Car.blog.br

Pesquisar este blog

BMW Série 5 chega em maio com condução semi-autônoma

Categorias: , , , , 16 Comentários

A BMW do Brasil anuncia o início de comercialização no mercado brasileiro da nova geração do BMW Série 5, sedã que chega às concessionárias no dia 3 de maio em versões 530i M Sport (R$ 314.950) e 540i M Sport (R$ 399.950).

Novo BMW Série 5 2018

A sétima geração do sedã BMW Série 5 - sedã executivo mais vendido do mundo desde 1972 - atualmente produzido em Dingolfing, representa o que a marca vislumbra para o futuro em questão de conectividade, tecnologia e direção autônoma.

Design

A BMW procurou reforçar o caráter esportivo do sedã, com linhas mais arrojadas e sinuosas. A dianteira foi completamente remodelada, com novos para-choques, luzes de neblina em LED e faróis em LED integrados ao duplo rim frontal, característico da BMW, que cresceu e agregou uma câmera central para auxiliar na hora de estacionar e evitar colisões.

BMW 540i MSport - 2018

A grade frontal traz ainda o sistema Active Air Stream, que controla a abertura e fechamento dos defletores de ar para melhorar a aerodinâmica e reduzir as emissões de CO2.

Novo BMW Série 5 2018

A traseira também foi redesenhada, com lanternas mais longas em full LED e escapamento duplo.



O pacote aerodinâmico M Sport veio para apimentar o visual do sedã executivo, adicionando saias laterais, para-choques dianteiro e traseiro e acabamento externo Individual High-gloss Shadow Line.

Novo BMW Série 5 2018 - traseira

No tamanho, o modelo cresceu em todas as direções ante a geração anterior. O BMW Série 5 tem agora 4,93 metros de comprimento; 1,86 metro de largura; 1,47 metro de altura e 2,97 metros de distância entre-eixos. Esse aumento das dimensões externas refletiu em maior espaço interno.

BMW 540i MSport - 2018

Assim, motorista e ocupantes têm mais espaço para cabeça, pernas, joelhos e ombros. O porta-malas, por sua vez, cresceu 10 litros e, agora, tem capacidade total de 530l.

Novo BMW Série 5 2018

A aerodinâmica do modelo foi aprimorada pelo conceito design leve BMW EfficientLightweight, caracterizado pelo uso extensivo de alumínio e aço de alta resistência na composição do veículo. Em relação ao modelo anterior, a nova suspensão recebeu uma nova calibração. Os eixos dianteiro e traseiro, com dois e cinco braços (respectivamente), têm novo design e inúmeros componentes de liga leve, para reduzir o peso da massa não suspensa e aperfeiçoar o equilíbrio entre dinâmica e conforto.

Novo BMW Série 5 2018

A carroceria tem baixo centro de gravidade e distribuição igual de peso nos eixos – marca registrada da BMW –, oferecendo uma estrutura leve e com excelente rigidez torcional. Além disso, o novo BMW Série 5 reduziu em 10% a resistência ao vento em comparação com o antecessor, graças a melhorias como o coeficiente de arrasto aerodinâmico; o Active Air Stream e o Air Curtain; saída de ar lateral, que diminui a turbulência provocada pelas rodas em movimento. Com isso, o sedã ficou até 100 quilos mais leve do que seu antecessor.

Motores

Os novos motores do BMW Série 5 são da família BMW TwinPower Turbo. No Brasil, estão disponíveis para o Série 5 duas motorizações a gasolina, que atuam com uma transmissão automática de oito velocidades e tração traseira.

BMW 540i MSport - 2018

O novo motor 2.0 l de quatro cilindros em linha do BMW 530i é capaz de entregar potência máxima de 252 cv entre 5.200 rpm e 6.500 rpm e torque máximo de 350 Nm entre 1.450 rpm e 4.800 rpm. O BMW 530i acelera de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos.

Novo BMW Série 5 2018 - motor

O BMW 540i, por sua vez, traz sob o capô um motor 3.0 l de seis cilindros em linha, com 340 cv entre 5.500 rpm e 6.500 rpm e 450 Nm de torque entre 1.380 rpm e 5.200 rpm. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 5,1 segundos. Em ambos os modelos, a velocidade máxima é de 250 km/h e o tanque de combustível tem capacidade de 68l.

Versões e equipamentos

A versão 530i M Sport (R$ 314.950) traz design M Sport, rodas de liga leve M Doublespoke aro 18 e faróis full-LED, Multifunctional Display em tela de 13,3 polegadas e preparação para Apple CarPlay via wireless.

Novo BMW Série 5 2018 - interior

Outros itens dessa versão são bancos dianteiros esportivos com ajustes elétricos e memória; ar-condicionado automático digital; iluminação ambiente interna; serviços ConnectedDrive; sistema de Navegação Professional com informações do trânsito em tempo real; teto solar elétrico em cristal; transmissão automática esportiva com shift paddle; Comfort Access (abertura e fechamento automático das portas) e novo Parking Assistant, com câmera de ré e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro .

Novo BMW Série 5 2018 - interior - detalhes

Já a versão topo de linha 540i M Sport (R$ 399.950) apresenta todos os itens da versão acima, oferecendo ainda rodas de liga leve M Double-spoke aro 19, faróis Full-LED adaptativos, sistema de som Surround 7.1 Harman Kardon; novos Driving e Parking Assistant Plus; Head-up Display e Night Vision com reconhecimento de pedestres, entre outros itens de conforto e conveniência.

Novo BMW Série 5 2018 - ar-condicionado - saída traseira

Ambas as versões trazem cinco opções de pintura externa (Preto Carbono; Preto Safira; Cinza Sophisto; Branco Alpino; Azul Mediterrâneo e Bluestone) e quatro opções de revestimento interno em couro: Dakota Preto, Dakota Preto com Costura Azul, Dakota Cognac e Dakota Night Blue.

Mais perto da condução autônoma

Os novos sistemas de assistência ao condutor do BMW Série 5 representam um grande passo na direção da condução autônoma. Novo sistema Controle de Velocidade de Cruzeiro Ativo (ACC) e a nova geração do sistema Auto Start/Stop são algumas das tecnologias presentes no novo BMW Série 5 e descritas a seguir.
  • Auxiliar de direção e de pista: Mantém o carro na trajetória em velocidades até 210 km/h, orientando-se tanto pelo veículo à frente como pelar marcações e faixas na pista. Em velocidades entre 30 e 70 km/h o sistema permite correções de rota sem as mãos no volante.
  • Auxílio de evasão: Sistema que ajusta a trajetória do veículo em caso de mudança brusca de direção de acordo com input do motorista ao volante. Além disso, ele usa sensores para detectar quanto espaço livre está disponível ao redor do carro. O sistema atua em velocidades até 160 km/h.
  • Aviso de Trânsito perpendicular: Utiliza sensores de radar para monitorar o tráfego em junções de difícil ângulo de visão ou quando for manobrar fora de um espaço de estacionamento localizado em um ângulo reto para a estrada.
  • Alerta de saída da faixa de rodagem: Avisa o motorista em caso de saída da faixa de rodagem e o auxilia a retomá-la. Atua entre 70 km/h e 210 km/h.
  • Aviso de colisão lateral: Condutor é avisado visualmente e através de vibrações no volante se outro veículo se aproximar muito. Caso o sistema detecta espaço suficiente no lado oposto, conduz o veículo neste sentido para o afastar da zona de perigo, dentro da faixa de rodagem. Atua entre 30 km/h e 210 km/h.
  • Active Cruise Control (ACC): O sistema leva em conta agora as saídas das rodovias e rotatórias, além de adaptar a aceleração nessas situações. Além disso, ele detecta não só o veículo diretamente na frente, mas também o veículo em frente àquele no comboio. Funciona entre 0 e 210 km/h.
BMW ConnectedDrive: A plataforma que oferece serviços conectados para os veículos BMW. Algumas das suas funcionalidades são a Chamada Inteligente de Emergência, o Concierge e a navegação com informação de trânsito em tempo real. O usuário ainda tem acesso ao BMW Online, que permite o acesso às contas de e-mail e o recebimento de notícias personalizadas durante o deslocamento.

BMW 540i MSport - 2018

BMW Connected: assistente de mobilidade pessoal que está disponível desde o final de março de 2016 na Europa, e foi lançado no Brasil no Salão do Automóvel de 2016, em novembro.

BMW 540i MSport - 2018

Atualmente, o foco está na oferta de serviços digitais que facilitam o planejamento de viagens e compromissos. Graças ao BMW Connected o usuário chega ao seu compromisso a tempo e sem stress.

Novo BMW Série 5 2018 - painel

O sistema aprende o padrão de mobilidade do usuário, antecipa seus destinos usuais, integra a sua agenda e seu calendário, transformando a experiência do cliente antes, durante e depois da viagem. A partir da sua plataforma flexível, a Open Mobility Cloud, o BMW Connected processa informações na nuvem, permitindo a integração da vida digital do usuário a partir de uma série de dispositivos, o iPhone e o Apple Watch.

Novo BMW Série 5 2018 - interior

Apple CarPlay: O suporte ao Apple CarPlay é oferecido no novo sedã BMW Série 5 e está diretamente integrada ao ambiente do sistema do carro (telefone, incluindo seus aplicativos). O sistema é controlado através do Controlador iDrive ou através da operação com toque. BMW é o primeiro fabricante de automóvel a oferecer Apple CarPlay de forma completamente sem fio.

Novo BMW Série 5 2018

Head-Up Display e reconhecimento de voz: O novo Head-Up Display é 70% maior do que o antecessor e apresenta gráficos em 3D e entende frases inteiras por comando de voz.

Postagens relacionadas:

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Eheheheheh.....espero que você viva bastante pra ver!

      Excluir
    2. A6 é projeto de 2011 e não fica muito atrás. Audi já tem há muito tempo tecnologias que só agora apareceram na série 5. Condução semi-autônoma Audi, Volvo, já tem há mais tempo lá fora. Park Assist, p. ex., qual BMW que teve antes dessa? Painel "digital" da BMW é uma verdadeira piada comparado ao Virtual Cockpit da Audi - aliás, é piada comparado também ao painel digital da VW, Mercedes, Volvo, Land Rover, Jaguar, etc.

      Resumindo: esse carro não tem nada do que outros já não disponibilizavam antes, e no geral os outros disponibilizam melhor.

      Excluir
    3. Não sei quanto ao Gabriel, mas digo por mim. Nossa admiração pela BMW, assim como o consumidor da marca, não é por eletrônica de ponta. BMW é história, tradição, esporte e estilo de vida. Na prática a teoria é outra. Dirija um Twin Power com ZF8 e tração traseira e depois dirija um Audi em seguida. A diferença é abissal. Só pela segurança e assentamento que um BMW proporciona dinamicamente pra mim já é superior que qualquer dessas eletrônicas. Afinal, qual é efetivamente a importância de um virtual cockpit ?

      Excluir
    4. A6/A7 tem câmbio de dupla embreagem de 7 marchas, e tem tração quattro crown gear - talvez o melhor sistema de awd disponível hj para carro de passeio. São duas características que são superiores. BMW pode ser mais divertida e com melhor dirigibilidade, mas só isso não a torna melhor. Põe uma BMW com tração traseira na chuva, no barro ou na neve para ver como ela se sai - aliás, a BMW tem série 3 e 5 awd lá fora, mas ela não traz para o Brasil.

      Excluir
    5. Pra mim não se trata de ter os melhores sistemas individualmente, e sim como esses sistemas trabalham em conjunto. Claro que decidir entre Audi, BMW e Mercedes é uma coisa subjetiva, por isso as vendas dessas 3 marcas sempre andam próximas e alternando-se ao longo do tempo. Apesar de particularmente achar que a Mercedes está em um patamar acima, a tradição e o cuidado da BMW ao construir carros são coisas singulares. Essa não é somente a minha opinião. Esta é compartilhada por diversos ex-pilotos e especialistas em mecânica. Desmonte um BMW e um Audi e coloque lado a lado. Veja o primor da construção do conjunto e de cada peça individualmente. O atenção aos detalhes mecânicos em um BMW é incomparável, embora em durabilidade e robustez ainda perca para a Mercedes.

      Excluir
  2. Carlot4 vai vim relinchar que A4 é mas completo que esse BM saukskususus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Audi que concorre com esse carro é o a6.

      Excluir
    2. Ele relinchou na matéria passada do Serie 5.
      Como a audi esta acima da BM, blá blá blá.
      Quem concorre com serie 5 é A4 kkkkkkkkk
      piada pronta.
      Deveria deixar currículo no zorra total

      Excluir
    3. Se tivesse grana ia de série 5.

      Excluir
  3. Concorrente direto do A3, Porque segundo alguns aqui A4 concorre com BMW Serie 7, e A5 com Foguete da Nasa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engano seu, apesar de ser muito inferior, o Serie 5 concorre com o Voyage, o Voyage está anos luz na frente, tem suspensão com eixo de torção, tração dianteira e motor MSI, além de ser muuuuito melhor construido.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. A BMW como sempre atrasada. O VW UP de entrada já vem com esse tipo recurso desde o lançamento. Já os Audi oferecem esse mimo desde os anos 80.


    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  5. Externamente da impressao que incho o "zóio", farois e lanternas mais gordas.
    interiormente mudou bem, mas prefiro a geracao anterior.
    e esse negocinho de estaciona com a chave anda e para.... acho isso uma p** babaquice.
    eu gosto de dirigir....conducao autonoma de c* eh r***
    ta com sono para no posto, toma cafe e depois continua.
    Eu nao sou muito adepto dessa tecnologia. vou acabar tendo algum carro com isso, mas pra mim vai ser q nem o Airbag, vai ta ali....

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.