Car.blog.br

Pesquisar este blog

Grupo VW registra disparada de vendas: China - novembro

Categorias: , , 6 Comentários

As vendas de marcas do Grupo Volkswagen na China aumentaram quase 14% em novembro de 2016 relativamente ao mesmo mês de 2015, para um total de 373.800 veículos em novembro, apesar de a demanda morna para os seus modelos de luxo Audi.


A Skoda, marca de baixo custo da VW, relatou um aumento de 12 por cento nas vendas no mês passado para 30.000 veículos, enquanto as vendas da marca núcleo Volkswagen avançaram 15 por cento, para 285.000 unidades. As vendas da Audi aumentaram apenas 6,6 por cento, para 52.776 veículos - resultado atribuído à ausência do A4 no line-up, ainda em processo de lançamento.



O conglomerado Volkswagen superou a rival General Motors, cujas vendas somadas de todas as marcas subiu 7 por cento, para 371.740 veículos. Mas mesmo com a disparada de 14%, o desempenho global ainda ficou abaixo do mercado, que cresceu 20 por cento.


Nos primeiros 11 meses as vendas do Grupo VW na China aumentaram quase 12 por cento, para 3,59 milhões de veículos.


A VW está tomando medidas para acelerar o crescimento. A empresa analisa permitir que suas concessionárias comecem a vender modelos da Audi.


Outra ação é a que prevê a produção de veículos elétricos na China. Em 2020, a VW quer vender cerca de 400.000 modelos elétricos na China, sendo que já a partir de 2017 vai à venda o Audi A6 L e-tron.

Postagens relacionadas:

6 comentários:

  1. Corrijam a máteria por favor, não houve disparada de vendas, o que ocorreu foi uma prosperidade de vendas com apreciação do número de veículos comercializados

    ResponderExcluir
  2. Quero ver o Trump vir com aquela conversa de que vai taxar os produtos Chineses... hahaha... Mercado com bilhões de consumidores poucos carros por habitante, uma mina de dinheiro.

    Espantoso as vendas de uma única montadora, quase 400 mil veículos, muita coisa quando olhamos nosso mercado que só tende a piorar com a falta de concorrência e tributos embutidos.

    Por melhores que sejam os carros vendidos por lá, se tem um lugar que eu não tenho um pingo de vontade de morar se chama china, outro dia li uma notícia que esses caras criaram um ovo de plástico feito de borracha sintética ( O.o ) Fora a poluição e trabalho escravo, ainda fico com o Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Olha só o absurdo. Só a VW vai vender na China em 2016 mais do que o DOBRO de todo o mercado brasileiro. Soma tudo que se vende no Brasil. Dá 2 milhões de carros por ano, em 2016. A VW vai vender 4 milhões de carros na China em 2016.
    E tem mané comemorando liderança de vendas no Brasil....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo acho que você faltou nás aulas de geografia.O Brasil possui 200 mil habitantes e a China 1,357 bilhões. Preciso dizer mais nada.

      Excluir
    2. Mas vc como EU gosta da Vw e tem q torcer pra vwb TB see agressividade aqui e trazer logo as novidades

      Excluir
    3. A verdade dos fatos é que qualquer mercado é irrelevante perto da China. A VW vender 4 milhões de carros por ano na China, enquanto o Brasil compra em 1 ano a metade disso, e o povo de degladiando para saber quem é líder nesta republiqueta de banana?

      O fato é que hoje há dois tipos de empresas: as que estão na China, e as que não estão. Entre as que estão na China, e, bem, temos apenas duas, foras as chinesas, claro: VW e GM. E só.
      FCA, Ford, Toyota, Honda, Hyundai e etc são irrelevantes na China.
      E quem não está na China não tem futuro. Não é por outro motivo que a FCA está doida para ser comprada pela GM.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.