Car.blog.br

Pesquisar este blog

Audi Q3 Flex 2017 nacional: preços, consumo, detalhes

Categorias: , , , 35 Comentários

A Audi do Brasil lança oficialmente no mercado nacional o SUV Audi Q3 1.4 com motor flex - segundo veículo da marca com motor bi-combustível fabricado no produzido no Brasil.

Audi Q3 Flex 2017

Os preços são os seguintes: Audi Q3 Attraction 1.4 TFSI flex S tronic – R$ 143.190; Audi Q3 Ambiente 1.4 TFSI flex S tronic – R$ 154.190; Audi Q3 Ambition 1.4 TFSI flex S tronic – R$ 170.190.

Audi Q3 Flex 2017

O utilitário esportivo recebe propulsor 1.4 TFSI flex com 150 cv de potência e já está nas concessionárias. O Q3 foi o SUV premium mais vendido no país em 2016.

Design

O Audi Q3 1.4 Flex 2017 adota linha inspiradas nos cupês esportivos e deixa claro, à primeira vista, seu caráter premium.


Audi Q3 Flex 2017
As linhas horizontais predominantes na frente e na traseira do veículo reforçam a impressão de largura e marcam a esportividade do design.

Audi Q3 Flex 2017

Na dianteira, o elemento principal é a grade trapezoidal. A atitude do modelo é ressaltada pelos faróis de xenônio e pelas luzes de condução diurna de LEDs.

Audi Q3 Flex 2017

Internamente, oferece espaço e segurança para até cinco ocupantes.


Audi Q3 Flex 2017 - interior - espaço interno

O porta-malas leva até 460 litros de carga e pode ser ampliado pelo rebatimento parcial ou total dos bancos traseiros para acomodar um volume que chega aos 1.365 litros.

Comportamento dinâmico

A estrutura do Q3 é marcada por elevada rigidez torcional, associada a uma suspensão com ajuste que mantém o bom compromisso entre conforto e segurança tanto no trânsito urbano como na estrada.

Audi Q3 Flex 2017 - interior - painel

A altura livre em relação ao solo permite encarar com desenvoltura até caminhos mais acidentados.

Audi Q3 Flex 2017 - interior - espaço traseiro

A versão de entrada, Attraction, conta com rodas de liga leve de 17 polegadas, enquanto a Ambiente e a Ambition trazem rodas aro 18.

Audi Q3 Flex 2017 - interior - motor

A grande novidade do modelo é o novo motor flex 1,4 litro turboalimentado e com injeção direta de combustível, que desenvolve potência máxima de 150 cv entre 4.000 e 6.000 rpm e um torque de 250 Nm, disponível entre 1.500 e 3.500 giros, tanto com etanol quanto com gasolina.

Audi Q3 Flex 2017 - interior

As peças que mantêm contato com o combustível, como tanque, galerias, bombas de alimentação, entre outras, recebem tratamentos diferentes para o etanol.


Audi Q3 Flex 2017 - interior

Além disso, o propulsor possui um sensor que reconhece a mistura de combustível antes da queima devido à maior precisão exigida por um sistema com turbina, criando uma referência para o módulo de injeção – que também tem calibração diferente.

Audi Q3 Flex 2017

A tecnologia TFSI flex garante baixos índices de consumo e emissões de CO2 e é complementada pelo sistema start/stop, que desliga o motor quando o carro é imobilizado, reativando-o imediatamente quando o motorista alivia o pedal do freio.

Audi Q3 Flex 2017

Os atributos do motor são potencializados pela dinâmica transmissão S tronic de seis velocidades. Com dupla embreagem, o câmbio realiza trocas de marchas com extrema rapidez, sem deixar que a rotação do motor caia.

Audi Q3 Flex 2017 - cluster de instrumentos
A caixa S tronic pode funcionar de forma automática, permitindo trocas manuais por meio da alavanca no console ou pelos shift paddles, instalados junto ao volante multifuncional.

Audi Q3 Flex 2017

Com esse conjunto, o Q3 alcança os 100 km/h em 8,9 segundos e atinge uma velocidade máxima de 204 km/h com ambos os combustíveis.

Consumo - Audi Q3 1.4 Flex


Modelo
Consumo Etanol [Km/l]Consumo Gasol [Km/l]
Média
CidadeEstradaCidadeEstrada
Mercedes GLA 1.6 AT76,98,810,012,711,2
Audi Q3 1.4 AT66,98,110,211,911,0
Mercedes GLA 2.0 AT79,312,410,7
BMW X1 2.06,68,19,411,410,3


Lista de equipamentos e acabamento

  • Audi Q3 Attraction 1.4 Flex: conta de série com ar-condicionado, bancos de couro sintético, ajuste elétrico do banco do motorista, faróis de xenônio com limpadores, volante multifuncional revestido de couro com shift paddles, rádio Concert com conexões auxiliar e Bluetooth, computador de bordo e sensores de luz e chuva. O freio de estacionamento tem acionamento elétrico e o motorista conta com a conveniência e segurança do assistente de partida em aclives, que evita o recuo do carro.
  • Audi Q3 Ambiente 1.4 Flex: a versão Ambiente traz adicionalmente ar-condicionado automático com duas zonas, espelho interno com função antiofuscante automática, controle de velocidade de cruzeiro, soleiras de alumínio, retrovisores externos rebatíveis com ajustes elétricos e sensores de estacionamento traseiros e dianteiros. Para esse modelo, a lista de opcionais inclui teto solar panorâmico Open Sky, abertura e fechamento elétrico do porta-malas, pacote interno de luzes de LED e Pacote Conveniência, composto por Auto Hold, Audi Lane Assist e assistente de luz alta.
  • Audi Q3 Ambition 1.4 Flex: a topo de linha Ambition recebe ainda acabamento interno de alumínio, controle de cruzeiro colorido, teto solar panorâmico Open Sky, pacote de luzes, abertura e fechamento elétrico do porta-malas, rádio MMI e sistema de navegação. Os opcionais da versão são faróis full LED, Pacote Conveniência e Pacote Tecnológico, que inclui sistema de som Bose, Audi drive select, keyless entry e sistema Auto Park com câmera de ré.

Audi Q3 Flex 2017

Ficha Técnica - Audi Q3 1.4 Flex



Motor: 1.4 TFSI flex;Cilindros: 4 em linha; Cilindrada: 1.395 cm³; Potência: 150 cv entre 5.000 e 6.000 rpm (E e G); Torque: 250 Nm entre 1.500 e 4.000 rpm (E e G); Tração: dianteira; Transmissão: S tronic, seis velocidades; Comprimento: 4.388 mm; Largura: 1.831 mm; Altura: 1.590 mm; Distância entre eixos: 2.603 mm; Peso: 1.405 kg; Capacidade do porta-malas: 460 l; Tanque de combustível: 64 l; Aceleração 0-100 km/h: 8,9 s (E e G); Velocidade máxima: 204 km/h (E e G).

35 comentários:

  1. Deveria ter ar condicionado dual-zone na versão de entrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Absurdo ar analogico coisa q um a3 de 1997 ja tinha mais tem otario q compra né

      Excluir
    2. Sim, sim, otário é quem tem R$ 140 mil para dar em um carro.
      Esperto é você, que fica comentando em blog.
      Só lembrando que o BMW Sèrie 1 de 165 mil também tem ar analógico.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Não. Mas é importado. A R$ 176 mil.

      Excluir
    2. O 2.0 com 220 cv de s tronic 7 aliado a tração quattro deve ser top....

      Excluir
    3. Já faz um tempo que não estão mais oferecendo o 2.0, só 1.4.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Orelhada. A nova geração do Q3 não tem data para chegar nem na Europa, que dirá no Brasil.
      Esse papinho de "melhor esperar nova geração" é conversa de liso que não tem nem um gato para puxar pelo rabo, e fica aí de mimimi.
      Vamos aos fatos. O Q3 é o melhor SUV do Brasil até 150 mil reais. R$ 30 mil mais barato que o x1, e mais barato, melhor acabamento, mais bonito, e mais espaço.
      Em relação ao GLA, dá até dó. Nem falo nada. GLA é carro de donzela. E nada mais.
      SUV premium mais vendido do Brasil. Q3. Flex. não tem outro.

      Excluir
    2. Melhor que o Tiguan com aquela cara de SpaceFox...
      E é um pouco mais caro apenas.

      Excluir
  4. Um carro realmente muito interessante. Motor e câmbio muito bons e elevada qualidade construtiva.

    Mas R$ 144.000,00 sem sensor de estacionamento, sem piloto automático, sem retrovisor interno fotocromático e sem ar dual zone? Pegou pesado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Categoria distinta mais pegaria um a5 semi novo com 2 anos de uso carro mt superior, e nao venham com Papinho de carro usado x semi novo ambos são carros feitos pra dirigir vejo mt mimimi

      Excluir
  5. Acho que o Compass Trailhawk Diesel tem melhor custo / benefício.

    ResponderExcluir
  6. 143 mil em um carro 1.4T que não tem sequer sensor de ré e piloto automático?

    170 mil em um carro 1.4T ? Por menos que isso eu pego X1 2.0T de 192cv.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por R$ 176 mil tem a Q3 Ambition 2.0 TFSi Quattro, com motor de 211 cavalos, tração integral, que HUMILHA o BMW X1 em tudo.

      Excluir
    2. Entrei no site da audi do Brasil não vi essa versão de 2.0

      Excluir
    3. Não humilha não, Carlos. Tenho a X1 25i XDrive, com 231 cv, e ela coloca o Q3 no bolso. A bichinha é forte, e o desempenho é similar ao do GTI.

      Excluir
    4. Senhores, percebam a diferença entre o Jeff e o Carlos. O primeiro relata as experiências e percepções de quem tem o carro, o segundo brinca de Super Trunfo, sem nunca ter andado jo carro, e fica a mercê de humilhações como esta.

      Excluir
  7. Já passou por facelift e continua parecendo datado...

    ResponderExcluir
  8. O carro é ótimo mas estão explorando muito.
    Eu procurei nas fotos mas não consegui achar a faca, deve vir escondida em algum lugar.

    ResponderExcluir
  9. Para pegar esse carro com todos os opcionais, pode reservar 200 mil!

    ResponderExcluir
  10. genti, o designer o q3 é disparado o mais linddoo....no way.
    so pelo desginer nem pesnsaria em outros.
    flwww.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bonita sua atitude em externar seus sentimentos pelo "designer" do Q3.

      Viva à diversidade !

      Excluir
  11. Acho mais bonitinha aquela tal de GLA daquela marca que tem um estrelinha na frente. Mesmo faltando umas coisas nela também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "daquela marca que tem uma estrelinha na frente"??? Aquela marca simplesmente INVENTOU o automóvel e de tempos em tempos, mais de 130 anos depois ainda encanta mundo afora e nos presenteia com inovações de tirar o chapéu!!!
      Se interna no hospício porque seu caso é irreversível...

      Excluir
  12. Amigos do Car Blog. Vocês têm a lista parcial dos mais vendidos de Fevereiro?

    ResponderExcluir
  13. "motor flex - segundo veículo da marca com motor bi-combustível fabricado no produzido no Brasil"... Hum, "fabricado no produzido no brasil" ta "serto" !

    Corriga aí "bi-combustível fabricado e produzido no Brasil"

    ResponderExcluir
  14. O 2.0 com 220 cv de s tronic 7 aliado a tração quattro deve ser top....

    ResponderExcluir
  15. O que mata são os valores de manutenção e desvalorização dos carros da Audi. Tive um A4 Ambiente 1.8 turbo com interior terracota, rodas 18 , lindo, ano 14-15 e fiquei 2 anos com o carro. Paguei 20 mil abaixo do que era pedido, "ganhei" a multimídia como cortesia e mesmo assim, quando fui vendê-lo, ninguém queria comprar, mesmo tendo pouco mais de 11 mil km rodados e ipva pago.
    Perdi mais de 35 mil reais em 2 anos, fora o valor das revisões que aqui em Belém, eram de 6 em 6 meses e custavam entre 1200 e 1600 reais.
    Resumo da história: Mesmo sentindo falta da qualidade de um carro alemão, tive que comprar uma Sw4 que é um carro bem ruim, pra ser sincero, mas supre minhas necessidades e cobra pouco na manutenção - Não sou político pra deixar de me importar com meu dinheiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acho caro a cada 6 meses 1200 reais, pior é na BMW q a media é quase 2 mil ai sim é roubo

      Excluir
  16. SEM COMENTÁRIOS AMO MEU Q3 E NÃO ABRO MÃO. QUEM NÃO PODE COM A MANUTENÇÃO NÃO COMPRA SIMPLES ASSIM.

    ResponderExcluir
  17. AMO AUDI Q3 E NÃO ABRO MÃO.QUEM NÃO PODE PAGAR MANUTENÇÃO NÃO COMPRA SIMPLES ASSIM.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.