Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Up! TSI: 20.000 km, desvalorização, venda e pós-venda

Categorias: , , , 59 Comentários

O Volkswagen Up! TSI objeto de nosso teste de longa duração superou os 20.000 km, e, portanto, finalizamos a avaliação. Este post relata os acontecimentos na etapa final, e traz considerações sobre mercado (desvalorização) e pós-venda.

VW Up! TSI: 20.000 km

O vídeo a seguir relata nossas impressões finais do Up! TSI:



Nesta última fase o Up! TSI rodou sempre com gasolina Grid da Petrobrás, e apresentou consumo médio de 14,98 Km/l de gasolina, em uso eminentemente urbano, com o ar-condicionado ligado 100% do tempo.

VW Up! TSI: 20.000 km

O consumo de gasolina do Up! TSI no começo do teste, com menos de 5.000 km, ficou em 13,94 Km/l, com pior resultado de 12,4 Km/l e melhor de 16.1 Km/l. Já com etanol, a média de todos os tanques foi de 11,49 Km/l.

VW Up! TSI: 20.000 km

Tendo em vista que a etapa final registrou uma melhora nos indicadores de consumo de gasolina, a média geral do teste, com gasolina, ficou em 15 Km/l no percurso padrão (50% estrada, 50% cidade - ar-condicionado ligado full time).

Desvalorização

O Up! TSI do teste é um exemplar da versão intermediária Move, com o pacote de opcionais "Move Completo". Adquirimos este carro em agosto de 2015, e pagamos, à época, R$ 42.500 reais (obtivemos um desconto sobre o valor sugerido pela fábrica).

VW Up! TSI: 20.000 km

Desde então o preço dos carros subiu, do Up! também, e do Up! TSI ainda mais, e, como resultado, o preço sugerido dessa versão, hoje, é de R$ 47.657 reais.

Nesse contexto, anunciamos o nosso Up! por R$ 41.500 reais, e o vendemos em menos de uma semana, aceitando uma oferta de pagamento à vista de R$ 41 mil reais - o que representa uma desvalorização de 3,5% ao longo de 9 meses.

Além da baixa desvalorização, o que chamou a atenção foi a facilidade com que o carro foi vendido, já que a pessoa que comprou foi o primeiro que agendou para ver o carro, e imediatamente fez a oferta. Ademais, o anúncio ficou no ar por mais alguns dias, e recebemos inúmeras ligações, evidenciando que o Up! goza de ótima reputação no mercado de usados.

Situação similar tinha acontecido também com o Up! I-motion e com o Up! MPI, modelos de testes anteriores, que vendemos muito rapidamente, em menos de uma semana os dois.

VW Up! TSI: 20.000 km - interior

É importante ressaltar que o fato de o Up! TSI ter chegado aos 20.000 km em estado de novo, sem qualquer ruído interno de peça soltas, com acabamento impecável, e com garantia, já que todas as revisões foram feitas em concessionária, e contava com os carimbos, facilitou bastante a venda.

Problemas

Ao longo do teste, o up! apresentou dois pequenos problemas após os 10.000 km (veja aqui): o indicador de direção integrado no farol esquerdo, e uma dobradiça da porta do passageiro que se soltou e passou a fazer barulho.

Os dois problemas foram resolvidos pela concessionária V12 Motors de Brasília, sem custo, e de forma rápida. Fora isso, não tivemos mais qualquer ocorrência com o nosso Up! TSI.

Pós venda

O Up! TSI fez duas revisões programadas em nosso teste. A primeira com 6 meses e 10.000 Km (coincidiram os dois parâmetros), pela qual pagamos R$ 236 reais. A segunda veio aos 20.000 km e pagamos R$ 260 reais (os valores sofreram reajuste).

Em ambas as situações, agendamos a revisão com antecedência, e chegamos no horário marcado, não pegamos fila, e usamos o translado da concessionária para retorno.

Finalmente, pegamos o carro no horário previsto, sempre lavado (o que não foi cobrado), com os bancos, volante e manoplas embalados em plástico.

O aspecto interessante é que o Up! TSI, como outros carros que fizemos revisões, saem do processo "diferentes", parecendo 0KM, em função dos ajustes de freios e demais componentes que são feitos.

Conclusão

O Up! TSI Move Up! foi um carro extremamente agradável de ser testado em longa duração, por seu desempenho excepcional, consumo baixíssimo, agilidade em cidade e disposição incomum para encarar estradas.

VW Up! TSI: 20.000 km

O serviço de pós-venda da VW nos surpreendeu positivamente, pelo baixo custo, eficiência e eficácia. E também o carro em si, por ter chegado aos 20.000 km em estado de novo.

VW Up! TSI: 20.000 km

Ao longo do período sentimos falta apenas de uma transmissão automática ou automatizada, e de um descansa braço central dianteiro.

Postagens relacionadas:

59 comentários:

  1. Se o preço HOJE é de 47,5mil e foi vendi HOJE por 41 mil a desvalorização foi de em torno de 15%. Só existe um cálculo de desvalorização.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós pagamos R$ 42.500 reais. E vendemos por R$ 41 mil. Desvalorização de 3.5%. Não faz o menor sentido calcular com base em valor sugerido, pois o preço de mercado não é o valor sugerido.
      De fato, só existe um cálculo de desvalorização do nosso carro, e é o que usamos no texto.

      Excluir
    2. O cálculo da desvalorização é baseado no preço atual. Esse é o cálculo.

      Como consumidor, a perda NOMINAL foi apenas 3,5%. Para a perda REAL, outras variáveis entram no cômputo, mas que não é o objetivo da matéria nem objeto da discussão.

      Excluir
    3. Depende.

      Na matemática financeira os 42.500 do passado equivalem hj 47.500 (devido ao processo inflacionário e controle de juros, ferramentas estas utilizados pelo governo para controle/manipulação de preços de acordo com a oferta/demanda, diga-se de passagem).
      Digamos q de um ano para o outro houvesse um forte processo inflacionário (como aconteceu na década de 80) e se o preço dobrasse, significa que o carro desvalorizou mais de 100% na revenda?

      Mas estamos falando de mercado. Carro não é investimento, é um produto como qualquer outro q, com o passar do tempo, perde valor e sofre depreciação.
      Neste contexto se paguei 42,500 e vendi por 41,000 dá para considerar um ótimo negócio



      Excluir
    4. Realmente, um otimo negocio para o valor da compra, inquestionavel. Eu quereria vender nessas mesmas condicoes.

      Todavia, a questao, em discussao, eh o calculo da desvalorizacao. Nao se pode considerar o valor passado da compra, mas o valor atual do produto. O novo comprador compra pelo valor atual de mercado, mesmo um usado. O valor de mercado atual do modelo novo nao eh R$42.500, mas R$47.500.

      Portanto, o calculo deve ser baseado sempre no valor atual de mercado, tanto para novos quanto para usados.

      Excluir
    5. Concordo que a desvalorização é em cima do preço atual do veículo. Ja que com os 41.000 vendidos, ja nao se pode comprar um zero por 42.500, vai ter que pagar 47.500 por um novo carro. Ou seja, vai ter que aumentar 15,8% sobre o valor que recebeu na venda do usado.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Não. Já temos Toro, Fox, Celer e Fox I-Motion (este está no final também). Não há interesse em testar o Mobi em longa duração, já que ele é Uno encurtado, com o mesmo motor, câmbio e transmissão. Não há nada de novo.

      Excluir
    2. Parabéns o Mobi e mais um LIXO d FIAT para tentar enganar os consumidores tudo igual o outro lixo do UNO

      Excluir
  3. Da onde tiraram que esse é preço? E só olhar no site da vw e ver que não é esse preço fora que na CC ainda a descontos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O preço hoje do Up! TSI Move com o pacote completo e pintura sólida é R$ 47.657 reais. Está no site da VW. Olhe direito.

      Excluir
  4. Seria interessante que o próximo seja o 208, acredito que muitos estejam curiosos com o pegeout, porem receosos quanto os "problemas" da marca.

    ResponderExcluir
  5. Fábio qual o carro zero Km você recomenda até 70 mil reais hoje?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. faz o testo com etios automático também!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. Fabio por conta de um acidente de moto fiquei com um problema na perna, agora tenho direito à aquele desconto pra quem tem deficiência,qual carro automatizado você me recomendaria ? sem ser esses carros importados que custa mais de 50 mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na minha opinião, até 70 mil, o etios automático seria a minha escolha. hatch ou sedã.
      abraço.

      Excluir
  7. Parabens pelas materias como sempre
    O lance do UP é que ele foi feito pra ser o novo Fusca desse seculo - mas infelizmente o preço não condiz com a proposta (por mais que seja algo ja fixo nesse mercado prostituido nesse país)
    O que faz a diferença nesse carrinho é esse Motor e só - sobre a questão da VW adotar um cambio automatico - também sou a favor, e ja esta mais do que na hora de padronizar em todos os carros com um automatico de verdade (nada contra o I-motion)
    Sobre o design, vai precisar de mais umas 10 restilizações ou mudar o projeto base por completo pra eu dizer que esse carro é aceitavel nesse quesito - mas concordo que consegue ser menos feio que o Fusca

    Sabem me dizer se ese ano ainda o novo fox 2017 ja vai ficar com a transmissão automatica Tiptronic? Tomara que voces possam testa-lo caso venha sair por essas bandas pois é o carrinho que me interessa

    Valeu e grato pelo trabalho de sempre

    ResponderExcluir
  8. Hoje testei de maneira mais agressiva meu UP! MPI na estrada, Não dá pra Ford Ka, passei de passagem, numa outra situação o cara veio no vácuo, no meu carro estavam 3 adultos e uma criança, fora as bagagens, no ka apenas 2 adultos, percebi que no ford as marchas são longas pois o UP! em 3º se distanciava, no final o Senhor que estava dirigindo o Ka ficou tão furioso que só foi embora pq eu tirei o pé, já que o irresponsável vinha cortando numa curva e caso colidisse sobraria para mim, mesmo assim depois ainda imprimi velocidade atrás, pensou que iria sumir, ele freava muito nas curvas, daria uma briga boa,mas meu destino era pra direita e ele seguiu em frente na estrada.

    Esse carro é muito bom, desempenho perfeito para um carro 1.0, mesmo com ar ligado 3º marcha enche o motor e você sente o carro evoluindo.

    Recomendo a todos !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério mesmo que você correu com 1 criança no carro? Então são 2 irresponsáveis...

      Excluir
    2. Não passei dos limites, isso vai da consciência de cada um, hipocrisia justificar o ato pelo fato de estar com uma criança, na estrada vai muito além de apenas um discurso,

      Excluir
    3. Não passei dos limites, isso vai da consciência de cada um, hipocrisia justificar o ato pelo fato de estar com uma criança, na estrada vai muito além de apenas um discurso,

      Excluir
  9. Fábio, o Peugeot 208 1.2 3 cilindros está nos planos do blog para longa duração ?

    Parabéns pelo longa duração do UP!, foi bastante elucidativo, me ajudou bastante na hora de escolher o carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. peugeot 208 não está nos planos.
      []s.

      Excluir
    2. Uma pena o Peugeot 208 1.2 não estar nos planos pra teste de longa duração, agora que ele está sendo o considerado o mais economico pelo Inmetro, seria legal um teste pra avaliarem consumo, possíveis problemas e pós venda

      Excluir
    3. Cara, em matéria de revenda o 208 nunca vai ter preço bom. O etio também não. O up! Tsi sim, esse é fácil de vender ainda mais pra quem conhece o que tá levando.

      Excluir
  10. E o meu completou 22000 ontem, MPI 14/15, terceira revisão foi R$ 600, em março, pois coloquei o tal do AG2000 e tive que pagar a limpeza na CSS Recreio na Barra da Tijuca, no Rio não fazem limpeza cortesia, que fica em R$ 50.

    Trouxe o meu em Fev de Porto Alegre para o Rio e percorri os 1800 km que nem uma brisa, em 2 dias, parando em Curitiba para dormir.

    Mesmo sendo MPI não teve medo das serras, em especial entre PR e SP, onde ultrapassei com facilidade, utilizando 3a para iniciar a ultrapassagem e 4a para ganhar velocidade, quando em aclive.

    Hoje uso todo dia na Linha Amarela, e mesmo na subida Barra -> Zona Norte consigo manter tranquilamente a velocidade regulamentar de 100 km/h e se precisar encher motor para ultrapassar a velharada de Civic, é só puxar uma quarta.

    Se o eu MPI é assim, um TSI bem cuidado deve dar medo.

    Claro que quando vamos dizer, digamos, um Land Rover novo se enfeza comigo, ele não acelera igual, mas é o suficiente para deixar o povo que gosta de andar a 60~80 numa pista de 100 comendo poeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, o meu está na média de 13km/l de gasolina, uso urbano. Eu mantenho registros de abastecimento com aplicativo Fuelio para android.

      Baixou um pouco em relação a Porto Alegre, pois o transito do Rio é muito agressivo e acabo deixando uma marcha abaixo para deixar o carro em prontidão. Talvez me acostume melhor daqui um tempo.

      Excluir
    2. Fiz a terceira revisão este mês, paguei R$350,00 mais R$80,00 de balanceamento, aqui em Goiás.

      Excluir
  11. Ahh talvez tenha uma outra questão quanto a desvalorização pequena.

    Estou percebendo que quem trocava de carro seguido não troca mais.

    Eu sou um que pensou em trocar para TSI do meu MPI quando estava recém sendo fofocado, mas como paguei 36 num Move Completo MPI, e agora preciso 10k a mais para ter o mesmo pacote (sem contar motorização), vou segurar o meu MPI até o final!

    ResponderExcluir
  12. Penso que um teste de "longa" duração deva ser feito, ao menos, até os 60000km
    Até 20000km é difícil os verdadeiros defeitos e dificuldades aparecerem
    Fica a dica aí pro pessoal do blog

    ResponderExcluir
  13. Faltou uma viagem de uns 300 km, velocidade entre 100 e 120 e verificar o consumo.

    ResponderExcluir
  14. Esse carro é top, o melhor do segmento, sem puxasaquismo.

    ResponderExcluir
  15. Também acredito que o 208 seria ideal pra entrar no teste de longa duração. Uma pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou a espera do 208 1. na CSS. Ainda não está disponível. Alguém sabe o preço? Na última notícia, li R$54 mil. Se confirmada, vou de VW Cross up! TSi.

      Excluir
  16. Por 47 k está barato.....!!! Deveria ser 250 k...!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk. Bora aproveitar essa "pechincha" amanhã numa concessionária VW KKK... Por falar em BORA, to vendendo um 2010 único dono, automático, banco de couro, completo (-) teto solar por R$30K... isso sim é pechincha kkk

      Excluir
  17. Tenho um UP 2014\2015 modelo Move 2 portas ,básico,somente com ARBAG e ABS,em viagens de Mogi das Cruzes á Curitiba com velocidade de 90 KM\H á 130 KM\H,com gasolina V Power Nitro faz média de 20.5 KM\L ; com álcool,média de 15 KM\L;no transito,congestionado de São Paulo com gasolina 10.5 KM\L;seu pêso de 892 KG,influência no consumo;o pneu bé aro 14 e deixo 33 libras nos 4 pneus com 2 pessoas á bordo + bagagens,concluo que é um excelente custo\benefício;analisando pela razão e não pela emoção como a maioria dos brasileiros;o importante é a melhor relação(menor gasto )por KM rodado;pois sua manutenção e seguro é de baixo valor;recentemente renovei o seguro com a Azul Seguradora por R$1080.00(talela FIPE R$ 28500.00 )

    ResponderExcluir
  18. Estamos entrando na era dos motores 3 cilindros,a Ford lançará a Ecoesport e Fiesta com motor 1.5 ;a PEGEOUT lançará o 1.2 3 cilindros;portanto motores de baixa cilindrada com 4 cilindros estão ficando antiquados.Com relação a motores 3 cilindros turbo,ainda acho muito cedo para adquirilos,porque não se tem um histórico de durabilidade desses motores,principalmente em baixas cilindradas;são motores muito manhosos e exigem alguma técnica em seu uso no dia á dia,como por exemplo,utilizar excelente combustível,óleo lubrificante de altíssima qualidade (5w40 ou 0w40 );como a turbina gira a altíssima rotação,para desligar o motor recomenda-se deixar 1 minuto o motor em marcha lenta para baixar a rotação da turbina evitando um possível travamento da mesma.

    ResponderExcluir
  19. Gostaria de parabenizá-los pelo profissionalismo deste saite,onde pessoas sérias e do ramo fazem os testes de longa duração com resultados coerentes e bem próximos dos usuarios no dia á dia.Minha opinião sobre lançamentos de carros populares,ainda mais na crise atual,o FIAT MOBI é um Novo UNO de roupa nova,com cambio impreciso e motor FIRE 4 cilindros antiquado,não tendo nada de nova tecnologia.Na minhã opinião falta um cambio mais preciso e um motor 3 cilindros,que a FIAT promete para o final do ano de 2016 .Motor 3 cilindros com 6 válvulas em vez de 12 válvulas,prometendo 80 CV,vai depender muito do momento de torque,sempre alcançado em baixa rotação ( no UP é 3000 rpm,no novo KA é 4250 rpm o que prejudicou oconsumo e o desempenho).Sendo coerente o carro popular 1.0 3 cilindros que vai agitar o mercado será o KWID da RENAULT que terá motor 0.8 com 3 cilindros,12 válvulas e momento de torque na faixa de 3250 rpm com 60 CV,prometendo com gasolina 25 KM\L na estrada e uns 16 KM\L na cidade,na faixa de R$ 30000.00 e lançamento previsto no salão do autimóvel em novembro de 2016;além da opção do motor 1.0 3 cilíndros do NISSAN MARCH que faz ,em média 18 KM\L na estrada.

    ResponderExcluir
  20. O CARRO mais vendido em 2015 foi o ÔNIX da GM,muito bonito,principalmente para quem compra pela emoção e não pela razão,porque o seu motor 1.0 4 cilíndros é da família CORSA EFI lançado em 1995,muito antiquado com alto consumo na cidade,sem falar do motor 1.4 com cambio automático de 6 marchas que é muito beberrão.No ano de 2016 o carro do momento é o HB 20 que tem motor 3 cilindros mas não é muito econômico porque seu momento de torque é alto;sem falar que em velocidades altas na faixa de 120 KM\H sua frente fica dançando muito;na giria popular entre os motoristas diz fica passarinhando.O novo motor turbo do HB 20 não é injeção direta como o UP TSI,além do cambio manual de 6 marchas e maior consumo.Na revista Autoesporte deste m~es saiu o teste do PICANTO com cambio manual que usa o mesmo motor do HB 20,faz com álcool 7.4 KM\L na cidade e 12.5 KM\L na estrada;resultado muito alto para um carro 1.0 3 cilindros e sendo o HB 20 mais pesado do que o PICANTO terão consumos semelhantes.

    ResponderExcluir
  21. O CARRO mais vendido em 2015 foi o ÔNIX da GM,muito bonito,principalmente para quem compra pela emoção e não pela razão,porque o seu motor 1.0 4 cilíndros é da família CORSA EFI lançado em 1995,muito antiquado com alto consumo na cidade,sem falar do motor 1.4 com cambio automático de 6 marchas que é muito beberrão.No ano de 2016 o carro do momento é o HB 20 que tem motor 3 cilindros mas não é muito econômico porque seu momento de torque é alto;sem falar que em velocidades altas na faixa de 120 KM\H sua frente fica dançando muito;na giria popular entre os motoristas diz fica passarinhando.O novo motor turbo do HB 20 não é injeção direta como o UP TSI,além do cambio manual de 6 marchas e maior consumo.Na revista Autoesporte deste m~es saiu o teste do PICANTO com cambio manual que usa o mesmo motor do HB 20,faz com álcool 7.4 KM\L na cidade e 12.5 KM\L na estrada;resultado muito alto para um carro 1.0 3 cilindros e sendo o HB 20 mais pesado do que o PICANTO terão consumos semelhantes.

    ResponderExcluir
  22. Por 47 k está barato.....!!! Deveria ser 250 k...!!!!

    ResponderExcluir
  23. A Fipe desse carro é R$39 mil, vendeu bem. Eu não pagaria nunca 41 mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tabela fipe é ilusão, lembrando que leva em consideração o preço médio do veículo existem muitos move up tsi mas sem o pacote pa6 (completo) muito difícil acha um veículo desse no valor de tabela.

      Excluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse desconto era possível até pouco tempo, peguei o meu em janeiro desse ano, saiu por 43,500 com pacote PA6 + Documentação, aqui em Goiás. Acredito que hoje em dia os 2016 com PA6 deve sair com uns 3k de desconto do valor de tabela com uma boa negociação.

      Excluir
    2. Tbm acredito que com a situação econômica atual os descontos são maiores. Época de crise é oportunidade de negócio. Talvez uma "boa negociação" conseda até 10% do valor((considerando juro, imposto(DOC) e valor do bem)) ou seja, até mais do que R$3K. Parabéns por sua negociação. R$43,5K com DOC foi quase o desconto, se não maior, do que a VW oferece para seus funcionários.

      O que eu quis questionar foi mais a questão da depreciação. Como disse, carro turbo desvaloriza bem mais. Não sei quanto dura uma turbina do UP, mas acredito que não deve sair por menos de R$2K. Aliás esse valor sim seria uma quesito interessante para esse post: quanto dura e quanto custa.

      Excluir
    3. Realmente xará nesse quesito compartilho do seu ponto de vista, realmente a depreciação de modelos com turbocompressor tende a ser maior por conta de mitos, ainda mais depois de um lote com defeito desses motores o povo ficou meio incucado no velho ditado popular, mas desvalorização depende muito do produto que está a venda, em 2014 comprei um polo sedan Comfortline última safra, paguei R$ 47,500 depois de pouco mais de um ano a própria casa que me vendeu o mesmo me pagou 41k o veículo, era zero menos de 17.000km todas revisões na rede. Claro que nem tudo são flores e a proposta inicial foi 36k

      Excluir
    4. Xara, Torço para esse mito deixar de ser mito, mas confesso que ainda vou aguardar mais um pouco para pagar essa aposta. Creio muito que as montadoras tbm estão apostando nessa tecnologia. Li há pouco que a própria Hyundai (um de seus diretores, engenheiro ou gerente de marketing, -não me lembro ao certo-) declarou que o consumidor terá que entender que um motor 1.0 turbo vale muito mais a pena do que um 1.6

      Como eu disse no post anterior: tenho um BORA AUT. (2010) completo (-) teto solar e estou realmente interessado em voltar para o meu 1.0 turbo. O problema maior, além da insegurança qto a tecnologia e depreciação, é que a VW só comercializou essa tecnologia para o compacto. Se tivesse um sedã ou uma "variante" com essa motorização, talvez eu não pensaria tanto em trocar de VW. Abraco e vlw pelo seu post.

      P.S.: R$36K eu já tinha trocado o meu, mesmo sem porta malas kkk

      Excluir
    5. Uma pergunta: Jetta (sedan) e Golf 1.4 TSi nao utilizam um motor turbo?

      Excluir
  25. Sou fã de VW, mas tenho que questionar: essa matéria foi patrocinada pela VW? Dizer que um dos maiores passivos (automóvel) teve "desvalorizacão" de apenas 3,5% em 9 meses, sem dizer qual foi o valor de desconto que conseguiram no momento da aquisição?.... pra mim esse quesito de desvalorizacão deixa de ser significativo, mas tudo bem. Já tive 1.0 16v turbo da VW (único dono) c todas as revisões feitas em concessionária e depois de dois anos a FIPE desvalorizou 28%. Até o momento ainda não conheci um modelo de carro turbo que não perdesse mais valorização do que um modelo aspirado (independente do fabricante).

    ResponderExcluir
  26. Parabéns ao Carblog por este teste de longa duração. Esse Up TSI foi um dos melhores carros já testados por esse blog (o melhor de todos na relação desempenho/economia de combustível). Depois q fui ver o Mobi, esse carro parece gigante perto daquele q tem um porta-malas minúsculo.

    ResponderExcluir
  27. Agora há a expectativa de uma atualização do UP no Brasil. O que vocês acham, comprar a versão atual ou aguardar a atualização e escolher a melhor opção entre o velho e o novo?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.