Car.blog.br

Pesquisar este blog

Ford Ka+ chega à Europa: o carro errado na hora errada

Categorias: , , , 31 Comentários

A Ford lança na Europa o Ka+, modelo compacto fabricado na Índia, derivado do Ka fabricado no Brasil, porém com muitos aperfeiçoamentos. Mas a imprensa europeia já está criticando o modelo, sugerindo que é o "carro errado na hora errada" (veja aqui).

Novo Ford Ka 2017

A mídia automotiva do Velho Continente está cética quanto ao sucesso do Ka+ por alguns motivos. O primeiro é o fato de que ele é derivado do EcoSport, modelo que se mostrou um fracasso monumental na Europa, tendo sido classificado como um dos piores carros à venda no Reino Unido (veja aqui), e capaz de manchar a imagem da Ford definitivamente.

Novo Ford Ka 2017

O segundo ponto é que o Ka+, assim como aconteceu no Brasil, representa uma mudança de conceito. O Ka sempre foi, na Europa, um modelo compacto de "boutique", destinado a competir com modelos como o Fiat 500 e o Volkswagen Up! e derivados. Agora, porém, ele é um hatchback barato de cinco portas, criado para atender mercados em desenvolvimento.

Novo Ford Ka 2017

O Ford Ka+ será vendido na Europa com preços a partir de £ 8,995 Libras Esterlinas, podendo chegar no modelo topo a £ 9.995 Libras, o que equivale e mais de R$ 40.000 reais. Ocorre que nessa faixa de preço ele vai enfrentar modelos como o Kia Rio e o Hyundai i10, que são modelos criados para mercados desenvolvidos, com construção mais refinada.

Novo Ford Ka 2017

Para enfrentar os compactos, a Ford aposta no Ka+ com motor quatro cilindros 1.2L com potência variando entre 69 e 84 cavalos, capaz de acelerá-lo de 0 a 100 km/h em 13,3 segundos.

Novo Ford Ka 2017

Ela acomoda quatro adultos e 270 litros de bagagem, mas sua mecânica é considerada ultrapassada, com rodas de 15 polegas e frios a tambor.

Novo Ford Ka 2017

O fato de ser fabricado na Índia também não ajuda nem um pouco.

Novo Ford Ka 2017 - interior

Por outro lado, o Ka europeu mantém o dock station na parte superior do painel para acomodar um telefone celular.

Novo Ford Ka 2017 - interior

E conta com um sistema de áudio mais sofisticado que o modelo brasileiro.

Novo Ford Ka 2017 - interior

E também um sistema de ar-condicionado digital.

EcoSport: Herança maldita

A Ford tem certamente explicações de mercado para o seu novo produto na Europa, mas o fato que o lançamento do EcoSport na Europa repercute ainda muito mal por lá. O EcoSport foi considerado tão ruim na Europa, tão mal adaptado para realidade das vias europeias, que o modelo já sofreu duas grandes mudanças de engenharia e de design desde que foi lançado por lá em 2013.

Novo Ford Ka 2017

Não publicamente, vários engenheiros da Ford admitem que eles sabiam que o EcoSport era "horrível", mesmo antes do lançamento, mas a marca o lançou mesmo assim seguindo seu plano "One Ford", de uniformização de modelos em âmbito mundial. E se fez o desastre.

Novo Ford Ka 2017

O Ford Ka+ é tido com uma aposta dobrada no mesmo erro chamado "EcoSport", ou seja, um carro que é feito para mercados emergentes e inadequado para ser vendido na Europa. E que se a Ford quiser manter a filosofia "One Ford", eles terão que melhorar muito carros como o Ka e o EcoSport para oferecê-los aos europeus. O problema é que isso custa caro, e, então, questiona-se se não é melhor desenvolver logo um produto específico para o mercado local.

Totalmente revisto

A Ford Europa, porém, diz que o Ka+ europeu, ao contrário do que aconteceu com EcoSport, foi muito modificado, e tem grandes ganhos de qualidade em relação ao modelo vendido no Brasil e Índia. Começa que é bem melhor equipado, trazendo seis airbags, ar condicionado, sistema de áudio com sincronização com telefone e reconhecimento de voz, limitador de velocidade e hill assist desde a versão de entrada (Style).


O topo de gama, Zetec, vem com motor mais potente (84 cv), ar-condicionado digital, volante revestido em couro com controle de cruzeiro, rodas de liga leve, bancos dianteiros aquecidos, rádio DAB, sensores de estacionamento traseiros e espelhos rebatíveis aquecidos.

Além disso, o chassi do Ka europeu foi totalmente revisitado para ser vendido na Europa. Trata-se de uma especificação de chassi exclusiva, com suspensão totalmente refeita para se adequar ao gosto do consumidor europeu.

São totalmente novos também o sistema de direção, molas e amortecedores, barra estabilizadora dianteira, barra de torção traseira e pneus, assim como o sub-frame dianteiro e o sub-chassi de sustentação do motor são completamente reprojetados. A altura em relação ao solo também foi reduzida.

Conclusão


A Ford alterou significativamente o Ka para ser vendido na Europa. Trata-se de um carro com dirigibilidade aprimorada, mais seguro e equipado que o vendido no Brasil. Se isso será suficiente para enfrentar o disputado segmento de sub-compactos europeu, o mercado dirá a partir de outubro, quando estiver à venda.

Postagens relacionadas:

31 comentários:

  1. Se encalhar lá, exceto a versão diesel porque infelizmente aqui é proibido, pode trazer pra cá; garanto que seria conhecido como o Ka "Europeu", tal como foi o PassaT LSE, famoso "Iraque", a diferença é que um era fabricado aqui, e exportado, e o outro será importado para cá, mas ambos sem dúvidas serão "superiores" aos nossos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que exageraram um pouco... No fim há várias melhorias aplicadas e pontos positivos que foram abafados pelo início "arrasa quarteirão"... O Up! não surtiu o efeito desejado e isto é fato... Vamos ver com o Ka+

      Excluir
  2. só faltou o câmbio powershift para piorar

    ResponderExcluir
  3. 6 airbags, ar digital, retrovisores rebatíveis, piloto automático, regulagem elétrica dos faróis, lanterna de neblina...nada disso oferecido no Brasil. Que tristeza! Para completar a pá de cal, nem os simplórios repetidores de seta nos retrovisores e o marcador de temperatura do motor nós temos e eles teem. Senta e chora! Ps: Ford, você merece estar em 6°, 7° lugar no ranking de vendas no Brasil, com tendência a lugares mais distantes do topo....bem feito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas as montadoras vendem aqui um carro mais pobre, pq brasileiro é "pobre"...

      Excluir
  4. O Ka e derivado do new fiesta(que e um grande sucesso mundial!!!!) inclusive ate as portas são as mesmas plataforma volante..., e consequentemente o eco usa a mesmo plataforma isso não quer dizer que e o mesmo carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito! Tanto o Ka quanto a EcoSport são derivados da plataforma do New Fiesta, e não o Ka é derivado do EcoSport.

      Excluir
    2. Fiesta é um bom produto e já fez sucesso no Brasil mas sendo o 33º carro mais vendido do Brasil mês passado vendendo pouco mais de 1200 carros (melhor que 1000 de abril), Para um carro que já chegou a 7.000 carros em um mês, ele está longe de ser um sucesso brasileiro!!!!

      Excluir
  5. Essa conversa de One Ford é pura conversa fiada, no meu ponto de vista um carro idêntico porém construído de forma diferente não é o mesmo carro, questões de itens de série é absolutamente normal variar com o mercado mas melhorar os acabamentos do carro, mudar o carro estruturalmente, mudar toda a mecânica e etc com certeza não é um carro mundial e sim um design mundial.

    Vale dizer que esse Ecosport também é um fracasso no Brasil por pura incompetência da Ford, o Ecosport inaugurou o segmento no Brasil, um fiestão, tecnicamente fraco mas confortável, vendia muito, era muito desejado, fez um facelift meia boca em um carro tão importante e rapidamente ele foi envelhecendo, a Renault trouce a Duster e mesmo tendo uma fração das concessionárias da Ford, sendo a Renault uma marca menos conhecida e menos conceituada que a Ford, rápidamente assumiu a liderança do mercado e no desespero a Ford mostrou o protótipo do novo Ecosport e saiu correndo para desenvolver o carro que claramente faltava muito para ficar pronto e ia atualizando a mídia com as características e novidades do carro para ganhar tempo e tentar segurar seus clientes. Depois que lançou mostrou erros de conteúdo dos pacotes que toda hora mudava, falhas grandes de acabamento com peças desalinhadas, preço elevado para o mercado que ele pertencia, defeitos no Powershift e hoje depois de mexer preços, viver em promoções e etc fica no mesmo patamar do duster que tem muito mais identidade, um carro mais robusto e muito mais espaçoso. De tão caro Ecosport "briga" em preço com HR-V e Renegade, que são muito superiores ao Eco.
    E para encerrar, o Fiesta que o Ecosport se baseia também morreu né! Vendas irrisórias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, Fiesta hoje vende menos que o modelo do Civic prestes a sair de linha. Cheiro de fracasso no ar...

      Excluir
    2. Muito bem dito.
      A Ford está comentendo suicídio no Brasil. Não faz nada quanto aos seus maiores sucessos, os preços estão absurdos e parece que qualidade construtiva só o Focus e Fusion tem, pois de Fiesta, EcoSport e Ka qualidade passou longe, porém a Ford não vive de Focus e Fusion.
      É a cereja do bolo é o ProblemaShift. Sinceramente, quanto ao câmbio, não sei até quando a Ford vai se queimar com esse câmbio, pois é muita besteira continuar com ele depois dessa enxurrada de problemas, mas a Ford aparenta se meio lenta em reparar nas coisas, então só caindo mais uns 50% em vendas totais para ela se tocar.

      Excluir
  6. O acabamento desse carro é péssimo!
    Os tecidos são de uma qualidade deplorável, os da porta descolam, os plásticos tem aspecto muito barato e frestas que indicam péssima montagem. Além disso o carro é todo desalinhado. Já sai da concessionária com uma orquestra de "grilos" assim como o ecosport.

    ResponderExcluir
  7. Nada a declarar.

    Tenho que declarar: é por isso que a tal desmontadora se encontra no limbo. Fia, For e GN caminham de braços dados e rapidamente para o pós-limbo, esquecimento total.

    ResponderExcluir
  8. "A Ford Europa, porém, diz que o Ka+ europeu, ao contrário do que aconteceu com EcoSport, foi muito modificado, e tem grandes ganhos de qualidade em relação ao modelo vendido no Brasil e Índia."
    Aposto que pagamos muito mais por isso!!!

    ResponderExcluir
  9. Europeu é preconceituoso mesmo. Podem aproveitar somente o logotipo que mesmo assim irão criticar o carro, até mesmo antes de vê-lo pessoalmente. Devem se sentir impuros ao entrar num carro indiano, chinês, brasileiro, etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já morou lá? São menos preconceituosos que os brasileiros.

      Excluir
    2. Não acredito que se trate tanto de preconceito. Qualquer um com o mínimo de raciocínio e curiosidade pode descobrir que carros vendidos aqui e na Índia são efetivamente muito menos seguros e confiáveis que suas contrapartes europeias. São concebidos para serem "baratos". Dessa forma, como eles tem o patamar até mais elevado que o dos americanos em alguns aspectos, fica latente a percepção de que a Ford quer empurrar um produto bem inferior pelo mesmo preço que a concorrência oferta coisa bem melhor. Nós mesmos torcemos o nariz para carros indianos ou chineses, é a mesma lógica dos europeus recusando carros concebidos aqui e em outros países subdesenvolvidos.

      Excluir
    3. *Dessa forma, como os europeus tem o patamar....

      Excluir
  10. Que vergonha essa Ford!
    Como pode uma montadora que tem o melhor motor do mundo, se prestar a esse papel de oferecer só porcarias no 1o mundo.
    Nada a declarar, só a lamentar!

    ResponderExcluir
  11. Até quando o carblog irá meter o pau na ford? Esse ka europeu foi todo revisto! Por favor vcs não testaram o modelo não viram o acabamento e outra diferente da 1 versão do EcoSport com o estepe na traseira que vinha direto da Índia com qualidade menor que o Brasil esse ka sofreu mudanças sim e com certeza é mwlhor que logan sandero e outras marcas locais

    ResponderExcluir
  12. Que vergonha essa Ford!
    Como pode uma montadora que tem o melhor motor do mundo, se prestar a esse papel de oferecer só porcarias no 1o mundo.
    Nada a declarar, só a lamentar!

    ResponderExcluir
  13. E esse parachoque tras beiçudo? Oi?

    ResponderExcluir
  14. Éh, qualidade ford deixa a desejar. Eles não estão nem aí para os seus clientes com as bombas de cambio powershit, carrocerias tortas, qualidade de montagem e mecânica ruim, etc. Carro de 3º mundo então sem chance na europa acidental. A ford precisa aprender com a Volks e Japonesas sobre qualidade mecânica de carros. O estranho é que pelo menos eles têm um ótimo motor ecoboost, porque não usam nesse carro?

    ResponderExcluir
  15. Bom é que vai dar pra importar algumas peças para o nosso ka.
    Eu acredito que pelo custo x beneficio vai vender bem.
    Sem contar que é muito melhor acabado e equipado que o nosso e ainda tem
    cores mais bonitas a disposição.
    O nosso só leva vantagem na potencia na versão 1.5. que alias é um belo carro.

    ResponderExcluir
  16. Se a suspensão traseira não "socar" e o farol melhorar ja será um grande avanço! Tenho o KA MAIS.

    ResponderExcluir
  17. "Não publicamente, vários engenheiros da Ford admitem que eles sabiam que o EcoSport era "horrível", mesmo antes do lançamento, mas a marca o lançou mesmo assim seguindo seu plano "One Ford", de uniformização de modelos em âmbito mundial. E se fez o desastre.", igualzinho ao erro da VW com o Up, que nao foi bem assimilado no Brasil, mas era algo mundial e ja sabuiam nao agradar ao brasileiro ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. O Up! é um fracasso mesmo. Vende mais que todos os concorrentes somados:

      http://www.car.blog.br/2016/06/vw-up-vende-mais-que-todos-os.html

      Imagina se fosse sucesso.

      Excluir
  18. Cada mercado é uma realidade totalmente diferente. Entre os 20 mais vendidos na Europa em março de 2016 somente 2 são Japoneses: Nissan Qashqai (nosso kicks) em 6º e Toyota Yaris em 14º (que não existe aqui). O mais vendido é o Golf, um carro muito acessível em preço (barato) para a realidade europeia, o segundo é o Fiesta, provavelmente mais equipado que o nosso. Das montadoras a VW é 1ª seguida pela Ford em 2º, pesa muito também o fato da VW ser européia. A única japonesa entre as 10 é a Nissan em último

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.