Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda Civic 2017: lucro da concessionária é de R$ 20 mil

Categorias: , 81 Comentários

A chegada do Novo Honda Civic 2017 ao mercado brasileiro veio acompanhada de boas impressões pela estética agressiva e bom acabamento, mas teve como surpresa negativa o nível de preços - bem mais elevados que os da geração anterior, e também em relação ao segmento de sedãs médios, o que é resultado da estratégia de lucrar o máximo possível por unidade vendida, e de não disputar a liderança com o Corolla.

Novo Honda Civic Touring 2017

Em relação ao lucro, segundo o jornalista Sergio Quintanilha (veja aqui), as concessionárias pagam pela versão topo de gama do novo Civic 2017, a Touring, R$ 104.900 reais, e a revendem por R$ 124.900 reais, o que representa um lucro de R$ 20 mil reais em cada unidade vendida.

Novo Honda Civic Touring 2017

Melhor ainda, para a Honda, e para as concessionárias, que é exatamente essa versão mais cara e lucrativa a que representa a maior parte do mix de vendas. Até o momento, o Civic Touring 1.5 Turbo respondeu por 30% das vendas do modelo.

Novo Honda Civic Touring 2017

Já as versões intermediárias, EX e EXL, representaram 56% das vendas, enquanto o modelo de acesso, Sport, ficou com 14%. O deslocamento para cima do mix de vendas é também um bom resultado (versões mais caras são mais lucrativas) para a Honda, que esperava uma preferência de 28% pela Touring, 48% pelas EX e EXL e 24% da Sport.



Entretanto, se o mix de vendas está trazendo boas notícias, as vendas totais ainda estão abaixo do esperado. O Civic vendeu 2.820 unidades no mês de lançamento, mas teve ajuda da pré-venda. Em em outubro, porém, suas vendas devem cair para algo em torno de 2.650 unidades - retração de 6% sobre setembro - ainda distantes da meta de emplacar cerca de 3.000 unidades / mês.

Postagens relacionadas:

81 comentários:

  1. Só a Honda que lucra 20k em um veículo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem ta lucrando 20 mil é a concessionaria, a Honda deve ta lucrando uns 35 mil. Esse carro custa para a montadora uns 35 mil. So no Brasil que eles exploram assim, pq é o unico lugar que tem bastante bobo que paga 125 mil num Civic. O pior de tudo, é que a maioria desses que pagam esse valor estratosferico nesse carro, ainda financiam kkkkk. Cara classe media, quer pagar de rico, alem de dar de mao beijada 75 mil de lucro pra Montadora e Concessionaria, ainda paga juros pro banco kkkkkk, tem que se lascar msm, pq se realmente tivesse condicoes, pagaria 20 mil a mais e compraria um BMW. A cereja do bolo sera daqui 2 anos que tera pagado com os juros, uns 135 mil pelo carro e ira entrega-lo na troca pra concessionaria a 80 mil kkkkk

      Excluir
    2. Então irmão, como faz? Quem quer comprar um carro faz como? Comprar carro seminovo, primeiro precisa que um idiota o compre 0km para vender depois... Vai andar de popular basicão? É complicado cara...

      Excluir
    3. O que de fato quase ninguém lembra é a conta da manutenção de um carro desses. Esquece de calcular o valor que irá gastar além do carnezão do banco, taxas com manutenção, seguro, etc. Pensa que por ser um carro zero, pronto, "seus problemas acabaram", kkkkkk.

      Excluir
    4. Nem todos financiam. Nem todos vivem apertados. Não projetem.

      Excluir
    5. Por isto Félix
      Ando de up TSI e achei caro o preço e seguro
      Mas a manutenção até q não está ruim por ser turbo na..

      Excluir
    6. A montadora é quem define os preços, até os descontos dependem de aprovação delas. Uma coisa eu sei, que 50% ou + é lucro certo entre montadora e css, brasileiro paga

      Excluir
    7. Eu já disse. Audi A3. Mas os trouxas não ouvem.

      Excluir
    8. Tudo se resume ao trabalho de planilhar todos os valores, segundo as perspectivas de cada um.
      Semana passada avaliei 9 modelos de escolhas desde sedãs médios (Cruze LTZ2, Civic Touring) até BMW 328i (2015/2016), SW4 e Trailblazer, Audi A3 2.0 TFSI (A3 1.4TSI é uma péssima escolha). Mas esperarei a cotação do Jeep Compass 2.0 TDi.
      Até agora tudo me levou a escolher o BMW 328i, até porque é um repasse de um amigo meu e está fazendo por um preço mais acessível, mas outros aspectos vão do contra, principalmente, seguro e plano de manutenção dos importados.
      A3 2.0 TFSI também não fica atrás, apesar de montado no BR.

      Algumas conclusões foram bastantes esclarecidas na cotação do seguro:
      1) SW4 pelo mesmo ano da Trailblazer é bem mais caro, mas desvaloriza menos. Seguro fica praticamente o mesmo valor. O que penaliza o seguro da Trailblazer fica por conta da confiabilidade, evidenciado no custo do guincho (R$ 84,00 ante os R$ 288,00, nas mesmas configurações).
      2) dentre os sedãs médios, o Cruze segue na preferência, mas no balanço das contas a diferença com o Civic Touring fica bem pequena.
      Numa expectativa de 100 mil km, a diferença de R$ 17 mil cai para menos de R$ 2 mil. Seguro fica praticamente no mesmo valor; Civic Touring economiza anualmente em torno de R$ 450,00 de combustível; plano de manutenção do Cruze alcança R$ 11,2 mil (incluído peças + balanceamento) ante os R$ 7,1 mil do Civic Touring.
      3) dentre os premiun, a vantagem segue com o BMW 328i por conta do valor de aquisição menor e por ser um usado.
      Mas no balanço dos custos de manutenção, pacotes de peças, seguro, combustível, Audi não leva nenhuma vantagem sobre BMW.
      Por esta razão, o Audi A3 1.4TSI não se mostra nem um pouco atrativo perante os sedãs médios. Mesmo o 2.0 TFSI precisaria de pacotes de opcionais para alcançar os mesmos equipamentos do Cruze LTZ2 e Civic Touring, mas o valor salta para R$ 152 mil.
      Para se ter uma noção, os custos de manutenção do A3 é em média de 4x a 5x maior que um sedã médio, custo de seguro maior (+30%~35%) para se levar um carro com barra de torção fica difícil.

      Enfim, se alguém ainda pensa que um A3 é mais interessante que um Civic Touring segue o conselho de colocar detalhadamente tudo na ponta do lápis.
      Nem tudo que parece concretiza o que desejamos ...

      Nos aspectos

      Excluir
    9. Eu também mas olha só porquê eu vc e varios não pode ter

      salário mínimo no Brasil deveria ser de 4.013,08 reais, segundo estimativa apresentada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O número é 4,56 vezes maior que o do mínimo em vigor hoje no país, de 880 reais.

      O cálculo, apresentado mensalmente pelo Dieese, leva em consideração as despesas necessárias para atender as necessidades básicas do trabalhador e de sua família, como estabelecido na Constituição: moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social. Em agosto, a estimativa da entidade foi de mínimo de 3.991,40 reais.

      Segundo a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, feita pelo Dieese em 27 capitais do país, o conjunto dos itens alimentícios considerados essenciais na mesa dos brasileiros ficou mais barato, em setembro, em catorze localidades, ao mesmo tempo em que subiu de preço em treze cidades. O maior reajuste ocorreu em Brasília (2,37%), seguido de Salvador (1,46%), Fortaleza (1,42%) e Recife (1,06%). As maiores quedas, por sua vez, foram registradas em Macapá (-5,18%), Goiânia (-4,31%). Campo Grande (-1,95%) e Belo Horizonte (-1,88%).

      De janeiro a setembro, os maiores reajustes da cesta básica ocorreram em Boa Vista (22,02% e valor de 444,04 reais), Maceió (21,67% e valor de 394,75 reais) e Salvador (21,54% e valor de 381,93 reais). Já as correções mais baixas, nesse acumulado, foram constatadas em Florianópolis (5,89% e valor de 449,05 reais), Curitiba (8,45% e valor de 424,87 reais) e Manaus (9,15% e valor de 401,44 reais).

      Entre os treze produtos pesquisados, os que mais encareceram foram café, mais caro em 24 cidades, a manteiga (em 22 capitais), o arroz e a carne bovina de primeira (ambos em vinte). Já entre os itens com as quedas mais expressivas frequentes estão a batata (em onze cidades) e o feijão (em 21).Cidades

      Excluir
    10. Eu no lançamento desse último modelo ia comprar um novo, achei muito caro, dois anos depois comprei um semi novo por 60.000 agora consegui vender pelos mesmos 60.000 ou seja melhor deixar o preço estabilizar pra comprar se nenhum doido comprar de cara o preço vai cair respeito o pensamento de todos más e assim quê penso

      Excluir
  2. R$ 125k nesse Civic Touring? Na boa, quem compra precisa ser internado.

    Por R$ 123k tem o Golf GTI que é superior a esse Civic em tudo. Tudo, tudo e tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente vc esta absolutamente certo

      Excluir
    2. O Golf GTI custa 125.970, olhe no site. Ele é, tbm para mim, melhor opção, mas se ja é difícil encontrar um 1.4 com o valor de entrada e sem pacote opcional... imagine encontrar um GTI por 125.970 sem pacote algum.

      Excluir
    3. Thiago. GTI são 6 meses na fila pra colocar a mão num 0km. Sds

      Excluir
    4. Golf GTI é um hatch.
      Quem procura um sedã busca o principal diferencial sobre um hatch: porta-malas.

      Talvez se a VWB trouxesse o Lamando GTS pelo mesmo preço do Civic Touring poderia trazer argumentos favoráveis à alemã.
      Caso contrário, qualquer descritivo comparativo entre sedã e hatch médios é dar bom dia a cavalo ...

      Excluir
    5. Não tem como comparar o Golf GTI que é um hatch alias um belíssimo hatch que custa aqui 135mil. Eu mesmo com 1 filho é inviável não cabe nem a cadeira dele atras do banco não tem porta malas enfim é fora de consideração.

      Excluir
    6. Pra um cara que já comparou VW UP! com FIAT TORO até que tá mais no rumo comprar o Civic com Golf kkkkkkk

      Excluir
    7. Lupa, tenho cadeirinha grande da britax, com um filho e sim, ela cabe tranquilamente e o p malas é mais que suficiente para 1 filho. Aliás o espaço interno do golf é fantástico. Maior que focus, Civic e Corolla nas versões passadas e se nao igual, próxima à do Jetta. Mas se este espaço não dá p vc, será necessário um grande (fusion passat, etc) ou uma van, pq estes crossovers compactos, são compactos.

      Excluir
  3. Eu sou a facor do que a honda faz, quem n estudo compra mesmo entao ta tudo certo! Chapeu de otario e marreta

    ResponderExcluir
  4. uem ta lucrando 20 mil é a concessionaria, a Honda deve ta lucrando uns 35 mil. Esse carro custa para a montadora uns 35 mil. So no Brasil que eles exploram assim, pq é o unico lugar que tem bastante bobo que paga 125 mil num Civic. O pior de tudo, é que a maioria desses que pagam esse valor estratosferico nesse carro, ainda financiam kkkkk. Cara classe media, quer pagar de rico, alem de dar de mao beijada 75 mil de lucro pra Montadora e Concessionaria, ainda paga juros pro banco kkkkkk, tem que se lascar msm, pq se realmente tivesse condicoes, pagaria 20 mil a mais e compraria um BMW. A cereja do bolo sera daqui 2 anos que tera pagado com os juros, uns 135 mil pelo carro e ira entrega-lo na troca pra concessionaria a 80 mil kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fev vc e o kr

      A Honda auto existe pra bobo eu vc e muitos ligado da é pé nos fundilhos dele

      Vou olhar o preço em outros países e postar já já


      Excluir
  5. 2.800 unidades nesse momento do país para um sedã médio, que começa em 89 mil não é pouco não!

    ResponderExcluir
  6. Eu ia comprar o civic. NOvo porém larguei mão por esse preço e vou pegar um usado premium que ganho mais por esses 100mil aí

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. veja bem
      O unico civic que presta é o turbo, mas o preço é insultante
      o aspirado 2.0, não faz milagre ja tive e digo na cidade toma todas, média real andando numa cidade congetinonada do estado de São Paulo com população acima de 160.000 habitantes, ou seja tem semaforo e com tempo de espera longo, no alcool 4,5 a 5,5(relando o pé ) e na gasolina 7,8 a 8,5
      sem chance a não ser que vc goste de queimar seu dinheiro
      bom pense num turbo com starstop caso trafegue em cidades média e grandes

      Excluir
  7. 124.900 se é louco!!!
    Da pra andar de Audi bmw Mercedes!
    Carro alemão outro nível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, aqui no estado de SP precisamente em SP na capital vc compra um bmw série 3 o 320 por 148.000, caso pechince vc leva por 135.000
      veja que o 320 tem um turbo 2.0 e caso queira andar é só trocar o chip e vc tem em torno de 250~280 cv de potencia, tem varias oficinas que fazem o serviço e digo é ridiculo é trocar uma placa integrada

      Excluir
    2. Duvido achar Audi, Bm e Mercerdez, com o mesmo pacote de opcionais, pelo preço do Civic.

      Excluir
    3. Só por curiosidade, vcs fazem conta da manutenção dos carros na hora da compra?

      Excluir
    4. O mercado de usados Premium é bem grande, o mais legal é que a maioria tem um ou dois anos com quilometragem até baixa, logo compensa mais comprar um Premium usado com baixa quilometragem e ainda na garantia, do que dar tudo isso no Civic.
      É só dar uma procurada, esses dias mesmo vi um anúncio de um CLA 200 com 1250 km rodados e ainda na garantia de fábrica, e estava com quase o preço desse Civic.

      Excluir
    5. Assim como descrevi logo acima tudo deve ser devidamente ponderado.
      Não há como afirmar às cegas o que compensa ou não perante uma compra baseado apenas no valor de aquisição.
      Quem busca um produto premium é quem realmente tem condições para mantê-lo e não simplesmente porque tem algum valor para adquirí-lo.
      Custo de manutenção (preventiva e corretiva) e seguros dos produtos premium são elevadissimos, além da assistência técnica restrita.

      Excluir
  8. Carro no Brasil, qto mais caro for, maior o prejuízo..pois, junta-se depreciação, seguro, IPVA.. então, quem compra um carro acima de R$ 60 mil no nosso país, é um sujeito que está disposto a TORRAR dinheiro sem dó.

    ResponderExcluir
  9. 20K são 19%. Não acho tanto assim porque para isso ser a margem bruta ainda falta retirar os impostos. Depois tira comissões e os mais diversos custos fixos e variáveis de uma concessionária. Aí sim podemos falar em "Lucro". Claro que deve sobrar uma boa grana, mas falar em 20k de lucro está bem fora da realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro, concessionaria nao calcula gastos com venda de carros, ela embuti esses custos no preço dos serviços. Desses 20 mil, montadora paga 500 de comissao pro vendedor, o resto, 19500 é lucro liquido dela. Tanto é isso, que tem Concessionaria de outras marcas que recebe carro a 90 mil e o vende a 92 mil. A maioria das concessionarias lucram na faixa de 5 mil na venda de carro na faixa de 90 mil.

      Excluir
  10. Encontra-se BMW 320 2014 a 90 mil e 2015 por 100, 105 mil. Fiz test drive nesse Touring, achei que o motor deixa mt a desejar, por ser turbo, principalmente em retomda de 40 a 100 km. Quem gostou desse carro e quer comprar, so vale a pena se for no maximo 100 mil reais. So deixar de ser bobo e oferecer 100 mil, as concessionarias nao conseguindo vender, logo logo a honda abaixa o preço pra concessionaria de 105 mil pra 95 mil, e a concessionaria o vende a 100 mil. Simples assim, so os bobos comecarem a ficar espertos e pararem de comprar!

    ResponderExcluir
  11. Mas a culpa pelos altos preços por aqui é dos impostos... Ô inocência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É deles também, a inflação é imposto disfarçado, e a inflação acumulada nos últimos 3 anos foi de uns 30%.

      Excluir
  12. Honda sempre faturou alto em seus modelos, as concessionárias são minas de dinheiro, Toyota não é muito diferente, todas as outras marcas sonham em ganhar o que ela ganha no volume que vende, nenhuma novidade, não é exclusividade de civic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E tão erradas? Se as outras tivessem competência pra tal, fariam o mesmo. É um negócio, não é assistência social.

      Excluir
    2. Nelsão, e aí, disposto a encarar um? Abração

      Excluir
  13. E a manada aqui em Porto Alegre (as duas concessionárias são do mesmo dono) paga ágio em qualquer carro da Honda, sob alegação da maior alíquota do ICMS no RS. E quase gozam quando a "promoção" faz o carro custar o preço sugerido no site.

    ResponderExcluir
  14. O Mundo não vai acabar se nós consumidores deixássemos de comprar carro zero km por uns 6 ou 12 meses, quero ver pra onde vão parar esses preços, com todo respeito aos trabalhadores das montadoras, mas tenho a impressão que somos, consumidores brasileiros, somos os únicos otários deste planeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí meu caro, as montadoras, principalmente a Honda, fazem isso pq têm certeza que tem mt brasileiro otario que paga esses preços estratosféricos delas. Pq que no Mexico o Civic Touring custa o equivalente a 64 mil e aqui custa 125 mil? Nada de imposto a mais, la o imposto é 20%, aqui 30%, colocando os 10% de impostos a mais daqui, la o preco ficaria em 73 mil, esses 52 mil a mais é o LUCRO Brasil, que elas têm certeza que muitos trouxas irão pagar.

      Excluir
    2. Ninguém é otário, não, jovem, nem trouxa. As pessoas apenas e simplesmente PODEM comprar. É realmente uma pena que você não possa e, do alto da sua esperteza e de dentro do ônibus ou do seu carro usado e pelado ou mesmo a pé,você tenha de contemplar "os otários" de carro zero, confortáveis em bancos de couro e refrescados por ar condicionado digital duas zonas. Infelizmente os otários estão no Brasil e n podem ir aos EUA ou México ou seja lá onde for comprar veículos pela metade do preço com que são vendidos no Brasil. Não existe nem nunca vai existir essa rebelião tola de "deixar de comprar carros zeros para os preços baixarem". Vc só defende essa revolução infantil e irrealizável porque não pode comprar. Aí parece que consola chamar quem tem poder aquisitivo de otário, né? Quem compra não compra pq gosta de pagar mais caro. Paga pq, infelizmente mora no Brasil. Mas ainda assim, gracas a Deus, pode comprar.

      Excluir
    3. Parabéns, Anderson Paiva. Sempre esse mimimi de que cara não tem grana, se endivida pra fazer pose, blábláblá. Compra quem quer e quem pode. Cada um faz o que quer com seu dinheiro e não precisa ficar ouvindo chororô de miserável que queria poder ter e não pode!!! Esse papo imbecil de "vamos boicotar e não comprar carros 0" é a coisa mais idiota e sem nexo que já li na vida. PARABÉNS NOVAMENTE, ANDERSON

      Excluir
    4. Muito bom comentário ANDERSON PAIVA. Falou tudo. Tem gente pobre de espírito demais. Eu não posso mas não fico com
      Chororo. Se eu tivesse ou quando tiver eu comprarei.

      Excluir
    5. Nota dez para seu comentário Anderson, é bem isso mesmo, os mesmos q choram estao procurando esses carros de 80, 100, 125...mil para comprar de segunda mão, seja a vista ou financiando, não sabendo eles que estão contribuído com os lucros e fazendo a máquina da compra e venda girar...ou nem sequer compram e só entram aqui pra chamar os outros de "otários", e como vc falou felizes e sendo contemplados pelos q ficam de mimimi.

      Excluir
    6. Esse argumento do Anderson é totalmente condenável. Vai chegar um ponto, isso se já não chegou, que pessoas as quais se intitulam detentores de recursos não ter como arcar com o custo de um carro 0km.

      É esse tipo de indivíduo que torna o mercado precário a cada ano que passa, para não deixar de continuar comprando a solução é fazer um Downgrade e assim sucessivamente; trouxa seria algo vazio, mas definir como alienado seria algo próprio de um indivíduo que não reflete o momento que vivemos, a maioria no Brasil não tem como parar de trabalhar e viver de rendas, ou seja , o cara que pode perder emprego, falir a empresa ou ter qualquer imprevisto que mude sua vida, a escolha é de cada qual, mas sem hipocrisia.

      Excluir
  15. Isso aí meu caro, as montadoras, principalmente a Honda, fazem isso pq têm certeza que tem mt brasileiro otario que paga esses preços estratosféricos delas. Pq que no Mexico o Civic Touring custa o equivalente a 64 mil e aqui custa 125 mil? Nada de imposto a mais, la o imposto é 20%, aqui 30%, colocando os 10% de impostos a mais daqui, la o preco ficaria em 73 mil, esses 52 mil a mais é o LUCRO Brasil, que elas têm certeza que muitos trouxas irão pagar.

    ResponderExcluir
  16. 20 mil não é lucro, é margem bruta. Não pensem os entendidos que peças e serviços sustentam uma concessionária. O custo financeiro é alto, e tem o usado que se pega, e tem que dar fim nele, e ainda por cima dar uma certa garantia no usado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo visto vc nao deve ser 1 dos trouxas que paga esses valores exorbitantes aqui do Brasil, deve ser um dos espertoes dono ou concessionaria ou vendedor de alguma. N importa meu caro a margem que se tem com lucro bruto de 20 mil num Civic, em qq outro lugar do planeta nem a Honda tem uma margem dessa em veículo algum, quiça concessionaria, 7 mil de margem bruta já estaria mais do que ótimo para concessionaria. Vem falar de usado? Kkkk, faz me rir, pegam 1 carro de 50 mil na tabela fipe por 40 mil e o vendem por 50 ou mais.

      Excluir
    2. Exato, concessionária, é um negócio, como um supermercado, uma loja de roupas, posto de gasolina, não é uma entidade filantrópica. É feita para dar lucro. Simples assim.

      Excluir
    3. Faz o seguinte: mostra o quanto mais inteligente, genial, brilhante, ponderado, sensato, etc e muda de país, deixa aqui só para nós, trouxas, que ganhamos bem e pagamos o que quisermos, pelo carro que quisermos. E boa, tu estarás livre de toda essa horda ignóbil que te cerca!

      Excluir
    4. Pessoal fala dos preços dos carros nos EUA, e tal e coisa, poderiam ir para lá comprar carro, porém quanto custa pagar uma faculdade lá? Quanto custa uma empregada doméstica? Vai tratar um câncer lá.

      Excluir
    5. É aquela velha história: a grama do vizinho é mais vistosa.

      Se morar nos EUA fosse uma das Maravilhas do Mundo pode ter certeza de que muitos países adotariam as melhores praticas destas receita de sucesso.
      Ninguém fala dos valores exorbitantes dos imóveis nos EUA.
      Uma casa no BR de médio padrão custaria entre R$ 500 e R$ R$ 800 mil. Nos EUA uma casa de similar valor custa numericamente igual ou até mais, mas são em U$S (Quem já assistiu aquele programa Irmãos à Obra sabe o que descrevi).
      E o que falar do custo de condomínio? Muitos já devem ter visto aquele vídeo onde o sujeito mostra brevemente o condomínio onde mora e paga mensalmente U$S +10 mil para se manter num padrão médio de conforto. (Aos que não assistiram basta correr ao Youtube)

      Entendemos que os valores de veículos [e diversos outros produtos] são proporcionalmente muitos caros, mas isso demanda de uma série de fatores que vão desde as poucas opções de veículos de nosso mercado, elevadas cargas tributárias, e negligências por parte do consumidor.
      Não se deve atrelar nossa realidade sob uma ótica obtusa de julgar que a responsabilidade está atrelada unicamente a uma deficiência/falha.
      É o mesmo que tomar o pico do iceberg como sendo a geleira como um todo ...

      Excluir
  17. Eu acho interessante muita gente aqui que acha melhor Audi, BMW, Mercedes semi-nova... mas se estiver fora da garantia, e você precisar de algum serviço/peça na concessionária... é roubo, faca no pescoço! Só terei algum dia carro importado quando puder trocar sempre quando sair da garantia. Quem compra carro importado semi-novo fora da garantia... saiba que vc vai utilizar aquele cartão de crédito sem limite para pagar a conta da concessionária.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa levar BMW, AUDI ou Mercedes em concessionária depois da garantia..Você só precisa levar em um oficina boa como a Hightorq..Eu conheço pessoas que importam peças por um valor bem menor do que é oferecido em concessionárias...É só pesquisar e parar de desculpa para torrar 130k em um Civic...

      Excluir
  18. Usado Premium? Eu chamo de resto de rico!

    ResponderExcluir
  19. Chamo usado premium de RR, resto de rico.

    ResponderExcluir
  20. Quem paga 125 mil num Civic nao precisa comprar usado premium nao, tem tanta grana sobrando que pode inteirar mais 10, 20 mil e comprar um premium zero.

    ResponderExcluir
  21. Civic turbo de 125k

    Me corrijam se eu estiver errado, mas imagino que em 1 ano, +- têm-se:

    Desvalorização: 15k
    Imposto: 4k
    Manutenção: 1k
    Seguro: 7k (assumido como premissa, obviamente depende de muitos fatores)
    Combustível: 15000km x R$3,25/L ÷ 12km/L = 4k (premissas de cálculo assumidas)
    Custo de Oportunidade em relação a um carro popular: 125k - 40k = 85k x 14% a.a. de Selic = 12k

    TOTAL: 43K no 1° ano de perda patrimonial!

    Isso comprando à vista. Se financiar, ainda tem que colocar a taxa de juros.

    Ou seja, nao critico uma pessoa que compra um carro desse tendo condições para isso, mas claramente se observa que o poder aquisitivo da mesma tem que ser mt alto.

    Outra coisa, vejo pessoas dizendo para desconsiderarem o valor do seguro ao se avaliar os custos e despesas de um veículo, mas neste caso a pessoa está incorrendo em risco de roubo e/ou colisão, que na verdade nao pode ser omitido no cálculo de custo.

    ResponderExcluir
  22. Galera, 2 coisas:
    1°- TODAS as montadoras metem a mão, assim como as concessionárias;
    2°- Nós somos os culpados por essas roubalheira.

    ResponderExcluir
  23. Justificando as montadoras e as CCS: Lei da oferta e da demanda, isso é o que rege o mercado. Pra que ganhar menos, não faz sentido nenhum. E qualquer executivo responsável deve lutar pelas margens de sua empresa. Elas garantem a longevidade de uma companhia.

    Justificando quem compra: Não existem só pobres preocupados em aparecer para o vizinho. Aliás, eles são a minoria, pois de dois anos pra cá a farra do boi acabou....Quem compra o carro tem condições e pronto. E não fica racionalizando a compra por isso não faz sentido comparar consumo, hatch com sedã, etc...

    Justificando que fica chamando os compradores de otário, trouxa, etc: Uma classe média frustrada com nível médio de instrução não vai se colocar no lugar do outro. Vai se revoltar, vai rivalizar, vais disputar seus conceitos com outros. É normal. A maioria é medíocre. Nas empresas, no bairro, em todos os lugares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk tem que rir msm, por isso só no Brasil os precos de carros sao esse absurdo, pq tem gente como vc. Pra sua informacao meu caro, se eu quiser comprar 4 Civic desse a vista eu compro, so que, alem de nao ter gostado do motor e cambio do carro, nunca seria idiota de pagar esse valor absurdo. Talvez nessa historia toda, o mediocre seja vc com essa ideia fraca.

      Excluir
  24. Fui a uma concessionária da GM semana passada e fiz o test drive no novo Cruze LTZ, achei o carro razoavelmente interessante e está com um custo-benefício, embora ruim, muito melhor que novo Civic. Simulei interesse em comprar um novo Cruze na versão LT e, à vista, o vendedor disse, sem eu chorar muito, que poderia chegar em 85 mil, sendo que o preço de tabela é 89 mil. Não vou comparar esses modelos com o Golf porque preciso de um porta-malas maior do que o do hatch. Por ora, vou ficar com o meu C4L THP que comprei por 72 mil em 2015, já que sedan médio 0km virou coisa de rico nesse país... eu ainda mantenho um outro carro mais simples que uso pra trabalhar na rua, sem chance de dar qualquer outro passo adiante no atual cenário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ta certíssimo Rafael,tb fiz test drive no Cruze e gostei, retomada mt melhor que a do Civic, so o acabamento interno que deixa 1 pouco a desejar. Me ofereceram o LTZ 1 a 92500. Falei que o maximo que pago nele é 87 mil. O gerente da concessionaria me falou que chegou no limite, mas em janeiro tem possibilidade da Montadora dar 1 bonus de uns 5 mil, pq as vendas estao 40% a menos do que o previsto pela GM. É isso, se nos impormos eles colocam um preço mais justo.

      Excluir
  25. Visualizei vários comentários que por esse preço você pode comprar um premium usado, só que ao cotar seguro do "premium usado" eu quase caí pra trás quando a cotação de um A3 1.8t 2015/2016 (que não é premium pra mim) me cobraram 12.500,00 reais!
    Pra mim o carro nessa faixa de preço que mais vale a pena hoje é a Mercedez CLA 200 urban flex, que pechinchando em final de mês pode ser comprada por 130k.
    Não gostei do casamento do cambio CVT com o motor 1.5t, não te passa sensação de esportividade, parece que vc está acelerando um metrô! A simulação de marchas não serve pra nada!
    Os faróis de LED no Civic não tem a mesma eficiência dos de Xenon dos Audi/BMW!
    A maioria dos teste falavam de 0-100 km/h na casa dos 7s, na melhor puxada que fiz durante o teste-drive ficou em 9,1s. (2 ocupantes e Ac ligado 22°c)
    Estranhei o fato de você acelerar um pouco mais fundo e ele elevar a rotação e ao aliviar um pouco o acelerador ela cai de 5000rpm para 1500rpm rapidamente, parecia que o carro ia morrer, por esses motivos não gosto de CVT.
    O painel achei bem moderno, de boa leitura e bom contraste o display. A câmera no retrovisor me salvou de derrubar um motociclista que estava no ponto cego esquerdo observando o carro.
    O consideraria muito bom para a faixa de 95-105k, para a faixa de 125-135k, não dá para engolir esse abacaxi de época de natal! (de época de natal porque pelo jeito tem coroa e o preço vai nas alturas!)

    ResponderExcluir
  26. Visualizei vários comentários que por esse preço você pode comprar um premium usado, só que ao cotar seguro do "premium usado" eu quase caí pra trás quando a cotação de um A3 1.8t 2015/2016 (que não é premium pra mim) me cobraram 12.500,00 reais!
    Pra mim o carro nessa faixa de preço que mais vale a pena hoje é a Mercedez CLA 200 urban flex, que pechinchando em final de mês pode ser comprada por 130k.
    Não gostei do casamento do cambio CVT com o motor 1.5t, não te passa sensação de esportividade, parece que vc está acelerando um metrô! A simulação de marchas não serve pra nada!
    Os faróis de LED no Civic não tem a mesma eficiência dos de Xenon dos Audi/BMW!
    A maioria dos teste falavam de 0-100 km/h na casa dos 7s, na melhor puxada que fiz durante o teste-drive ficou em 9,1s. (2 ocupantes e Ac ligado 22°c)
    Estranhei o fato de você acelerar um pouco mais fundo e ele elevar a rotação e ao aliviar um pouco o acelerador ela cai de 5000rpm para 1500rpm rapidamente, parecia que o carro ia morrer, por esses motivos não gosto de CVT.
    O painel achei bem moderno, de boa leitura e bom contraste o display. A câmera no retrovisor me salvou de derrubar um motociclista que estava no ponto cego esquerdo observando o carro.
    O consideraria muito bom para a faixa de 95-105k, para a faixa de 125-135k, não dá para engolir esse abacaxi de época de natal! (de época de natal porque pelo jeito tem coroa e o preço vai nas alturas!)

    ResponderExcluir
  27. 120 mil aplicado no CDB DI de 1% = R$ 1,200,00 Reais por mês, descontando tributos e taxas de administração fica líquido 1000 Reais, no mínimo.

    Carro, seja ele qual for, do Fiat MOBI a um Ferrari, representa passivo, vai gastar, não é investimento, por isso é um bem para quem tem muita verba sobrando, no Brasil pessoas utilizam cartão de crédito para fazer compras, possuem carro financiado, moram em locais desagradáveis, mas o carro 0km está na garagem para representar alguma coisa para um falido, repensem suas prioridades neste momento de crise, pois quando passar tenham certeza que muitos vão aproveitar o momento.

    ResponderExcluir
  28. Quem acha que a Honda está ganhando demais é só abrir uma concessionária Honda e ficar milionário vendendo Civic. Não, pera. Precisa de alguns milhões de investimento para abrir uma, fora os demais critérios de seleção. Zé povinho nunca administrou uma loja de 1,99 e vem da lição de moral no negócio dos outros. Tem mais, se quem pode comprar carro de 125k é trouxa, quem não pode e fica chorando na internet é o que mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro, nao é trouxa nem um pouco quem paga 125 mil, 150 mil ou até mais em um carro premium
      Mas quem paga 125 mil num Civic é trouxa sim, mas o dinheiro é dele, faz o que quiser.
      Só nao venha querer defender o indefensável.
      Civic é carro popular nos Estados Unidos e inclusive em país de 3o mundo como o Mexico, em que o Touring custa 64 mil, enquanto um 320 la custa 92.
      E aqui no Brasil ele custa quase o preço do 320. Contra numeros nao ha argumentos.

      Excluir
    2. Prezado "FAV", você poderia dizer qual carro você tem? E sua idade? Apenas a título de curiosidade.

      Excluir
  29. Hahaha é cada um, ta querendo saber qual carro eu tenho e minha idade para que, meu caro? Se tua resposta for convincente, lhe direi sem o menor problema. Nao vou lhe fazer a msm pergunta, pq pra mim nao faz o menor sentido ou diferença saber qual os quais carros vc ou alguem que nem conheço, tem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou lhe explicar: Pela idade de alguém dá pra entender e aceitar determinados comportamentos. É muito diferente a visão de vida, de alguém de 20 anos, comparado com um de 30, e esse com o de 40. Eu pelo menos, aos 44 anos vejo claramente a minha mudança durante todos esses anos. Em relação ao carro é pra ter ideia de que carro você acha bom. Ficou claro assim? Mas fique em paz, na prática pra mim não vai mudar em nada minha vida. ;) :) aliás, eu leio esse blog pra relaxar...

      Excluir
    2. Marcelo, tenho 38 e tenho um Civic, que quero troca-lo por agora por um Novo Cruze, estou aguardando chegar o Hatch pra decidir entre ele ou o Sedan. Mas também penso na possibilidade de um 320 2014 ou 2015.

      Excluir
    3. FAV, obrigado por responder e parabéns pelo carro, eu também tenho um! :) :) :)

      Excluir
  30. Amigos carro zero e pra quem pode não precisa fazer contas de seguro e manutenção se vc fica pensando assim quer dizer q vc não tem capacidade de ter um carro destes então antes de ficar falando ,pense assim sou um duro devo comprar um popular de preferencia um semi novo pra nao desvalorizar sai dessas neura

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.