Car.blog.br

Pesquisar este blog

Câmbio automático é preferido até entre modelos esportivos

Categorias: , , , 25 Comentários

Os puristas que continuam a exigir a preservação das transmissões manuais são cada vez mais minoritários. Mais e mais motoristas preferem confiar nos computadores das transmissões automáticas que calculam os tempos de comutação ideais, a ter que levar a mão à alavanca de troca de marchas. Estatísticas divulgadas pela Chevrolet evidenciam isso.

Corvette Automático - preferido dos consumidores

A GM publicou (veja aqui) os dados de vendas do modelo 2016 do Corvette, seu modelo mais esportivo, mostrando que foram vendidas 40.689 exemplares, dos quais, 31.440 deles saíram de fábrica com um câmbio automático de oito velocidades. 9.249 adotam transmissão manual de sete velocidades - menos de um quarto do total.

Corvette Automático - preferido dos consumidores

No caso do modelo básico, Stingray, com motor V8 6.2L, 21.321 unidades dos 26.414 carros produzidos (cupê e conversível) estão equipados com transmissão automática. Isso dá mais de 80% de preferência. No caso do modelo topo, o Z06, com 659 cavalos, a proporção muda ligeiramente: dos 14.275 vendidos, 4.156 adotam câmbio manual - 29%.

Corvette Automático - preferido dos consumidores

A maior parte dos Corvette foram vendidos nos EUA. No ano modelo 2016, foram 37.282 nos EUA. 1.793 para o Canadá, 962 Europa, 254 no Oriente Médio, 207 no México, 191 no Japão. A cor mais popular: Branco Ártico, com 21%.

Postagens relacionadas:

25 comentários:

  1. 90% que compra esse tipo de carro, compra para ostentar e não para se divertir, esses 25% de manuas na minha visão, é um numero impressionante, muito bom mesmo

    ResponderExcluir
  2. Não sou purista tanto que meu Golf é um DSG. Mas Corvette nos USA não é referencia não serve como parâmetro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corvette não é referência de esportivo nos EUA? Chega de internet por Hj...

      Excluir
    2. Talvez nao fui claro. Pra vc entender. Comparar nos USA cambio automatico com manual não é correto pois la a cultura do automático vem desde a decada de 50. Se há uma tendencia os numwros deveriam vir da Europa que é o inverso. Vc entendeu agora? Ta dificil?

      Excluir
    3. Eddie, na boa, você não foi claro na primeira, pois disse "... Corvette nos USA não é referencia...". Na segunda, ficou claro teu pensamento.

      De qualquer forma, caso tivesse dinheiro, não compraria Corvette, pelo que a GM tem feito no Brasil com carros inseguros, motores defasados e design de gosto duvidoso (Agile, Activ, Spin, Cobalt), plataformas requentadas (Agile e Celta).

      Excluir
    4. Obrigado André. Realmente nao fui claro. Comparar gosto dos norte americanos por carros automaticos e dai tirar conclusões fica difici. Abr

      Excluir
  3. Eu nunca consegui entender porque alguns preferem o tal cambio manual , qual é o tesão nisso ? Anda e para do neste transito maldito com este cambio é um inferno ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Júnior. Eu mesmo sempre preferi os manuais e tinha uma grande rejeição e preconceito por automático, achava que era pra mulher. Mas do jeito que está o trânsito hj em dia com superlotação de carros nas ruas, percorrendo 25 km para chegar ao trabalho e voltar pra casa sempre em horário de pico já não abro mão do automático.
      Nada como o conforto de não precisar trocar marchas nesse caos. Só gostaria que meu carro tivesse borboletas no volante pra quando eu viajo, pq é um pouco entediante o câmbio CVT na estrada, mas ao menos o conforto é maior.

      Excluir
    2. Você acabou de responder a si mesmo na pergunta.
      Quem compra qualquer carro que seja, esportivos ou não, não o compra para sair por aí sentindo o carro na mão, pisando na embreagem, desligando controle de tracção e etc, compra para ir ali ou acolá com o carro nas cidades e mostrar que tem dinheiro, mas nas cidades existem congestionamentos, vias de pouca velocidade que exigem trocas constantes, ai não tem como preferir o manual.
      Quem comprar manual é entusiasta, que sabe o que está fazendo, não está comprando para apenas acelerar e deixar o carro fazer todo o resto, mas pessoas assim são raras hoje em dia.
      Veja o próprio Brasil, aqui além de ter o fato de brasileiro ser preguiçoso, tem o fator status. Qual carro, que não seja esportivo, tem câmbio manual acima dos R$ 90 mil?
      As pessoas que compram esse Corvet não estão correndo por aí com ele, estão acelerando um pouco dentro das cidades.

      Excluir
    3. Pois é Yashiro. Tudo é relativo e depende do uso que se dá pro automóvel. Eu utilizo um Up manual no uso diário e pego muita estrada perigosa e rápida com muitos bitrem e nao abro mao do cambio manual no Up mais agil em tudo comparado ao imotion que na cidade grande é uma delicia. Reaumo. Depende da aplicaçao. Sds

      Excluir
    4. Penso igual Eddie. Na cidade nada como um AT. Na estrada um manual é mais divertido. Um AT com borboletas atende as duas coisas.

      Excluir
    5. Tenho um carro "automático" há dois anos. É o tal do "problemashift". Infelizmente já tive dois problemas nesse período, mas no restante do tempo que fiquei com o carro, a combinação motor/câmbio se mostra bastante eficiente. o conjunto é suave na cidade, como deve ser, especialmente no para/anda, como esperto na estrada. Nas ultrapassagens funciona que é uma beleza. Basta pressionar um pouco mais para que ele estique e permita ultrapassagens sem medo. E a troca de marchas é imperceptível, sem qualquer tranco. É uma pena que aparentemente não tenham resolvido o problema em definitivo, pois, quando funciona, poucos câmbios são tão bons.

      Excluir
  4. É muita alta essa preferência. Meu carro é de dupla embreagem, mas não troco nunca a preferência pelo manual. O tesão de dirigir um carro assim é o contato perfeito entre homem/máquina. Espero que o Corvette nunca abandone o manual. VIDA LONGA AOS MANUAIS.

    ResponderExcluir
  5. Eu daria preferência ao automático pq nem todo dia é "track day". Na reportagem sobre o Golf GTI Clubsport S nota-se que ele também usa esse tipo de câmbio. Fica a ressalva que num carro com tração traseira realmente um câmbio manual é bem mais divertido. Como já estou "velhinho" para proezas mirabolantes, kkk, fico com o automático mesmo.

    ResponderExcluir
  6. eu prefiro Etios automatico do que manual

    ResponderExcluir
  7. A questão aqui é extremamente simples! A maioria das pessoas utiliza carro apenas como meio de locomoção e tão somente isso, assim, quanto mais conforto, melhor, o que pode ser proporcionado pelo câmbio AT, já para pessoas que tem PRAZER em dirigir, que sentem tesão em guiar um veículo, que são realmente apaixonados por carro, o câmbio manual é INSUBSTITUÍVEL! tenho um golf tsi mecanico, e mesmo sendo mais caro JAMAIS trocaria por um dsg! Já me divirto bastante com um carro de 140hp, imagine um sportivao de 300hp?

    ResponderExcluir
  8. Não dá pra tirar como base os EUA. Lá, há décadas, existe a cultura do carro automático. Até pra tirar carteira de motorista os caras dirigem carros automáticos.

    ResponderExcluir
  9. Estados Unidos não e referencia e um mercado totalmente diferente em tudo. Carros com cambio automatico sempre foi prefencia por la, motorzao v8, camionetes lider de mercado, caminhões iguais a 50 anos atras com caixa não sincronizada (caixa seca), motos custom (harley).

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Americano sempre gostou muito mais de carro automático. Então essa notícia não chega a surpreender.

    ResponderExcluir
  12. Acho q depende muito do gosto da pessoa, já tive manual hoje tenho automático, mas tem hora que sinto falta de pisar na embreagem e trocar de marcha.

    ResponderExcluir
  13. Ok ok , falando do tal esportivo , sentir o carro , coisa dos estusiastas etc etc Mas o que eu questiono sao os inúmeros motoristas que relatam uma preferência religiosa pelo manual para o seu carro do dia a dia , sera que gostam de fazer musculação enquanto dirigem ? Andar e parar o tempo todo é divertido? Eu detesto do fundo do meu coração, câmbio automático e tudo de bom

    ResponderExcluir
  14. [Os puristas que continuam a exigir a preservação das transmissões manuais são cada vez mais minoritários. Mais e mais motoristas preferem confiar nos computadores das transmissões automáticas que calculam os tempos de comutação ideais, a ter que levar a mão à alavanca de troca de marchas. Estatísticas divulgadas pela Chevrolet evidenciam isso.]

    Não é bem assim, todo câmbio automático/automatizado dos carros esportivos possuem modo sequencial manual, na manopla ou/e no volante, então numa tocada esportiva o condutor tem pleno da seleção das marchas com mais agilidade do que em um câmbio manual em H, ou seja, a escolha de um esportivo automático pode ser por mais esportividade, e não por menos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo. Esses câmbios com modo sequencial até uma criança de 2 anos consegue engatar as marchas, já no caso do câmbio manual tradicional precisa de TÉCNICA para acertar o engate e a velocidade ideal em sincronia com a embreagam.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.