Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Crossfox I-Motion 2016: relato de problemas e revisão dos 20.000 quilômetros - teste de longa duração

Categorias: , , , , 34 Comentários

Nosso VW Crossfox I-Motion 2016 do teste de longa duração já fez a revisão de 20.000 quilômetros, e neste artigo relacionamos os problemas que enfrentamos com o modelo neste último período, assim como nossas impressões sobre a revisão.

Volkswagen CrossFox 2016 I-Motion

A revisão dos 20 mil km foi realizada na Concessionária Original de Arujá. Deixamos o carro no dia 01 de Junho e retiramos no dia 02 de Junho. Entretanto a nota fiscal só nos foi entregue depois de 4 dias da retirada do veículo. Alegaram problemas técnicos nos computadores.

Volkswagen CrossFox 2016 I-Motion

Na realidade o carro está com 18 mil km e um ano de uso mas o sistema da Volkswagen é revisar o carro a cada 6 meses, não importando a quilometragem - fato que achamos desnecessário - pois do nosso ponto de vista, o que importa é o tempo de uso uma vez que é ele que acaba determinando o desgaste e a troca das peças e não o tempo cronológico.

Problema: o carro não sai do lugar

Ao entrar na Original relatamos o seguinte problema no câmbio: ao ligar o carro com o motor frio, ao engatar a marcha a ré (R) o carro não se movia. Isso aconteceu por 4 vezes com o freio de mão abaixado, algo que deveria liberar a movimentação do veículo. Para nós era algo inusitado pois em 10 meses de uso do carro nunca havia ocorrido nada parecido.

Volkswagen CrossFox 2016 I-Motion

Acelerando um pouco mais - na tentativa de mover o carro - e o resultado é que dava um "estalo", ao que parece na roda dianteira, e aí o veículo ficava livre e podíamos sair da garagem. Entretanto, a partir daí o desempenho do carro era normal.

Volkswagen CrossFox 2016 I-Motion

Ao retirarmos o veículo nos foi explicado que o problema ocorreu em razão das pastilhas terem sido reguladas muito próximas do disco. Durante a revisão foi feito um reajuste nas pastilhas deixando 1 milímetro de folga entre elas e foi resolvido o problema. Vamos ficar atentos para ver se não acontece novamente

Sistema Composition Média: difícil e complicado

Mais uma vez, pedimos explicação aos funcionários da Original sobre o uso da função GPS do sistema Multimídia, visto que temos encontrado dificuldade ao programá-lo. Eles não souberam nos informar na hora e na retirada do veículo percebemos que eles também encontram as mesmas dificuldades.

Volkswagen CrossFox 2016 I-Motion

O sistema não é intuitivo como é o caso do Waze. Na realidade desde a aquisição do veículo não temos conseguido utilizá-lo e temos utilizado o Waze. O que acontece é que o sistema nos dá 3 opçoes de trajeto e nenhuma delas privilegia as estradas principais como Rodovia Dutra ou Bandeirantes . Ele nos manda por caminhos alternativos que nunca são os mais práticos.

Volkswagen CrossFox 2016 I-Motion

Dessa forma, no uso até o momento, consideramos que esse caro sistema "Composition Média", que é o topo de linha da VW, usado no Passat e nO Golf, é um equipamento que não funciona como deveria. Consideramos que a operação deveria ser similar à de um GPS de celular, como o Google Maps ou Waze, mas não é assim.

Volkswagen CrossFox 2016 I-Motion

Na retirada do veículo nos disseram que foi relatado o problema à Volkswagen que deu instrução para "colocar o nome da localidade e seguir pela rota preferida que o GPS iria recalcular a rota levando ao endereço desejado." Só que isso nós sempre fazemos. A equipe da concessionária disse também que se quiséssemos poderíamos abrir um chamado para que eles enviassem o engenheiro que projetou o equipamento para sanar as dúvidas. A conclusão fica a critério de cada um.


Consumo

O consumo segue o mesmo relatado nos posts anteriores oscilando entre 11.2 km/l e 11.8 km/l dependendo do uso em estrada ou urbano.

Custo de revisão

Na revisão foram realizados os seguintes serviços:

- lavagem do motor R$ 79,00
- protetor de carter R$ 165.00( inadmissível um carro top de linha vir sem o protetor de cárter)
- alinhamento e balanceamento das rodas R$ 169.20
- filtros e peças R$ 316,80
Total : R$ 730,00


Conclusão

Nosso Crossfox do teste de longa duração está em perfeito estado, com desempenho muito bom, e sem problemas mais sérios.

Volkswagen CrossFox 2016 I-Motion

Porém, seria interessante que a Volkswagen melhorasse a função GPS do Multimídia pois nem sempre é possível acessar o Maps ou Waze, os quais necessitam de conexão à internet.

Postagens relacionadas:

34 comentários:

  1. 720 reais uma revisão de 20 mil km, hahahahahhahah, que piada de mal gosto, com esse câmbio que da tranco, não é a toa que vou comprar um etios lx 1.5 automático, revisão a cada 10 mil km, e sabendo o que vou gastar em cada revisão. Além de tudo, terei um carro mais econômico e sem trancos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Etios não tem capacidade off-road como o deste Fox.
      E sobre o cambio I-Motion, ele tem 5 estrelas, contra 4 do Etios.
      O cambio I-Motion não rouba potencia do motor, ao contrário do cambio automatico com comversor de torque do Etios.
      O Fox tem mais potencia, 120 cavalos, contra 107 cv do Etios. E o cambio do Fox não rouba potencia.
      Resultado, o Fox tem desempenho muito superior ao do Etios 1.5 automático.

      O Fox tem suspensao elevada, e estepe na traseira, dadno um visual muito mais off-road.

      Enfim, Fox bem superior ao Etios.

      Excluir
    2. Ué, mas foi você mesmo que disse conforme o comentário abaixo:

      O Etios AUtomático é o carro hoje. Melhor que tudo, Gol, Fox, HB20.

      http://www.car.blog.br/2016/04/toyota-etios-automatico-2017-precos.html

      Excluir
    3. hahahaha...te pegou no contrapé Carlos !!!!

      Excluir
    4. Parece até petista queimando a língua, esse Carlos...

      Excluir
    5. Tipo gosto muito da volkswagen mas esse Carlos já é algo do tipo patrocinado sei lá... Chega a ficar feio do tanto que é forçado as coisas que ele fala. Eu iria no etios mesmo sendo mais lento e feioso como contras.

      Excluir
    6. Fico imaginando em qual mundo i motion é melhor que at4. Esse cara eh no mínimo muito burro.

      Excluir
    7. A falta de QI do Carlos estrapola os limites, é unico que conheço que fala o Imotiom é melhor que um AT4 convencional.

      Excluir
    8. MAs a revisão não é esse preço.. eles compraram o protetor de carter e fizeram outros serviços.... no maximo sai uns 370 reais.

      Excluir
  2. Eles não souberam nos informar na hora e na retirada do veículo percebemos que eles também encontram as mesmas dificuldades."
    Em uma frase completa sintetizaram como são as pessoas que vendem carro no Brasil: Não entender nada do que estão vendendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é a pura verdade Rafael, quando fui comprar o meu sabia bem mais que o vendedor, eles só querem vender.

      Excluir
    2. quando liguei para uma revenda na minha cidade pare me informar a respeito de um Ford Ka sem fotos no anuncio, constava "Ford Ka SEL 1.0 por R$31.990,00 2014/14". Pensei, é agora que eu compro um carrinho com auxilio de partida em rampa e controle de estabilidade... Pedi fotos, ele me mandou: não tinha rodas de liga, nem detalhe cromado na grade dianteira, nem Sync nem vidro elétrico traseiro nem faroletes. Indaguei sobre a versão e ele insistiu comigo (até foi rude) que a versão é a SEL e que ele entende de carro pois está no mercado há 30 anos. Desliguei na cara e nunca mais considero nada que esteja na loja desse doido

      Excluir
  3. Essa situação de bloqueio ao engatar a ré não seriam as lonas colodas no tambor devido ao uso do freio de mão logo após a entrada de água no sistema? Digo, o veículo não teria pego chuva, ou passado sobre alguma poça, e molhado o sistema de freio traseiro... E na sequência foi deixado na garagem com o freio de mão devidamente puxado... Ao tentar sair de ré, mesmo soltando o freio de mão, as lonas estariam presas aos tambores e o baixo creeping ou baixo torque impediu a saída normal... Não seria isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabino. Obrigada pela observação. Em todas as vezes que surgiu o problema o carro não esteve exposto a chuva torrencial nem passou pela água. Portanto aceitamos como verdadeira a explicação da Concessionária , mas vamos ficar observando .

      Excluir
  4. Desde quando o fox é um carro TOP, pelo preço até pode ser, mais de geral é um carro popular s sem requinte algum. É um carrinho para vc pagar até 35 mil, mais que isso vc encontra ótimas opções no mercado de usados como civic, sentra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como sem requinte algum?
      Olhe esse Fox. Bancos e paineis de porta todos revestidos em couro.
      Volante revestido em couro com black piano e comandos multifuncionais.
      O melhro sistema multimidia do mercado.
      O carro tem acendimento automático de faróis, sensor de chuva, sensor de estacionamento, retrovisor eletrocromico, piloto automático.
      Nenhum desses itens é sequer oferecido como opcional no HB20 Premium.
      A transmissão I-Motion de 2ª geração com comando hidráulico.
      O Fox é sim um carro de requinte e essa é a versão top.

      Excluir
    2. Vc se deu ao trabalho de citar os itens opcionais, respeito isso, mais que elevam o preço de qualquer versão do FOX para quase 60 mil se não ultrapassar essa casa. Que esbarra em carros PREMIUM.
      Não é a proposta do carro, é um carrinho popular. Não tem refinamento algum, digo porque tinha um fox prime que paguei 42 mil zero e que me arrependo até hoje, passei ele e peguei um Fiat Bravo que vc chora quando compara com o fox. Detalhe peguei ele usado por 44 mil.

      Excluir
    3. Melhor multimidia do mercado? O proprio blog disse que o gps não funcina bem

      Excluir
    4. O HB20 Premium tem sim acendimento automático de faróis. Tem também a qualidade de construção Hyundai, o silêncio interno Hyundai, e o pós-venda excelente Hyundai.

      Excluir
    5. dois baba ovos detectados. Adquirimos um Ka+ SEL 1.5 em outubro de 2015 e desde então fico me coçando para comprar um pra mim, mas hatch e 1.0 (grana é a razão, pois o motor 1.5 é um espetáculo). Como o bebejou disse, o Ka também não é nenhum primor de acabamento ou desempenho, mas é um popular honesto e, nesta versão, muito bem equipado e motorizado. Em uma viagem de POA/RS a Montevideo (são 810km) fiz a viagem inteira com um tanque de gasolina comum e cheguei lá com combustivel de sobra para ir jantar no mercado do porto e dar uma volta até achar um bom hotel. Média final de 18km/l viajando com AC ligado a maior parte do trajeto e andando a 110km/h sempre que possível. Eu sou defensor do Ka 1.5 por experiência. Adoro o carrinho!

      Excluir
    6. Não acho correto as pessoas falarem mal de um crossfox por ele ser caro, e falar bem de fit ou de hb20. HB20 não é essas coca colas todas não, a unica coisa boa que eu acho é o at6... n tem direção eletrica, custa mais de de 65k pra ter menos cosias que o crossfox tem... mesmo sem opicionais. Fit idem, n tem quase mimo nenhum o carro.. só pq é honda, custa 75 mil e ngm acha ruim.. vende mais de 2 mil unidades todo mes.
      Então n defendo hb20 ou fit, mesmo sem puxar corda pro crossfox ou fox highline, eles ainda tem algo a mais que o hb20. Infelizmente o vw n tem cambio at bom e esse é seu pecado.... alias pecado da FORD, VW e FIAT terem cambios automatizados ruins em alguns de seus carros.

      Excluir
  5. 720 reais na segunda revisão??? Caraca é mais barato revisar o Golf...
    E eu achei que o protetor do cárter estivesse abandonado, como procedimento de segurança... Esses novos carros não tem um dispositivo em que, após colisão, o motor é solto e despenca ao chão pra que não entre na cabine esmagando os joelhos do motorista?
    Alguém me explicou isso uma vez...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, incluindo o fox não é recomendado o uso de protetor de cárter por poder segurar o motor em um impacto, inclusive se foi colocado não é uma peça homologada e sim uma peça vendida independentemente na lojinha terceirizada da concessionária que vende coisas como insulfilm e etc.
      Tive uma saveiro cross e ela não tinha protetor de cárter e era totalmente inútil ter pois o caráter está muito acima da linha baixa do carro, a bandeja da suspensão estava em nível bem mais baixo, a peça mais baixa é a curva do coletor e ela é bem resistente, já fiz offroad no limite da capacidade dela E onde pegou o fundo foram os braços da suspensão e um nada na ponta da curva do coletor que até acho quando o espirro de alguma lama, a parte mais baixa do motor e foi terra daqueles trilhos que se formam, saveiro cross e Crossfox possuem uma ótima altura do solo, mais até que muitos SUVs que fazem baixo para ter dirigibilidade.
      Creio que usar o protetor de cárter só será uma peça para ficar batendo. Para danificar o cárter a pancada vai quebrar o para choque e certamente até danificar o radiador.
      r$720 foi o preço do acessorio colocado mais limpeza estética do motor que não faz parte da revisão e também o alinhamento e balanceamento que não está incluso em nenhum programa de manutenção e é recomendado porém não necessário fazer em concessionária pagando caro, é só conforto.

      Excluir
  6. Todo GPS possui a opção de traçar a rota mais rápida ou a mais curta e também faz limitações como evitar estradas de pedágio, me parece apenas falta de conhecimento em manusear o equipamento e certamente esses acertos estão regulados fora da preferência de quem utiliza o carro.
    A concessionária deveria saber orientar porém o proprietário do veículo tem à disposição um recurso chamado Manual de Intruções que certamente não foi consultado.
    Sobre o intervalo de manutenção também concordo com que 6 meses é pouco, tenho dois VW é um deles sempre faço revisão por tempo o que encarece a manutenção porém sou uma pessoa consciente, de vez em quando abro o capô, verifico fluidos, verifico o estado visual da Correia, se tem alguma coisa aparentemente vazando e tal, perco 1 minuto.., se tiver alguma anormalidade procuro assistência, pelo que vejo a maioria das pessoas são totalmente negligentes neste aspecto, jamais abrem o capô e se tem um ruído anormal ou alguma luz no painel ou esperam a revisão ou quando tiver um tempinho e lembrar do assunto vão agendar uma visita na concessionária, sempre naquela mentalidade, tá na garantia, se quebrar concertam. Tendo esta revisão na metade do tempo as chances de problemas são muito minimizadas.
    Vale lembrar também que o tradicional 10.000km ou 1 ano se refere a uso "normal" pegar congestionamentos com frequência, andar em pequenos trajetos ou estradas de terra é considerado uso severo e os prazos de manutenção são sempre reduzidos.
    Final das contas está manutenção vira bom senso.

    ResponderExcluir
  7. Não coloco o protetor de cárter em nenhum dos meus carros... acho desnecessário... além de prejudicar em caso de acidente. Em relação a revisao achei caríssima. O alinhamento e balançamento na Ford paguei 70 reais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim prejudicar em caso de acidente?

      Excluir
    2. Em muitos carros o cofre do motor e calço do motor é projetado para em um acidente frontal grave em que a frente é esmagada o motor "cair" evitando afundar o habitáculo e esmagar as pernas dos ocupantes, como o protetor de cárter em teoria é uma peça resistente e presa na carroceria do carro, o motor poderia ficar preso em cima dele não fazendo esta função e com isso aumentando as chances de ferimento dos ocupantes.

      Excluir
  8. O GPS do Golf e Up é da Navigon (alemã),não é bom. Como comentado no artigo ele não recalcula a rota, só depois de muito insistir ele segue a via rápida ou mais importante, teoricamente vc tem que conhecer o caminho - sic! - para o GPS não te largar em estradas vicinais. Muito ruim mesmo este Navigon da VW, saudades do Garmin que utilizei por anos. Hoje o Up está na revisão e pedi pra atualizar o GPS, vamos ver se melhora.

    Quanto as revisões semestrais, eu não entendi, sempre será por tempo ou cronológico a menos que vc rode 10 mil km em menor tempo. Excelente, um carro precisa visitar a oficina a cada 6 meses, se não fica impossível manter a garantia de 3 anos, coloque-se no lugar da Montadora.

    Pra quem usa o carro no interior e estradas, o protetor do carter é fundamental, eles são fixados no sub-chassis sem comprometer nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GPS Navigon é horrível de usar, meu irmão já comprou uma vez essa porcaria, Garmin é infinitamente melhor, muito mais simples e pratico.
      Na internet tem Garmin para o Up.

      Excluir
  9. acho burrice pagar 70mil num crossfox em pleno 2016... a maioria dos carros desse preço hj sao melhores q ele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não compraria, mas se vc analisar, hoje na faixa de 70k existe um vácuo de bons automóveis, isto é, com boa relação custo x beneficio. Carros interessantes (e muito bons) estão custando 80k+ ou fica-se nos de 60k-. Entre 60 e 80k vc encontra sedans compactos (e caros) e algumas pseudo SUVs beberronas.

      Excluir
    2. cita uns ai? Eu acho o crossfox caro sim, mas ele zero.. vc compra um seminovo por menos de 60 mil. O fit custa 75 mil reais... e n tem quase nada... so a revenda ótima pois semino novo dificil ver algo a menos de 60k. Acho que quem quer um crossfox n quer um sedan, ou n quer um pseudosvu que é bem maior.

      Eu comprar ia um crossfox seminovo, pois n gosto de carro muito grande ou comprido... precisaria de uma suspensão mais alta por conta do sitio.

      Excluir
  10. Capacidade off road??? Acredita quem quiser.

    ResponderExcluir
  11. Protetor de cárter é um recurso brasileiro pra estrada ruim, vcs deveriam saber disso. A montadora que seguir as normas, nunca vai colocar isso num carrro saindo da fábrica, vai contra o projeto de 'soltar' o motor em caso de colisão. A concessionaria pode até vender, mas nunca vindo da fábrica como algo de projeto do carro.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.