Car.blog.br

Pesquisar este blog

Mercado EUA: VW e Audi crescem; Toyota, GM e FCA caem

Categorias: , 24 Comentários

A montadoras de automóveis instaladas nos EUA divulgaram seus números de vendas para o mês de abril de 2017, trazendo queda de vendas das três grandes americanas - GM, Ford e FCA -, das três grandes japonesas - Toyota, Honda e Nissan, e, por outro lado, crescimento de Volkswagen e Audi. Os números são relativos à abril de 2016.

Mercado EUA: VW e Audi crescem; Toyota, GM e FCA caem

Grupo VW - crescimento 3%


VW Golf 2018

O conglomerado alemão Volkswagen, representado nos EUA pelas marchas Audi, Bentley, Lamborghini, Porsche e VW, cresceu 3% em abril de 2017 relativamente ao mesmo mês do ano anterior, para um total de 52 mil veículos vendidos.

Audi - 76º mês consecutivo de crescimento

Audi Q5 2018

A marca premium Audi, especificamente, registrou o 76º mês de crescimento consecutivo, com destaque para o Audi Q5. No total, a marca dos quatro anéis vendeu 18.711 veículos nos EUA em abril.

VW Golf Alltrack 2018

No caso da Volkswagen, marca núcleo, o avanço foi de 1,6%, sendo a família Golf (Hatch + Variant) tendo avançado mais de 40% sobre igual período de 2016, com 7.187 unidades emplacadas.

GM - queda de 5,8%

A somatória das vendas das quatro marcas da General Motors (Buick, Cadillac, Chevrolet e GMC) registrou queda de -5,8%, para um total de 244 mil unidades, enquanto a Ford (Ford + Lincoln) declinou -7.1% para 213 mil unidades.

FCA - queda de - 6,8%

A Fiat Chrysler perdeu -6,6% na soma de suas seis marcas (Chrysler, Dodge, Fiat, Ram e Maserati), para um total de 176 mil unidades emplacadas.

Toyota caiu -4,4%; Honda caiu -7%


No caso das japonesas, a Toyota perdeu -4,4% na soma de Lexus, Scion e Toyota, para um total de 202 mil unidades, enquanto a Honda + Acura despencou -7% para 138 mil veículos vendidos.

Hyundai-Kia caiu -1,9%


O conglomerado coreano Hyundai-Kia caiu -1,9%, para 1116 unidades vendidas, somando também os números da Genesis (marca de luxo da Hyundai).

BMW - queda de 12,2%; Mercedes - queda de 8,7%


A retração atingiu também a BMW, que viu suas vendas declinarem -12,2% na soma das marcas BMW, Mini e Rolls-Royce. A Mercedes-Benz também caiu -8,7%, para um total de 29.040 unidades emplacadas.

Fonte: [Auto News ]

24 comentários:

  1. Essa Golf Variant ficou bonita demais.....

    ResponderExcluir
  2. Já tem um tempo que as marcas americanas e japonesas vem caindo por lá.

    Pode demorar, mas caso persistam nesta linha de queda, uma hora serão alcançadas pela VW que está em ascensão.

    ResponderExcluir
  3. Depois que eu falo que o problema dá vw brasileira é esse presidente ninguém acredita. A VW é um das melhores montadoras do mundo, tem as melhores tecnologias, os melhores carros e as melhores vendas no mundo todo só no Brasil está despencando então a culpa é do presidente que está usando estratégias erradas. Vide esse besteira de lançar golf 1.6 com motor de Fox, alegando que brasileiro não iria querer um golf 1.0, depois lança o 1.0 matando o 1.6 que só existe com esse motor aqui. Quem compra golf entende de carro senão não comprava golf, e quem compra golf sabe que o 1.0 tsi é melhor que o 1.6 msi. Mas o presidente dá vw não sabe ou se faz de burro ou e burro mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que mundo vc vive? A VW Brasil foi a única empresa que subiu uma posição no ranking das maiores em 2017, quando comparado a 2016.
      http://www.car.blog.br/2017/05/volkswagen-supera-fiat-e-assume-vice.html
      Já superou a fiat e está na vice-liderança.
      Não só isso. Graças ao David Powels a VW Brasil registra uma disparada sem precendentes nas exportações, sendo hoje a líder incontestável em vendas externas no Brasil, com aumento de quase 100% sobre o mesmo período de 2016.
      Isso é decorrente da criação da divisão da América do Sul da marca, da qual o David Powels é o CEO.
      Nunca se vendeu tanto VW Na América Latina.
      Pela primeira vez em muitos anos, a BVW Brasil terá um VP Comercial brasileiro, que o Gustavo Schimidt.
      Cara, na boa, evite relinchar tanto. Vc abre a boca e não se aproveita nada do que vc fala. É só relinchos, besteirada sem fundamento. Isso depôe contra vc. Se fala disso com frequneica, todos vão perceber que vc é bem burro mesmo.

      Excluir
    2. Digamos que a Fiat caiu tanto em vendas que conseguiu ficar pior em vendas que a VW. Mas a alegria do segundo lugar vai durar pouco, deixa o Argo sair para ver como fica. Se a Fiat baixar um pouco o preço do Uno, aí vai vender mais ainda. Não acredito que os novos Polo e Virtus sejam um estouro em vendas, serão caros demais para isso.

      Excluir
    3. O Argo???? Brother, voce deveria saber que a FIAT nao "emplaca" carro grande, vide o bravo, que e um bom carro, mas gracas aos antecessores... Marea, Brava, Stilo, Tempra, Tipo...

      Excluir
  4. A GM Americana tem de aprender com a brasileira a como dominar um mercado. Aqui no Brasil a GM é liderança isolada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Americano não compra Onix não.
      Deixa de ser jacú.
      Isso é só p emergentes. onde PT, Dilma, Lula, Temmer etc.

      Americano compra é pickup grande, sedan turbo, esportivo envenenado, SUV 7 lugares.
      vai achando viu...

      Excluir
    2. Americano comprando essas porcarias de Onix, Prisma, Cobalt?
      Tá de brincadeira, né?
      Amigo, lá é 1o mundo..

      Excluir
  5. Ué ??? Cade o pessoal que fala que americano não sabe comprar carro ?

    ResponderExcluir
  6. VW - 52 mil
    GM - 244 mil
    FORD - 213 mil
    FCA - 176 mil
    Toyota - 202 mil
    Honda - 138 mil

    Como escrevem, VW um dia alcançara kkk, se vender mais 3 carros já era...Novamente esse joguinho de porcentagem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKK VERDADE!

      Quem sabe daqui uns 215 anos a VW alcance a Toyota.

      Excluir
  7. VW: total 52k uniddades
    GM: total 212k unidades

    Não precisa falar mais nada.Nem citei as outras montadores.

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. Alguma dúvida?
      O que a matéria não mostra é que mesmo a VW subindo, ainda está muito distante das outras "em queda".

      Excluir
    2. Uai, porquê tá postando aqui, então?

      Excluir
  9. Esse resultado é incrívelmente bom não só pelo aumento de vendas em si, enquanto todo o resto cai, mas principalmente pelo fato de que os principais vetores de aumento de vendas nos EUA este ano ainda não se fizeram presentes nos resultados: o VW Atlas e o Audi Q5.

    Então, podem esperar aceleração do crescimento de vendas da VW nos EUA, daqui para o final do ano. O segundo trimestre de 2017 já deve trazer resultados ainda mais robustos, já que o Atlas e o Q5 começam a ser vendidos este mês.

    ResponderExcluir
  10. Qual(is) carro(s) da Volks puxou esse aumento de vendas?
    Qual o mais vendido?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.