Car.blog.br

Pesquisar este blog

Nova Chevrolet S-10 2017: preços, consumo e fotos

Categorias: , , , 32 Comentários

A Chevrolet do Brasil anuncia a tabela de preços da nova S-10 2017 - picape média que recebeu mudanças visuais e de acabamento, evoluções mecânicas e de conteúdos.

Chevrolet S-10 2017

O modelo passa a ser vendido a partir deste mês com a precificação abaixo:


ModeloVersãoPreço

S10
LT 2.5 flexR$97.890
LS 2.8 turbodieselR$105.590
LTZ 2.5 flexR$113.690
LT 2.8 turbodieselR$127.290
LTZ 2.8 turbodiesel A/TR$150.190
High Country 2.8 turbodiesel A/TR$167.490

Nova S-10

A Chevrolet do Brasil adotou o conceito da versão norte-americana da picape Colorado e o trouxe para a Nova S10. O objetivo foi o de manter e reforçar sua capacidade todo-terreno agregando o conforto de um carro de passeio.

Para isso, a parte estrutural do modelo foi retrabalhada. Os conjuntos de suspensão e de freio, por exemplo, são novos; enquanto os sistemas de controle de vibrações e de ruídos foram aperfeiçoados.

A introdução da direção elétrica inteligente também contribuiu para uma melhor dirigibilidade do veículo, principalmente em trechos urbanos. O sistema da Chevrolet é dotado de tecnologias que compensam inclinação da via em longos percursos e reduzem trepidações geradas pelo desbalanceamento das rodas.

A Nova S10 está até 5% mais econômica, graças à utilização de materiais mais leves, de novos componentes mecânicos e de soluções aerodinâmicas inovadoras. Mas ela continua sendo a mais potente e forte do segmento de picapes, tanto na configuração 2.8 TurboDiesel (200 cv) como na 2.5 Flex (206 cv). A tabela abaixo traz os dados de consumo dos modelos flex.




Motor

Versão

Câmbio
Consumo EtanolConsumo Gasolina
CidadeEstradaCidadeEstrada
S102.5-16VHigh Country Cabine Dupla Flex 4x4M-65,15,57,48,2
S102.5-16VHigh Country Cabine Dupla Flex 4x2M-65,15,57,48,2
S102.4-8VLSM-54,85,577,9
S102.4-8VAdvantage Flex Cabine Dupla 4x2M-54,85,577,9
S102.5-16VLSM-64,95,57,28,2
S102.5-16VLTM-64,95,57,28,2
S102.5-16VLTZM-64,95,57,28,2
S102.5-16VL Free Ride Advantage Flex Cabine Dupla 4x2M-64,95,57,28,2
S102.5-16VLSM-64,95,57,28,2
S102.5-16VLTM-64,95,57,28,2
S102.5-16VLTZM-64,95,57,28,2
S102.5-16VFree Ride Advantage Flex Cabine Dupla 4x4M-64,95,57,28,2
S102.4-8VLS Flex Cabine Simples 4x2M-54,85,577,9

Do ponto de vista estético, a versão 2017 da picape é percebida pela nova identidade visual, em sintonia com o DNA global da marca.

Novo design

A maioria das novidades está na parte dianteira. O capô ganhou esportividade com a cavidade esculpida na parte posterior. A grade foi alongada até os faróis, que também foram completamente redesenhados e podem ter uma guia de luz em LED (DRL), conferindo uma assinatura luminosa peculiar ao modelo.

Chevrolet S-10 2017

O para-choque traz apêndices aerodinâmicos nas extremidades emoldurando as luzes auxiliares, e uma espécie de peito de aço, no meio, logo abaixo da moldura da placa.

Chevrolet S-10 2017

Na lateral, destacam-se os retrovisores com repetidores de pisca e as rodas de alumínio inéditas. São aro 16 nas versões de entrada (LS e LT) e aro 18 nas mais sofisticadas, representando um upgrade para o modelo LTZ (luxo). Já no topo de linha High Country, esse tamanho de roda é tradição.

Chevrolet S-10 2017

Na traseira da Nova S10, a novidade aparece na tampa da caçamba, que a partir de então pode vir com uma discreta câmera de ré embutida na maçaneta, preservando assim o visual harmônico do conjunto.


O compartimento de carga ganha diferentes tipos de cobertura conforme a configurações e há opção de lanternas com LED.

Em relação a paleta de cores, o Azul Old Blue Eyes e o Preto Ouro Negro fazem sua estreia na linha 2017 da picape. Elas se juntam às já existentes Prata Switchblade, Branco Summit, Vermelho Chili e Cinza Graphite.

Interior

A cabine traz materiais mais refinados e agradáveis ao toque (soft touch), enquanto os painéis de instrumentos e de portas foram completamente remodelados para trazer melhor ergonomia e acomodar a maior quantidade de itens de série.
A Nova S10 traz quadro de instrumentos que pode incluir computador de bordo de última geração com informações abrangentes, como velocímetro digital e parâmetros de manutenção do veículo, incluindo a vida útil do óleo –relevante para veículos que são submetidos a condições severas de uso.

Chevrolet S-10 2017

O computador de bordo ainda possui a função “ECO”, que auxilia o motorista a conduzir o veículo de uma maneira a privilegiar o menor consumo de combustível. O motorista consegue ainda consultar a pressão dos pneus. A novidade alerta quando algum deles sai da especificação mínima recomendada pelo fabricante.


Chevrolet S-10 2017
O centro do painel ficou mais imponente com as saídas de ar majoradas e com o multimídia MyLink de segunda geração com GPS. O sistema passa a agregar tela de alta resolução e novas funções, entre elas o Android Auto e o Apple CarPlay.

Chevrolet S-10 2017

Na prática, isso significa maior possibilidade de interação entre o veículo e o smartphone do usuário, com a opção de comandos de voz, para que o motorista não precise tirar as mãos do volante ou o foco do trânsito.

Chevrolet S-10 2017

Os apoios de braços e os puxadores de portas também foram retrabalhados, assim como os diferentes revestimentos dos bancos. Já a direção passou a ter assistência elétrica, reduzindo a necessidade de esforço do condutor.

Um novo carro

A versão 2017 da picape média da Chevrolet está mais sofisticada em todas suas configurações. Entre os novos itens de comodidade disponíveis, destacam-se:
  • Acendimento automático dos faróis;
  • Sensor de chuva;
  • Retrovisor central eletrocrômico;
  • Câmera de ré com gráficos para auxílio em manobras;
  • Sensor de estacionamento dianteiro;
  • Acionamento remoto da ignição;
  • Sistema de áudio premium de alta definição;
  • Vidros laterais com mecanismo de abertura e fechamento por meio da chave.
Itens como lanternas e luzes de neblina, ar-condicionado digital com oito velocidades, rebatimento elétrico dos retrovisores externos, banco do motorista com ajustes elétricos estão igualmente disponíveis.

Outros destaques são os controles eletrônicos de tração (TC) e de estabilidade (EPS) e os assistentes de partida em rampas (HSA) e o de descida (HDC). Enquanto o assistente de partida em rampas não permite que o veículo recue em saídas íngremes; o assistente de descida controla a velocidade em descidas íngremes sem a necessidade de intervenção do motorista, proporcionando maior controle do veículo.


A Nova S10 também aprimora seu pacote de segurança ativa. Adotar sistema de freios ABS com EBD (distribuição da força de frenagem) de última geração e novas tecnologias, como o alerta de desvio de faixa e o alerta de colisão frontal, comuns apenas a veículos de categorias superiores.

Chevrolet S-10 2017

O alerta de desvio de faixa possui uma câmera na parte superior do para-brisas que “lê” as faixas da via e emite um aviso toda vez que perceber que o veículo está saindo involuntariamente da pista. Se o pisca estiver acionado, o mecanismo entende que a manobra é intencional e não entra em ação.

O alerta de colisão frontal é outro equipamento bastante útil no dia a dia. Por meio dele, o motorista pode estabelecer eletronicamente uma distância mínima em relação ao veículo à frente, podendo, por exemplo, ser alertado caso o outro automóvel sofra uma redução de velocidade repentina. Além de luzes vermelhas piscarem na base do para-brisa, um alarme soa pelos alto-falantes da picape.

“Estudo de mercado aponta que 67% dos acidentes são frontais. A grande maioria de pequena ou média monta porte e provocado por distrações. O alerta de colisão mostra-se relevante, principalmente neste tipo de situação”, justifica William Bertagni, vice-presidente de engenharia da General Motors.

Eficiência energética

A Nova S10 estreia com treze variações de configurações. São quatro versões de acabamento (LS, LT, LTZ e High Country), três opções de cabine (simples, dupla e chassis cab), duas de motorização (2.8 TurboDiesel e 2.5 SIDI Flex), dois tipos de transmissão (manual e automática, ambas de seis velocidades), além de dois tipos de tração (4x2 e 4x4 com reduzida).


Todas as configurações receberam um pacote de inovações para melhor eficiência energética. Com isso, houve uma melhora no consumo de combustível até 5% ante o modelo anterior.

Chevrolet S-10 2017

O resultado é basicamente a soma das evoluções aerodinâmicas, da utilização de matérias mais leves, da adoção de pneus “verdes” de uso misto e freios de baixo arrasto, da mudança na relação do diferencial da transmissão (Flex) e da introdução de um sistema mais eficiente de gerenciamento das cargas elétricas do motor que inclui novo software no módulo de controle do carro, sensores, alternador com menos perdas internas, eletro-ventilador do tipo brushless (sem escovas) e direção elétrica.

OnStar

Outra inovação que a Nova S10 traz para o segmento de picapes é o OnStar. A tecnologia é uma exclusividade da marca Chevrolet no Brasil.


O OnStar é um sistema de telemática avançado que oferece ao motorista mais de 20 serviços de Emergência, Segurança, Navegação, Concierge e Conectividade em um patamar jamais visto no mercado automotivo nacional.

Na Nova S10, a tecnologia agrega novas funcionalidades, como o alerta de valet. Ao ativá-lo, o usuário recebe uma mensagem caso o manobrista se distancie mais de 500 metros com o carro. É possível ainda monitorar o deslocamento do automóvel e saber se ele ultrapassou o limite de velocidade predeterminado. Tudo através do aplicativo para smartphones.

O alerta de rodízio do OnStar foi aperfeiçoado. A partir de agora o motorista é avisado quando seu veículo se aproxima da zona de restrição ou quando se dá partida no veículo em local e horário restrito à circulação.

Outra novidade é que pressionando o botão da esquerda no retrovisor central, o usuário consegue acionar, por comando de voz, serviços como os alertas de velocidade e o de valet, chamar o serviço de assistência mecânica ou ainda iniciar a navegação de algum destino cadastrado no aplicativo do OnStar.

Funcionamento simples

Pressionando um botão no retrovisor interno, o motorista é conectado a uma central com atendimento humano que oferece serviços como pesquisas rápidas na internet, reservas e informações sobre situações de tráfego (vias alagadas ou bloqueadas).

Chevrolet S-10 2017

Pode-se igualmente acionar o botão OnStar para solicitar assistência mecânica, elétrica ou médica em caso de emergência.

A comunicação entre os ocupantes e o atendente do Centro de Atendimento ocorre por meio de uma linha celular exclusiva do veículo, que transmite a conversa pelos autofalantes e microfones do sistema “hands-free” do carro.

O OnStar também avisa quando o automóvel está sendo furtado ou envolveu-se em um acidente que resultou na deflagração dos airbags. Isso acontece porque os sensores espalhados pela carroceria são capazes de detectar situações de anormalidade e alertam o Centro de Atendimento. Profissionais capacitados então fazem a análise da situação e solicitam, se necessário, o auxílio das autoridades competentes.

O OnStar também permite que o usuário comande funções do veículo por meio de um aplicativo para smartphone, como o travamento das portas.

Pelo app ainda é possível programar para receber notificações quando o veículo inicia uma nova movimentação, saber qual é a sua localização atual e ainda pedir para ser avisado quando o velocímetro ultrapassar o limite de velocidade predeterminado – recursos úteis principalmente quando o automóvel é cedido a terceiros.

O aplicativo é compatível com os sistemas Android e IOS e pode ser baixado na Play Store e agora também na Apple Store.

Na Nova S10, a Chevrolet oferece como cortesia o serviço OnStar por 12 meses. O processo de habilitação pode ser iniciado na concessionária. Na sequência, o cliente recebe um e-mail para finalizar seu cadastro e dar seu aval para a ativação.


Chevrolet S-10 2017

A Nova S10 chega à rede concessionária da marca neste mês de maio.

Postagens relacionadas:

32 comentários:

  1. O FODA FOI NÃO LANÇAR A VERSÃO FLEX COM CAMBIO AUTOMATICO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faltou ajuste de altura para o volante...

      (só tem o ajuste de profundidade)

      Excluir
  2. A S10 parece ter boas melhorias na linha 2017. E ficou bem bonita também.
    Acho que faltou uma versão com "cabine estendida", para o público jovem. Seria a versão mais bonita de todas. Ou talvez uma "cabine estendida, com caçamba longa". Poderia ter também uma versão mais esportiva, "cabine estendida com câmbio automático e teto solar", com motor gasolina ou diesel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só achei que deveria ter melhorado as lanternas traseiras ( deveriam ser lisas), melhorar o designer dos para-lamas (deveriam ser quadrados, como os da Amarok e ter caprichado um pouco no para choque dianteiro, (deveria ter um designer a estilo Novo Cruze). E o Volante poderia ser igual o do Camaro .No mais, ficou boa.

      Excluir
  3. Melhorou bastante, vai dar trabalho para concorrência.

    ResponderExcluir
  4. O controle de tração e estabilidade agora está em todas aas versões?

    ResponderExcluir
  5. Eu não sei vcs , mas eu acho um absurdo um carro desse e outras pickups a diesel fazer essa quilometragem por litro. 8 km é muito pouco para um carro desse tamanho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem paga 130k em em algum carro acho que não se importa pra consumo.

      Excluir
    2. Absurdo é sua falta de noção com a lei da física, uma caminhonete de 1800kg, com pneus grandes, transmissão robusta, grandes áreas para empurrar o vento e sempre a ma aerodinâmica das caminhonetes em suas traseiras chapadas e não arredondadas que brigam com o vento, fazer 8km/l não é nada absurdo. Mesmo os 7km/l na cidade, com trânsito considere 5km/l.
      Quer baixo consumo compre um carro pequeno com ⅔ da área frontal dela, ½ peso, pneus que pesam a ½ dela e que o diferencial traseiro pesa a metade do motor do carro pequeno.

      Excluir
    3. Absurdo é sua falta de educação na hora de comentar a respeito do que o colega fala LV. Poderia ter explicado sem ter falado dessa forma.

      Excluir
    4. Acho q isso é involução e não avanço. Só olhar atualmente o renegade a diesel com 1500 kg fazendo 15 km e a D20 q fazia mais ou menos 12 sem essa tecnologia toda.

      Excluir
  6. Perdão, mas não vi informações sobre o consumo do motor a diesel, só o flex. Alguém pode informar, por favor?

    ResponderExcluir
  7. E a liderança voltará pra quem merece ! Chupa rilux! Kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil, viu!
      Com Toro no ataque ferrenho às versões de entrada, onde a S10 sempre conseguiu bons números.
      Acredito que encoste nos números da Hilux, mas não tem condições de superar a Toyota.
      GM falha muito no pós-venda.

      E com a Toro sendo classificada como uma pick-up média, segundo a FENABRAVE, pode ter certeza de que a Toro sempre fechará o mês com 2x em cima da S10, Hilux e cia ...

      Excluir
    2. Amigão, vamos aprender a escrever Hilux antes né...

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Charles até concordo com vc ,nas a foto tem um grande perda em relação a essas caminhonetas , ela n adota o chassi e sim longarina , então é um detalhe muito importante quando c trata em uso de trabalho , mas como muitos usam apenas como passeio , aí nesse caso realmente vendera muito msm !

      Excluir
    5. Grande belíssima , pelo jeito n entendeu que fui sarcástico ao escreve-lo assim ! Pq pra mim é uma piada da 190 conto em uma Hilux , ops rilux ! Eu sem, dúvida iria de S10 ou Ranger . Obs: comparando as versões top ! Até pq a rilux msm com esse lançamento , ainda deve equipamentos e motorização melhor q as concorrentes !

      Excluir
    6. A Toro é o excelente player oportunista.
      Não atende às necessidades de trabalho pesado e off-road das pick-ups médias, mas como +90% do mercado busca apenas um carro com caçamba para rodar no asfalto, a Toro atende muito bem esta fatia.

      Mesmo que S10 tenha mantido os valores, em similar nível, a Toro oferece mais equipamentos, mais segurança, e um conjunto mecânico melhor acertado.
      A Toro chega com pelo menos 2 passo à frente das pick-ups de entrada: motor a diesel por valor acessível; melhor agilidade e ergonomia como veículo.

      Quem precisa de pick-up para serviço pesado dificilmente vai de S10.
      Mesmo que a reestilização embarque algumas melhorias na suspensão, seu foco é conforto e não robustez.

      Trabalho pesado é Hilux ou L200.
      As outras são pick-ups de asfalto! ...

      Excluir
  8. Esse volante, feio e enorme bate de frente com a proposta de deixar parecido com um carro de passeio, principalmente no interior. Outra coisa que também acho exagerado, e isso em quase todas as picapes da categoria, é esse design ultrapassado da lanterna traseira: um enorme retângulo sem graça. Nesse ponto a Toro ousou e, a meu ver, superou todas as picapes.

    ResponderExcluir
  9. Na boa...todas essas mudanças até que boas, e ela ficou realmente bonita, sem exageros ! Mas essas montadoras insistem em fazer merda, principalmente em nosso país . Reformular o interior e não trocar esse VOLANTE ridículo , é um absurdo !!!

    ResponderExcluir
  10. Criticaram tanto a fiat Toro, mas... Tudo bem, motor maior, mais cavalos, mas o consumo é regular tão quanto a Toro.

    ResponderExcluir
  11. A GM tinha que colocar um volante de "4 raios" nesta nova S10. O mesmo da Silverado Americana

    ResponderExcluir
  12. Este é o volante da Silverado americana, de "4 raios"

    http://g1.globo.com/carros/noticia/2012/12/gm-mostra-nova-silverado-nos-eua.html

    ResponderExcluir
  13. A S-10 é hj, a melhor picape,do mercado, se vc considerar todos os pontos de vista, a Hilux é ainda melhor, mas ela é absurdamente cara.

    ResponderExcluir
  14. gosto muito da s10, mas ficaria com a nova ranger, pode ser mais cara mas tem acc
    e 6 airbag olho muito a seguraca e acho a ranger mais negocio pois s1o so tem 2 airbag

    ResponderExcluir
  15. Amigos alguém poderia me dizer qual a marca e onde encontro os estribos da S-10 das fotos?

    ResponderExcluir
  16. Quer carro pra cidade? Compra uno "quadradinho" q infelizmente saiu de linha.. Quer CAMINHONETE? Compra uma silverado (pq a 250 ta muito caro) motor 6cc sprint 35..40 mil reais... 300 reais imposto por ano.. E me sobra uns 150 mil pra tomar cerveja.. Budweiser...Quer carro pra fazenda? Compra uma f4000 DAS ANTIGA carrega carga e vira boiadeira se precisar vender gado.. Quer um 4x4 pra dar pau e desoçar no mato? Compra uma l200 usada por 35 mil ai vc pode muer ela sem medo de estragar...resto é frescura de gente tonta.. Pq caminhonete ultimamente é status de gente q mora na cidade..vai entender brasileiro ueuebr

    ResponderExcluir
  17. Não informaram se a nova S10 LTZ flex 2017 faz a atualização periódica do GPS do MyLink. Segundo o consultor técnico de uma concessionária o GPS do MyLink não é possível atualizar, tendo em vista que a Chevrolet (montadora) não disponibilizava tal serviço.
    Fique muito insatisfeito com o carro e com a montadora, já que um dos motivos que me levou a interessar na compra de tal veículo foi o fato de ter o MyLink com GPS. Me vejo compelido buscar outra marca de veículos com GPS e que faça as devidas atualizações periódicas do mesmo, mesmo que seja pago.
    Assim, gostaria de saber se a nova S10 LTZ flex 2017 haverá as devidas atualizações do GPS do MyLink e de quanto em quanto tempo?

    ResponderExcluir
  18. Minha LT Flex CD esta fazendo acima desta média. Com gasolina (abastecido ultimamente) esta com média 10,1, com etanol 7,3. Uso 30% dos KM na cidade e os demais em estrada. Claro, andando na casquinha. Pra um motor 2.5 ao meu ver esta excelente.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.