Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW up! I-Motion x manual: duas opiniões conflitantes

Categorias: , 52 Comentários

O Blog adquiriu um VW Up! Imotion no final de janeiro para testá-lo e compará-lo com o VW Move Up! já testado por 15 mil km há 9 meses. Em uma semana rodamos cerca de 800 km com nosso Imotion em circuito combinado: estradas e cidade.

Volkswagen up! I-Motion automatizado

Dizem que a primeira impressão é a que fica. Pois bem o carro foi testado por duas pessoas (um casal maduro) e as impressões foram diferentes.

Volkswagen up! I-Motion automatizado

A mulher - redatora do Car.Blog - simplesmente se apaixonou pela praticidade do câmbio automatizado do Up! que dispensa troca de marchas - um tanto desconfortáveis em percurso urbano. Em viagem de 120 km pela Rodovia Dutra o câmbio Imotion funcionou perfeitamente bem dispensando o uso do M (câmbio manual).

Volkswagen up! I-Motion automatizado - interior

Encantou-se com o interior despojado e ao mesmo tempo sofisticado do VW Up! Imotion branco, com bancos de couro e direção com detalhes em black piano. O vídeo mostra um teste em diversas situações de uso com o up! I-motion automatizado.



up! I-motion - opinião

Volkswagen up! 2015

O homem por sua vez - engenheiro mecânico de formação - que nunca foi um apreciador de carros automáticos, detestou, em um primenro momento, porque entende que o câmbio I-motion automatizado deixa a desejar na troca automática das marchas.

Volkswagen up! 2015

Afirma ele que há um " vazio" de 1,5 segundos entre elas fazendo com que o carro perca potência.

I-Motion: necessidade de aprendizado sobre as funcionalidades da transmissão 

O homem, porém, ao usar o up! I-motion por um período mais longo melhorou sua avaliação sobre a transmissão automatizada do up!. Afirmou que é necessário um aprendizado sobre as funcionalidades da transmissão, como a função de troca manual e também o kick-down (sistema que reduz as marchas quando se acelera mais forte).

Volkswagen up! I-Motion 2015

Assim, em uma viagem na Via Dutra, o homem optou por usar mais o modo manual, que, além de operar as reduções de forma mais rápida, permite corrigir o que seriam, na concepção dele, eventuais erros de avaliação da transmissão. Dessa forma, avaliou mais favoravelmente o câmbio I-Motion em modo manual.

Volkswagen up! I-Motion 2015

Enfim: o casal dividiu-se na preferência dos modelos de teste do Blog sendo que o homem prefere o modelo Move Up! com transmissão manual e a mulher, o I-motion pela praticidade e conforto.

Postagens relacionadas:

52 comentários:

  1. Cada vez fico mais impressionado com a qualidade e o funcionamento dessa transmissão I-Motion.

    Hoje andei com esse carro em uma estradinha bastante sinuosa, cheia de aclives e declives acentuados, e o pior: lombadas no meio de aclives. Um verdadeiro teste de fogo para a transmissão I-Motion. Só hoje fiz esse percurso uma três vezes para perceber as nuances da transmissão, e posso dizer que o I-Motion do up! foi aprovado com louvor!

    A transmissão colocava a marcha correta em todas as situações. Exemplo, vindo a 80 Km/h e freando para uma lombada. A transmissão reduzia rapidamente de 5ª para segunda. E permitia sair da lombada com o motor em rotação entre 2.500 RPM e ir ganhando velocidade rapidamente.

    O que mais me impressionou é que quando a lombada estava posicionada em um aclive, o I-Motion reduzia a marcha para a 1ª, em decisão corretíssima, permitindo ao carro sair da lombada em baixa velocidade e encarar o aclive sem problema algum, com muita ação sob o acelerador.

    Outra situação que achei bem interessante foi quando se sair de uma curva em declive e pega- uma outra em aclive. Quando se está em declive o I-Motion percebe a situação e vai subindo as marchas rapidamente. Ocorre que ele subia até a 4ª marcha no "vale" entra o declive e o aclive, e eu pensava: agora o carro vai ficar sem ação, pois não subirá em 4ª!

    Engano meu! Logo que se iniciava o aclive, sem que eu mexesse no acelerador, a transmissão reduzia para 3ª, e, caso o aclive fosse muito acentuado, até para 2ª! Perfeito!

    Outra coisa que percebi melhor foi o funcionamento do modo manual, que é basicamente um modo "S". Ele estica as marchas até 6.200 RPM e troca depois. E quanto vai freando, ele também reduz. Mas mantém a marcha até 6.200 RPM.

    O kick-down do up! I-motion também funciona muito bem, e, inclusive tem vários estágios. Quando se afunda o pé até o final, o câmbio entra em modo "ultra-sport", esticando as marchas ao máximo para obter o máximo de rendimento.

    Ao mesmo tempo, logo se percebe que não é necessário usar o modo manual para reduzir. Basta uma acelerada um pouco mais forte (não precisa afundar o pé), que o câmbio reduz uma ou até 2 marchas, dependendo da necessidade.

    Enfim, cada vez mais fico melhor impressionado com o funcionamento dessa transmissão I-Motion. Funciona muito bem, escolhe as marchas corretas, nos momentos adequados.

    Enfim, até o momento, só alegrias com esse up! I-Motion! Transmissão muito boa mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No domingo subirei vídeos com todos esses testes com o up! I-motion e também com partidas em aclive usando o freio de estacionamento e o de serviço!

      Excluir
  2. Fábio LM, esse cambio i-motion SÓ é bom realmente nas reduções de marchas, porque de rest em qualquer situação pra mim não vale a pena, é muito incomodo na troca da primeira pra segunda e segunda pra terceira marcha, já tive um , sei do que estou falando, não adianta, pra mim cambio automatico de verdade é CVT ou Dupla Embreagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem muitos I-Motion, mas este do up! é uma versão específica para ele.
      Não há incomodo algum nas trocas. O que há, sim, é um extremo conforto ao deixar o câmbio trocar as marchas automaticamente.
      Eu conheço muito bem transmissões automática. O meu carro de uso pessoal tem uma das melhores transmissões do mercado: é o Golf 2.0 Tip-Tronic 6 marchas, que é um câmbio magnífico. E já tive de uso pessoal Corolla com câmbio de 4 marchas.
      E gostei muito dessa transmissão I-motion do up!. O software funciona com perfeição, e coloca as marchas corretas.
      As mudanças de 1ª para 2ª levam o mesmo tempo que uma pessoa normal levaria para trocar manualmente.
      O kick-down funciona muito bem. As reduções são tão rápidas quando as do meu TipTronic 6.
      E essa transmissão custa 2.300 reais.
      Eu afirmo sem ter medo de errar: quem quer um carro automático e deixar de comprar um up! i-motion pelas besteiradas que existem escritas e faladas por aí, quando andar em um up! I-motion vai se arrepender, pois a transmissão é excelente!

      Excluir
    2. Outra situação que pude verificar o quão importante é a pessoa que compra um up! I-motion ou automatizado se informar bem sobre o funcionamento dessa transmissão.

      Essa mulher que ficou encantada com o up! I-Motion, também ficou mal impressionada com a transmissão no uso nessa estrada sinuosa que relatei acima. Ela me disse que "o I-Motion não funcionava corretamente nessa situação".

      Bom, fui averiguar o que tinha ocorrido. Primeiro andei na estrada, e constatei que o funcionamento foi perfeito. Então fiquei curioso para saber o que tinha a deixado tão mal impressionada com o I-motion nessa situação de estrada muito sinuosa com aclives e declives, com lombadas.

      Primeiro, a mulher não tinha conhecimento das seguintes funcionalidades do I-Motion:

      1. que ao se acelerar fundo, o câmbio reduz as marchas (ela achava que se acelerasse mais fundo, o câmbio iria colocar marchas acima, e não reduzí-las);

      2. que para reduzir no modo manual, é necessário puxar a alanca para trás (ela, acostumada com carros manuais, achava que reduzia no modo manual empurrando a alavanca para frente - quando o correto é justamente o oposto!).

      3. que a transmissão muda o mapeamento de acordo com a inclinação da via.

      Muito bem, sem saber isso, ela entrou em um aclive muito acentuado com lombadas no meio no meio da rampa. Na primeira lombada, o I-motion reduziu para 1ª. É uma subida muito íngrime!, então o I-motion não troca para segunda rapidamente, e a rotação do motor sobe a 5.800 RPM!

      Como a mulher estava acostumada com o I-motion trocando a 2.500 RPM, quando viu o câmbio não saindo da primeira e a rotação em 5.800 RPM, achou que o câmbio "tinha travado na 1ª".

      Aí o que ela fez? Mexeu na alavanca para o modo manual, e empurrou duas vezes, fazendo com que a transmissão fosse para 3ª, com o carro em um aclive acentuado e em baixa velocidade.

      Aí o carro perdeu ação, mas voltou sozinho para 1ª. Ela não contente foi lá e colocou 3ª novamente!!!

      É claro que o up! nessa situação fica capenga, tentando subir uma subida ingrime em baixa velocidade em 3ª!

      Felizmente chegou ao final da final da subida, e a situação normalizou.

      Aí eu fiz o percurso com ela ao volante novamente. E a instruí a não tocar na alavanca de transmissão em nenhum momento do percurso.

      Resultado: o percurso foi perfeito, sem qualquer problema, com o I-motion mostrando-se extremamente eficaz e eficiente nas trocas de marchas e na escolha das mesmas.

      Em resumo: quem não sabe direito operar o modo manual do I-motion, melhor esquecer que existe isso, pois o câmbio funciona muito bem em modo "D" - que é o automático.

      Excluir
    3. Andei no Up i-motion ontem e não gostei. Tenho ciência de que em um test drive não dá pra sentir o carro totalmente. Por precaução vou pegar o manual. Aproveitando. No site da VW tem uma oferta do take up 4p com ar, direção, vidros e travas por R$ 33.107,00. Estou na dúvida entre um move e o take.

      Excluir
    4. Eu recomendo o I-Motion. Já andamos mais de 1.000 Km com ele e afirmo que ainda me surpreendo aprendendo nuances novas da transmissão. O modo manual é excelente também, para quem gosta de sentir reduzidas, e o motor mais cheio. E isso sem perigo algum, pois um pouco acima da faixa vermelha ele troca para a marcha sub-sequente.
      Mas é no trânsito urbano que o I-motion dá um show de conforto. Hoje, eu, ao escolher o up!, só olho I-motion.
      []s.

      Excluir
    5. O Up I-motion utliza cambio alemão na sua mais nova versão, o mesmo cambio na Europa. Num test drive é absolutamente impossível dirigir de maneira correta um Up i-motion, já escrevi aqui, no mínimo 100 km rodados para "pegar a mão". O Up i-motion é mais divertido e prazeroso dirigir que o similar manual. O i-motion é hoje é minha primeira opção.

      Excluir
    6. Exatamente Eddie. Em test-drive não se tem noção de como funciona essa transmissão. Quanto mais ando no up! i-motion mais gosto do carro.
      Vale todos os centavos e mais um pouco! Além de ser muito divertido também, mesmo em modo automático, quando se aprende a reduzir sem ter que relar na alavanca de marchas. Basta um movimento no acelerador que a transmissão reduz e entra em modo "S".....

      Excluir
    7. É isto mesmo Fábio. Toda vez que dirijo o i-motion aprendo algo novo, minha opção hoje seria outro i-motion sem duvida alguma. O "tiptronic" funciona perfeitamente. Tenho um Up manual no trabalho, o i-motion é incomparavelmente superior.

      Acertei na "mosca" em pegar um White i-motion, agradecimentos ao CarBlog e ao Autoentusiastas, pois pela outras publicações, eu teria colocado minha grana num Move MT (show!), mas seria uma grande furada em não ter tido a experiência do i-motion. Lá em casa o White i-motion é só alegria. Abraço.

      Excluir
    8. Pois bem, já fiz test drive no up imotion e em outros e hoje e tenho um carro automatizado de outra marca em casa e o que posso dizer é o seguinte: realmente, não da para perceber bem os detalhes do funcionamento do câmbio em um trajeto curto. Entretanto, se você se encomoda com esses trancos durante o test drive é melhor não comprar, pois não é o tempo que vai fazer gostar do câmbio. O que acontece é que você se adapta ao câmbio com o tempo, como em qualquer carro que tenha uma característica que não agrada (por exemplo, embreagem alta, câmbio longo, etc). Por isto acho importante o test drive para saber realmente se essas características do câmbio realmente encomodar. Como eu e minha esposa pegamos muito transito estado e não nos importamos com essas características do automatizado no test drive (fizemos mais de um para ter certeza), estamos 90% satisfeitos com o câmbio.

      Excluir
  3. E dá-lhe matéria do up!
    up em aclive, declive, de frente, de trás, de lado, de cima, de cabeça prá baixo, etc e etc
    Vei, já tá cansando!
    Agora, sério, esse imotion do up é MUIIIITO bom mesmo!
    Eu era um que reprovava esse câmbio, nos carros que dirigi, mas no up, ficou excelente!
    Parece outro imotion

    ResponderExcluir
  4. Para dirigir um IMotion é preciso entender que câmbio automático e automatizado são coisas diferentes. Depois é preciso entender o funcionamento da opção M ( manual). E em terceiro lugar saber que no D ( drive ou automatizado ) ele dá conta de tudo, dispensando o uso da opção M -manual. A partir daí é só alegria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto Miriam. Há quanto tempo vc tem um i-motion? Pensei que vc tivesse comprado um MT. Sds

      Excluir
    2. Oloko então esse câmbio é só para quem trabalha no car.blog, pois precisa ter pós doutorado em Up! hihihihi

      Excluir
    3. Ela é redatora do Blog, Eddie.
      Dirige o carrinho recém adquirido, para teste de longa duração.

      Excluir
    4. Mentiraaa,sempre quis saber quem era a redatora desse blog,Mirian,porque você não tenta sem um pouco mais imparcial ou transforma logo de vez o blog em um blog sobre vw?

      Excluir
  5. Respostas
    1. Exatamente: é ao mesmo tempo " despojado" de ítens supérfluos mas tem a sofisticação do couro macio nos bancos com sua marca Up! nos bancos e na direção com detalhes em Black piano.

      Excluir
    2. Exatamente: o banco é inteiriço como o sofisticado banco da mercedes GLA, mas despojado como uma cadeira de praia.

      Excluir
    3. Sofisticado? kkkkkkkkkkkkkkkk

      Despojado? Mais kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  6. O banco do up! é confortável em viagens de mais de 200 km?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os dianteiros, eu acho confortáveis pela categoria do carro. Agora os traseiros são bem desconfortáveis...

      Excluir
    2. Fiz uma viagem em janeiro de 800km ida e volta, o banco se portou bem agora quem foi atrás sofreu :/

      Excluir
    3. Acho os bancos dianteiros bons, firmes, sem serem duros. Gosto do encosto fixo (que alguns criticam). O corpo fica bem encaixado nos bancos dianteiros (não se deslocando quando vc faz uma curva). Não espere conforto de Ford Fusion, mas pra carro popular tá na média.
      Pra pequenas viagens, acho tranquilo. Porém não recomendaria um carro popular (compacto urbano) pra quem costuma fazer viagens longas com frequência. Nesse caso, o ideal seria um hatch médio (Golf, Focus), ou um sedan (Honda Civic, Corolla).
      Pra ter conforto, tem que pagar por isso, não adianta!

      Excluir
    4. Pois é. Tenho um sedan médio japa e meu uso é 80% urbano, a questão é que os 20% de viagens são longas de, no mínimo, 200 km. Fiquei muito tentado pelo GT up!, mas depois dos conselhos de vcs, meu interesse diminuiu muito.

      Excluir
    5. Já fiz várias viagens e considero os bancos do up! excelentes, com firmeza correta e que não cansa mesmo após longa horas.
      O que faz falta no up! i-motion é o descansa braço central dianteiro, como tem no hb20 automático.

      Excluir
  7. Essas avaliações só vão até 5000km depois nada acontece rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a do Ka não aconteceu mais nada depois de 5 mil km rodados, mas pudera, quem aguenta? rss

      Excluir
    2. Eddie você tem um Ka pra dizer isso ou é opinião de fanboy?

      Excluir
  8. E AI FABIO LM TRANQUILO,EU GOSTO MUITO DE LER SEU BLOG FOI ATRAVÉS DAQUI QUE EU ADQUIRI,O WV UP 4 PORTAS COMPLETO O MODELO MOVE UP,EU TINHA O NISSAN MARCH ERA BÁSICO O MODELO MEXICANO E TROQUEI PELO UP,SE EU SOUBESSE QUE ERA BOM O I MOTION EU TINHA ADQUIRIDO ELE PÓS REALMENTE QUEM QUE FUGIR DO CAMBIO MANUAL É O MAS INDICADO PEGAR O I MOTION. SÓ UMA PERGUNTA A RESPEITO DA MANUTENÇÃO DELE SABE ME INFORMAR SE E CARA EM CASO DE PROBLEMA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciano ; não Há diferença alguma de preços de manutencao entre mt e imotion
      ambos têm 3 anos de garantia e o custo das revisões e o.mesmo.
      ()s

      Excluir
    2. Enquanto em garantia mesmos custos, após vai ter diferença.

      Excluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho bom o espaço nos bancos dianteiros do UP. Tenho 1,85 m e não me sinto apertado ao dirigir o carro. O UP tem um painel reto que não toma espaço das pernas. Já outros carros (como o Ford KA) possuem um painel projetado para frente que acaba invadindo o espaço das pernas (principalmente da perna direita - joelho - que fica encostando no painel central (console)./ Inclusive é uma das coisas que surpreendem as pessoas que andam comigo (o bom espaço nos bancos dianteiros do UP). Mas é preciso regular bem os bancos (tanto nos trilhos como na altura / e nos bancos traseiros, eu levanto o máximo os encostos de cabeça). Com a regulagem que uso pra mim, ainda sobra uns 4 dedos entre a cabeça e o teto do carro. / Por algumas vezes já andei com 4 pessoas no carro e numa ocasião com 5. Com 4 adultos (eu incluso, como motorista) fiz uma pequena viagem de 200 km e foi tranquilo. / Acho o espaço interno do UP melhor que do Celta e do Clio por exemplo (O UP é mais alto que esses 2). / Até acho bom abordar esse assunto para desmistificar algumas bobagens que leio na internet. Pra um carro compacto, ele tem um espaço interno e porta-malas bastante razoável. Inclusive num comparativo com o Ford KA, foi relatado que o UP tem melhor espaço nos bancos dianteiros e porta-malas maior (285 litros do UP contra 257 litros do KA), já o KA tem maior espaço no banco traseiro. No UP 4 portas, 4 adultos vão numa boa, tranquilamente. Lógico que não terão um conforto de carros maiores (de outros segmentos), mas não terão problema de espaço se os bancos estiverem corretamente regulados. / Considero o UP (tbm o KA e HB20) carros apropriados para pessoas solteiras, casais sem filhos ou com apenas um filho. Não recomendaria um carro compacto para casais com 2 ou mais filhos (nesse caso seria mais apropriado um sedan ou uma minivan). / Barato não é, mas se formos comparar com carros concorrentes (que possuem menos qualidade), o preço não é tão ruim. O Take UP 4 portas + ar + DE + vidros e travas elétricas está sendo vendido por 33 mil reais. O Move (com a mesma configuração) por menos de 36 mil reais. Que outro carro com as mesmas qualidades (segurança, economia, desempenho, motor moderno, etc) se compra com esses valores?

      Excluir
    2. Para os passageiros da frente eu achei satisfatório o espaço considerando a categoria. Agora, fica impossível sentar atrás de mim comigo no volante (tenho 1,87). O ka eu achei melhor no quesito espaço interno.

      Excluir
    3. Meu irmão tem 1.90 e o filho dele tb. Os dois andam folgados na frente. E inclusive pessoas de 1.70 como eu andam atrás dele com o banco ajustado e está tudo ok. O espaço do up na dianteira e muito grande. E o maior espaço dianteiro de todos os carros compactos. pessoas que 1.90 de altura ficam extremamente bem acomodados nele na dianteira.

      Excluir
    4. Vídeo do Sérgio com 1.90 metro confortavelmente instalado na posição de dirigir do up!, e imagens do espaço traseiro.

      https://www.youtube.com/watch?v=DZ2YKPE4qYM

      Alguém com 1.81 fica sobrando na dianteira do up!. E sobra atrás também.

      Inclusive o up! é um carro extremamente seguro para pessoas altas, pois o teto elevado deixa até pessoas muito altas com um grande espaço acima da cabeça, evitando riscos de lesionamento na coluna em acidentes.

      Dos carros que tivemos recentemente, o Ka é que é bastante problemático com relação a espaço na dianteira. O painel do Ka invade o espaço do motorista e passageiro e faz com os joelhos fiquem batendo no painel, o que é bastante desconfortável. O espaço para joelhos atrás no Ka é bom.

      Excluir
    5. Espaço interno é um dos temas que os adoradores de PAU (Partido Anti-Up) mais gostam mentir. É sempre a mesma estorinha da carochinha. Que tem 1.Xm de altura (com X variando de 75 a 95) , entrou no up! e achou apertado.
      Tudo mentira, como provam os depoimentos dos proprietários e esse vídeo ai, que simplesmente mata a cobra e mostra o pau. Sempre que colocam esse vídeo os haters ficam mudos.
      O up! é um carro feito para ser vendido na Alemanha e demais países da Europa, onde as pessoas são em média de estatura muito superior a do brasileiro.
      Então quem fala que tem 11.8 e se sentiu apertado no up! está MENTINDO. Só isso. MENTINDO.
      O que mais tem na Europa são pessoas com mais de 1.80, e se o up! não fosse adequado para esse pessoal, o up! não seria o sub-compacto mais vendido da Europa.
      E contribuo com outro vídeo:

      https://www.youtube.com/watch?v=p9qzameoosA

      Mostrando o amplo espaço interno do up!

      haters e demais mentirosos, podem chupar que é de uva.

      Excluir
    6. sera que eu estou percebendo ai uma certa dor de cotovelo dos que fazem parte do movimento ante vw up, só por que as vendas aumentaram no ultimo més. digo isso baseado nos comentários dos últimos 8 dias.

      Excluir
  10. Por 36 mil foi uma boa compra sem dúvida, já pelo preço que a VW pede é uma péssima compra!

    ResponderExcluir
  11. Está complicado bater o CVT Multilink do Corolla ou o CVT do Fit e do City.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comparar Corolla e Fit com Up?
      É sem noção!
      Carros na faixa dos 60.000 com um de 40.0000?
      Bincadeira!

      Excluir
  12. Esses dias no exame do Detran,dos 2 ups da auto-escola usados no exame,um estava díficil engatar a marcha,um aluno tava reclamando desse problema.

    ResponderExcluir
  13. Boa noite Fabio LM. Tenho apenas uma dúvidaquanto ao up! Ppr estar alterando minha habilitação para especial, serei obrigado a pegar carros automáticos. Eu sempre fui fã de veículos manuais, mas no ano passado aluguei um New Fiesta 1.6 Power Shift. Realmente fiquei babando, pois fiz umaviagem de 1400km entre São Paulo e o Triângulo Mineiro (Patos de Minas). Esse ano resolvi ir deMArch que sinceramente me cansou muito, mesmo sendo 1.6 também. O motor achei fraquíssimo em baixas rotações, câmbio duro e balança demais, apesar de ser extremamente estável.

    Pelo que percebeu, uma vez por ano realizo esta viagem. Já fui de Mille também, que tirando subidas, ia bem e por incrível que pareça foi mais confortável que o March.

    Então o que gostaria de saber deste up! Imotion É: em subidas ele é forte? Conseguirei médias parecidas com o Mille Economy? Em termos de conforto,o câmbio Imotion é no estilo do PowerShift? Para viagens de 700im em média, como acredita que o carro se comporte? Vou chegar moído ao destino, como com.o Marxh, ou chegarei inteiro como no New Fiesta e o Mille (por incrível que pareça)?

    Eu não achi essa versão Imotion para testdrive, por isso a sua opinião será de extrema importância para mim. Agradeço e continue com este excelente trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É: em subidas ele é forte?
      O up! não perde embalo em ladeiras, e quando o motor necessita, o I-motion reduz uma ou até duas marchas. O comportamento é muito bom, mesmo em subida.

      Conseguirei médias parecidas com o Mille Economy?

      Não sei ainda, pois as médias que tiramos agora, de 11,8 Km/l em 60% estrada e 40% cidade estão contaminadas com os testes que fizemos, com muitas acelerações e freadas. Acredito que a média em estrada, com ar-condicionado ligado 100% do tempo e sem preocupações em adotar as recomendações do econômetro, com velocidades em entre 110 e 120 Km/h, deve ficar em torno de 14 Km/l de gasolina.

      Em termos de comforto,o câmbio Imotion é no estilo do PowerShift?

      Nenhum dos dois exige trocas de marchas, mas o Powershift, por ser um câmbio de dupla embreagem (o I-motion é embreagem única), é mais suave e rápido em trocas. Não dá para comparar um carro com outro. O Fiesta Powershift parte de 55k, enquanto o up! I-motion mais barato parte de R$ 35 mil. Para uso em estrada, porém, o I-motion se mostrou excelente, com trocas muito rápidas.

      Para viagens de 700km em média, como acredita que o carro se comporte? Vou chegar moído ao destino, como com.o Marxh, ou chegarei inteiro como no New Fiesta e o Mille (por incrível que pareça)?

      Se comporta muito bem. Já tive Mille e não há termo de comparação com o up!. O Up! é outra categoria. Já fiz viagens de 400 Km e vc sai intacto, graças à excelente ergonomia, bancos firmes sem serem desconfortáveis, silêncio interno e muito prazer em condução.


      Eu não achei essa versão Imotion para testdrive, por isso a sua opinião será de extrema importância para mim. Agradeço e continue com este excelente trabalho!

      Ok. Obrigado.

      Excluir
  14. Que bom que provavelmente vai trocar o para-choque dianteiro deste Up. Sempre que olho para ele, principalmente o branco, me lembro do Manny Calavera... https://i0.wp.com/i238.photobucket.com/albums/ff124/stationsquare/Manny_Calavera_200_130341a.jpg

    ResponderExcluir
  15. Peguei um move up! Automatizado motor 1.0. Quando estou nas vias secundárias e tenho que arrancar com o carro parado pra acessar a rodovia, a marcha fica travada na 1 marcha. Tenho q tirar o pé do acelerador pra engatar a segunda marcha. Isso é normal?

    ResponderExcluir
  16. Olha gente, sem exageros de um ponto de visto ou de outro, é claro que a transmissão automática comum e, principalmente, a CVT, oferecem um conforto superior. Mas também é inegável que deixar de "cambiar" é muito bom. Depois que se pega o jeito vai bem! A um bom tempo atrás dirigi um fox i-motion e, recentemente, minha esposa comprou um up i-motion e posso falar, com toda certeza, que o atual câmbio é bem melhor que o primeiro, embora, como já dito, o conforto (e desemprenho) oferecido por uma transmissão automática normal ou CVT seja, de fato, bem superiores. Tudo é questão de custo/benefício.

    ResponderExcluir
  17. A 90 km/h está a 3000 rpm a 120 km/h uns 4000 rpm. Gostaria muito que tivesse a 6 marcha para poder rodar com giro mais baixo. Meu imotion está fazendo uma média de 700 a 750 km com tanque dentro da cidade. Está com 6000 km 6 mês de uso e até agora só alegria!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.