Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW CrossFox 2016 I-Motion em viagem ao Rio de Janeiro

Categorias: , , , , 15 Comentários

O VW CrossFox I-Motion 2016 objeto de nosso teste de longa duração já superou os 3.000 quilômetros rodados e já tem algumas viagens em seu currículo, o que nos permite tecer comentários sobre seu comportamento em estrada.

VW CrossFox 2016 I-Motion

Começando pelo consumo, apuramos um médias de consumo de gasolina de 10,9 Km/l em ciclo urbano, 11,9 Km/l em ciclo misto, e 12,9 Km/l em ciclo rodoviário de serra, como a de Campos do Jordão.

VW CrossFox 2016 I-Motion

Já na Dutra, mantendo velocidade média de 110 Km/h, com ar-condicionado ligado 100% do tempo, o Fox 1.6 16V I-Motion apresenta consumo médio de 13,9 Km/l de gasolina.

Comportamento dinâmico

Em termos de comportamento dinâmico, o CrossFox I-Motion com seu motor 1.6 16V de 110 cavalos com gasolina (120 cv com etanol) mostra-se um veículo estável e que transmite muita segurança ao motorista, visto que há muita estabilidade direcional e comportamento previsível em curvas e em frenagens.

VW CrossFox 2016 I-Motion

Nesse aspecto, é interessante notar como a elevação da suspensão do CrossFox, assim como os pneus de uso misto, não afetam seu comportamento dinâmico em estreada, o que dá ao motorista muita confiança em todas as situações rodoviárias.

VW CrossFox 2016 I-Motion

No caso de ultrapassagens, o motor 1.6 16V retoma velocidade com vigor, e a transmissão I-Motion promove reduções de marcha de forma rápida e suave, lembrando o funcionamento de uma caixa automática convencional com conversor de torque.

VW CrossFox 2016 I-Motion

Auxilia também a direção muito precisa, com assistência regressiva à velocidade - contribuindo ainda mais à sensação de controle. Soma-se os bancos com conformação firme e confortável e tem-se um carro bem adequado à incursões rodoviárias de qualquer espécie, e, inclusive - graças à suspensão elevada - a trechos off-road mais leves.

VW CrossFox 2016 I-Motion

Aliás, a suspensão elevada se mostrou providencial no asfalto lunar de certas regiões - em obras para a Olimpíada 2016 - do Rio de Janeiro. O fato de dispor de uma maior distância do solo permite transpor obstáculos, vias de terra e pisos de baixa qualidade com muita facilidade, sem nem sequer chegar perto do fim de curso da suspensão.

Interior

O CrossFox I-Motion 2016 oferece uma posição de dirigir elevada e confortável, graças aos ajustes de volante e do banco do motorista. Para ficar perfeita, porém, ainda falta um descansa braço central - como o que há no Golf - e há espaço para tanto.

VW CrossFox 2016 I-Motion - interior - painel

Outro ponto que pode ser melhorado é o ruído interno. De forma até surpreendente, o CrossFox é mais ruidoso internamente que o Up! I-Motion - um carro mais barato. Entretanto, contribui para isso o ruído produzido pelas saídas de ar-condicionado centrais - quando a velocidade está acima de 3. Entretanto, tal inconveniente pode ser contornado direcionando o ar para a saída junto ao para-brisa.



Além disso, ouve-se bem a suspensão trabalhar, algo que não acontece no Volkswagen Up!, que é um carro mais barato dentro da gama da Volkswagen do Brasil.

Espaço interno

O porta-malas do CrossFox tem 257 litros em sua posição normal, podendo chegar a 357 com o uso do sistema ARS. Nesta viagem optamos por usar o porta-malas em sua posição convencional, e o modelo permitiu acomodar as bagagens de três pessoas com facilidade.

VW CrossFox 2016 I-Motion - porta-malas

Na realidade, sobrou espaço no compartimento de bagagens, e caso se necessitasse de mais espaço, uma melhor acomodação das bagagens permitiria um aproveitamento de espaço ainda melhor.

Conclusão

O VW CrossFox 2016 I-Motion vem se destacando pelo bom desempenho e funcionamento suave da transmissão. O ótimo motor associado ao bom acerto da suspensão confere segurança em uso rodoviário, assim como a suspensão elevada dá confiança em terrenos acidentados.

VW CrossFox 2016 I-Motion

Esse modelo poderia ser melhor, porém, com um descansa braço central dianteiro e uma melhora no nível de ruído interno.

Postagens relacionadas:

15 comentários:

  1. Esse carro mecanicamente falando deve ser muito bom. O preço e esse ar condicionado manual é o q desanima o cara. Em relação ao ruído interno é preocupante. Esse cambio também não gosto, prefiro o manual.Gostaria de saber tbm se o pneu socorro tem alguma proteção contra furtos e se faz algum barulho em estradas ruins e sobre as revisões se possivel pq pretendo adquirir um ,mas um seminovo quase novo pq zero o preço é abusivo.

    ResponderExcluir
  2. Todo mundo que vem ao Rio e visita Prainha e Grumari, tira foto nesse recuo de terra. Poucos metros antes, há uma descida que tem um visual impressionante. Você parece que está dirigindo sobre o mar. É uma região boa para um carro altinho como o Crossfox, especialmente os paralelepípedos de Grumari.

    ResponderExcluir
  3. O carro de base, o Fox, também tem esses barulhos na suspensão, não são barulhos, mas, se ouve o trabalho da suspensão, o ruído interno é mediano, não chega a incomodar, mas, poderia ter um trabalho melhor nas portas. O AC faz um belo barulho nas velocidades 3 e 4, incomoda um pouco, mas, acho normal. Uma coisa que acho muito frágil nos carros VW são os plásticos, no Fox do meu avô já quebrou o interruptor de acender a luz central do carro, e olha que ele é todo cuidadoso com ele. Mas, o carro melhorou bem, os materiais usados no acabamento tiveram uma pequena melhora de 2010 para 2014, tem uma textura um pouco mais texturizada, o que deixa com uma sensação bem melhor, mas, ainda tem muito plástico duro por dentro. Um fato positivo é a grande área de revestimento nas portas dianteiras e traseiras, impressiona, o HB20 é plástico atrás... Resumindo, o Fox é um ótimo C x B no mercado brasileiro ultimamente, merecia o 1.6 16V com AT6 que vai ser lançado no Golf, mas, compensa mais que um Onix MT.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza se falando de fox, porque pagar R$10.000 a mais que o fox highline para o Crossfox acaba com o c x b. Nada mais que o estepe pendurado na mala, 3cm a mais de suspensão com pneus mais altos e para choque diferenciado com moldura na caixa de roda, é muito dinheiro por praticamente nada.

      Excluir
  4. Vai ser um ótimo carro usado. Como novo não vale tudo isso.

    ResponderExcluir
  5. 13,9 km/l na estrada? Por isso que eu digo, o casamento perfeito desse motor é com o MT6, esse iMotion não combina com ele, no YouTube se vê vê te fazendo médias bem melhores com o MT6.
    No mais, não creio no CrossFox, esse monte de plástico a mais e um estepe na traseira não vale a pena pagar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No YouTube se vê gente fazendo*

      Postei do celular, corretor ortográfico me pregando peças.

      Excluir
    2. Mas o câmbio automatizado também não é de 6 marchas? Pelo que eu já percebi dos câmbios automatizados de uma embreagem (principalmente as primeiras versões), eles seguram em excesso as primeiras marchas (para evitar que o motor force muito por baixas rotações) e em marchas mais altas eles funcionam até que adequadamente. Desta forma, eles geralmente tornam o carro mais "gastão" em trajetos em baixa velocidade (cidade).

      Excluir
    3. Se não me falha a memória o iMotion tem 5 marchas.
      Mas é bem por aí mesmo, por isso que os automatizados tendem a ser uma opção não muito boa para quem não sabe usar.

      Excluir
  6. Ao Editor da matéria gostaria de levantar uma questão será que o ruido interno e o amortecedores não é devido os Pneus pois no caso do FOX os pneus são preparados para terreno ruim o que não acontece com todos os UP! inclusive o CrossUP que são todos Pneus de baixa aderência voltado ao conforto e economia é algo a ser analisado.

    ResponderExcluir
  7. Tenho uma saveiro cross que a acústica dela é muito melhor que de uma saveiro trend anterior que tinha porém os pneus scorpion são uma fonte de ruídos sem dúvida, eles são barulhentos e diria que em velocidades civilizadas eles são a maior fonte de ruído percebido, o motor não faz barulho, suspensão também não, só em maiores pancadas, o ruído de vento só Aparece em velocidades maiores mas entre 90 e 110km/h os pneus extrapolam, acho que entram em ressonância com o carro, sei lá, o volume aumenta, em longos trajetos é meio cansativo porém o ruído é menor que dos brisgestone que tinha em uma idea aventure que parecia um jipe. Mas esses pneus off são raros os que são silenciosos (Michelin..).
    Claro que nao deixa de ser uma caracteristica do carro, afinal os pneus vieram com eles e não é nada barato fazer a troca.
    Uma forma de comparativo era o autor arrumar um Crossfox normal que vem com pneus on road (Michelin XM2).

    ResponderExcluir
  8. 2 dias depois que eu tinha recebido o meu fox high 2015 exatamente no dia 27/04/2015 eu percebi que. o jogo de pneus inclusive o estepe vinheram diferentes o modelo que veio foi.
    195/55 R15 phantom pirelli 85W. quando todos na verdade veem com esse modelo 195/55 R15 P7 85H ESSE E O MODELO ORIGINAL DO FOX auguem ai sabe por que os meus vinheram trocados commodelos diferentes????

    ResponderExcluir
  9. Carro é muito ruim... aluguei um uma vez e o bicho balança igual gangorra na estrada... alto e leve...

    ResponderExcluir
  10. Achei que teria consumo melhor, achei meio alto o aferido na rodovia e, especialmente, na dutra

    ResponderExcluir
  11. o meu high de 120vc já fez na estrada com o ar ligado 17 km por litro e ele não balança, tudo bem que ele não e nem um ROLLS ROYCE, mas tem conforto sim

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.