Car.blog.br

Pesquisar este blog

Cadillac CT6: resposta americana à Mercedes, Audi e BMW

Categorias: , , , 8 Comentários

A divisão de carros de luxo da GM, a Cadillac, apresenta o CT6 - veículo projetado para oferecer prazer à direção, consubstanciando-se na resposta da empresas aos prestigiados sedãs de luxo alemães da Audi, BMW e Mercedes-Benz.

Cadillac CT6

O Cadillac CT6 chega às concessionárias norte-americanas no começo de 2016, e tem como principal alvo de mercado o Mercedes-Benz Classe S - modelo topo de linha da Daimler nos EUA.

Cadillac CT6

O modelo faz uso extensivo da alumínio na carroceria, e com isso conseguiu criar um carro que tem as mesmas dimensões do BMW série 7, mas ao mesmo tempo é cerca de 67 Kg mais leve que o BMW Série 5. O resultado é maior agilidade, e melhor dirigibilidade.

Cadillac CT6 - painel

A GM desenvolveu o Cadillac CT6 como um sedã de grande porte de tração traseira, porém com características dinâmicas de um de médio porte. Com isso, pretende atrair os compradores de modelos alemães com o argumento de prazer ao conduzir.

Cadillac CT6 - interior

A Cadillac considera que os alemães conquistaram um prestígio nos EUA ao lançarem sucessivos sedãs de elevada qualidade dinâmica. Assim, para superá-los não bastava copiá-los. Por isso optou por desenvolver um carro focado no motorista.

Cadillac CT6

O CT6 faz parte de uma estratégia integrada para melhorar a imagem da marca nos EUA. Além dele, a empresa lança nos EUA versões de alto desempenho - de nicho. Mas, com isso espera aumentar a venda dos modelos de alto volume, como ATS e CTS.

Cadillac CT6 - interior

A Cadillac está atolada em um processo de queda de vendas nos EUA. Em fevereiro registrou queda de 6% relativamente ao já declinante 2014. Assim, o Cadillac CT6 é, segundo a empresa, uma totalmente nova para p segmento premium.



No que respeita aos motores, já um quatro cilindros 2.0 Turbo de 265 cavalos. E também um V6 3.6L aspirado de 335 hp. Ambos estão emparelhados à nova transmissão automática de oito velocidades da GM.

Cadillac CT6

Haverá ainda uma opção com o motor V6 Twin Turbo 3.0 de 400 cavalos associado à mesma caixa de 8 marchas. Todos os modelos adotam sistema de desativação de dois cilindros quando o motor não estão sendo demandando em sua potência máxima.

No que respeita às características de dirigibilidade, o Cadillac CT6 conta com:

• Um sistema de tração integral, que atua sob demanda, por meio de uma embreagem continuamente variável. Esse sistema AWD é de série nos modelos V6.

• O chassi adota um sistema de amortecimento magnético com modos de condução selecionáveis, tais como turismo, neve / gelo e esporte, além do exclusivo "active rear steer” - para entregar a melhjor qualidade de passeio, dirigibilidade e isolação do interior.

O interior está repleto de tecnologia, incluindo o que a Cadillac diz q ser o primeiro sistema de surround-view da indústria que registra a gravação das imagens dianteiras e traseiras durante a condução. Um sistema de visão noturna ajuda o condutor a identificar animais ou pessoas na estrada através de assinaturas de calor no instrumento de exibição no cluster.

Cadillac CT6 - interior

O sistema de infotainment Cadillac CT6 adota uma tela de 10,2 polegadas, sensível ao toque, de alta definição. O sistema inclui também um touchpad montado no console que permite ao motorista executar comandos sem tocar na tela.

Cadillac CT6 - espaço traseiro

Os revestimentos usados são couro, madeira e fibra de carbono. Os assentos dianteiros têm cinco programas de massagem. Os assentos traseiros aquecidos e ventilados reclinam e também tem um recurso de massagem. Telas de infotainment de dez polegadas retraem dos encostos dos bancos dianteiros. O apoio de braço tem controles de mídia e HDMI e portas USB.

Postagens relacionadas:

8 comentários:

  1. Diria que é uma resposta a Lexus, Infinity e Acura, que são absurdamente mais vendidos nos EUA do que o trio alemão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^ Mané falando do que não sabe. Aos fatos.

      Mercado premium nos EUA - vendas em fevereiro

      1º Mercedes-Benz - 25.291
      2º BMW - 25.201
      3º Lexus - 22.995
      4º Acura - 12.992
      5º Cadillac - 11.739
      6º Infiniti - 11.659
      7º Audi - 11.455
      8º Lincoln - 6.164
      9º Volvo - 4.012
      10º Porsce - 3.202
      11º Jaguar - 1.410
      12º Maserati - 481
      13º Bentley 196
      14º Ferrari - 137
      15º Alfa Romeo - 47

      Excluir
    2. Mas carlos, MB, audi e BMW possuem carros que podem ser ditos como modelos de entrada, como o a3 e serie 1. Uma comparação mais coerente levaria em consideração modelos.

      Excluir
    3. Audi é líder mundial de carros premium em 2015, já ultrapassou a BMW, que caiu para 2º, e a Mercedes em terceiro.

      http://www.car.blog.br/2015/02/a-subsidiaria-de-carros-de-luxo-da.html

      Audi venderá cerca de 2 milhões de carros em 2015 no mundo. BMW por volta de 1.9 milhão e Mercedes 1.7 milhão.

      Lexus não passa de 300.00 / ano. Acura e Infiniti são insignificantes.

      Excluir
    4. Na realidade, até a Porsche, a outra marca de luxo da VW, vende mais carros no mundo que a Lexus.

      O Toyota lançou a Lexus nos anos 80 para ser um competidor da Mercedes, Audi e BMW. Começou copiando a Mercedes. Na gordolândia fez algum sucesso, mas só lá. No mundo ela não existe.

      A Acura a única coisa que faz é carro da Honda mais caro. E a Infiniti só é conhecida por causa da Red Bull na F-1. Mais nada.

      Excluir
    5. Ng falou no mundo, e sim nos EUA, afinal a materia fala da Cadillac em resposta as alemãs no mercado americano. Lexus não existe fora dos EUA? Engraçado, pela Forbes ela é a 3ª maior marca de luxo na China, a frente da MB ( http://www.forbes.com/pictures/eglg45fhmjg/no-3-lexus/ ).
      Mas concordo, as 3 alemãs, globalmente, vendem bem mais que as 3 japas.
      Mas... volume de vendas nunca significou maior qualidade, haja vista a Fiat como líder no Brasil... mas aí é outro debate.

      Excluir
  2. Fiz a seguinte postagem na matéria sobre o Malibu:
    "A GM está cada vez mais coreana.
    Em termos de qualidade e design, essa afirmação pode ser recebida como elogio.
    O demérito vai para a perda da identidade "americana" da marca."
    Retifico agora o que disse, porque esse novo Cadilac preserva a identidade americana.

    ResponderExcluir
  3. Pelo o que li, a Caddy está detonando as rivais nas pistas. Até mesmo a Auto Bild, alemã, disse que a ATS estava quase pau a pau com a BMW Serie 3, pra eles a melhor da categoria. A CTS, pelo visto, vai deixar muito preocupada a BMW - se bem que a nova série 5 está a caminho.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.