizar como os antigos da Jac; inclusive o Jornal do Carro do Estadão de junho de 2017 publicou que, em um ano, o T5 obteve a mesma desvalorização do HRV. O T5 é Excelente, e todos os proprietários estão elogiando muito. É isso ai, teve qualidade? O mercado, obrigatoriamente vai valorizar a revenda.

      Excluir
  16. Qual o consumo do T5 e T4??? Gosto de carro econômico.

    ResponderExcluir
  17. Qual o consumo do T4 e T5???
    Gosto de carros económicos.

    ResponderExcluir
  18. O brasileiro não tem memória e é metido a besta.a JAC moto chegou com um carro superior. A todos os modelos que estão hoje no brasil. É chegaram pior que a JAC. Ex. Fiat 147 Chevette. Corcel 2. Gol chaleira

    ResponderExcluir
  19. É uma pena pecarem em trazer o automático apenas em 2018, iria com ceretza a uma concessionária e colocaria um em minha garagem!

    ResponderExcluir
  20. Acabei de comprar um T40 confesso que estou com um pouco de medo , mais ao ver o carro de perto fiquei bem entusiasmado um ótimo acabamento, muitos equipamentos ,tecnologia embarcada muito boa e o preço muito bom para tudo que tem no carro. agora é usar e ver . Estou muito confiante .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa vc poderia informar os valores do seguro e licenciamento

      Excluir
    2. Boa noite . Poderia informar o valor do licenciamento e do seguro

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.