Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chery QQ 2017: teste do carro mais barato do Brasil - vídeo

Categorias: , , , 68 Comentários

O Chery QQ é o carro mais barato à venda no Brasil, com preço praticado em concessionárias, como a Chery Dali (DF) - Tel. 2108-0808, de R$ 29.900 reais neste modelo nacional, fabricado em Jacarerí (SP), em sua versão básica, a qual será mostrado em detalhes neste artigo, e é cerca de R$ 7 mil reais mais barata que o Fiat Mobi com os mesmos opcionais, e mais de R$ 10 mil mais barata que um Up! similar.

Novo Chery QQ 2017 - teste

O vídeo a seguir mostra o Chery QQ 2017 nacional, na cor prata, versão básica, em detalhes.



O Chery QQ mede 3,54 metros de comprimeiro e o entre-eixos é de 2,34 metros, que são dimensões próximas à observada no Fiat Mobi e no Volkswagen Up!, seus principais concorrentes.

Novo Chery QQ 2017 - teste

Entretanto, de forma similar ao Up!, o Chery QQ tem um compartimento de motor reduzido, que só comporta motores de 3 cilindros, o que permite deixar mais espaço útil na carroceria para passageiros e bagagens.

Novo Chery QQ 2017  - interior

E essa é a primeira surpresa positiva ao se entrar no QQ: o bom espaço interno. O QQ tem o mesmo nível de espaço interno do Up! na dianteira, e, na traseira, é certamente o sub-compacto campeão em oferta de espaço atras, pois o vão para as pernas dos passageiros traseiros é superior ao observada no Up!, e muito maior que o Mobi.

Novo Chery QQ 2017 - espaço traseiro

Outro aspecto positivo do interior do QQ é o fato de que ele não tem o tradicional cheiro de plástico que vem no Celer. Ao que parece a Chery resolveu o problema, pois o QQ KM, como o modelo mostrado, tem um cheiro tradicional de carro novo.

Novo Chery QQ 2017 - painel

Além disso, o Chery QQ adota ganchos de fixação ISOFIX para cadeiras infantis no banco traseiro, que são muito mais seguros que os ganchos convencionais, já que os ISOFIX usam ancoragem na carroceria, enquanto os demais prendem a cadeira no banco.

Novo Chery QQ 2017 - interior - acabemento

Novamente o QQ está alinhado com o Up!, e é superior ao Mobi - o Fiat usa ganchos convencionais, menos seguros.

Novo Chery QQ 2017 -  porta-malas de 160 litros

Entretanto, se o QQ surpreende em termos de espaço para passageiros, ele decepciona no porta-malas, com capacidade volumétrica de apenas 160 litros, 55 litros a menos que o do Mobi (215 litros), e 125 litros a menos que a do Up! (285 litros).

Novo Chery QQ 2017 - teste

O acesso a esse porta-malas, porém,  é fácil, e, caso seja necessário mais espaço, o QQ permite que o banco traseiro seja rebatido, ampliando significativamente o espaço de carga.

Itens de série

O Chery QQ básico, como o mostrado nas fotos, vem de série com direção hidráulica (muito leve), vidros elétricos dianteiros, ar-condicionado, sistema de som com rádio AM/FM e leitor de USB (não tem conexão Bluetooth, o que é uma ausência notável), lanternas de neblina, faróis de neblina - um pacote bem atraente para um carro de R$ 29.900 reais.

Novo Chery QQ 2017 - teste

O Fiat Mobi similar, que é o Mobi Easy On, custa mais de R$ 7.000 reais mais caro, e ainda fica devendo os vidros e travas elétricas e o sistema de som. Já um Volkswagen Up! com itens similares ao QQ, que seria um Take 4 portas, com o pacote completo, sai a R$ 42.890 reais, quase R$ 13 mil reais mais caro.

Novo Chery QQ 2017 - equipamentos de série

Dessa forma, fica claro que o principal atrativo do Chery QQ nacional é sua imbatível relação custo x benefício.

Comportamento dinâmico

O Chery QQ nacional adota um motor três cilindros 1.0 com 69 cavalos movido exclusivamente a gasolina, que permite acelerar os 936 Kg do sub-compacto de 0 a 100 Km/h em 15,9 segundos, e retomar de 80 a 120 Km/h em 24,3 segundos.

Novo Chery QQ 2017 - teste

Esses números o tornam cerca de 1 segundo mais rápido que o Fiat Mobi Easy, com motor Fire 1.0, e cerca de 1,5 segundo mais lento que o up! 1.0 MPI. De qualquer forma, o QQ apresenta um desempenho correto em uso urbano, com boa oferta de torque em baixos regimes, tornando-o ágio em manobras urbanas.

Novo Chery QQ 2017 - teste

Além de ágil, o QQ é muito agradável de ser dirigido em função da ótima posição de dirigir, elevada (não há regulagem de altura do assento ou do volenta), e também pela extrema leveza da direção hidráulica, câmbio de engates macios e precisos (bem melhores que os do Chery Celer nacional) e silêncio interno.

Novo Chery QQ 2017 - espaço interno

Há também uma isolação da carroceria em relação às vibrações do motor, mas ela é mais eficaz em baixos regimes de rotação.

Novo Chery QQ 2017 - teste

A suspensão tem um ajuste que é intermediário entre a firmeza do Up! e a maciez do Fiat Mobi. O Chery QQ é agradável em uso urbano, pois, em função desse ajuste, a carroceria não oscila muito em pisos de baixa qualidade, e ela tem também boa altura em relação ao solo, de modo que não há risco de raladas em valetas, lombadas e buracos.

Novo Chery QQ 2017 - teste

Em curvas feitas em velocidade mais elevada, porém, observa-se certa inclinação da carroceria - algo observado também no Chery Celer - o que causa certo desconforto e apreensão, especialmente se a condução for mais "esportiva" - algo não recomendando para esse tipo de carro.

Novo Chery QQ 2017 - teste

Em relação ao consumo, o Chery QQ obteve no INMETRO 11,9 Km/l de gasolina em cidade, e 13,1 Km/l em estrada. Já em nosso percurso padrão, 50% cidade, 50% estrada, com ar-condicionado ligado 100% do tempo, obtivemos uma média de 13,5 Km/l de gasolina.

Garantia e revisões

O Chery QQ tem garantia de fábrica de 5 anos, e plano de revisões programadas de preço fixo.

Conclusão

O Chery QQ 2017 nacional, em sua versão básica, agrada bastante pela boa montagem do interior, ótimo espaço interno, ausência de ruídos internos, prazer e facilidade de dirigir, boa lista de itens de série, ótima relação custo benefício e agilidade do motor em cidade.

Novo Chery QQ 2017 - teste

Ele fica devendo, porém, um sistema de som com conexão Bluetooth (para permitir chamadas telefônicas por meio do sistema de som do carro).

68 comentários:

  1. Dá pra pegar isso não...29kk nisso?.Sei que é o melhor preço,mas um seminovo ou usado de uma marca tradicional e com ampla rede de CSS é a escolha prudente.Nem Chinês compram seus próprios carros ,que dirá eu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. COmo não. O Wooling é o segundo carro mais vendido na China. E a Chery já vendeu mais de 5 milhões de carros no mundo, a maioria na China.

      Excluir
    2. "Nem chinês compra seus próprios carros..."

      E aqui temos mais um que morde com gosto o que é repetido por aí. Também tem medo de queimar a bomba de combustível por andar com carro na reserva?
      Inteligência você não encontra por aqui.

      Excluir
    3. Carinha pode comprar seu QQ e ser feliz!!!eu como a maioria não gostamos desses carrinhos de brinquedo,se vc gosta ,compre logo uns 2,só não venha com demagogia.O carro é um fracasso,e ponto,essa é minha opinião(compartilhada com milhares,vide número de vendas dessa bomba),se vc não concorda,ao menos respeite e obtenha um minimo de inteligencia...

      Excluir
    4. Então tudo que vende pouco é ruim ? E tudo que vende bem é bom, então ?

      Excluir
    5. Não necessariamente,mas falar que esse QQ é um sucesso,pera lá né cara.O carro é um fracasso!!!Não vende nada e não vai vender,pois são poucos que investem 30 kk nisso,é mais viável adquirir outros carros(mesmo seminovos ou usados )`a esse QQ.Desvalorização monstro,segurança questionada,falta de CSS e consequentemente de peças são alguns dos motivos que levam o cidadão a fugir dessa "bomba".Mas se mesmo assim o carinha quer dar 30 kk no carro,fazer o que...é um direito dele,eu ainda quero ver o caboclo tirar 30 kk ir na CSS e tirar esse carro,sair feliz e ter certeza que fez um ótimo negocio...kkkk.Comentar todo mundo comenta eu quero ver é comprar um QQ,tem que ser muito "macho"...kkk.

      Excluir
    6. Um cara que fica escrevendo opiniãozinha sem importância às 23:46, não tem 30 mil prá comprar nada. Junta cincão e vai pergar ônibus na chuva, enquanto eu buzino de arzinho no meu QQ de 30 mil, e vejo meus investimentos crescerem na bolsa. Não tenho tempo pra idiotíces do careca. Boa noite.

      Excluir
  2. Sinceramente, com 30 mil eu compro um gol 1.6 2014.talvez um Palio 1.4 ou um Etios também 2014

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carro usado é uma loteria. Vc pode se dar bem, mas pode pegar um bem sambado, com quilometragem adulterada, sem garantia.
      Carro 0KM não se compara com carro usado.

      Excluir
    2. Engano seu ja tive um fusion 2008 quando ainda residia no Brasil,peguei o carro com 70 mil km na época e 5 anos de uso e o carro estava impecável jamais trocaria um carro superior usado por uma carroça popular do mesmo preço,hj vivo nos EUA ,e aqui minha realidade é distinta sou um feliz proprietário de uma cls 550 v8 2010 e o carro esta super inteiro pela idade tanto aqui quanto nos EUA carro 0km é furada ao meu ver

      Excluir
  3. Sem uma boa rede de lojas e publicidade adequada, não vende.
    E ainda tenho minhas dúvidas se será aprovado no teste de colisão.
    É esperar e vê se presta...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teste de colisão?Cara não precisa ser graduado em segurança automobilística pra saber que em caso de colisão séria, vai todo mundo pro saco nessa caixinha de fosforo.Olha o tamanho desse carro,e a estrutura da carroceria,será que aguenta?Sei não viu,é Chinês,então já viu né...

      Excluir
    2. Tamanho não tem nada a ver. O Up! tem o mesmo tamanho do QQ e é 5 estrelas no Latin NCAP e tem rigidez torcional da carroceira igual ao do Jeep Renegade e do Compass.
      Então seguraça é uma questão de engenharia.
      Mas aposto que esse QQ é mais seguro que o Mobi.

      Excluir
    3. Ai carlota,você já vendeu a "caloi"e comprou um QQ?Só pode,pra defender esse carrinho de brinquedo...kkkkk

      Excluir
    4. Cara, você pede pra respeitarem sua opiniao mas nao respeita a do Carlos.

      Excluir
    5. Não estou desrespeitando-o,Carlos é um caso à parte nesse blog,pesquise seus post anteriores e verá que ele valida suas opiniões com base na internet.livros e revistas.Carlos disse:Não tenho carro ando de bike e por isso tenho um contexto maior sobre o mundo automotor(foi mais ou menos isso que ele disse).Nem deve ter CNH,como levar Carlos à serio...Eu não concordo com algumas a opiniões dele,mas respeitar sempre,seja quem for,é o essencial em um mundo moderno...

      Excluir
    6. O dinheiro é meu e eu compro o que eu quiser, e dái? Não é da sua conta. Só um idiota compara um QQ 1.0 3 cilindros com um gol 1.6 2014. Opinião papel higiênico.

      Excluir
  4. Prefiro comprar um UP! ou Ka usados a ter que comprar um Chinês. Jamais partiria com esse carro numa viagem ao Nordeste por causa da falta de assistência técnica e de peças.

    Outro ponto que muitos "não levam em consideração", mas eu sim, a desvalorização, paga-se 29,990, não consegue nem 20 mil na própria Chery, particular também não compra, agências depreciam ao extremo.

    É o típico barato sai caro, melhor gastar mais e comprar algo mais conhecido, prefiro um Mobi a este QQ.

    ResponderExcluir
  5. Chery QQ: Zero Estrelas

    “No geral, o saldo dos carros produzidos no Brasil é positivo, mas o resultado do teste do Chery QQ é muito fraco”, afirma Alejandro Furas, secretário geral do Latin NCAP.

    “Considerando as deformações que o carro testado apresentou, assim como o movimento da coluna de direção e o comportamento da estrutura e do tubo metálico que une as duas colunas A, é muito provável que os resultados da versão com airbags não melhorariam tanto”. Oficialmente, a estrutura foi considerada "instável".

    O relatório completo afirma que “a proteção oferecida à cabeça e ao peito do motorista foi pobre” e “a proteção do peito do acompanhante foi marginal”. Segundo o texto, “os joelhos do acompanhante puderam ter impactado contra estruturas perigosas que ficam atrás do painel, onde está o tubo que atravessa a parte da frente da estrutura. A estrutura do habitáculo foi qualificada como instável, não sendo capaz de suportar maiores cargas”.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Modelo importado, sem airbag's e ABS; e todo modelo assim só vai fazer vexame no Latin NCAP, nem sei porque ainda testam... outra que não usaram o Isofix, num modelo com a presença do mesmo.

      Excluir
    2. Segundo Luciano Resner, diretor de qualidade da chinesa, os testes feitos pela Chery do Brasil comprovam que o QQ vendido por aqui tem desempenho superior somente pela inclusão do airbag. “Nossos carros com airbag frontal para motorista e passageiro e Isofix traseiro alcançariam tranquilamente de duas a três estrelas. O QQ atinge o que a maioria dos competidores nesse segmento atinge”, afirma o executivo. “Quando a gente analisa os resultados, fica claro que em função da falta de airbag, principalmente do motorista, o Latin NCAP classificou os impactos no dorso e na cabeça como inadequados. Com a introdução do airbag, isso melhora muito”, garante Resner.

      Excluir
  6. Mais barato que o Mobi;
    Mais espaçoso que o Mobi;
    Mais econômico que o Mobi Fire;
    Anda mais que o Mobi Fire;
    Fica difícil dona Fiat kkkk.

    Com a CAOA vendendo a Chery poderemos vê muitos QQ's deste nas ruas; tem condições de vender 400/500 unidades mês sem esforço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc esqueceu de um pequeno detalhe:
      MARKETING
      Carro precisa de muita propaganda e divulgação maciça em todas as mídias, além de patrocínios em eventos de grande projeção.
      Coisas que a Fiat faz, e muito!
      Além da ampla rede de concessionárias, fora que tem décadas de tradição no mercado brasileiro.
      Sem chance pro QQ

      Excluir
    2. Não, ele não esqueceu do marketing. Tanto que falou: nas mãos da CAOA, tem que como decolar.

      Excluir
    3. Com a CAOA, Celer e New QQ vão vender bem agora...

      Excluir
  7. Eu gosto desse carro :) e dá pra comprar ele é uma scooter. Moto dia a dia e carro nas necessidades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corajoso...Arrisca-se no transito no dia a dia e e dirige uma bomba na acaso.

      Excluir
    2. Cara fica na sua, pega seu busão e seja feliz .

      Excluir
    3. Boa Tosca kkkkk Cara Mala, todo comentário vai vir aqui dar palpite ?? Aff vai se tratar ... Anda de mercedão e quer dar lição de moral,dizer o que tem qualidade ou não. Pelamor
      Percebe-se pela própria avaliação do site (que por sinal foi excelente e imparcial) que o carro evoluiu bastante.
      Comenta alguma coisa útil mano, pra chegar e falar que o carro não presta,que é bomba,que é isso e aquilo...qnd na verdade não deve nem ter chegado perto de um, é dose hein !!! Pra não dizer outra coisa. Aprende a ser esperto cara,Quanto mais concorrência melhor ! Estamos no século 21 aliás, já foi inventado o fogo,roda e outras coisas .
      Pensamento de brasileiro atrasado e ignorante.
      Não precisa nem retrucar meu comentário, só volta aqui quando vc puder dizer uma marca de carro brasileira boa e de confiança. Só uma tá de bom tamanho... isso serve pra vc e outros brasileiros 'inteligentes' sabidos da internet !

      Excluir
  8. Não concordo que o compartimento de motor para 3 cilindros deixa mais espaço no habitáculo. Isso não existe, principalmente levando em conta que são motores transversais. O projeto é que vai ditar isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não concorda? É obvio que enquanto menor o motor, mais espaço sobra. O projeto influencia, mas sempre se consegue mais espaço com motores menores que maiores, obviamente. E não se esqueça que não é só o motor que vai de baixo do capo, há vários outros equipamentos.

      Excluir
    2. Leandro, pense em dois carros de mesmo comprimento total. O que usar menos desse comprimento para o motor terá mais espaço restante para o habitáculo. Claro que na prática esse espaço pode ser mal aproveitado, etc etc etc, mas na teoria essa é a realidade.

      Excluir
    3. Mas o motor é transversal gente. O espaço que ocupa um cilindro a mais pode muito bem ser absolvido por uma simples mudança na disposição de um ítem do motor. Temos diversos exemplos como Mercedes A, Scenic, dentre outros.

      Excluir
    4. Mas aí que está o ponto André. Em um motor 1.0 vc pode ter 4 cilindros de 249 ou 3 de 333, a capacidade volumétrica é praticamente a mesma, não necessariamente o de 3 cilindros será menor.

      Excluir
    5. Entendi seu argumento e a priori faz sentido, apenas que no 3 cilindros há mais espaço para acomodar os periféricos, precisando de um cofre menor.

      Excluir
  9. Pede para respeitar a sua opinião e nos comentários logo abaixo fica com demagogia com os comentários alheios. "Nem chinês compra seus próprios carros", ano passado na China só no segmento de SUV's foram vendidos mais de 1 milhão de unidades, desse montante entre os mais vendidos estavam veiculos da marca Great Wall (Haval) e GAAC. Se até papagaio fala, né kkkkkkkkkkkk De fato Rafael/yashiro inteligência você não encontra por aqui e em outros fóruns automotivos. Aliás, quando quer rir um pouco venho até esses fóruns para ler as pérolas dos seus seguidores kkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então explica pra mim sabichão porque o VW Lavida foi o mais vendido em 2016 na China,os Chineses preferem ele(http://carplace.uol.com.br/china-fecha-2016-com-243-milhoes-de-carros-vendidos-veja-ranking/) ,porque seus carros não estão em 1°lugar?Deveriam estar em primeiro,será porque não estão?Eu te explico,há opções melhores no mercado e até os chineses sabem disso.Quando disse:Nem os chineses compram seus próprios carros,foi no sentido de ironia,sei que são vendidos muitos carros chineses na China,você como suposto jornalista deveria saber identificar isso,agora tentar julgar inteligencia das pessoas tendo em vista suposições pessoais e levando em conta comentários e digno de incoerência,não é atoa que o jornalismo do nosso país é questionável,com profissionais despreparados e tendo como fonte o achismo,isso se você for jornalista...

      Excluir
    2. Você deve ter tido algum problema anterior, para odiar tanto um carro brasileiro fabricado por uma montadora chinesa.
      Venci meu preconceito e meu Chery Celer 16/16, adquirido em agosto/16, já está com 9000Km e até o momento não tenho nada a reclamar do carro, que tem se mostrado econômico, robusto e confortável.
      E não venha falar que pelo preço dele, você compra o carro X ano 2010. Carro novo é carro novo e carro usado é carro usado.
      Viajo muito e nunca tive problema, pois todos vão muito bem acomodados e com as bagagens devidamente guardadas dentro do amplo porta-malas.
      Ah!!! Vai falar do valor de revenda!!! Só nesse país tupiniquim é que se apregoa isto. O cara compra um subcompacto como carro da família por conta da revenda e na hora de viajar não tem como levar as malas e no final vão todos com exceção do motorista, atracados com a bagagem pois não couberam no porta-malas. O QQ é um subcompacto e nos EUA é ideal como segundo veículo da família, ou para uma pessoa solteira, ou no máximo um casal. E mercado, quem faz somos nós! Nós e que devemos ditar as regras do que queremos, ou não. Eu escolhi o Celer, não apenas pelo custo, mas muito mais pelo benefício. Pois pelo custo compraria apenas um subcompacto e sem todos os acessórios que constam no Celer.
      Antes de falar. Faça como eu fiz. Pesquisei conversei com proprietários, li sobre os "test-drive" e finalmente fiz um, que acabou por me fazer decidir pelo modelo.
      O Projeto do motor do Celer é Austríaco, o design da carroceria é do Studio Torino da Itália. O carro é mais europeu que qualquer coisa. Apenas é montado por uma montadora chinesa no Brasil.
      A Volvo cars, foi comprada pelo Grupo Geely(chinês), que fabrica o EC7, que é vendido inclusive no mercado europeu, tamanho o grau de segurança do veículo.
      A Land Rover pertence ao grupo Tata Motors da Índia. Se puder, vai deixar de comprar por ele ser indiano agora?
      A indústria automobilística da china, nasceu em 1996 e estão andando a passos largos.
      Aprenda um pouco sobre história! A China se fechou ao mundo, pouco depois da segunda guerra, na revolução de Mao-Tse-Tung e reabriram suas fronteiras por volta do final dos anos 80 início dos anos 90. Só que, eles quando se abriram ao mundo novamente, estavam prontos para se lançarem no mercado e é o que tem feito. Procure dentro de sua casa, certamente encontrará uma enorme variedade de produtos feitos na China. A própria Embraer, tem uma fábrica na China.
      Veja os novos produtos que a Chery está lançando. Carros excelentes e a um preço justo, não uma pechincha como você imagina.

      Excluir
    3. Excelente resposta Snake, esta de parabéns.
      Percebe-se pela própria avaliação do site (que por sinal foi excelente e imparcial) que o carro evoluiu bastante.
      Ao invés da pessoa comentar alguma coisa útil,não. Ela prefere chegar aqui e falar que o carro não presta,que é bomba,que é isso e aquilo...qnd na verdade não deve nem ter chegado perto de um, é dose hein !!! Pra não dizer outra coisa.Quanto mais concorrência melhor !
      Pensamento de brasileiro atrasado e ignorante.
      Brasileiro quer zuar e torcer o nariz de carro chinês,blz...mas diz aí uma marca de carro brasileira boa e de confiança. Só uma tá de bom tamanho...
      Sem mais...parabéns Car Blog pela excelente matéria e avaliação .É exatamente disso que nós consumidores precisamos !!!

      Excluir
  10. Esse QQ é ruim mesmo.
    Tive oportunidade de dirigir um, do modelo novo, e o carro é péssimo sobre qualquer aspecto.
    Acabamento porco, bancos, que conseguem a proeza de serem mais desconfortáveis que o do Onix, o carro balança mais que gelatina, enfim, é um lixo mesmo.
    Já tive um Picanto, muito melhor que isso aí.
    Nesse segmento, apesar de muito mais carro, o up ( um abismo de qualidade separam ele do QQ) é a melhor opção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu dirigi um do antigo e tenho dificuldades de descrever o quão absurdamente ruim era. Parecia que ia desmontar a qualquer momento, e nada funcionava a contento, de uma simples iluminação a engate de marcha, ventilação, etc. Mas acredito que o novo seja bem melhor. Até porque não daria pra piorar.

      Excluir
    2. Também já dirigi um antigo e te afirmo que continua um péssimo carro.
      O problema nesse segmento, é a falta de boas opções e quando surge, é caro pro consumidor, que também não tem discernimento para valorizar segurança e qualidade.
      O comprador procura um carro que ande, leve-o do ponto A para o B, e que se encaixe no carnezão de 60x.
      Vejamos as opções que um comprador teria para escolher no segmento de carros sub-compactos de entrada:
      Clio (ruim);
      Picanto (equipadissimo, mas caro);
      Mobi (ruim, mas o mais aceitável);
      500 (nicho e caríssimo) e
      up (excelente, mas caro para o segmento).
      Dentre esses todos, o que alia um meio de transporte razoável , com preço razoável, o Mobi é a melhor opção.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Discordo. O QQ antigo esta muito longe de ser o melhor carro,mas não chega à tanto não.Não posso dizer que é o pior que já dirigi.
      Ele tem suas limitações,mas vc acostuma de boa e/ou acaba dando uma ajeitada.Lembrando que ele chegou em nosso mercado,tendo como principal concorrente o finado Uno Millie.
      O que acho extremamente ruim nele é duas coisas, suspensão macia demais e ruído do motor. De resto ele é bem confortável e prático para o Uso Urbano. A suspensão tem como melhorar,pode-se colocar às de Fusca, recondicioná-los em lugar especializado e que dê garantia ou colocar os da marca Cofap, que agora comercializa os padrão dele, sem adaptações.
      Quanto ao novo tenho 99,9% de certeza que é bom sim,aliás muito mais confortável que a maioria da frota de carros que rodam por aí, inclusive carros novos. (Nunca dirigi,por isso o achismo,mas levando em conta que dirijo todos os dias o modelo antigo).

      O Picanto da Kia eu dirijo toda semana tbm, com certeza é outro carro se comparado com o 'Old QQ', mas como vc disse é mais caro . Mas me refiro ao Picanto modelo novo,os antigos não são lá essas coisas não,capaz de serem ainda piores que o QQ em alguns aspectos ...pois podem apresentar defeitos bem maiores que o QQ, pode apostar e as peças são bem mais caras e algumas são ainda mais chatas de serem encontradas.
      Sei disso pq faço parte do grupo do Picanto e do QQ no facebook e atualmente possuo os dois .
      O Picanto uso para ir viajar,ir para um lugar ou outro um pouco mais chique e tal.
      Agora quanto ao QQ,uso pra dia a dia, fazendo corres do meu serviço,indo aos correios,às vezes até pego uma estrada com ele por perto...ele vai muito bem,o que de fato é péssimo nele e chega a incomodar é o alto ruído do motor....mas de resto é só cuidado com ambos , manutenção preventiva e acabou.

      Excluir
    5. Esses caras, não sabem o que é carro ruim. Provavelmente nunca dirigiram um Fiat 147, um gol com refrigeração a ar. Esses carros eram muito ruins. Meu pai teve um 147, o carro era novo e um dia ele estava manobrando (não tinha direção hidráulica, nem elétrica. Era no braço mesmo!)e a alavanca de câmbio saiu e ficou na mão dele. O golzinho a ar era uma tristeza, lento que só. Em uma viagem, se fosse de bike chegava mais rápido.
      Estes eram os carros que tinhamos a um tempo atrás e eles evoluíram e hoje em dia quem falava mal desses carros tem um gol, ou Fiat.
      O QQ é aquilo que se propõe, um carro subcompacto urbano, moderno,econômico, confortável, completo e com um preço justo.

      Excluir
  11. Respostas
    1. Pra quem não tem dinheiro é muito caro mesmo, compra um usado de 6 mil, se tiver dinheiro.

      Excluir
  12. Eu ainda quero ter a oportunidade dirigir um QQ,mas segundo relatos de muitos o carro é mesmo uma "porcaria".Mesmo assim quero ver se essa impressão negativa se confirma mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse não tem condição nem de comprar um ...

      Excluir
    2. Sua mulher dirigiu? kkkk, Tá querendo comprar. Compra o Mobi. Como tenho três carros posso colocar essa cópia exata do Matiz na minha garagem.

      Excluir
    3. Pega 30 mil e faz um implante capilar, careca.

      Excluir
    4. Kkkkk esse Zé Roela deve andar de coletivo durante a semana e ter um gol bolinha anos 90 na garagem.

      Excluir
  13. "Quando disse:Nem os chineses compram seus próprios carros,foi no sentido de ironia,sei que são vendidos muitos carros chineses na China,você como suposto jornalista deveria saber identificar isso,agora tentar julgar inteligencia das pessoas tendo em vista suposições pessoais e levando em conta comentários e digno de incoerência,não é atoa que o jornalismo do nosso país é questionável,com profissionais despreparados e tendo como fonte o achismo,isso se você for jornalista" e essa sua fala não foi achismo??? Aliás, chinês sabe escolher tão bem carros que obriga as montadoras transnacionais a se aliar aos fabricantes locais. Logo o que vende lá não é unicamente um VW, mas sim uma VW que é obrigada a ter parceria com um fabricante local. Ahh, você é muito sabichão também, parabéns

    ResponderExcluir
  14. Quem quiser comprar um carro usado bom tem que comprar com 1 ou 2 anos de uso, com kilometragem no maximo 40.000km. E que esteje ainda na garantia,ou compre um QQ zero.

    ResponderExcluir
  15. Tem muita gente aqui falando do QQ antigo e deste New QQ e quando muito tem um Fiat Uno, Corsa Wind, Gol 1000 e por aí vai... pessoas que tem carros antigos, sem ar, sem direção hidráulica; e ainda vão falar do QQzinho ? Tinha uma professora minha que trocou um Corsa Wind 2p por um Face, elogiava tanto o Chery que mostrava a todo mundo. Ela passou bem uns 4 ou 5 anos com o carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O QQ eu não sei, mas conheço duas pessoas que tem o Face e falam muito bem.

      Excluir
  16. Muito boa avaliação...poucos são os avaliadores que comentam uma coisa muito importante nos carros com câmbio mecânico, que é o peso da embreagem...

    ResponderExcluir
  17. O futuro dos carros no Brasil,são os pequenos,baratos completos e econõmicos.
    Agora,ele baixou para 25.000 à vista.

    ResponderExcluir
  18. Boas povo. Adoro meus monstros... Problema que sem dindin tenho que comprar pickup usada é a ultima quebrou muito... Dai pra não arranjar enguiço com a mulher que acha que coisa boa tem que ser de primeira mão... Bão, nesse samba vai o que for mais en conta....

    ResponderExcluir
  19. Pq antes de falar o pessoal não vai testar o carro??

    Eu so sei que a evolução de um chinês é no mínimo 10 x mais rápido do que os nossos nacionais. Falasse de acabamento? Clio e Celta n tem bom acabamento. Suspensão é ruim? Citroen e Peugeot que o digam, carro desvaloriza? Diz isso pra uma bmw e Mercedes que perdem mais de 30% em 2 anos, alem de que os Jacs desvalorizam mais que os Chery.

    O mal de marcas novas no mercado é PRECONCEITO. A ignorância do povo é o grande problema. Nos demais países da América latina os chineses já tem boa fama... E tem preços muito mais em conta.

    Aquele abeaço

    ResponderExcluir
  20. Eu estou paquerando o qq act 2018 faz mto. Tempo, hj tive a oportunidade de ir na concessionaria e entrar num..nossa q sensacao boa, porem ainda nao fechei negocio pq ainda estou meio na duvida sobre a marca chery, marca nova aqui no Brasil e etc, porem eu so terei autonomia p falar desse carro quado eu tiver um, aconselho o mesmo as pessoas que falam mal do carro aqui nesse blog.

    ResponderExcluir
  21. Eu estou paquerando o qq act 2018 faz mto. Tempo, hj tive a oportunidade de ir na concessionaria e entrar num..nossa q sensacao boa, porem ainda nao fechei negocio pq ainda estou meio na duvida sobre a marca chery, marca nova aqui no Brasil e etc, porem eu so terei autonomia p falar desse carro quado eu tiver um, aconselho o mesmo as pessoas que falam mal do carro aqui nesse blog.

    ResponderExcluir
  22. Bom, dois meses atrás cheguei na concessionaria da Chery e após muito negociar me apareceram com um New QQ 16/16, zero e completinho por preço de pé-de-boi. Três anos de garantia, duas primeiras revisões na faixa e socorro por um ano (vai que quebra). Nos acessórios ar, direção, air bag duplo, abs, vidro elétrico total, controle elétrico do retrovisor, rodas de liga, sensor de ré ..... belo pacote pelo preço. Fiquei com o "cururu" ...
    Rapaziada, tenho que admitir, o bixinho é muito bom. Eu sou alto e não tive problemas em dirigir, carrinho não deve nada para ninguém ... e melhor a minha surpresa, econômico demais, mesmo eu tendo um "pé pesado" estou fazendo pouco mais de 12km/l no alcool, está ótimo....
    Só uma dica para quem for comprar, no frio coloquem uns 30% de gasolina e depois complete com alcool, vai me agradecer depois .... fora isso o resto é só alegrias, foi uma ótima aquisição.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.