Car.blog.br

Pesquisar este blog

Audi: vendas disparam mesmo com escândalo e sem A4

Categorias: , 12 Comentários

A Audi, montadora de carros premium alemã, relata que suas vendas globais aumentaram 6,8% para 170.900 unidades no mês de setembro.


A marca de propriedade da Volkswagen registrou aumento de 8,8% de sua vendas na Europa, mesmo com a eclosão do escândalo das emissões.


As vendas da Audi na Alemanha ficaram estáveis no mês, mas dispararam 37% na Itália, 30% na Espanha e 13% na França.


A China também trouxe boas notícias para a Audi, com suas vendas subindo 2,9% para 53.095 unidades - número positivo em meio à retração observada no mercado chinês.


A notícia de disparada de vendas é ainda mais impressionante pois, além de vir em um momento de avalanche de notícias negativas para a marca, o novo A4, um dos carros mais vendidos da marca, ainda nem começou a ser vendido - chega às concessionárias europeias em novembro.

Há modelos da Audi equipados com o software que contorna emissões nos EUA, mas a leitura que se faz hoje dos números extremamente positivos dá um sinal positivo e sublinha a força da marca.

Postagens relacionadas:

12 comentários:

  1. Escândalo... que escândalo?
    Estamos falando do grupo VW, o maior do mundo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A humildade como o Grupo VW tratou do escandalo, assumiu o erro, demitiu gente do alto escalao, esta procurando alternativas pra resolver o problema...foram os maiores argumentos de venda ja verificados...Por isso vai vender muito mais a partir de agora.

      Excluir
    2. Na minha opinião, a VW não fez nada mais que a sua obrigação. Assumir uma postura arrogante e contestadora seria um tiro no pé.

      Excluir
  2. Eu disse que as vendas da VW / Audi poderiam até aumentar e o prestígio da marca ficar ainda maior perante o consumidor.

    O fato é que a imprensa vem com manchetes sensacionalistas, e tem muito site ai falando besteira, mostrando seu total desconhecimento do mercado e enganando um monte de idiotas.

    Os fatos estão aí: consumidores gostam dos carros VW/Audi Diesel e estão comprando-os como nunca.

    Ou seja, os consumidores estão literalmente ignorando esse escandalo. IGNORANDO. Estão cagando e andando para isso.

    ResponderExcluir
  3. Sem medo de errar, hoje um Audi 0km é melhor compra que um Merc ou BM equivalentes em especificação, por isso a disparada nas vendas e no brasil vai acontecer o mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Para comparação, no mês passado a Mercedes vendeu 188.444 unidades (15,8%), quase 18 mil unidades a mais do que a rival. A vantagem sobre a Audi já é de quase 30 mil unidades em 2015.

    Dependendo dos próximos meses, há uma grande possibilidade de que a Mercedes assuma a liderança global, hoje nas mãos da BMW, ainda neste ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc e a maioria dos que cometem opiniões sobre vendas são muito fraquinhos de análise. Aliás, vcs não fazem análise alguma. Apenas repetem como papagaios uma notícia que foi publicada em outro lugar.
      Tá na hora de tentar pensar um pouco minha gente, para parar de falar tanta besteira.

      Se vc soubesse analistar os números, veria que a Audi está sem venda de A4 desde junho de 2015. E é só por isso que a Mercedes passou em venda mensal, em apenas 1 mês, e sem a menor chance de ultrapssar no acumulado.

      A mercedes está surfando nas boas vendas do novo classe c e pelo fato de nao ter a4 agora no mercado,

      Mas as encomendas de A4 já abrem este mês, e as entregas no mes que vem.

      A realidade dos fatos é que é muito mais provável a Audi passar a BMW. Já a mercedes passar a Audi náo é bem improvavel, é impossível.

      O fato é que a Audi é hoje a melhor marca premium do mercado. A UNICA que tem um carro com condução autonoma.

      É disparado a de melhor acabamento, Aliás, o nivel de acabamento da Audi está tão acima das demais BMW e MB, que não existe chance deles alcançarem.

      E a Audi está à frente de BMW também em termos de motores e engenharia. E principalmente em design.

      hoje, os Audi estão em um posto acima de BMW e MB em termos de prestigio.

      Excluir
    2. Procurar se informar melhor sobre coisas das quais não se tem conhecimento não é demérito algum. Procurar ridicularizar quem discorda de você apresentando argumentos sérios, isto sim é reprovável. Vamos aos fatos:

      * No acumulado do ano, a BMW emplacou até agosto 1.215.298 unidades, contra 1.177.100 unidades, ou seja, uma diferença de 38.198 unidades. Restando apenas quatro meses para o encerramento do ano, a Audi precisaria ter um desempenho extraordinário para assumir a liderança. Antes de pensar nisso, a Audi ainda tem que superar a Mercedes...

      * Na China, maior mercado para as três montadoras, a Audi foi quem mais perdeu espaço no mês passado (-4,1%), enquanto a BMW recuou 0,9% e a Mercedes cresceu 53,1%. Isso mesmo: 53,1%!

      * Analistas prevêem que a Mercedes permanecerá à frente da adversária de Ingolstadt pelo menos nos próximos dois anos graças à aceitação de novos modelos como o Classe C e o GLA no mercado chinês.

      * A Audi sequer lidera entre as marcas premium na Alemanha, onde o domínio é da Mercedes.

      Por fim, só mais uma coisa: ACORDA! O mundo não é só VW e Audi.

      Excluir
    3. A evolução da Audi nos últimos 20 anos foi realmente impressionante, mas o comentário acima é puro exagero. Mercedes-Benz ainda é a grande referência do luxo alemão, basta comparar as vendas do Classe S com as do A8. O Mercedes vende "apenas" o TRIPLO.

      Excluir
    4. Caro Baghdad Joe, é difícil argumentar algo com esse rapaz (carlos4carros). O fanatismo e a arrogância dele não permitem que se estabeleça uma conversa minimamente civilizada.

      Seu exemplo foi perfeito: o Classe S é, há décadas, a referência absoluta da categoria. Nenhum modelo até hoje sequer se aproximou do êxito comercial do top de linha da Mercedes.

      Não estou dizendo com isso que rivais como BMW Série 7 e Audi A8 não sejam carros excepcionais - e eles efetivamente o são -, mas a tradição e o carisma de um modelo como o S são difíceis de serem batidos.

      Excluir
    5. Cerato, outro grande exemplo é o BMW Série 3. Nem a Mercedes consegue replicar o excepcional comportamento dinâmico do sedã bávaro, referência absoluta em seu segmento.

      E pra quem ainda não sabe, o "novíssimo" A4 usa a mesma plataforma do modelo antigo, com algumas revisões. Está BEM longe de ser a "revolução" que uns e outros apregoam...

      Excluir
  5. O que teriam a dizer sobre a estrategia da Audi Brasil de vender 2000 A4 para a Localiza, estrategia esta tratada como apelaçao na época do Ford Ka?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.