Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda CR-V LX 2016 4x2: fotos, preços e especificações

Categorias: , 25 Comentários

A Honda do Brasil já oferece em seu site a versão LX 4x2 - de acesso - do SUV CR-V, linha 2016, com preço sugerido de R$ 115.100 reais. O modelo tem como opcional apenas a pintura metálica, que acrescenta R$ 1.200 reais.

Honda CR-V LX 2016 4x2

O Honda CR-V LX 4x2 2016 vem com o mesmo motor quatro cilidros 2.0 Flex com 150 cavalos e torque de 19,5 Kgfm @ 4.800 RPM, associado a uma caixa de transmissão automática de 5 marchas, com tração dianteira (o modelo topo de linha adota tração integral). Outra alteração é a direção, que no modelo LX tem assistência elétrica, porém sem o sistema Motion Adaptative, presente no EX-L (veja detalhes desta versão aqui).

Honda CR-V LX 2016 4x2

No interior, o Honda CR-V LX vem com bancos em tecido (EX-L em couro), ar-condicionado com zona única de climatização (EX-L é dual zone), partida por chave (botão Start no EX-L).

Honda CR-V LX 2016 4x2

Esta versão LX também perde os seguintes itens (de série na EX-L): display Multimídia com tela de 7" multi-touchscreen com navegador GPS; chave inteligente com controle de abertura e fechamento das portas por aproximação e acionamento dos vidros, porta-malas e teto-solar; entrada HDMI e 2 conexões USB para MP3 players, pen drive e iPod/iPhone/iPad; sensor de chuva.

Honda CR-V LX 2016 4x2

No lugar da central multimídia, entra o sistema de áudio AM/FM com CD player CD/MP3/WMA com 4 alto-falantes (o modelo EX-L conta com + 2 tweeters).

Honda CR-V LX 2016 4x2

No quesito segurança, o CR-V LX conta com quatro airbags (frontais e laterais), mas perde os airbags de cortina presentes na versão EX-L.

Honda CR-V LX 2016 4x2

Este modelo também não conta com VSA (Vehicle Stability Assist - Assistente de tração e estabilidade), HSA (Hill Start Assist - Assistente de partida em aclives) e ESS (Emergency Stop Signal), visto que tais itens são exclusivos da versão EX-L.

Postagens relacionadas:

25 comentários:

  1. Audi Q3 está sendo vendido à partir de R$ 119.900,00.

    ResponderExcluir
  2. Reportagem esquisita, nunca vi fazer tanta referência ao que não tem em um carro! Esse é só para dizer que tem CR-V.

    ResponderExcluir
  3. 116.300 por um carro SEM CONTROLE DE ESTABILIDADE NEM TRAÇÃO, com bancos em tecido, acabamento 110% plástico duro, sem central multimídia, ar manual, partida na chave, Sem sensor de chuva ou luminosidade...com motor ineficiente para o peso do carro o que o torna lerdo e beberrão...4x2...apenas 4 airbags...
    Por esse valor eu compro um GOLF VARIANT HIGHLINE com pacote Exclusive, teto panorâmico, câmbio DSG, bancos em couro bege, piloto automático adaptativo, faróis bixenon direcionais com leds, GPS, 8 alto falantes, partida por botão, 9 airbags, sensor de chuva e luminosidade, iluminação interna em leds, controles de estabilidade e tração, bloqueio do diferencial eletrônico...que ainda massacra o CRV em desempenho e comportamento dinâmico.
    Ou então compro um Audi Q3 1.4 TSI DSG.

    Esse Crv é o maior mico da história automotiva brasileira, CUSTO-BENEFÍCIO ZERO, além de lerdo e beberrão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele tem sensor de luminosidade sim! É que a reportagem se preocupou mais em dizer o que ele não tem! Ex.: só disse que tem 4 air-bags para falar que não são 6, como na EXL!

      O acabamento não é 100% plástico duro (mais uma vez a reportagem não quis passar a informação completa).

      Esse carro não é beberrão, faz 9km/l na cidade na gasolina, tal como um Corolla automático!

      E esse Golf é um carro de outra categoria (daquela em que você precisa se contorcer todo para entrar, se não bate com a cabeça no teto), o que prejudica a comparação!

      Excluir
    2. O CRV top é 100% plástico duro (assim como esse de entrada). Minha prima comprou um 2015, painel e portas todos de plástico rígido, forro do teto barato...acabamento padrão Honda.

      Não adianta ficar com raiva, esse carro é ridículo. Tive o desprazer de dirigir o top em uma viagem (pelo menos tinha Esp, coisa que esse ai pelado de 116 mil não tem, ABSURDO) e o motor era extremamente manco para o peso do carro, deixando as ultrapassagens dificílimas é extremamente perigosas (e vagarosas).

      P.S: confirmei na Honda, o volante dessa versão não vem revestido em couro, é de plástico mesmo. Quase 120 mil reais em um carro com volante de plástico, painel de plástico, bancos de tecido, ar condicionado manual, sem farol de neblina Nem central multimídia, sem retrovisor eletrocrômico, sem bancos elétricos...manco, pelado é ridículo!

      Excluir
  4. É horrível mesmo, mas o blog deveria expor os positivos e negativos, o resto nós fazemos, que é malhar e bater em quem for a favor!
    Mas Variant não é SUV, tirando o Q3 qual seria o SUV do mesmo porte com essa faixa de valor?

    ResponderExcluir
  5. Mitsubishi New Outlander 2.0 2016:
    Preço: 114.900 reais.
    Itens de série:
    7 airbags, rodas de 18" montadas em pneus 225/55, faróis de neblina, ar-condicionado digital automático, retrovisor eletrocrômico, lanternas em leds, banco do motorista com ajuste elétrico, bancos dianteiros aquecidos, revestimento em couro natural nos bancos, volante e painel, bancos traseiros reclináveis, volante multifuncional, piloto automático, sistema de som com Bluetooth, teto-solar elétrico, sensores de estacionamento e câmera de ré.

    Muito mais carro que o CRV, além de ser maior, mais espaçoso, muitíssimo melhor acabado, mais equipado e andar mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Golf Variant é uma perua e o CRV é um crossover, ou seja, nenhum tem aptidão para offroad. É o Golf é muito mais carro.

      Excluir
    2. Interessante que a CRV LX tem diversos itens citados como vantagens dessa Outlander 2.0!

      Eu desconsidero os carros da Mitsubish pela inadmissível revisão semestral!

      Excluir
    3. Interessante que a CRV LX tem diversos itens citados como vantagens dessa Outlander 2.0!

      Eu desconsidero os carros da Mitsubish pela inadmissível revisão semestral!

      Excluir
    4. Vantagens do Outlander:
      Espaço interno, desempenho, 7 airbags, ar-condicionado digital, retrovisor eletrocrômico, central multimídia com DVD, câmera de ré, Bancos em couro com aquecimento, banco do motorista com ajustes elétricos, acabamento do painel e portas emborrachado e com apliques de madeira, retrovisores rebativeis, lanternas traseiras em leds, filete de leds diurnos nos faróis dianteiros, sistema de som com 8 alto-falantes.

      Nada disso está presente no Crv, que ainda tem menos presença do que o Outlander.

      Excluir
    5. Correção *Sistema de som com 6 alto-falantes.

      Excluir
  6. O som do Hrv top já é uma porcaria, imagina o desse de 116.000 que só tem 4 alto-falantes (new tweeter tem).
    E pensar que o Golf Comfortline básico manual já vem com 8 alto falantes e tem um som excelente por muito menos preço.

    ResponderExcluir
  7. Honda sendo ela mesma. Preço e qualidade la em cima porém pelada. Comprador típico de Honda e Toyota não liga para "frescuras" motor, banco e volante é suficiente

    ResponderExcluir
  8. Por isso, tirando as "frescuras" que são muitos itens eletrônicos, de segurança e evolução para conforto, só sobra a mecânica mesmo. Gosto dos outros itens, mimos e frescuras!

    ResponderExcluir
  9. Eu acho uma excelente opção o Subaru Forester.......pena q só há concessionárias em algumas capitais.

    Custa 116.000 e vem com todos os equipamentos q podem imaginar. E além disso o Forester foi eleito suv do ano em 2009 e em 2014......e tb tem nota máxima de segurança nos EUA, coisa q poucos carros conseguiram.

    ResponderExcluir
  10. A palavra para descrever a cr-v é medíocre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patético, pesadíssimo, manco, mal acabado, beberrão e carissimo...além de inseguro.

      Excluir
  11. As pessoas não compreendem que quem compra um Honda CR-V não ta nem aí que Golf tem mais opcional, que Q3 é o mesmo preço. Ela apenas confia no carro por ser Honda, sabe que a desvalorização é baixa, que o carro vai durar, que a manutenção é barata. Grande parte dos clientes da Honda e Toyota já tiveram ou tem um carro da montadora e na troca optam por pegar da mesma marca, visto que a experiência passada foi boa. As marcas que citadas atraem o cliente para si fazendo com que fiquem fiéis.

    ResponderExcluir
  12. Esse preço é uma cusparada na cara do consumidor, um mastodôntico desrespeito. A quem comprar, os meus mais sinceros pêsames.

    ResponderExcluir
  13. Vai ser o mesmo caso da HR-V, vai vender muito mais o top por 130k, porque não dá neh

    ResponderExcluir
  14. Nao existe pos venda bom q justifique comprar isso. A Honda tratando o consumidor brasileiro como palhaço.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.