Car.blog.br

Pesquisar este blog

Citroën C4 Lounge 2017 traz motor turbo em todas versões

Categorias: , 40 Comentários

A Citroën do Brasil lança a linha 2017 do sedã médio Citroën C4 Lounge, que tem como novidade o fato de passar a ser equipado exclusivamente com o motor quatro cilindros 1.6 THP Turbo Flex em todas as versões, aposentando o propulsor 2.0 aspirado.

Citroën C4 Lounge 2017

O motor THP oferece 166 cv com gasolina e 173 cv com álcool, e torque máximo de 24,5 m.kgf, e está presente agora em todas as versões, inclusive no modelo de acesso, Origine, com transmissão manual de seis marchas.

Citroën C4 Lounge 2017

O modelo de acesso, Citroën C4 Lounge 2017 THP Origine MT6 tem preço sugerido de R$ 70.000 reais, trazendo ar-condicionado manaual, controle eletrônico de estabilidade, rodas de alumínio de 16 polegadas e piloto automático Sua respectiva versão automática custa R$ 77.590 reais.

Citroën C4 Lounge 2017 - painel

O modelo intermediário é o Citroën C4 Lounge 2017 THP Tendance AT6, precificado em R$ 81.590 reais, acrescentando novo sistema de áudio com tela tátil e integração a celular pelas plataformas Car Play e Mirror Link, ar-condicionado automático de duas zonas de climatização; faróis de acendimento automático, rodas de alumínio de 17 polegadas. Opcionais: sistema de navegação por satélite (GPS) e câmera traseira de manobras (R$ 1.500). Caso se opte pelos bancos de couro, o acréscimo é de R$ 3.500.

Citroën C4 Lounge 2017

Finalmente o modelo topo de gama, Citroën C4 Lounge 2017 THP Exclusive AT6, a R$ 91.590 reais, com todos os itens de série e opcionais do Tendance e ainda teto solar, chave presencial para acesso e partida, airbags laterais e de cortina. Opcionais: faróis de xenônio por R$ 2.700.

Postagens relacionadas:

40 comentários:

  1. A versão Exclusive perdeu os sensores de estacionamento dianteiros, retrovisores rebatíveis eletricamente e porta copos no descansa braço traseiro, ganhou central multimídia, queda de 1200 reais nas revisões até 30 mil km mas foi depenada, portanto, não foi um ganho puro, pior, ainda teve aumento de preços. Boas notícias para as versões de entrada que ganharam um excelente motor e itens de segurança, trata-se de um belo carro injustiçado no BR.

    ResponderExcluir
  2. Interessante os preços do manual..gostaria saber do consumo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o carro é bem econômico, faz fácil 13km/l na gasolina e 9km/l no etanol

      Excluir
  3. E a versão vendida pra pne/pcd, virá com o thp também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A versão para PCD era a 2.0. Acredito que agora só tenha o desconto de Ipi para PCD.

      Excluir
    2. A versão para PCD era a 2.0. Acredito que agora só tenha o desconto de Ipi para PCD.

      Excluir
    3. Discordo, aqui na minha cidade (João Pessoa) já existe outdoors pela cidade com esse novo C4 Lounge 2017, saindo a R$ 53,491 com os descontos direto.

      Excluir
    4. Vem sim!

      Acabei de comprar um na Citroen de Santo André na Pereira Barreto!

      R$54000, porém tem que pagar o frete de R$1500.

      A Citroen está com desconto na versão automática de 69990, ou seja, tem isenção de IPI e ICMS!

      Corre que dá tempo kkkkk

      Excluir
  4. Concordo, injustiçado, mas como vai competir com Corolla a 69.990, fica difícil, a PSA deveria colocar o 408 e o C4 com valores automáticas de entrada a 60mil, dai dava para vender uns 1.000 por mês. O negócio é pegar um seminovo que ja gira em torno de 40, enquanto outros sedãs, mais pelados, não saem por menos de 55.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Corolla de 70 mil não tem liga leve (é CALOTA), NÃO TEM SEQUER RÁDIO (avalie multimídia), não tem câmera de ré, não tem farol de neblina, o banco é de um tecido bem meia-boca, o ar-condicionado é manual com botões de fogão, a tela do painel de instrumentos é inferior de LCD (e não a central de TFT das versões mais caras), o banco traseiro NÃO é bipartido e NÃO tem descansa-braço central, o computador de bordo perde funções (incluindo a de consumo instantâneo e display de velocidade digital), os vidros elétricos com acionamento por um toque e sistema antiesmagamento são apenas pro motorista... Enfim.

      Excluir
    2. É verdade Nelson. Torço para que os produtos Peugeot/Citroen fiquem bem colocados no Brasil, pois já tive um 408, e foi o melhor carro que já possuí

      Excluir
    3. Nelson, perfeito seu comentário! Tem mta gente que é fã de Toyota e Honda e aí a análise mais técnica do CxB fica prejudicada em razão da pessoa ser torcedora de determinada marca. Querer falar que fica difícil pra Citroën competir com um corola de 69k que vem todo pelado, só pode ser brincadeira...

      Excluir
    4. Exato.

      Fui ver o Corolla para PCD... Desânimo total.. Exatamente o que o Nelson falou! Sem falar que não tem também controle de establidade, o carro é TOTALMENTE capado, não sei como que a senhora Toyota tem coragem de fazer isso e mostrar esses carros no showroom..

      O C4 literalmente estupra o Corolla... Consumo, conforto, itens de série... Vem com rodas 16" e tem até DRL... Sendo que o Corolla não tem nem um rádio.

      Sério, a Citroen acertou em cheio nesse carro!

      Excluir
  5. Excelente carro, mas para competir com Toyota a 69.990, a PSA deveria inciar o automático a 60mil, ai sim venderia cerca de 1.000 unidades/mês. O 408 também é um ótimo carro, com ótimos motores. O interior é lindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra PSA melhorar seus números no BR precisa investir em quesitos intocáveis de seus produtos: confiabilidade e durabilidade, que refletem negativamente no pós-venda ...

      Excluir
  6. Uma marca para quem tem dinheiro sobrando e não esquenta com a desvalorização do veículo.

    O valor de 70 mil pela versão manual é atrativo visto o momento que passamos, concorrência é tudo.

    ResponderExcluir
  7. Pensando com meus botões, como a Citroen produz um C4 como este dotado do motor THP por 70 mil e a Peugeot vende um 208 GT por 80 mil se não estiver enganado, muita gordura para queimar, do ponto de vista tecnológico eu não vejo nenhum outro carro que agregue tanto por 70 mil, não que seja um valor baixo, mas como disse, no atual momento que vivemos, realmente é uma grata surpresa.

    ResponderExcluir
  8. Por 70 mil n vejo melhor C/B para quem quer um carro manual.

    ResponderExcluir
  9. carrão. Compraria se tivesse $$$

    ResponderExcluir
  10. é citroen vem vindo acho q vou indo


    pegar o meu aut de preferencia

    ResponderExcluir
  11. Comprei o 2008 THP para minha esposa. Ela está MUITO satisfeita e feliz. Carro ágil, confortável e com bom nível de equipamentos. Não tem câmera de ré, mas tem sensor de estacionamento. Ela viaja na BR 262; para quem conhece, sabe da quantidade de curvas subindo ou descendo montanha no ES. O carro responde muito bem nessas condições.
    Possui 06 air bags. O câmbio é manual, mas preferimos ao automático, pois tem-se o carro nas mãos.

    ResponderExcluir
  12. Olha aí ó... Bom CxB mas que não vai vender por causa do preconceito. Uma pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preconceito? Será? Conheço várias que pessoas que possuem ou possuíram C3. Eu também tive um. Todos (eu, inclusive), relatam problemas elétricos no carro. Um colega de trabalho que comprou um C4 Lounge recomenda a todos aqui no trabalho que jamais comprem um Citroen, por causa dos inúmeros problemas que teve com o carro. Sei que carros de qualquer fabricante estão sujeitos a problemas, mas parece haver algo com os Citroen. Tal impressão me foi "confirmada" pelo motorista de um guincho que, certo dia, precisei chamar. Quando perguntei qual marca de carros ele mais transportava, o motorista disse, sem pestanejar: Peugeot e Citroen!

      Excluir
    2. Bom cada um tem uma experiência diferente ao meu ver. Temos um citroen em casa e nunca deu problema, diferente do corolla que se mostra uma verdadeira carroça a cada dia que passa.
      Também não entendo porque a marca não tem essa fama nos outros países, inclusive na américa latina onde os carros são os mesmos, se dão problemas aqui não deveriam dar nos outros países também?

      Excluir
    3. Amigo meu tem um Peugeot e realmente a maioria das reclamações dele são com relação a parte elétrica, não é a primeira vez que escuto isso.

      Excluir
  13. O Citroen e os PUG desvalorizam mais que a média, porém, os descontos nas lojas é maior, ou eles valorizam mais o usado na troca, outra coisa é o banco PSA que tem melhores taxas de financiamento. Esse Corolla de 70 mil sem rádio, banco de tecido, painel de carro mil, eles não dão 1 real de desconto, juros do banco Toyota 1,6% e o usado é muito desvalorizado na troca. Difícil decisão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qtos % a desvalorização, por exemplo, num C4 Lounge THP 1.6 2017 Origine no valor de R$77.590,00 após 3 anos de uso?

      Excluir
    2. A tabela Fipe taí pra todos.

      Excluir
  14. Se estivesse vendendo mais, já teria forçado os concorrentes a se mexerem. Mas os consumidores BR são imaturos e compram SUV (moda) ou pick-up grandalhona (no interior, por sensação de "poder") ou o-de-sempre-mesmo-se-for-muito-caro (Corolla) desprezando produtos melhores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom não é assim:
      Essa faixa de valores vc tem um consumidor cativo, com dinheiro e sabe o quer
      Esse pessoal odeia carro gastão e com manutenção cara, lembro de um que tinha um C4 Palas e numa das revisões isso em 2009, na revenda de sorocaba/SP gastou mais de R$3.500,00 numa revisão
      e o cara ficou doido, vendeu o dito cujo e comprou um Civic
      e as peças dos franceses são caras quando vc precisa, ja tive nessa época um C3 e a fechadura da porta e trava era uma peça só e só ela custava R$570,00, fora que as borrachas dos batentes estavam esfarelando, embora o carro seja ótimo, de dirigir
      então os clientes que compram realmente são conservadores
      Eles amam o Corolla por não dar manutenção e ser macio
      agora os que gostam de dirigir vão de Civic
      Esse THP pelo que vi em reportagens é meio gastão
      hoje acho que se a Peugeot considerar melhorar o seu pós venda e ter carro com peças duráveis, ele emplaca
      como o Cruze esta bem cotado

      Excluir
    2. Tenho um THP flex e digo que não tem nada de gastão no motor do flex! 9.2 e 10km/l dentro da cidade rodando com ar ligado é ser gastão??? Povo fala muito sem nem conhecer o carro!

      Excluir
    3. Grandes vdds Raone, o povo fala muito sem conhecer o carro...

      Excluir
    4. A questão é vc falar
      Outra é o balisamento que seria os testes de revistas
      ja vi pessoal falar que faz 8Km/l em um Civic Automatico eu faço 5 Km/l na minha cidade cheia de semaforos e um transito travado
      é detalhes
      Bom para se ter um parametro adequado e correto é sim, vc ter um balisamento das revistas e inmetro, não que vc va fazer igual , consumo é muito subjetivo, depende de varios fatores
      mas é uma referencia
      vc não precisa conhecer o carro, basta ter a informação dele nas revistas e sites especializados,e conversar com as pessoas
      conheço muita gente que ama e só compra carro japones
      agora gostos são regalos da vida
      e finalizando o mais importante é o espectro de vendas, esse é infálivel e ai C4 ta mal na fita

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Eu faço 11,6 km/l no Corolla XEi em Salvador, ar ligado o tempo todo, percurso 100% urbano, gasolina comum.

      Excluir
  15. Pois é, Vitor! Os Citroen e Peugeot rodam a beça na Argentina, sem dar problema, onde têm fama de robustos (quantos vimos aqui no Brasil na época da Copa, vindo da Argentina, lembram?) mas aqui dão? Já tivemos um Citroen aqui em casa por 12 anos (Berlingo) e nao deu qualquer defeito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha experiência com PSA aqui é de que são carros que envelhecem rápido e mal.

      Excluir
  16. Os colegas acima já disseram tudo.

    Espero que aquele "facelift" medonho fique somente na China.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.