Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Chevrolet Malibu: lançamento no Brasil este ano

Categorias: , , , , 23 Comentários

A General Motors do Brasil prepara uma ofensiva contra o Ford Fusion e VW Passat no segmento de sedãs de grande porte: o novo Chevrolet Malibu, que chega ao mercado nacional ainda este ano em versões com motor 1.5 Turbo e 2.0 Turbo.

Novo Chevrolet Malibu 2017 - Brasil

O Malibu mais acessível terá motor quatro cilindros 1.5 Turbo com comando de válvulas variável e potência máxima de 163 cavalos @ 5.700 RPM e torque máximo de 34 Kgfm disponível entre 2.500 RPM e 3.000 RPM. Esse motor estará associado a uma caixa de transmissão automática com conversor de torque de seis marchas.

Novo Chevrolet Malibu 2017 - Brasil

Em teste da revista Motor Trend (veja aqui), o Malibu 1.5 Turbo AT6 acelerou de 0 a 96 Km/h em 8,5 segundos. No sprint de 0 a 400 metros ele levou 1,5 segundos, atingindo esse ponto a 135,4 Km/h.



Já o modelo topo adota um motor quatro cilindros 2.0L Turbo com comando de válvulas variável, 250 cavalos @ 5300 rpm e 35,3 Kgfm de torque @ 2000-5000 rpm. Neste caso a transmissão automática é de 8 marchas, também com conversor de torque.

Novo Chevrolet Malibu 2017 - Brasil

Neste caso o desempenho é mais esportivo: 0 a 96 Km/h em 6,3 segundos. 0 a 400 metros em 14,9 segundos, situação que estará viajando a uma velocidade de 151 Km/h.

Novo Chevrolet Malibu 2017 - Brasil

Em termos dimensionais, o Malibu 2017 mede 4,92 metros de comprimento, 1,85 metros de largura, 1,46 metros de altura e tem uma distância entre-eixos de 2,83 metros. O porta-malas comporta 453 litros.

Novo Chevrolet Malibu 2017 - Brasil

No que respeita aos equipamentos, o modelo vem com 10 airbags, sistema multimídia com conectividade 4G/LTE, piloto automático adaptativo, assistente ativo de manutenção em faixa, alerta de colisão fronta com sistema de frenagem autônoma de emergência, entre outros itens.

Imposto menor

A GM do Brasil também trouxe o Malibu da geração anterior ao Brasil, mas o preço elevado inviabilizou a competição com o Fusion. O problema do Malibu anterior eram dois: importação dos EUA (incide imposto de importação), e motor 2.5 aspirado, que o coloca na alíquota mais elevada de IPI.

Agora, com a chega dos Malibu com motores abaixo de 2.0, o sedã norte-americano terá um alívio no IPI, podendo se estabelecer melhor em termos de preço para competir com as versões topo do Fusion e com o VW Passat.

Preços

As versões que devem chegar ao Brasil, LTX e Premier, tem preço nos EUA acima de US$ 30.000 dólares, o que acrescentando a tributação levaria seus preços a cerca de R$ 200 mil reais, inviabilizando a competição. Entretanto, a GM do Brasil deve "subsidiar" os preços, para se manter posicionada no segmento, e as apostas são em uma tabela no nível do Passat, ou seja, R$ 145 mil para o modelo de acesso (LTZ 1.5), e R$ 160 mil para o topo de gama (Premier 2.0).

Conclusão

Novo Chevrolet Malibu 2017 - Brasil

O novo Chevrolet Malibu 2017 corrigiu os principais aspectos criticados da geração anterior: motor pouco eficiente e pouco espaço para os passageiros traseiros. Além disso, ganhou uma estética mais contemporânea, podendo se estabelecer como forte competidor do segmento de sedãs grandes, caso venha com precificação compatível.

Postagens relacionadas:

23 comentários:

  1. Respostas
    1. Concordo, painel feio, e o que é essa direção. feio de mais

      Excluir
    2. Nao dá, to fora, está porta ficou feia demais por dentro e estas saídas do ar-condicionado são difíceis de encontrar um ajuste perfeito vai por mim, é ar condicionado na tua cara direto, haja garganta que resista. Nem por 80k eu comprava,.

      Excluir
  2. 90 mil reais se fosse o câmbio de hoje, no Brasil a versão mais barata é 145 mil... Brincadeira

    ResponderExcluir
  3. Neste preço existe opções de médios premium bem interessantes.

    ResponderExcluir
  4. Neste preço existe opções de médios premium bem interessantes.

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito do design externo, só não gostei desse interior

    ResponderExcluir
  6. O interior ficou muito poluído, mas deve ser ao gosto dos americanos.

    Eo Ômega, atual SS não vem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. omega e outros projetos da opel (alemã) não vendem mais aqui. a gm parou de vender carros opel depois dos anos 90

      Excluir
    2. omega e outros projetos da opel (alemã) não vendem mais aqui. a gm parou de vender carros opel depois dos anos 90

      Excluir
  7. Acho que os preços serão parecidos com os do Ford Fusion.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a GM quiser vender bem esse carro, vai ter que ser. Se vier na faixa do passat, de 140k a 160k, vai tomar um couro!

      Excluir
    2. Se a GM quiser vender bem esse carro, vai ter que ser. Se vier na faixa do passat, de 140k a 160k, vai tomar um couro!

      Excluir
  8. O carro é muito bom, porém sinto que o interior poderia ser um pouco mais refinado, me parece simples para o que o carro no geral representa.
    Por mim trariam o insígnia com o logo da chevrolet, muito mais carro.

    ResponderExcluir
  9. Carro lindo, mas fala sério. Por esse valor dá pra pegar um Fusion, A3, entre outros bem mais potentes e renomados.

    ResponderExcluir
  10. Vende pouco aqui , aliás já tentaram uma vez. Aqui não vende Accord, não vende Altima e não vende Camry.

    ResponderExcluir
  11. show carro lindo por dentro e fora.

    sem mais.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.