Car.blog.br

Pesquisar este blog

Obrigatoridade e cronograma do ESC no Brasil sai este mês

Categorias: 16 Comentários

A obrigatoriedade de adoção de controle de estabilidade em todos os carros nacionais será definida ainda este ano, pelo Contran - Conselho Nacional de Trânsito - conforme declaração do presidente da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, Edson Orikassa.


O sistema de controle de estabilidade, conhecido como ESC, sigla em inglês para Eletronic Stability Control, auxilia o motorista em manobras de correção de trajetória em manobras de emergência, e é tido como a maior invenção automotiva desde a invenção do cinto de segurança.

De acordo com a AEA, a adoção do ESC nos carros brasileiros será gradativa, com início de aplicação apenas em 2017, permitindo que as empresas tenham um ano para as adaptações necessárias.

O presidente da AEC, que também é gerente de homologação da Toyota do Brasil, disse que a associação defende que o cronograma para que 100% dos carros produzidos no Brasil adotem o ESC seja de cinco anos, enquanto o governo quer três anos.

Corolla nacional exigirá adaptações, pois usa suspensão diferente do americano/europeu

Apesar de a tecnologia já ser madura e existir em muitos modelos globais vendidos no Brasil, como o Corolla, por exemplo, ainda assim haverá necessidade de desenvolvimentos adicionais.


O executivo citou como exemplo o Corolla brasileiro, que adota um esquema de suspensão diferente dos vendidos nos demais países. Assim, é necessário um ESC específico para o Corolla brasileiro, com nova calibração, o que exige um desenvolvimento no Brasil e não pode simplesmente ser adotado o ESC do Corolla vendido nos EUA.

Atualmente, de 5% a 10% dos carros produzidos no Brasil já contam com o ESC. É o caso de carros como Ford KA SEL, VW Fox Highline, VW Golf, VW Jetta, Honda Civic, Ford Focus, todos os modelos da Audi, BMW e Mercedes.

Já em relação a valores, o custo adicional do ESC, segundo Edison, fica entre R$ 1.000 e R$ 2.000 reais, sendo que isso depende do tipo de ABS usado. Em carros com ABS de quatro canais, a adoção do ESC é mais simples. Já no caso de ABS de dois canais, não é possível incorporar o ESC.

Novas exigências

Depois o Controle de Estabilidade, o Contran deverá estabelecer cronograma para a adoção obrigatoriedade de teste de impacto lateral (que exigirá reforço de carroceria e de airbags), e sistema de proteção para pedestres.

Fonte: [Auto Data]

Postagens relacionadas:

16 comentários:

  1. Será uma baita evolução se os controles de estabilidade e tração se tornarem obrigatórios no Brasil. Muito bacana.

    ResponderExcluir
  2. Outra evolução seria o governo proibir no Brasil a venda de bombas como esse câmbio powerShit, um enorme problema que a ford finge que não existe. As reclamações já estão em dezenas de milhares e a ford continua vendendo carros com a bomba powershit...quero só ver onde isso vai parar. Olha a reportagem de ontem do Jornal do Carro:

    "PowerShit, a caixa de problemas da Ford."

    http://www.estadao.com.br/jornal-do-carro/noticias/carros,powershift-a-caixa-de-problemas-da-ford,26883,0.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O PROCON deu 30 dias para a ford responder sobre os dezenas de milhares de Fiesta, Focus e Ecosport com problemas no Powershift.

      http://estadodeminas.vrum.com.br/app/noticia/noticias/2015/12/10/interna_noticias,51667/ford-e-investigada-pelo-procon-por-problemas-no-cambio-powershift.shtml

      E já tem abaixo assinado na internet com 2.500 assinaturas de proprietários desolados:

      http://www.peticaopublica.com.br/viewsignatures.aspx?pi=P2013N44036

      Agora fizeram um abaixo assinado com proprietários de Ecosport com problemas no Powershift:

      http://www.peticaopublica.com.br/viewsignatures.aspx?pi=BR81770


      Esses dias a bomba explodiu de vez, melhor q ford trocar logo esse câmbio pelo automático do Fusion e da Ranger.

      Excluir
    2. Cara... uma coisa não tem nada a ver com a outra. Vai polemizar em outro post. Que saco.

      Excluir
    3. lembra ai nos seus post a enxurrada de reclamações que existe do DSG do Golf também, da uma pesquisadinha na internet pra você observar,a mas faz isso com um lenço pois você como é fan boy vai ate chorar....

      Excluir
  3. Resumindo, nosso Corolla é carroça perto dos vendidos na Europa e EUA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem nada disso. O Corolla brasileiro apenas foi adaptado para rodas em ruas brasileiras. Assim como a Audi / VW adaptaram o A3/Golf para rodar no brasil.

      Não adianta vc pegar um projeto feito para EUA/Europa/Japão e colocar no Brasil, que isso vai dar problema.

      Olhe o Focus. Não fizeram adaptação e cambio e suspensão no fabricado no Mercosul, e o resultado é que o Focus tá dando problema atrás de problema. Vemos os links aqui, cambio com problema, suspensão que empena...e as concesssionárias não resolvem.

      Então Ford optou por não investir no desenvolvimento de uma solucáo adequada para o Brasil e coloca essas boquetagens no mercado.,

      Já a Toyota fez o certo. Criou uma suspensào específica para o Corolla brasileiro, assim como a VW fez com o Golf e a Audi com o A3.

      E, de mais a mais, o Corolla humilhou o Civic e o Sentra na pista

      http://www.car.blog.br/2015/11/corolla-altis-20-cvt-atropela-civic-exr.html

      E e o COrolla atropelou o Focus na quatro rodas, veja:

      http://www.car.blog.br/2015/08/focus-fastback-x-toyoa-corolla.html

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkk, Cara na boa para vai, até quando voce vem com essas mentiras de que o Corolla atropela o Focus?!!!!Cara faz o seguinte por que você e seu discípulo Tito/AMG/Bosley/Julio Cesar entre outros logins que seu discípulo inventa, faz um blog onde você e ele ficam criticando e postando coisas que somente vocês dois acreditam!!
      E falando em desempenho o que me diz da surra de gato morto que o Up tsi toma do Sandeiro RS ?!!E de o RS andar junto com o Golf TSI no 0 a 100?!!!..cada um que aparece por aqui.

      Excluir
    3. Cara, na boa, tu é chato prá carai, vei
      PQP

      Excluir
  4. Dá um chapéu de otário para mim. Sem educação nuca seremos respeitados. Ainda somos submundo.

    ResponderExcluir
  5. Aí nesse momento você acorda e realiza que até um Chery QQ vendido na Itália tem ESP.
    bem, de fato se for aprovado, vai ser um bom avanço, carros mais seguros serão bem vindos. Se a montadora não muda, nada que força de lei para mudar isso.

    ResponderExcluir
  6. Bacana demais! O governo deveria proibir também a corrupção! Ops já é "proibido".

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente descaso total um carro como o Corolla e pelo preço cobrado não vir com o controle de estabilidade, que todos nós que gostamos de carro sabemos que salva vidas, manda um corolla desses para os States ou qualquer outro País e ver se vende um sem ESC, mas aqui o resultado é líder de vendas, o País merece o que tem por consumidores desinformados ou sei lá...............

    ResponderExcluir
  8. Esse cara disse que o brasileiro não paga pelo ESC se não for um item obrigatório. Mentira, basta oferecer como acessório. Eu pago, mas muitos carros não tem como acessório.

    ResponderExcluir
  9. O camarada tem que ser muito anta para pagar 100 mil num Corolla sem ESC...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.