Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat comemora os 20 anos do lançamento do Uno Turbo

Categorias: , , , 23 Comentários

Lançado em março de 1994, Fiat Uno Turbo foi o primeiro carro a gasolina com motor turbo de fábrica vendido no Brasil. O modelo trazia um interior requintado e esportivo, além de um motor de alta potência.

Fiat Uno Turbo

O Uno Turbo i.e pode ser considerado o modelo que iniciou a tendência downsizing no Brasil, que consiste em usar motores menores, com turbo compressores, de modo a conseguir maior potência com menor consumo.

Fiat Uno Turbo

Equipado com um motor 1.4 litros e turbo-compressor, o Uno Turbo desenvolvia 118 cv, potência equivalente a motores 2.0 litros de aspiração natural da época. Com tamanha potência, o Uno Turbo i.e era referência no desempenho, acelerando de zero a 100 km/h em apenas 9,2 segundos e chegando a velocidade final de 195 km/h, números invejáveis até hoje.

Uno 1.4 Turbo x Gol GTI 2.0 8V x Corsa GSI 1.6 16V

Nos gráficos abaixo colocamos os dados de performance e consumo (aferidos pela Revista Quatro Rodas) do Uno Turbo frente a seus principais concorrentes à época, que eram o Gol GTI 2.0 8V e o Corsa GSI 1.6 16V.


No caso da aceleração de 0 a 100 Km/h a superioridade do Uno Turbo era evidente, com um tempo ,ais de 20% mais rápido que o Gol GTI.



Nos testes de retomada, porém, o maior torque em baixa rotação do motor aspirado do Gol GTI se impunha. Mas o teste era feito em 5ª marcha, o que significa dizer que, caso se optasse por reduzir o Uno, ele obteria um tempo melhor.


No que respeita ao consumo, o grande campeão era o Corsa GSI 1.6 16V, com 14,06 Km/l de média cidade/estrada, conta 11,14 Km/l do Uno e 10,9 Km/l do Gol GTI.


Finalmente, na prova de velocidade máxima, havia uma superioridade do Corsa GSI, seguido do Uno Turbo e do Gol GTI em terceiro.

Fiat Uno Turbo

Para conseguir esses números de performance, a Fiat fez uma revisão completa no Uno. Sua caixa de cinco marchas foi completamente revista, com novas relações, enquanto todo o sistema de suspensões e freios foram redimensionados. Sua carroceria era 10 mm mais baixa, os pneus traziam as dimensões de 185/60/14, montados em exclusivas rodas com 5,5 polegadas de largura e os discos de freio dianteiros eram os mesmos do Tempra, assim como os tambores traseiros.

Fiat Uno Turbo

O painel era completo e de fácil visualização, como em todo bom esportivo. Trazia dois grandes mostradores, velocímetro e contagiros, e contava também com manômetro de turbo (pressão de trabalho de 0,8 bar), temperatura de água, pressão e temperatura do óleo lubrificante. Como particularidade, seu estepe saiu do cofre do motor e ganhou o porta-malas, caso único em todos os Uno comercializados no Brasil.

Fiat Uno Turbo

O Uno Turbo teve curta vida no Brasil: foi fabricado somente entre 1994 e 1996. Depois dele, a Fiat concretizou o downsizing no Brasil e abriu caminho para outros modelos marcantes, como Tempra Turbo e Tempra Stile, além do Marea Turbo.





Atualmente, a Fiat avança no downsizing com as tecnologias MultiAir, propulsores multiválvulas da família E.torQ e os esportivos Punto T-Jet e Bravo T-Jet que, com apenas 1.4 litros de cilindrada, dispõem de 152 vc.

Postagens relacionadas:

23 comentários:

  1. E nós Brasileiros comemoramos a Fiat ter tirado essa carroça de linha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu acho esse carro incrível, sonho em ter um a muito tempo

      Excluir
    2. Paulo, você não entende nada de carro. Sabe de nada inocente! kkk

      Excluir
  2. Carroça nada. Quem já dirigiu sabe como essa porra andava e tinha comportamento digno de um verdadeiro "pocket rocket".

    Bons tempos da Fiat e do Uno.

    ResponderExcluir
  3. Uno carroça??? Uno foi um otimo carro no passado!

    Carroça mesmo é o que a VW lançou em pleno seculo 21...

    ResponderExcluir
  4. o corsa gsi fazia 0/100kmh em 10 segundos e chegava a 192 kmh esse tempo de 11.9s e da corsa sw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na verdade o corsa Gsi faz de 0 a 100 em 9,65 s.

      Excluir
  5. O novo Uno com o turbo Tjet numa série especial poderia ser uma boa homenagem ao velho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Podiam fazer mesmo! Ou com o 1.6 16v do Palio o novo Uno 1.6R!
      Seria muito massa... eu compraria... seria mais barato que o Punto, mais leve, proporcionando um desempenho e consumo fodásticamente melhores

      Excluir
  6. BONS TEMPOS!
    Andei num amarelo, que carro! E o acabamento show de bola. Na era pré-Palio os Unos eram bacanas.
    Pena que hoje em dia o UNO ESPORTIVO usa um motor 1.4 que nem nele anda bem. SPORTING PIADA.

    Saudades desses Gol GTi, Corsa GSI, Uno Turbo etc..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li numa QR que era pro Palio ter tido uma versão esportiva com o 2.0 20v do Marea! Puta merdaa por que não fizeram? Preferia com o 2.0 16v do Tipo Sedicivalvole, tinha apenas 5 cv a menos e 0,4 kgfm a mais e era de manutenção mais barata e simples

      Excluir
    2. Nunca que eles iriam colocar o 2.0 20v no Palio, este motor é enorme.
      No máximo o 1.8 16v do Marea e Brava.

      Excluir
  7. Tive um 95 amarelo exploited...que puta carro...como sempre a Fiat ditando as tendências e a VW copiando.

    ResponderExcluir
  8. Tive a oportunidade de passar um final de semana com um Uno Turbo, no ano 1999. O carro é fantástico.. Agora tenho um Punto T-Jet, pra matar a saudade do UT.

    ResponderExcluir
  9. Lixo de reportagem. Próxima vez tenta pelo menos colocar os dados corretos. Só no dia de são nunca que o GTi faz de 0-100 em 11,23 seg e o GSI em 11,94.

    ResponderExcluir
  10. Mas pra variar, carros FIAT dura pouco no mercado.
    Alguns carros dessa marca estão melhores hoje, lembro dos painéis com plástico playmobil. kkkk
    O marquinha para lançar e tirar carro de linha kkkk

    ResponderExcluir
  11. Isso que era carrod e verdade, sonho em ter um desses para colocar um fuel tech, alterar virabrequim e pressão de turbina e dar pau em AP, choraaa apzeiros

    ResponderExcluir
  12. GOSTEI MUITO DESSE CARRO, MESMO ANDANDO COMO CARONA, ESTIVE NELE A 215 KM POR HORA, FOI UMA EXPERIÊNCIA ÚNICA, TANTO COMO VELOCIDADE COMO DE ARRANCADA. EU ERA APENAS UM GAROTO IRRESPONSÁVEL, AS VEZES HOJE EU COMO PAI DE FAMÍLIA NÃO TERIA ESSA CORAGEM. MAS FICOU MARCADO A LEMBRANÇA POSITIVA NO MEU CORAÇÃO. ABRAÇO A MEU VLEHO AMIGO ALLAIN, DE BRASÍLIA QUE ME ENSINOU A GOSTAR DESSES BRINQUEDINHOS.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.