Car.blog.br

Pesquisar este blog

Mercado automotivo cresce acelerado no governo Temer

Categorias: , 31 Comentários

A Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores divulgou o desempenho do setor automotivo no mês de agosto e do acumulado de 2017. De acordo com o levantamento realizado pela entidade, o total de emplacamentos no mês de agosto foi 14,76% maior que o registrado em julho.

Mercado automotivo cresce acelerado no governo Temer

Ao todo, foram comercializadas 305.221 unidades em agosto, contra 265.967 em julho deste ano. Em relação a agosto do ano passado (275.994 unidades), ocorreu alta de 10,59% e, no acumulado de janeiro a agosto 2016/2017, houve retração de 2,99% para todos os segmentos somados (carros, comerciais leves e veículos pesados). Foram emplacadas, de janeiro a agosto deste ano, 2.076.562 unidades, contra 2.140.532 no mesmo período do ano passado.

O resultado apurado em agosto é reflexo da percepção, por parte de consumidores e investidores, na melhora da economia com as medidas implementadas pelo governo Temer. A queda nas taxas de juros e as boas notícias na retração do desemprego, fizeram com que a confiança do consumidor aumentasse. Isso fez com que as vendas em dias úteis, agosto (23 dias) comparado a julho (21 dias), fossem positivas em 4,8% na soma de todos os segmentos.

Automóveis e comerciais leves bombando

Os segmentos de automóveis e comerciais leves também apresentaram alta de 17,36% nos emplacamentos em agosto. Foram emplacadas 209.871 unidades, contra 178.821 em julho. Se comparado com agosto de 2016 (178.088 unidades), o resultado aponta alta de 17,85%.


No acumulado do ano, esses segmentos cresceram 5,84%. Foram comercializadas 1.380.088 unidades nos primeiros oito meses de 2017, contra 1.303.956 no mesmo período de 2016. "Além dos demais fatores positivos já citados, a influência na melhora da inadimplência começou a refletir, diretamente, na aprovação de crédito para compra destes veículos. As vendas diárias registraram um crescimento de 7,1% em agosto, com relação ao mês anterior, o que reforça a confiança da entidade no crescimento destes segmentos para o ano de 2017", explicou o presidente da Fenabrave.

Contratações e fim dos lay-offs e novas contratações

Com o crescimento do mercado automotivo, cerca de 25 mil empregados estavam em layoff ou PSE (Programa de Seguro Emprego) já estão retornando a seus postos de trabalho. Atualmente mais da metade já voltou às atividades.


A Volkswagen já anunciou que sua fábrica de São Bernardo do Campo (SP) vai operar em capacidade máxima a partir deste ano, para a produção do Polo e Virtus. Na unidade de Taubaté também finalizou-se o turno reduzido, em decorrência de aumento de vendas de Gol e Up!, especialmente para exportações.


A Renault contratou 700 novos funcionários para a produção do Kwid, e já planeja abrir mais 600 postos de trabalho. A MAN, subsidiária de caminhões da VW, em Resende, contratou 70 funcionários para um aumento na produção.

31 comentários:

  1. Se o mês de Setembro de 2017 tiver crescimento em relação a Agosto de 2017, aí sim iremos ver realmente um crescimento. No mais, até agora parece ser ainda um reflexo do FGTS que foram liberados. Sem contar que muitos desses carros é exportação, que tem batido recordes de vendas. O mercado interno mesmo não cresceu tanto assim. É esperar para ver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O dinheiro do FGTS na maior parte das contas é ridículo, e não dá para comprar carro. E foi usado principalmente para quitar dívidas.

      E mais. O FGTS acabou em maio, e desde então as vendas estão crescendo e crescendo.

      O efeito de vendas agora é decorrente de: aumento da confiança, queda do desemprego, queda das taxas de juros, e fim da recessão.

      O governo do Temer tirou o Brasil do desastre que o PT tinha enfiado o Brasil.

      Desde que o Temer assumiu a inflação desabou de 10,6% ao ano para menos de 3%. Os juros caíram de mais de 14% para 9,25%, e vão cair para 8,25% na próxima reunião do Copom.

      O crédito está voltando forte.

      A economia com o PT estava em recessão de 4%, e agora, desde que o Temer assumiu, está crescendo 1%.

      O desemprego está caindo no Brasil inteiro. A taxa de desempenho está caindo a media de 1% ao mês.

      E com inflação mais baixa, a renda está aumentando.

      Todas as montadoras estão contratando. E ampliando a produção.

      Esse resultado não é atoa. Ele é apenas o começo do ciclo virtuoso na economia iniciado com o fim do governo do PT.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Desta vez sou obrigado a concordar 100% com o Carlos, os índices de queda inflação, de crescimento do PIB e decrescimo do desemprego não mentem,

      Excluir
    4. Dilma queria ensacolar vento. Lula só faz marola. Bolsonaro trará o crescimento para o BRASIL.

      Excluir
    5. Agosto teve 23 dia úteis e o FGTS, que foi pago até Julho influiu sim, mas Agosto tradicionalmente é um mês onde começa um crescimento que sempre acontecee no último quadrimestre motivado por maior otimismo com final do ano

      Excluir
    6. E o preço da gasolina vai no vácuo. kkk. R$4,30 aqui no DF já.

      Que governo, que presidento!

      Excluir
  2. Qualquer coisa cresce sem o facçao criminosa do PT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bem assim. Tirasse o PT e colocasse um incompetente populista, daria na mesma.

      O mérito é todo de Temer e sua equipe econômica.

      Quem tirou a Dilma? O Temer.
      Quem escolheu e nomeou o Henrique Meirelles? O Temer.
      Quem nomeou e escolheou o Ilan Goldfajn? O Temer.
      Quem escolheu o Pedro Parente para a Petrobrás? O Temer.
      Quem conseguiu a aprovação da Reforma Trabalhista? O Temer.
      Quem conseguiu a aprovação do teto de gastos? O temer.

      Então o mérito é do Temer.

      Excluir
    2. Em menos de 6 meses, seu governo conseguiu aprovar 54 medidas importantes, uma a cada 3,3 dias. Sensacional!
      1. Cria uma consciência de controle de despesas federais por 25 anos, e provavelmente para sempre.
      2. Lei das Estatais proibindo dirigentes partidários serem indicados a estatais, e só administradores competentes ou profissionais com 10 anos de experiência no setor. Fim dos Sergios Gabriellis e Lucianos Coutinhos que nunca trabalharam numa empresa na vida.
      3. Lei da Repatriação regularizando 200 bilhões de dólares que lentamente voltarão para o Brasil.
      4. Facilitou a contratação de empregados pelas empresas reduzindo multas por demissão.
      5. Aprova a Lei sobre o Sistema Nacional de Controle de Medicamentos:
      6. Economia voltou a crescer 2,8% nesse último trimestre comparado com 2015.
      7. Introduziu a prática de custo-beneficio, única forma de avaliar novos programas sociais. Novos programas sociais só poderão ser implantados se seu custo benefício for maior do que os planos governos passados com menor efetividade.
      8. Implantou auditoria no Bolsa Família, jamais feito antes e detectou mais de 1,1 milhão de fraudes. Renda do beneficiado não era verificado por Nelson Barbosa, "a gente tem que confiar nas pessoas" dita para um amigo meu.
      9. Corta 5.000 cargos de comissionados a membros do PT. Todo petista filiado era obrigado a doar 10% de seu salário público ao PT, o que era motivo de escolha preferencial.( Art. 184 do Estatuto do PT. "Filiados e filiadas ocupantes de cargos comissionados, deverão efetuar uma contribuição mensal ao Partido, correspondente a um percentual do total".)
      10. Reduziu o risco Brasil de 400 para 325, em 20%.
      11. Reduziu a inflação de 0,44 para 0,18 ao mês em Novembro.
      12. O Real se valorizou 17%.
      13. Voltou a prestigiar o Terceiro Setor, designando Marcela Temer como porta voz, enquanto a Dna. Marisa Letícia não levantou um dedinho em 8 anos para apoiar o Terceiro Setor.
      14. Valor de nossas empresas valorizou 39%, contra queda de 50% na gestão Dilma.
      15. Salvou a Petrobras desobrigando-a de vultosos aportes ao Pré-Sal, que ela jamais conseguiria fazer, postergando o projeto.
      16. Criou condições de Desestatização de tudo que não é estratégico e que o setor privado é capaz de fazer melhor. Lei 13.303.
      17. Demitiu centenas cargos de confiança do PT, por profissionais leais ao povo brasileiros e não ao PT.
      18. Colocou em discussão a Previdência no intuito de por fim à exploração escravocrata da população jovem onde os mais velhos e espertos se aposentavam às custas da contribuição das futuras gerações.
      19. Fez auditoria no Auxílio Doença e detecta 8.884 auxílios fraudulentos.
      20. Tentou cortar a prática do PT de antecipar o 13o. salário a aposentados em Agosto, passando para Dezembro como todo mundo. Câmara vetou.
      21. Proíbe a Dilma o uso de Avião Presidencial durante seu afastamento. Farra com dinheiro dos outros.
      55. Passa a usar esse avião para transplantes e remédios urgentes. (Contribuição posterior de leitor)
      22. Amplia o ensino médio para tempo integral, como no resto mundo.
      23. Cria a possibilidade de matérias optativas.
      24. Cria a categoria de Ensino Médio técnico e Profissional para aqueles que não querem um Diploma Universitário inútil.
      25. Tentou Revogar a Lei Rouanet que doou 9 bilhões de reais aos artistas, especialmente os que cantavam "de graça" nos comícios do PSDB e PT .Durou 20 anos essa mamata.

      Excluir
    3. 26. Corta os 11 milhões por ano a 15 blogs que só defendiam descaradamente o PT e usados para atacar a democracia.
      27. Corta pela metade verbas para Reforma Agrária, fonte de sustentação indireta do MST. Agricultura emprega somente 1% da população, o MST deveria lutar por Mais Serviços, que emprega 70% da população.
      28. Corta a ampliação de 230 aeroportos, que beneficiariam somente os ricos e as empreiteiras, para 50.
      29. Cria o Ministério de Fiscalização e Controle.
      30. Obrigou o varejo a diferenciar seus preços em "preço a vista" e "preço a prazo". Esse é o primeiro passo para finalmente nossos economistas calcularem corretamente a inflação, batalha minha de mais de 40 anos. Por 40 anos nossos Institutos calculavam a inflação usando os preços a prazo 10 x no cartão, e não os preços a vista. Vide a Absurda Superestimação da Inflação.
      31. Estancou o brutal crescimento da Dívida do Estado pela equipe de gênios da Dilma de 50% para 70% do PIB.
      32. Estancou o irresponsável aumento dos juros da Dilma, de 11% na sua posse até 14,15 na sua demissão democrática e começou o descenso, hoje 13,90%.
      33. Com a economia feita detectando 1 milhão de Bolsa Família fraudulentas aumentou em 12% o valor do Bolsa Família.
      34. Renegocia dívidas do Estado que o governo Dilma quebrou.
      35. Exigiu Austeridade nos Gastos do Governo.
      36. Reduziu finalmente o número de Ministérios e Ministros.
      37. Voltou a financiar o FIES em R$ 1,6 bilhões, suspenso por Nelson Barbosa.
      38. Eliminou as despesas de 2% de comissão bancárias do FIES, doravante a serem pagas pelas Escolas. Economia de 400 milhões.
      39. Reduziu os juros para financiamento imobiliário.
      40. Reduziu as alíquotas de importação de 275 tipos de máquinas e equipamentos. A sanha arrecadadora do PT que taxava até tecnologia moderna, que são essas máquinas de última geração.
      41. Fim dos subsídios do Preço dos Combustíveis, maneira do PT manipular a inflação.
      42. Nomeação de um gestor competente na Petrobras, Pedro (Turn Around ) e não um Professor de Economia.
      43. Nomeou um gestor competente Henrique Meirelles para a Fazenda em vez de um Professor de Economia.
      44. Nomeou uma gestora competente para o BNDES, Maria Silva em vez de um Professor de Economia.
      45. Tentou expulsar Venezuela do Mercosul, que vetava tudo que não fosse de interesse do PT.
      46. Aumentou de 60 para 120 meses o pagamento de tributos de empresas com problemas de caixa.
      47. Reduziu impostos para 270.000 empresas no Super Simples.
      48. Extinção do Fundo Soberano criado por Guido Mantega, que ao contrário de Angola não tinha Auditoria Externa. O Tribunal de Contas criticou duramente "Ausência de uniformidade dos cálculos realizados pelos servidores do FSB ao longo do tempo, bem como ausência de monitoramento e conferência dos cálculos pela hierarquia superior", isto é, Mantega.
      49. Redução em R$ 100 bilhões da carteira do BNDES, aumentando pelo PT para favorecer 20 famílias brasileiras com juros subsidiados.
      50. Dobrou o número de seguranças para 44.000 na Olimpíadas, e liberou mais R$ 78 milhões para segurança. Lembre-se o temor de terrorismo que havia enquanto Dilma era presidente.
      51. Sanciona Lei que simplifica o trâmite dos processos judiciais.
      52. Sanciona Lei que amplia o poder de investigações das CPIs.
      53. Sanciona Lei que renegocia dívida de produtor atingido pela seca.
      54. Sanciona Lei que reduz impostos de médicos a partir de 2018.

      Excluir
  3. O FGTS que eu recebi da minha conta inativa não deu nem pra comprar um pneu novo.

    ResponderExcluir
  4. N sabia q além de fan boy de montadora,tínhamos um lunático por política adorador do "salvador" temer

    ResponderExcluir
  5. E eu achando que o problema mental desse rapaz se reduzia à sua fixação pela vw. Bom, fica claro que o energúmeno tem um herói. Tá realmente na hora de vc procurar um psiquiatra, rapaz.

    ResponderExcluir
  6. Não sei onde o Carlos achou esse texto tão grande para copiar e colar aqui, mas pelo menos está escrito só verdades!
    Se a Dilma continuasse no poder já não existiria governo e nem economia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seríamos mias uma república bolivariana ou qualquer coisa similar a isso. De qualquer forma, LIXO. Não quero vermelho na bandeira.

      Excluir
  7. Espera só a bomba do Inovar Auto acabar. Vai crescer ainda mais.

    ResponderExcluir
  8. Como será o crescimento do setor automobilístico em 2019 com o Bolsonaro no poder? Você tem alguma previsão, Carlos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se pode prever. Mas, se o lulopetismo voltar, a economia quebra de vez. Gastador e ladrão.

      Excluir
  9. Correção a Man não contratou 70 pessoas ela reintegrou 70 funcionarios que estavam de lay off
    E pra quem trabalhou em montadora e ainda trabalha sabe o quanto ainda está longe do que foi 2012 só daqui uns 5 anos

    ResponderExcluir
  10. KKK eu pensei que ele fosse só fanboy da VW, mas vi que é fanboy do presidente Michel Mala com dinheiro Temer.

    ResponderExcluir
  11. Só vamos saber se essa melhora no mercado automotivo vai se consolidar depois de pelo menos 6 meses com números crescentes. Se em setembro permanecerem estáveis ou caírem, é voo de galinha mesmo...

    ResponderExcluir
  12. Já que o Carlão sabe tanto de economia e de carro, ele pode nos responder!

    1 - Porque o carro nos EUA que só tem otário como ele diz é mais barato que no Brasil?

    2 - Porque a China que só faz porcaria como ele diz, tem dezenas de montadoras nacionais

    e no Brasil não tem?

    3 - Porque nossos carros são mais caros inferiores que em outros países que nem produzem carros,

    se temos um mercado Gigante em relação à grande maioria de países?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk isso ele não responde... carlos um lunático pela vw agora se metendo a economista... essa é boa...

      Excluir
  13. e os carros de qualidade , precisa ver os números..galera só comprando carro popular..muita gente tem carro...a galera quer carros melhores...só número de eomplacamento...com todo respeito aos populares, uma coisa é emplacar um mercedes...outra é um carro de entrada

    ResponderExcluir
  14. E poderia estar bem melhor se o MPF não estivesse obcecado em tirar o Temer do poder para enterrar a Reforma da Previdência (que afetará os servidores públicos) e retaliá-lo por ter dado reajuste para todos servidores federais exceto os Juízes Federais e Procuradores do Ministério Público da União.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.