Car.blog.br

Pesquisar este blog

Ford 1.0 EcoBoost Turbo chega este ano ao Brasil, diz site

Categorias: , , , 49 Comentários

A Ford do Brasil prepara-se para colocar no mercado, até novembro deste ano, o uma versão do Fiesta hatch equipada com o motor EcoBoost de 1 litro e três cilindros. Na Europa, esse propulsor tem versões com potência de 100/125/140 cavalos.

Novo Ford Fiesta Red & Black 1.0 Turbo 140 cavalos

Inicialmente o motor será importado e montado no Fiesta Hatch, e, portanto, será mono-combustível, apenas a gasolina.

Novo Ford Fiesta Red & Black 1.0 Turbo 140 cavalos

O fato de a Volkswagen colocar o seu motor 1.0 TSI Flex já em julho (veja detalhes aqui) foi o gatilho que disparou a ação da Ford no sentido de não esperar o desenvolvimento nacional do motor EcoBoost 1.0 TurboFlex, e partir logo para o importado.

Novo Ford Fiesta Red & Black 1.0 Turbo 140 cavalos - interior

Ainda não há informações sobre qual versão do motor EcoBoost será aplicada ao Fiesta, se a de 100, 125 ou 140 cavalos. Entretanto, com qualquer uma delas a Ford passa a dispor de um incentivo tributário de redução do IPI por usar um motor 1.0.

Além disso, terá a média de consumo melhorada - o que é favorável à Ford no âmbito do programa INOVAR-AUTO. Testes com o Fiesta EcoBoost 1.0 apontam médias de 17 km/l.

Fonte: Revista Carro

Postagens relacionadas:

49 comentários:

  1. Que bommmm, minhas reclamações foram atendidas, agora traz também o 1.6 Ecoboost para o novo Focus por favor. Depois bem que você poderiam trazer o Focus ST.

    ResponderExcluir
  2. Ford fazendo mais um de seus puxadinhos...não desenvolveu no Brasil, agora vai importar motor 1.0 turbo projetado para rodar com gasolina europeia e americana, e vai obrigar a rodar flex, com 27% de etanol...
    Puxadinho...não tem outro termo para definir isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dor de cotovelo, mesmo sendo feito fora, ele terá a regulagem para a nossa gasolixo com 27,5% de etanol, e o Ecoboost é o motor mais premiado na faixa dos 1.0...

      Excluir
    2. Ford faz carros e motores de baixa qualidade. O motor 1.0 aspirado do Up! é muito superior ao do 1.0 3C do Ka.
      O motor 1.0 VW é mais suave, tem melhor desempenho e menor consumo que o do Ford.
      Se o motor 1.0 aspirado da VW já é muito melhor que o da Ford, as versões turbinadas tende a exacerbar essa superioridade do motor alemão...
      Não adianta. A Engenharia da Ford está no século XX ainda. Não tem como competir em qualidade e tecnologia com VW.

      Excluir
    3. Os carros no Brasil sim, são de baixa qualidade, mas de motor, esse é o melhor 1.0 do mercado: Um júri de 87 jornalistas automotivos de 35 países atribuiu o prêmio com base nos critérios de dirigibilidade, desempenho, economia, refinamento e eficiência na aplicação de tecnologias avançadas de motores. A Ford é uma das três únicas marcas de automóveis a conquistar vitórias consecutivas nos 15 anos de história do prêmio.

      O Ford 1.0 EcoBoost venceu também o prêmio International Paul Pietsch Award 2013 de inovação tecnológica, da revista alemã Auto Motor und Sport, o Dewar Trophy do Royal Automobile Club da Grã-Bretanha e o Breakthrough Award da revista Popular Mechanics dos Estados Unidos.

      Excluir
    4. Esse dai não é aquele motor que foi eleito o melhor motor do mundo?

      Excluir
    5. Para de chorar Carlos! Esse motor tem sido premiado a vários anos, deixe de mimimi pelo menos uma vez.

      Excluir
    6. Como isso é diferente do motor 1.4tsi e 2.0tsi ?

      Excluir
    7. Carlitos incomodou porque o Ecoboost bebe menos que o TSI do Up!

      Excluir
    8. e o motor 1.4 do golf TSI e o 2.0 do GTI vem de onde?

      Excluir
    9. Faz 3 anos que este 1.0 ecoboost é considero o melhor motor da Europa, tomara que a ford utilize o motor também no fiesta sedan que vem do México.

      Excluir
  3. Que bom! Vai trazer o 1.0 ecoboost para o Fiesta no fim do ano. Tomara que seja apenas com câmbio manual, ou então que arrumem um automático de verdade para o Fiesta.

    ResponderExcluir
  4. Como já dito acima, é o motor 1.0 mais premiado na faixa dos 1.0. Sem dúvida, por enquanto e pelo que se lê sobre ele, não tem por que não ser um sucesso por aqui. Tanto a VW como FORD farão a concorrência se mexer e isso é bom.

    ResponderExcluir
  5. Melhores motores 2014

    Ranking geral
    1º - Ford 1.0 EcoBoost - 351 pontos
    2º - Ferrari 4.5 V8 - 281 pontos
    3º - Volkswagen 1.4 TSI Twincharger - 254 pontos
    4º - Mercedes-AMG 2.0 turbo - 252 pontos
    5º - Tesla elétrico - 225 pontos
    6º - BMW 3.0 twin-power turbo 6 cilindros a gasolina - 223 pontos
    7º - BMW / PSA Peugeot Citroën 1.6 turbo - 181 pontos
    8º - McLaren 3.8 V8 - 154 pontos
    9º - Audi 2.5 5 cilindros turbo - 79 pontos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 1. TSI da VW não participou dessa votação. Ano que vem ele estará no topo, pois o 1.0 TSI da VW é muito superior.

      Excluir
    2. O tsi da volks não participou por qual motivo? Nâo teve votação suficiente?
      Faz 3 anos que o ecoboost 1.0 é eleito o melhor motor da Europa.

      Excluir
    3. O TSi da VW não participou da votação nesta fase porque foi eliminado nas preliminares!!!

      Excluir
  6. A Ford foi a grande vencedora do prêmio internacional Motor do Ano de 2014, com o novo três cilindros 1.0 EcoBoost que vai equipar as futuras gerações do Ka. O propulsor ficou com 351 pontos, 70 a mais do que o segundo colocado, o Ferrari 4.5 V8 – ouro na categoria Melhor de Alto Desempenho acima de 4.0.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas para os haters isso não tem valor algum, o que eles falam é o que vale, mesmo sem saber do que estão falando.

      Eles já estão se movimentando e já percebi novos integrantes no time, lamentável...

      Excluir
  7. Parece que os motores turbo estão chegando pra ficar. Quem ganha são os consumidores. Em breve, as outras montadoras também adotarão o recurso nos modelos de entrada. Fiat, GM, Honda, Renault/Nissan, Peugeot/Citroën.....todas já têm a tecnologia dos motores turbo de baixa cilindrada em outros países, só falta chegarem ao Brasil, o que pelo visto não vai demorar.

    Vai ser interessante acompanhar essa disputa de mercado, totalmente inédita no país.

    O 1.0 Ecoboost é muito elogiado na Europa. É considerado muito superior à motores 1.6 e 1.8 aspirados, o que comprova a eficiência do downsizing. E o 1.0 TSI da VW também promete. Creio que os valores de potência e torque serão, na prática, maiores que os divulgados. Aguardemos o teste de dinamômetro da Fullpower quando o Up TSI for lançado.

    ResponderExcluir
  8. Ecoboost Turbo é pleonasmo, e no terceiro parágrafo penso que quiseram escrever gatilho, e não gatinho....

    ResponderExcluir
  9. Agora compro meu próximo carro, Deus ouviu minhas preces, era o que esperava, obrigado FORD, salve o EcoBoost!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou aguardando um sucessor para o meu KA XR. Já testei o UP, ele arranca bem, mas no conjunto ele não é páreo para o fordinho. Tecnologicamente é superior, mas, esportivamente falando, não dá tanto prazer quanto a minha pulguinha atômika.

      Excluir
  10. Será se o Ecoboost vai vir com o problemashift (powerSHIT) no Fiesta? Ou será apenas com câmbio manual?

    ResponderExcluir
  11. Este motorzinho eco bost, não vai resitir com a gasolina brasilieira, vai estourar rapidamente, pobre FORD!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conte-nos mais sobre o testes que realizou antes de todos para fazer tal afirmação, mas preciso de dados e fatos, senão é choradeira.

      Excluir
  12. Agora a briga vai ser boa. Eu gosto desse blog porque tem muita foto para pouco texto, porque como eu sou brasileiro eu tenho preguiça de ler.

    ResponderExcluir
  13. Show!' Esse é o caminho! Falta as outras montadoras tmb trazer motores turbo!

    ResponderExcluir
  14. Bom ver a Ford tomar vergonha na cara. Quero ver usar esse 1.0 na ECO e no Focus

    ResponderExcluir
  15. Sem querer desmerecer, mas como todos aqui devem saber a ford tem um histórico de fazer motor pra ganhar no papel com cavalaria, mas com uma curva de torque/potência muito ruim. Mesmo com mais cavalaria deve andar junto com o TSI da volks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sabe nada...inocente: https://youtu.be/Br3wkx-op4E

      Excluir
  16. Eu gosto muito da VW mas o problema é que ela demora pra lançar seus projetos.
    Enquanto a VW traz o 1.0TSI pro up...a ford ta trazendo o motor turbo pro Fiesta atingindo diretamente o Gol, Palio, etc;
    A Ford foi mais inteligente em pegar um carro que tem concorrentes e melhorar pra se distanciar dos concorrentes.
    Já a VW me traz um motor novo num carro que não tem nenhum concorrente (UNO pra mim não conta como carro)...Deveria por esse 1.0 TSI no Gol, Voyage, Fox....

    ResponderExcluir
  17. Logo logo nossos ótimos governantes irão mudar a tributação para a potência e não mais sobre a cilindrada.

    ResponderExcluir
  18. A medida que a indústria lançam seus motores turbinados para aumentar potencia e/ou eficiencia energética, para o público sobrará as "manutenções com custos turbinados também"; Peças, mão-de-obras especializada, entre outros são escassos para estes casos.
    É só esperar, independente de marca!!!
    Prefiro um aspirado convencional de maior durabilidade e baixo custo de manutenção, que possa chegar aos 150/200 mil km sem muitos custo. Digo isto pois uma coisa é ter estas belezas pequenas, potentes e de baixo consumo pelo que fazem...até os primeiros 60/70 mil km, e depois...ter problemas.
    Tomará que eu esteja errado.

    ResponderExcluir
  19. A medida que a indústria lançam seus motores turbinados para aumentar potencia e/ou eficiencia energética, para o público sobrará as "manutenções com custos turbinados também"; Peças, mão-de-obras especializada, entre outros são escassos para estes casos.
    É só esperar, independente de marca!!!
    Prefiro um aspirado convencional de maior durabilidade e baixo custo de manutenção, que possa chegar aos 150/200 mil km sem muitos custo. Digo isto pois uma coisa é ter estas belezas pequenas, potentes e de baixo consumo pelo que fazem...até os primeiros 60/70 mil km, e depois...ter problemas.
    Tomará que eu esteja errado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 2.....qualquer um que acompanha mecânica sabe que é praticamente impossível um turbo de baixa cilindrada durar o mesmo que um aspirado de alta.

      Excluir
    2. Leandro, não concordo com sua linha de pensamento. Os turbo ecobust e tsi possuem turbinas bem pequenas, e a liga que são fabricado os blocos dos motores são diferenciadas. Só um estudo de engenharia podem afirmar qual tem durabilidade superior. Na minha opinião os turbos originais de fábrica não diminuírem a vida ultimo do motor já que são dimensionados e construídos com muito estudo e engenharia.

      Excluir
    3. Marco, provavelmente foi dito algo parecido com seu comentário na época da mudança do carburador pra injeção eletrônica. A indústria evolui, tecnologias novas sempre estão surgindo e geralmente traz muitas melhoria no setor automotivo. Precisamos nos acostumar com ela e aceitar que motores pequenos e potentes é a tendência e é muito melhor em todos os sentidos do que motores grandes e ineficientes.

      Excluir
    4. O miolo desses motores é preparado para a sobrecarga, com bielas forjadas e pistões mais resistentes. Porém, quanto aos demais componentes eu já não sei afirmar. O que mais sofre dentro de um motor com cavalaria maior são sempre as partes móveis na área do bloco.

      O que irá determinar a durabilidade mesmo é a condição de uso(o pé do motorista). Motores turbo devem sofrer mais com o uso severo.

      Excluir
    5. Eu entendi o que vocês disseram e acho bem coerente, mas minha experiência profissional mostra que o downsizing traz, sem dúvidas, perda de durabilidade. Porém nada posso afirmar quanto ao TSI ou Ecoboost, haja vista que não tenho experiência nestes. Sds.

      Excluir
    6. Em tese a durabilidade do motor pode ser determinada pela excursão linear do pistão. Turbinados ou não. Em tese. Motores pelo simples fato de serem turbinados não duram menos, os motores diesel de caminhões estão ai faz tempo e duram muito. Motores originalmente aspirados preparados para usar turbinas não duram. Mesmo trocando bielas, virabrequim, bronzinas, anéis e melhorando refrigeração e lubrificação. Motores de fábrica são projetados do zero já levando em consideração as cargas maiores que irão sofrer.

      Excluir
    7. Perfeito Igor. O que quis dizer é que via de regra, esses motores que são alvos de downsizing têm o curso do pistão aumentado, independentemente de serem ou não turbo.

      Excluir
  20. Leandro e Igor, sempre acreditei em tecnologia, mas a história e prática(seja usário normal ou descuidado, "pé-de-chumbo", ou outra forma )até agora foi negativa em termos de durabilidade para modelos equipados com turbo original de fábrica no Brasil, citando como exemplos: Fiat Uno Turbo, Tempra Turbo, Marea Turbo, Gol/Parati GIII Turbo, Audi A3. Obviamente considerei estes sendo usados por um "usário comum", com km acima de 70.000.
    O indicativo deste exemplo que dou, é a quantidade muito pequena destes modelos assim equipados ainda rodando e em perfeitas condições de seu motor, e o valor deles no mercado, que foi reduzido em função de seus históricos problemáticos.
    Alguém vai dizer: voce está usando como referencia os mais antigos, e não os atuais.
    Respondo então desta forma: como está a reputação de Punto T-Jet como exemplo, alguns Audi, BMW entre outros dos mais novos, e como ficará em breve o Fluence Turbo(ainda que de maior cilindrada)?
    Em contato com amigos que possúem em minha região oficinas de reputação e auto-peças, apontam constante problemas em função do uso da Tecnologia e a falta de durabilidade.
    Mais uma vez digo: tomará que eu esteja errado. O tempo dirá.
    Vamos acompanhar atentos então.
    []´s

    ResponderExcluir
  21. Esse motor é o mais top do mercado atualmente já ganhou o prêmio de 2015 tambem

    ResponderExcluir
  22. Não eh só no Brasil que usa etanol na gasolina...EUA usa 10% e ha um projeto para aumentar pra 15%...ate a década dr 70 se usava um.composto chamado MTBE para aumentar a octanagem da gasolina e reduzir o índice de anti denotação mas estudos compravaram que esse composto e muito nocivo a Saude humana e a atmosfera então resolverao adicionar etanol a gaolina pois esse liquido tem o mesmo efeito...apesar de a edição e etanol a gasolina aumentar o consumo de combustível ele ainda traz dois benefícios a mais: aumenta a potencia do motor e gera 80% menos poluentes(em um litro etanol hidratado)..fazendo umas contas simples adicionar etanol a gasolina em 27% reduz em media 21% emissão de poluentes, sem contar que e um combustível renovável!

    ResponderExcluir
  23. Só a vantagem de não precisar trocar a correia dentada tao cedo no motor Ford, já da um banho na tecnologia da VW. Não confundam engenharia alemã de verdade com as tranqueiras da VW.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.