Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen planeja aposentar o slogan "Das Auto" em 2016

Categorias: , , 22 Comentários

A Volkswagen AG (Alemanha) planeja uma ofensiva publicitária global para para restabelecer o prestígio de sua imagem - marcada por uma avalanche de notícias negativas decorrentes das controvérsia com as emissões de diesel nos EUA. E nesse processo, o slogan "Das Auto" é a primeira vítima.


Lançado em 2007 sob a gestão do deposto Martin Winterkorn, o slogan tem a vantagem da simplicidade - significa "O Carro". Entretanto, os atuais líderes da montadora alemã, ansiosos para anunciar uma cultura corporativa reformada, o criticam atualmente, por estar fora de sintonia com uma empresa que tenta mostrar traços de humildade recém-descobertos.

Ainda não há um afirmação oficial de que o slogan "Das Auto" está morto, mas a um porta-voz da VW já garantiu que ele não irá mais mais acompanhar o famoso emblema VW na campanha publicitária que será lançada em breve.

Novo Slogan

O novo slogan da Volkswagen será landado em etapas ao longo de 2016, nos diversos mercados onde a empresa atua, e ele faz parte de uma estratégia de reconstrução de reputação e de enfrentamento de quedas de vendas que estão acontecendo em alguns mercados, incluindo os Estados Unidos e a Grã-Bretanha.

Foco na marca núcleo - Volkswagen

Segundo informações de executivos da Volkswagen, o atual chefe da Volkswagen, Herbert Diess descreveu o slogan "Das Auto" da era Winterkorn como "absolutista". "Das Auto" sugere que a Volkswagen sozinha pode definir o que é o automóvel moderno.

Ou seja, trata-se de um slogan que embute uma imagem corporativa de arrogância, que não converge muito bem com a realidade da VW hoje - a empresa precisa arcar com custos para fazer um recall, além de prováveis ​​multas e também terá que lidar com judiciais.

A Volkswagen agora precisa mostrar "humildade". E o slogan "Das Auto" é pretensioso. Outro problema é que o slogan "Das Auto" não conseguiu transmitir as ambições tecnológicas da VW em áreas como os veículos elétricos e híbridos.

Postagens relacionadas:

22 comentários:

  1. Provavelmente o slogan estreara no Brasil com o gol terceira geração, segundo facelift

    ResponderExcluir
  2. Quero saber o preço da nova Tiguan por aqui!

    ResponderExcluir
  3. Espero que essa "humildade" atinja também a cabeça de alguns fãs da marca que frequentemente comentam por aqui.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. A VW vai errar se entrar nessa de "humildade".
    Humildade é algo que não está no dicionário dessa empresa. A cultura da VW é marcada na crença de que eles são os melhores e fazem os melhores carros do planeta - o que é fato na maior parte dos casos.

    E é a essa postura de arrogância saudável que produziu carros como Golf, Up!, Audi A4, Audi A3, Porsche 911, Lamborghini Huracan, motores TSI, TFSI, condução autônoma, câmbio de dupla embreagem, etc.

    É essa cultura de arrogância técnica que faz da VW uma empresa única no planeta, que consegue conjugar a confiabilidade dos japas com um nível de desenvolvimento tecnológico que as demais empresas só alcançam anos depois.

    Em resumo: a arrogância da VW é o que há de melhor para o mercado automotivo. É dela que deriva o avanço da tecnologia, e que produz carros melhores, e mais avançados, e provoca uma reação em cadeia em toda indústria.

    Então, a VW pode até mudar o slogan, pode tentar, transitoriamente, passar uma imagem de "humildade", mas não sei se isso soará falso, pois a VW não é, nunca foi e jamais será humilde. A VW é uma empresa com postura de arrogância.

    E com essa postura que ela passou a GM, a Ford e a Toyota para se tornar a maior do planeta. Então, ok, mude um pouco agora, mas, no fundo, todos sabemos que continuará a VW arrogante de sempre, e que é o que se espera dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos, perfeita tua colocação.
      Humildade onde são fabricados os melhores carros no planeta, realmente soa falso. Sds

      Excluir
    2. Humildade cabe em qualquer lugar...

      Excluir
    3. A humildade é o último refúgio dos incompetentes.
      Então não cabe em entidades e pesonalidades topo.
      Apple não é humilde e jamais será.
      VW não é humilde e jamais será.
      Steve Jobs jamais foi humilde.

      Excluir
    4. Muito boa sua colocação!
      Apesar de não concordar com seu tom agressivo e prepotente, devo reconhecer que seu post foi perfeito quanto ao significado da palavra arrogância nas empresas com tecnologia de ponta.
      Arrogância, no bom sentido, claro, é o lema da maioria dos melhores conglomerados do mundo.
      Querer ser o melhor e, principalmente, ser o melhor, só beneficia o consumidor, que é quem usufrue da qualidade de seus produtos.
      Trabalho em uma empresa alemã de alta tecnologia e essa cultura da boa arrogância, é uma filosofia seguida à risca.
      Não é a toa que a Alemanha se tornou essa potência mundial, mesmo depois de estar falida, depois de 2 guerras que dizimaram sua economia.

      Excluir
    5. A Alemanha é um caso inacreditável de sucesso.
      Se eles tivessem uma população de uns 150 milhões de pessoas, dominariam o mundo.
      E olhe que com 80 milhões, eles já estão dominando a Europa inteira. A UE inteira está sendo obrigada a seguir as ordens da senhora Merkel, pois é a Alemanha que banca todo mundo.

      Inacreditável é indústria alemã. Os trabalhadores alemães tem os maiores salários do planeta, e uma das menores cargas horárias (35 horas), e a indústria alemã é a unica no mundo desenvolvido que consegue competir com a da China.

      A Alemanha é o segundo maior exportador do planeta.

      A Alemanha é foda mesmo. Não tem o que dizer. O problema é que eles são tão foda, que, de vez em quando, eles querem dominar todo mundo, como fizeram em WW1 e WW2.

      Mas agora parece que aprenderam. Estão dominando pela grana.

      Excluir
    6. Arrogância é querer parecer melhor, e não ser melhor. Com humildade se reconhecem erros, para que acertos no futuro sejam possíveis.

      Excluir
    7. Na verdade, vejo que a mudança não será para "humildade" e sim para algo que demonstre "as ambições tecnológicas da VW", diminuindo o tom de arrogância ao mesmo tempo que enfatiza o seu foco de desenvolvimento de produtos cada vez melhores e mais "ecologicamente corretos", mas não acredito que deixarão de dizer em sua mensagem que tecnologicamente estão a frente dos concorrentes.

      Excluir
    8. Acredito que o "dieselgate" e outros absurdos encontrados em outras corporações inclusive aqui, serviu de alerta da forma estupida e suicida como são geridas as empresas, as malfadadas METAS que levam a engenheiros e executivos a fazerem verdadeiras atrocidades em nome do atingimento dessas, afetando negativamente o futuro da empresa e da sociedade. Foi exatamente o que aconteceu na VW. Aos Especialistas em BusAdm é melhor repensarem seus métodos.

      Excluir
  6. Com a linha de carros que a VWAG tem, arrogância é inevitável, portando deve ser compreendida e perdoada. O Das Auto deveria continuar. Rss

    Não havia assistido, vi hoje o comparativo do brake assist radar (ACC) do Fifh Gear entre Up, Volvo e Merc Classe S. Uma vergonha, o Classe S bateu em cheio na traseira do carro alvo teste, a Merc não parou! Volvo e VW Up foram perfeitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que vai acontecer é que a cultura de arrogância da VW vai continuar, só que será dissimulada. Não ficará tão evidente.

      É mais ou menos o que aconteceu com os EUA na era Clinton. Os EUA deixaram de ser arrogantes? Não. Apenas tinham um presidente que o mundo inteiro amava, pois ele vinha tocar saxofone nas favelas do Rio, e apoiava umas causas humanitárias.

      O Obama faz esse papel hoje. Os EUA continuam arrogantes como sempre, continuam a ditar as regras como sempre, mas tem um presidente "cool", inteligente, descolado, que gosta de rock, jazz, e que o mundo inteiro ama: Barack Obama.

      Na VW vai acontecer a mesma coisa. O Winterkorn era a expressão máxima de arrogância em pessoa. Não que isso seja ruim, mas agora não pode ser tão explícito.

      Então a VW tem agora um presidente mais "cool", tipo Clinton ou Obama. O Mattias Muller, é um cara sorridente, que veio da Porsche, etc. Mas alguém duvida que Mattias Muller é competente e vai fazer o que precisa ser feito?

      Se alguém tem dúvida, olhe o que ele fez com a Porsche nos EUA. Então, o Muller é o cara certo no momento. Ele vai fazer tudo que o Winterkorn, só que vai colocar um pouco de vaselina, para não doer tanto....

      Excluir
  7. Voltei a admirar a VW por dois motivos. Primeiro pelo ótimo up e segundo por reconhecer que ajudou o regime militar no Brasil.

    ResponderExcluir
  8. Eu admiro a marca, não só pelo up, mas pelo Golf, que é o melhor hatch já fabricado.
    A tecnologia automotiva alemã está muito a frente de qualquer outra no mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem duvida Victor, tenho os dois carros e a satisfação é total.

      Quando leio sobre comparativos entre Up e Ka enaltecendo o carrinho da Ford e depreciando o Up exceto o powertrain (os números não deixam outra alternativa), me pergunto, será que o sujeito que escreveu aquilo acredita mesmo ou o que? Não encontro resposta. Sds

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.