Car.blog.br

Pesquisar este blog

Vídeo: Volkswagen Gol, Voyage e Saveiro 2015 em detalhes

Categorias: , , , , 20 Comentários

A Volkswagen do Brasil já distribui à sua rede de 630 concessionárias no País as linhas Gol, Voyage e Saveiro - carros que trazem mais conteúdo de série e novos itens de tecnologia disponíveis. No campo mecânico a inovação é o novo motor 1.6l MSI, da família EA211, que estreia no Gol Rallye e na Saveiro Cross. Com até 120 cv (etanol), o novo motor chega para complementar a gama de versões dos modelos Volkswagen, junto com o renomado motor 1.6l, de até 104 cv (etanol), que continua a equipar os demais modelos 1.6l.

Novo VW Gol Comfortline 2015

Além disso, os veículos passam a utilizar nomenclatura global para diferenciar suas respectivas versões: Trendline, Comfortline e Highline. No caso do Voyage, há a nova versão Voyage Evidence, com preço de R$ 51.890, posicionado acima da versão Highline, que parte de R$ 49.720. O vídeo abaixo mostra todos os detalhes da linha 2015.



Novo Motor

O novo motor 1.6 16V com 1.598 cm³ de cilindrada e instalado em posição transversal no Gol Rallye e na Saveiro Cross. Denominado de 1.6l MSI, utiliza o sistema de partida a frio que dispensa a utilização do tanque auxiliar para gasolina.

Sua potência máxima é de 120 cv (88 kW) a 5.750 rpm, quando abastecido com etanol (E100), e de 110 cv (81 kW) à mesma rotação, com gasolina (E22). O torque máximo é de 16,8 kgfm com etanol e 15,8 kgfm com gasolina, ambos a 4.000 rpm.

Novo Gol Rasllye 2015

O novo motor 1.6l MSI possui bloco e cabeçote feitos de alumínio, o que colabora para reduzir o peso do conjunto. O cabeçote do novo motor 1.6l MSI possui comando de admissão variável e coletor de escape integrado, formando uma peça única, com refrigeração líquida.

Nova Saveiro Cross 2015

Outra solução adotada no novo motor 1.6l MSI é o duplo circuito de arrefecimento, que permite temperaturas diferentes para o bloco e para o cabeçote – o sistema utiliza duas válvulas termostáticas.

Nova transmissão I-Motion no Gol Rallye

Além do novo motor 1.6l MSI, o Gol Rallye 2015 conta ainda com a opção da transmissão automatizada I-Motion. Essa transmissão recebeu a versão 2 de aplicação do software de gerenciamento eletrônico, que proporciona trocas de marcha ainda mais suaves e precisas.

Novo Gol Rallye 2015 i-Motion

No momento da troca automática de marcha em D (Drive), em décimos de segundo, o sistema reduz gradativamente o torque do motor, que retorna assim que a próxima marcha é engatada. Essa característica proporciona maior conforto nas trocas de marcha em todas as condições de uso dos veículos.

Nomenclatura global

Trendline

A versão de entrada, Gol Trendline (disponível nas carrocerias duas e quatro portas e motores 1.0l e 1.6l MSI) e o Voyage Trendline (oferecido com motores 1.0l e 1.6l MSI e carroceria quatro portas) passam a contar – adicionalmente aos itens de série da linha 2014 – com direção hidráulica, três apoios de cabeça no banco traseiro, chave canivete e iluminação no porta-malas. Lembrando que, desde a base, o Gol e o Voyage já saem de fábrica equipados com vidros dianteiros com acionamento elétrico, travamento central das portas e a nova arquitetura eletrônica da Volkswagen.

Comfortline

Nas versões intermediárias, Gol Comfortline e Voyage Comfortline trazem, adicionalmente à configuração Trendline, itens pintados na cor do veículo, como capas dos espelhos retrovisores pintados, maçanetas das portas e frisos laterais. Além disso, a versão incorpora setas integradas nos espelhos retrovisores, aerófolio traseiro na cor do veículo, grade do radiador pintada em preto brilhante, coluna “B” externa com tape preto, faróis duplos com máscara negra, logotipo “Comfortline”, para-sois iluminados, alto-falantes, alças no teto, ar quente, rádio CD-Player com sistema Bluetooth e entradas SD Card, USB e auxiliar e I-System.

Novo VW Voyage 2015 Comfortline

Ainda na versão Comfortline (disponível nos motores 1.0l e 1.6l MSI), há a opção do novo pacote de equipamentos “Fun”, que traz tecido exclusivo dos bancos (com logotipo “Fun” nos assentos dianteiros), acabamento interno diferenciado, pedaleiras esportivas, adesivos externos alusivos ao kit e volante revestido de couro.

Highline – recursos de tecnologia

Já nas configurações topo de linha, o Gol Highline e o Voyage Highline, oferecidos exclusivamente na versão quatro portas e com motor 1.6l MSI, saem de fábrica com todo o conteúdo da versão Comfortline, além de ar-condicionado, vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico, frisos laterais cromados, alarme Keyless, volante multifuncional revestido de couro (com controles do sistema de som e de telefonia), lanterna de neblina e sobretapetes.

Entre os opcionais para a versão Highline estão o acabamento interno mais claro e o kit “Tecnologia”, que conta com sensores de chuva e de luminosidade (crepuscular), controlador de velocidade de cruzeiro (piloto automático) e sistema coming/leaving home. O kit “Tecnologia” também está disponível para o Gol Rallye.

Voyage Evidence – versão topo

O sedã derivado do Gol ganha na linha 2015 uma nova versão topo de linha. Posicionado acima do modelo Highline, o Voyage Evidence chega disponível com o motor 1.6l MSI e com visual diferenciado e conteúdo exclusivo. Além dos frisos cromados na parte inferior das laterais, o modelo traz rodas de liga leve de 16” em nova tonalidade, adesivo preto na coluna “B” e o logotipo alusivo à configuração nos para-lamas dianteiros.

Novo VW Voyage 2015 - Evidence

Internamente, a nova versão traz de série todo o conteúdo do Voyage Highline, além de painel em tonalidade cinza clara e revestimento dos bancos em Alcantara (mesmo material utilizado nos bancos do Tiguan). O revestimento em Alcantara, desenhado com tramas e costuras enviesadas, confere um acabamento mais refinado ao Voyage topo de linha. É também de série no Voyage Evidence os sobretapetes (assim como nos modelos Highline e Gol Rallye).

Tabela de preços - Linha Gol / Voyage / Saveiro 2015 - clique aqui.

Postagens relacionadas:

20 comentários:

  1. Acho que houve erros na Matéria,pois ela coloca que os outros carros da linha vão usar o 1.6 MSI,mas apenas o Gol Rallye e Saveiro Cross é que vão usar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na realidade a Volkswagen está chamando o motor 1.6 8V de MSI também. Realmente ficou confusa essa nomenclatura, pois não diferencia o motor 16V do 8V. Mas é assim agora: tanto o 1.6 8V quanto o EA-211 16V são chamados MSI 1.6...

      Excluir
    2. O atual 1.6 também se chama MSI.

      Excluir
  2. 52.000,00 MIL EM UM VOYAGE SÓ LOUCO PODE COMPRAR, HÁ NÃO SER QUE SEJA IGUAL O CARLOS PUXA SACO DA VOLKS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não compraria o Voyage, pegaria um Civic Semi-Novo, Corolla semi-novo ou algo do gênero mas o Voyage ainda está num preço que condiz com a realidade se olharmos os seus rivais que custam o mesmo ou ainda mais caro.

      Excluir
    2. Na verdade não condiz porque os concorrentes do voyage que custam nesta faixa de preço são carros superiores,o voyage é um carro durinho, com bancos ruins, ruidoso, tem pouco espaço e equipamentos de conforto básicos.

      Excluir
  3. Das 3 versões do voyage somente a top vem com ar de série? Isso é ridículo, estas versões sem ar serão vendidas somente para frotistas, e provavelmente não para todos os frotistas.
    Considero que nos dias de hoje é inaceitável um voyage versão intermediária somente com ar quente.

    ResponderExcluir
  4. O Gol está morrendo. E o UP já nasceu morto hahaha

    ResponderExcluir
  5. É a concorrência (e legislação). Cada vez mais itens de série, mesmo nos carros ditos de entrada, que no caso do Gol só fica faltando mesmo o ar-condicionado (de série apenas na Highline). Esta cada dia mais longe a época dos carros pelados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já considero que a versão intermediária de gol e voyage, a confortline, deveria obrigatoriamente oferecer ar de série, os concorrentes estão bem mais completos e faltar ar na nesta versão faz do carro um pelado.

      Excluir
  6. Boas mudanças na linha VW porem os preços são abusivos, sou consumidor da marca, agora bem que a VW deveria incluir nas versões top os mais caros o kit-multimidia,pois em seus concorrentes top de linha esse item citado ja vem no pacote.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. voce ja testou o kit multimidia de renault? é uma merda nao tem como usar o sistema e manter o olho na estrada esses kits sao mais pra enganar brasileiro doque qualquer outra coisa.

      Convenhamos o GPS é uma boa coisa nao vou negar mas o resto é um lixo

      Excluir
    2. O problema é posicionamento, centrais multimídia são mais complexas de utilizar e sempre deveriam ficar no topo do painel, ou no mínimo na parte superior, até para que o motorista possa dar olhadas rápidas no gps, muitas vezes ao entrar em um trevo ou entroncamento é importante ver o que está sendo mostrado pelo gps.

      Excluir
  7. A volks leva a vantagem de ainda poder ser a chamada ´´ compra certa`` pois, todos os carros da marcas possuem uma ótima revenda e manutenção barata. Além de ter o melhor conjunto de câmbio da categoria.
    Me arrisquei em um Nissan e um Renault, bons carros, mas assustei com manutenção!! E a revenda? Meu Deus....
    Volks ainda é a melhor opção!!

    ResponderExcluir
  8. A volks leva a vantagem de ainda poder ser a chamada ´´ compra certa`` pois, todos os carros da marcas possuem uma ótima revenda e manutenção barata. Além de ter o melhor conjunto de câmbio da categoria.
    Me arrisquei em um Nissan e um Renault, bons carros, mas assustei com manutenção!! E a revenda? Meu Deus....
    Volks ainda é a melhor opção!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiago, não concordo com a manutenção barata, as revisões são caríssimas, assim como as revisões da ford e também da gm.
      Gasta-se R$2300 em revisões do up para manter três anos de garantia, muito, mas muito mais caro do que se gasta para manter a garantia de três anos de um popular da nissan, da renault ou da hyundai, comparando com o hb20 é piada, as três primeiras revisões custam menos de R$700.

      Excluir
    2. Marcio voce sabe quanto custam as revisoes da VW?

      Excluir
    3. Voyage G6 2015 1.6 com ar completo

      1 revisao 236
      2 revisao 236
      3 revisao 279
      4 revisao 236
      5 revisao 236
      6 revisao 279

      e assim vai me desculpa mas falar que essa manutencao está cara voce nao esta com condicoes de comprar um carro zero meu amigo

      Excluir
    4. Amiguinho, revisões do up são caríssimas, segue abaixo da tabela, e só pra que tu saiba estes preços não incluem mão de obra, a média é R$150 por hora aqui em Porto Alegre, total de R$2277,21.
      O meu custo para manter um new fiesta é parecido, e já acho caro, para um up que deveria ser popular é um roubo.

      Revisões do up.
      1° R$236
      2° R$236
      3° R$424 /R$274.55 + R$150 (uma hora de mão de obra)
      4° R$461 / R$236 + R$225 (uma hora e meia de serviço)
      5° R$348 /R$236 + R$112 ( 42min de mão de serviço)
      6° R$572,21 / R$297.21 +R$275 (uma hora e 48min de serviço)

      Excluir
    5. E somente para complementar, para manter 3 anos de garantia de um hb20 o custo fica em torno de R$700, menos de um torço do custo do up.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.