Car.blog.br

Pesquisar este blog

Toyota avalia produzir o híbrido Prius em São Paulo

Categorias: , , 4 Comentários

A Toyota do Brasil estuda a viabilização da produção local do seu modelo híbrido Prius (veja detalhes e especificações do carro aqui) no Brasil. A ideia é fabricá-lo na cidade de São Bernardo do Campo, município vizinho de São Paulo, onde está a sede histórica da Toyota, e para onde a diretoria da empresa está se mudando.

Toyota Prius 2014

O processo de nacionalização da produção do Prius envolve uma etapa inicial onde ele continuaria a ser importado, porém com isenções de impostos, com o compromisso de iniciar a montagem do carro no Brasil, em pequena escala, em uma etapa posterior.

Toyota Prius 2014

O Toyota Prius é o carro de propulsão híbrida (gasolina e elétrica) mais vendido do planeta, sendo comercializado no Brasil, atualmente, ao preço de R$ 120.830 reais, contando com motor gasolina 1.8 associado a um elétrico, que, juntos, fornecem uma potência de 138 cavalos.

Toyota Prius 2014

Segundo o INMETRO, o Prius apresenta um consumo em cidade de 15,7 Km/l e, em ciclo rodoviário (estrada), de 14,3 Km/l.



Fonte: Automotive Business - Fernando Calmon

4 comentários:

  1. Ae, que venha logo ser nacional!

    ResponderExcluir
  2. No Brasil somos obrigados a fazer o teste de emissão de monóxido de carbono, pagar a taxa do teste, agendar um dia para fazer o teste e tudo mais. Tudo isso com a justificativa de proteger, ou melhor, poluir menos o meio ambiente. Então porque não é dado incentivo para o uso de carro híbridos. Na América do Norte é assim, vc tem incentivos para comprar carros elétricos, ou híbridos. Aposto que nossos políticos achariam que estariam dando incentivo para a compra de burros, já que este é sim um animal híbrido, muito utilizado para carga e para o transporte de pessoas, ahahahahah!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk. Muito boa a parte do burro híbrido.

      Excluir
    2. No Brasil só incentivos à corrupção!

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.