Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Grazie Mille vem completo por R$ 31.200 reais

Categorias: , , , 32 Comentários

A Fiat do Brasil anuncia o fim da produção de sua mais longeva criação - o Uno Mille - com uma série especial comemorativa, o Grazie Mille, em tiragem limitada a 2 mil unidades, todas numeradas e precificadas a R$ 31.200 reais.

Fiat Uno Mille 2014

O Fiat Grazie Mille conta com aspectos exclusivos, começando pela cor, Verde Saquarema, desenvolvida somente para esta série.

Fiat Uno Mille 2014

Além disso, o modelo dispõe de conteúdos exclusivos, melhor acabamento interno, e detalhes estéticos externos e internos alusivos à versão.

Fiat Uno Mille 2014

No que respeita aos itens, o Grazie Mille conta com tecido exclusivo com bordado Grazie Mille; Rádio Connect com CD/MP3, viva voz Bluetooth e entrada USB; subwoofer; quadro de instrumentos com nova grafia; pedaleiras esportivas; nNova cor da caixa de ar; duplo apoio de cabeça traseiro; cobertura completa do porta malas; sobre tapetes em carpete; forro do teto na cor preta e que inclui revestimentos das colunas internas.

Fiat Uno Mille 2014

Externamente o carro se diferencia por contar com faróis de máscara negra; rodas de liga leve aro 13” com pintura exclusiva; ponteira de escapamento esportiva; adesivos Grazie Mille; drisos laterais e pintura da caixa de roda.

Fiat Uno Mille 2014

Ainda na questão de conforto, o modelo já conta com ar condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas, desembaçador/ limpador do vidro traseiro e retrovisor externo com comando interno - todos itens de série inclusos no preço.

Fiat Uno Mille 2014

Além do Verde Saquarema, exclusivo, o carro pode ser encontrado também na cor Prata Bari.

Postagens relacionadas:

32 comentários:

  1. Legal a série, mas falando sério agora, esse carro tem algum valor histórico para que tenha colecionadores? A Kombi tem e tal, mas o Mille acho estranho que tenha. Mas se alguém souber, conte aí.
    *Mas é sério, nada de virem com piada. Grato.

    ResponderExcluir
  2. melhor q o uno college

    ResponderExcluir
  3. Não vou dizer que ele precisa de melhoras, ele é um guerreiro assim como o Gol G4 que se despede! Ele tem que ser assim, como sempre foi!

    ResponderExcluir
  4. Na boa, a Fiat disse que melhorou o acabamento, mas contínuo achando que é fraco, tanto quanto o Gol G4. Até o Ka é mais bem acabado.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Lembro do dia que vi este carro como lançamento em uma revenda, em 1984, um modelo S, verde, causou muito boa impressão, era um carro com muito espaço interno e muito bem montado. Tive alguns deles na vida, página virada, matou muita gente (ninguém ligava pra crash tests ou airbags), já vai tarde, com uma década de atraso no mínimo.

    ResponderExcluir
  7. Tive um, mto bom carro pros anos 90. Ficou ultrapassado, já deveria ter saído de linha há pelo menos 10 anos. Mas merece respeito.

    ResponderExcluir
  8. Será que alguém da alta cúpula da Fiat tem alguma birra com a Grazie Massafera?

    ResponderExcluir
  9. A munheca dos carcamanos é tão fechada que nem mesmo pra colocar um reloginho digital de volta no painel, eles foram capazes ! !
    E roda aro 13?? Ainda??? Se pusesse uma 14" ia ficar bem mais ajeitadinho e teria mais a ver com uma versão de despedida !
    Pra um carro que praticamente sustentou, dividido com o Palio, a Fiat até hoje, eles foram bem ingratos... nada de grazie ! ! Tá mais pra GRACIE ! ! hehehhe! Porradão na cara ! !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você, a Fiat foi Economy no Mille, parece que ficou mal feita essa versão, poderiam ter caprichado como no relógio digital, rodas r14 e retrovisores externos pintados.

      Excluir
    2. Tem relógio no som, pra que um relógio redundante no painel?

      Excluir
  10. pelo menos não tão cobrando 80 mil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz...mas se cobrassem 35 tinham que ser presos....

      Excluir
  11. Já vai Tarde, Carroça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você vai puxar o quê agora seu cavalo...

      Excluir
  12. A Fiat poderia ter caprichado mais nesse Mille, pois está fraco.

    ResponderExcluir
  13. Respostas
    1. Outro cavalo amargurado que não vai mais ter o que puxar...

      Excluir
    2. Bando de cavalo que ñ entende nda de carro, Só de carroça kkkk.. o Mille é um guerreiro!!!

      Excluir
  14. e é engraçado....vi agora a foto a quinta foto...prestem atenção....familia reunida, todos indo em direção ao carro... O garoto com um sorriso meio envergonhado. A mulher com um sorriso do tipo "- ai, vamos lá de novo!" e o cara, com cara de tarado..."Carrão esse meu...show de bola....é nóis!"...

    ResponderExcluir
  15. Lembro que o meu pai já teve uns 4: um Uno 1.6R(1993), um milleto ELX(1994 há uns 8 anos) com kit BR , um Mille Fire(há uns 5 anos) e outro SX peladões(há 6 anos), mas eu achava interessante o fato de ele ser grande por dentro(#ChupaFox) e ser bem esperto pra um carro 1.nada, pode ter atrasado na aposentadoria, mas no interiorzão do Brasil cumpre a função de transportar 4 pessoas + malas muito bem, obrigado sem ter o perigo de parar no meio da estrada por algum problema simples...(DJunior GT)

    ResponderExcluir
  16. Adeus... Já vai tarde, muito tarde!!!!

    ResponderExcluir
  17. As pessoas são hipócritas, malham o Mille, mas parecem que esquecem quem foi que desenhou o Mille e o Golf. Falam que está velho, mas é tão velho quanto o Gol G4, mas malham só porque é Fiat. Ambas (Fiat e VW) tem plataformas muito velhas em linha, e se não fosse pela lei, as duas marcas manteriam esses modelos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dos poucos comentários coerentes por aqui, parabéns! Além do mais, todos insistem em dizer que o Uno é um carro inseguro pelo simples fato de não ter ABS ou Air Bag. Grande parte dos "motoristas" aqui nem sabe utilizar um freio com ABS...eletrônica não faz milagres, e o monobloco do Uno é muito resistente sim, tanto ou até mais do que muitos modelos aprovados com 500 estrelas em crash tests bestas...

      Excluir
  18. Pois é... O Uno teve grande importância sim, afinal, é mais um exemplo da escola do mestre Giugiaro... Pena que quando foi reestilizar o Uno BR lá em 1991 (Nem cito esta última bizonhice inventada na terra da Dilma), a Fiat não trouxe EXATAMENTE as formas do Uno ITALIANO de 1989, que foi inspirado no Fiat Tipo. Creio que até hoje seria muito mais bonito e com uma cara de carro maior do que este que vemos andando pra todos os lados com escadas ao teto e adesivos de operadoras de celular e TV a cabo...

    Para quem nunca viu, Ai vai um link: http://www.virtualtuning.it/images/fotomontaggi/vt_4864_01.jpg

    Ou se o link não funcionar, digita lá no tio Google: Fiat Uno 45 (ou 60, ou 75 ou Selecta...). Praticamente um "mini-Tipo".

    Obrigado Uno e tenha um bom descanso! E que venham carros melhores e justos um dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Uno teve sim sua grande importância, a Fiat no Brasil que não investiu nele, mas ele foi um ótimo carro na sua época, mas tem o preconceito que é Fiat.

      Excluir
  19. Assim como a Volkswagen,com a (kombi) vão perder uma receita bruta bem alta,se colocaram as esperanças no novo modelo tão morto,frotista não compra,só estranhos compram,aqui na minha região, pra min o único veiculo que a Fiat saber Fazer com robustez é o mille. bem agora é tarde..
    (F)ui (I)nganado (A)gora é (T)arde

    ResponderExcluir
  20. Essa versão deveria ser chamar "Vai con Dio" ou "Fino a non più"

    ResponderExcluir
  21. Faltaram as rodas 14"... e deveria ter edições realmente limitadas, tipo o Golf GTI VR6 de 99 unidades.. e tinha que ter Uno Turbo, Uno 1.6 R, Mille... e acho que só... mas não, não podiam fazer uma despedida como a da Kombi, encalhou mas realmente fez a homenagem que merecia!

    ResponderExcluir
  22. um grande carro quem teve nunca esqueceu tive 12 uno mille tenho 62 anos nunca mi deixou na mão sempre cuidei como se fosse uma pessoa da família eu acho que pela ultima versão era pra ser mais caprichado mais fazer o que a vida e assim que venha os novos carros de plásticos

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.