Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda aumenta preços de Fit, City e HR-V em setembro

Categorias: , , , , , 24 Comentários

A Honda do Brasil promoveu uma elevação nos preços de seus modelos FIT, City e HR-V neste início do setembro, com acréscimos que variam de R$ 1.200 a R$ 3.200 reais.

Honda HR-V 2017 - preço

O Honda HR-V, modelo mais vendido da marca, teve um aumento médio de R$ 1.925 reais, mas as versões mais topo de gama subiram mais: enquanto o LX manual subiu R$ 1.500 reais, o EX, intermediário ficou R$ 2.400 reais mais caro, passando de R$ 90.600 reais para R$ 93.000 reais.

Honda HR-V - Tabela de preços

ModeloVersãoCâmbioPreço atualPreço anteriorAumento

HR-V
LX(M)R$ 79.900R$ 78.700R$ 1.200
LX(CVT)R$ 86.800R$ 84.900R$ 1.900
EX(CVT)R$ 93.000R$ 90.600R$ 2.400
EXL(CVT)R$ 101.400R$ 99.200R$ 2.200

No caso do FIT, o aumento médio foi de R$ 1.350 reais, com maior incidência sobre o topo de gama, EXL, que passou de R$ 75.700 para R$ 78.900 reais - aumento de R$ 3.200 reais.

Honda FIT 2017 - Preço

Honda FIT - Tabela de preços

ModeloVersãoCâmbioPreço atualPreço anteriorAumento

Fit
DX(M)R$ 57.700R$ 56.200R$ 1.500
DX(CVT)R$ 63.200R$ 62.000R$ 1.200
LX(M)R$ 62.100
LX(CVT)R$ 67.600
EX(CVT)R$ 73.800R$ 72.600R$ 1.200
EXL(CVT)R$ 78.900R$ 75.700R$ 3.200

O sedã médio-compacto City subiu R$ 1.450 reais na média, sendo que o topo de gama foi o mais gravado, com elevação de R$ 1.600 reais em seu preço sugerido, passando a R$ 81.400 reais.

Honda City 2017 - Preço

Honda City - Tabela de preços

ModeloVersãoCâmbioPreço atualPreço anteriorAumento

City
DX(M)R$ 60.900R$ 59.400R$ 1.500
DX(CVT)R$ 66.400R$ 65.200R$ 1.200
LX(CVT)R$ 69.000
EX(CVT)R$ 75.700R$ 74.200R$ 1.500
EXL(CVT)R$ 81.400R$ 79.800R$ 1.600

Por fim, os preços do Novo Civic, Honda CR-V e do Accord permaneceram inalterados.

Honda Civic 2017 - Preço

Honda Civic, CR-V e Accord - Tabela de preços

ModeloVersãoCâmbioPreço atualPreço anteriorAumento

Civic
Sport(M)R$ 88.700R$ 88.700
Sport(CVT)R$ 94.900
EX(CVT)R$ 98.400
EXL(CVT)R$ 105.900
Touring(CVT)R$ 124.900
ModeloVersãoCâmbioPreço atualPreço anteriorAumento
CR-VEXL4WDR$ 149.200
ModeloVersãoCâmbioPreço atualPreço anteriorAumento
AccordEX V6ATR$ 162.500

Postagens relacionadas:

24 comentários:

  1. Quem quiser por o novo Civic na garagem deverá desembolsar 89 mil pela versão mico. Cada dia estou ficando mais pobre. Se um dia cogitei pegar um Civic, hoje sem possibilidade.

    ResponderExcluir
  2. Capazzz guri, sério ?!? Agora conta uma novidade !

    ResponderExcluir
  3. Não pera o Honda acorda. Aqui é Brasil o país de todos os.... Aumenta mais que vende, coloca aí 300000 logo que garanto que vende ainda uns 1000por mês alguém dúvida

    ResponderExcluir
  4. Já me disseram que em Outubro o Civic tb aumenta.

    ResponderExcluir
  5. Eu queria comprar justamente o FIT DX Manual, eu lembro que esse carro custava por volta de 49,990 Reais, já era um preço alto, agora torna-se um bem distante e já me conformei em não trocar de carro, pois não é só a troca, tem os tributos como IPVA, Seguro, Manutenção, Combustível...

    Até mesmo linhas de financiamento são caras, um carro como este, não importa se você der mais de 60% do veículo, cobram em média 1,5% de juros, isso num financiamento de no máximo 24 meses, passou disso já sobe para 1,98%, sei disso porque eu fui ver este carro.

    Voltamos a uma época que carros ( no sentido literal da palavra ) é pra poucos, quem quiser contente-se com um Pálio, Uno, Gol, Classic..

    Um detalhe curioso é quem não aceita esta realidade vem rebaixando a qualidade do carro. Se em 2014 alguém comprava um Golf TSI por 65 mil Reais, hoje não leva um Cobalt LTZ, se você comprava um Fiesta hoje não leva um Ka, assim por diante, muito desestimulante, honestamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço minha as suas palavras. Vendi o meu, investi o $, agora uso um scooter é transporte público, economizo 50% por mês, eventualmente me serve um táxi ou uber.

      Viva o capitalismo.

      Excluir
    2. Muito coerente os 02 comentários!!

      Um amigo teve seu New Fiesta roubado e após receber do seguro, foi em uma CC da Honda, interessado no Fit, mas a situação foi exatamente como descrita pelo Diego Correia e ainda foram arrogantes ao dizerem que "a crise não os atingiu", daí ele pegou outro New Fiesta.

      Se eu morasse proximo do meu trabalho, ou se o transporte publico do Grande Rio funcionasse, venderia o carro tbm! No momento me conformo em não trocar de carro desde 2011!!! R$80K em um City... inacreditável.

      Excluir
  6. Andei em um Civic Touring.
    Carro bonito, confortável, espaçoso, excelente ergonomia, é Honda... Mas não encantou.
    Longe de ser Premium. Mesmo o desempenho não é empolgante.
    Valeria os R$ 105.000,00 da versão EXL.

    ResponderExcluir
  7. Isso é chover no molhado, enquanto o brasileiro continuar comprando, as montadoras vão continuar a compensar as quedas nas vendas aumentando a margem do produto. Carro é um bem durável, se cada um permanecesse ao menos uns 5 anos com seu carro (ainda que financeiramente possa trocar seu carro qdo quiser), muita coisa começaria a mudar nessa indústria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza iria mudar, o número de desempregados aumentaria exponencialmente. Exemplo disso é o impacto das demissões da Mercedes no ABC paulista, muitas lojas fechando as portas no ABC por falta de clientes. O maior problema do Brasil continua sendo o governo, pois é sócio majoritário nos lucros de todas as empresas, no caso das automotivas os impostos chegam a mais de 50% do valor cobrado pela montadora. Por esse motivo que o governo não impõe um teto para o lucro das montadoras, quanto mais caro eles venderem os carros, mais vai para o bolso do governo.

      Excluir
    2. Você ainda acredita que o preço alto é só culpa dos impostos? Com todo respeito, deveria se informar melhor.

      Excluir
    3. Com certeza são os impostos Bruno. No valor do carro, cerca de 60% são impostos, contabilizando o efeito cascata! Pergunte a algum empresário, mesmo que micro e ele vai te dizer que você já inicia um empreendimento com um sócio e nós trabalhadores assalariados tbm, pois se você ganha R$1mil de salário, seu patrão teve de desembolsar R$2.1mil pra ter você na empresa dele!!!
      Naõ querendo te offender, mas é você quem deve se informar melhor do que acontece ao seu redor pra ajudar a mudarmos esse cenário!!!

      Excluir
    4. Os lucros das montadoras não estão exorbitantes vide prejuízo para GM e Ford e estabilidade para a Fiat. Realmente a carga tributária é um assalto.

      Excluir
    5. Pablo, conheço muito bem sobre contabilidade, na vdd sobre Financas em geral. Eu não tenho dúvida de que q a carga tributária é alta no Brasil, principalmente para empresários menores que não gozam de diversos subsídios que os grandes empresários cobram. O que eu quero provocar aqui é que sim, os impostos tem uma grande parcela de culpa, mas a margem tb é alta. Se as nossas montadores fossem empresas com capital aberto e divulgassem balanço, poderiam comprovar isso. O problema é que muita gente acredita nesses 60% que para os carros acabam sendo menores pelos subsídios.

      Excluir
    6. Bruno, diz aí onde você aprendeu contabilidade e finanças para passarmos bem longe. "Se as nossas montadores fossem empresas com capital aberto e divulgassem balanço". Elas são ME, EPP ou EIRELI? rsrsrsr

      Excluir
    7. Jhoneribas, me fala aí o ticker da VW, da Ford, da GM, da Fiat que eu compro as ações dela.... Ou mostra os balanços delas aí.... Às vezes sou obrigado a concordar com o Carlos4Carros... Tem muito orelha aqui... Obviamente somente empresas listadas em bolsa ou seja com acionistas "terceiros" são obrigadas a demonstrar resultado... Pelo visto vc não sabe nada disso... Sorry... Estude mais, sem ofensas... Apenas um conselho basico, quando não se sabe, não falar é algo muito inteligente.

      Excluir
    8. Seu nível de conhecimento Bruno, está tão baixo que nem vale a pena perder tempo tentando explicar. Mas vai uma dica. A bolsa de valores do Brasil não é única do mundo. http://br.investing.com/equities/volkswagen-vz

      Excluir
  8. Fiz um test drive no Civic Touring. Suspensão muito boa, macia e boa de curva. Completinho mas com acabamento muito pobre para o preço. Acabamento a nível Corolla Xei.
    Por 130 mil (preço cobrado) não tem condições. Melhor levar um Audi A3 2.0 TSI ou uma BMW 320i 2.0T (139.990).

    ResponderExcluir
  9. Assim o Civic fica parecendo mais barato né !

    ResponderExcluir
  10. Nao da para entender as montadoras... se nao estao vendendo aumentam o preco??? Muito estranha a politica de vendas honda.

    ResponderExcluir
  11. Ford e Honda disputando troféu de piadista da semana

    ResponderExcluir
  12. Sério mesmo pessoal, não sei onde isso vai parar.

    ResponderExcluir
  13. Eu acho que a Honda deveria cobrar pelo HRV o mesmo valor do Q3 da Audi e no City o mesmo valor do A3. O Civic top já está mais caro que o A3 então deveria cobrar o preço do A4. No Brasil o pessoal paga e sai da concessionaria satisfeito!!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.