Car.blog.br

Pesquisar este blog

Toyota RAV4 Hybrid 2020: preço, fotos, consumo - Brasil

Categorias: , , , , , 76 Comentários

A Toyota do Brasil apresenta o novo RAV4. A 5ª geração, produzida nas fábricas de Takaoka e Nagakusa no Japão, introduz quatro grandes mudanças (design, equipamento, conforto, desempenho e segurança).

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

As grandes mudanças que esta geração traz são: Nova arquitetura global Toyota (TNGA); Motorização híbrida auto recarregável; Novo sistema de tração inteligente nas quatro rodas (AWD); Sistema de segurança ativa "Toyota Safety Sense"(TSS).


Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

O modelo está disponível em toda a rede de concessionárias Toyota do Brasil a partir do dia 13 de junho de 2019.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

Disponível em duas versões, S Hybrid e SX Hybrid, os preços são de R$ 165.990,00 e R$ 179.990,00.

Consumo de combustível

Estrada 14,3 km/l
Urbano 12,8 km/l

Duas versões para o mercado brasileiro

A nova geração do Toyota RAV4 Hybrid chega ao Brasil em duas versões dotadas de sistema de propulsão híbrido auto recarregável exclusivo, além de uma transmissão automática HEV Transaxle (transmissão variável contínua) e tração sob demanda inteligente nas quatro rodas AWD.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

São dois níveis de equipamento: S Hybrid e SX Hybrid.

A versão de entrada S Hybrid chega com sete airbags, faróis de LED com ajuste automático de altura, bancos com partes revestidas de couro, bancos dianteiros com um sistema de ventilação (SVS), banco do motorista com memória para duas posições, além da regulagem elétrica de seis posições, sistema de áudio com tela de LCD sensível ao toque de 7” combinando com o painel de instrumentos de TFT de 7”, sistema de acionamento e desligamento do motor por botão (Engine Start/Stop Button), sistema de entrada inteligente (Smart Entry System), rodas de liga leve de 18”, controle de climatização digital automático dual-zone com saída para os bancos traseiros e sistema S-flow, freio de estacionamento eletrônico (EPB) e função Hold, controle eletrônico de tração (TRC), controle de Assistência de Subida em Rampa (HAC), Sistema de Controle Eletrônico de Estabilidade (VSC) e Controle de Reboque e Oscilação (TSC), dentre outros.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

A versão SX Hybrid vem com todos esses equipamentos , e ainda teto solar tipo Wide Moonroof, carregador de celular sem fio ou por indução (Wireless Charger), abertura e fechamento elétrico da tampa do porta-malas com acionamento interno, por sensor de movimento (passando o pé por debaixo do para-choque traseiro), sistema de transmissão com função Paddle Shift e pacote de segurança ativo Toyota Safety Sense (TSS).

Dimensões

O novo RAV4 Hybrid é mais baixo, mais ágil e mais estável. Apresenta novas dimensões em relação à geração anterior, conferindo-lhe maior robustez e funcionalidade típicas de um verdadeiro SUV.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020


• Veículo está mais baixo para atingir um centro de gravidade também mais baixo e maior estabilidade (-10 mm).
• A largura total do veículo foi aumentada, conferindo-lhe maior robustez (+10 mm).
• Distância entreeixos foi aumentada, contribuindo para mais conforto à bordo (+30 mm).
• Maior distância mínima em relação ao solo, refletindo uma imagem exterior mais aventureira e aumentando o campo de visão do motorista (+15 mm).
• Rodas maiores, contribuindo para uma aparência mais off road e melhorando o desempenho de condução (+ 1”).


Design interno

O interior do novo RAV4 Hybrid foi completamente renovado e segue o princípio de sofisticação para o qual foi concebido. A qualidade dos materiais foi aumentada e os detalhes são enfatizados para alcançar um ambiente mais atraente e funcional.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

O espaço do motorista equilibra a excelente visibilidade com uma pegada segura e confortável. O tamanho, a forma e o material dos botões e controles foram cuidadosamente selecionados levando em consideração a praticidade de uso.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

Foram adicionados espaços de armazenamento com um sistema de iluminação noturna que dá uma aparência distinta ao interior do veículo e, acima de tudo, uma melhoria na usabilidade.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

O painel central conta com acabamento interno cromado com anéis de prata distintivos que expressam um estilo refinado e oferecem excelente visibilidade.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

Todas as versões possuem uma tela colorida de TFT 7 polegadas, que permite ao motorista escolher entre um aspecto analógico ou digital.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

O volante do novo RAV4 Hybrid, revestido em couro, possui controles de áudio, telefone e controle de velocidade de cruzeiro na versão S Hybrid, enquanto a versão SX Hybrid, conta com comandos de áudio, telefone, alerta de mudança de faixa e controle de velocidade de cruzeiro adaptativo.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

No painel central, o modelo conta com ar-condicionado integrado digital Dual Zone e sistema S-Flow.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

O modelo ainda possui sistema de travamento e destravamento das portas e porta-malas por sensores de aproximação (Sistema Smart Entry) e sistema de acionamento e desligamento do motor por botão (Push Start Button). A versão SX ainda possui abertura e fechamento elétrico da tampa do porta-malas com acionamento interno, ou por sensor de movimento (passando o pé por debaixo do para-choque traseiro).

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

Para garantir o conforto dos passageiros, tanto na cidade, como na estrada, o Novo RAV4 Hybrid conta com sistema multimídia com tela de LCD sensível ao toque de 7” com funções de espelhamento Mirror Link e DVD Player, CD-R/RW, MP3, WMA e AAC, rádio AM/FM, Bluetooth e seis alto-falantes.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

Ela também incorpora uma câmera de ré e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros que contribuem para maior segurança.

No console central, um sistema de carregamento sem fio para smartphones foi disponibilizado para potencializar a experiência do usuário.

Os assentos dianteiros do novo RAV4 Hybrid foram redesenhados para manter uma postura correta até mesmo ao dirigir em estradas sinuosas. O amortecimento do assento e a sensação de contenção foram aumentados para melhorar o conforto.

Os bancos possuem partes revestidas em couro e material sintético. O assento do motorista tem seis posições de regulagem elétrica de distância, altura e lombar e memória para duas posições, distância e altura. Para um maior conforto, os bancos dianteiros são ventilados.

Os assentos confortáveis dos bancos traseiros são ajustáveis e rebatíveis, além de contar com descansa-braços central e porta copos.

Com capacidade para 580 litros, o porta-malas do Novo RAV4 Hybrid é um dos maiores da categoria. As versões S Hybrid e SX Hybrid contam com chave com comandos integrados para trava e destrava das portas e do porta-malas, enquanto a última ainda possui abertura e fechamento elétrico da tampa do porta-malas com acionamento interno por chave ou por sensor de movimento (passando o pé embaixo do para-choque traseiro).

Desempenho

Sistema híbrido auto recarregável

O Toyota RAV4 Hybrid chega com um grande atributo: um novo sistema de propulsão híbrida recentemente desenvolvido que combina baixo consumo de combustível e excelente potência, determinando de forma ideal se o motorista quer priorizar uma sensação de aceleração linear ou uma capacidade máxima de resposta, de acordo com o estilo de condução desejado. O sistema híbrido é composto por quatro motores (um a gasolina + três elétricos) que funcionam juntos, fornecendo uma potência total de 222 cv.

O propulsor do novo RAV4 é um 2.5L DOHC de 4 cilindros e 16V. Ele incorpora um sistema de sincronização de válvulas variável inteligente chamado VVT-i, que modifica os tempos de abertura das válvulas de admissão. Ao mesmo tempo, incorpora um novo sistema de injeção de combustível direta e indireta, conhecido como D-4S, que adapta a injeção às condições de condução, obtendo maior potência e economia no consumo de combustível.

O sistema elétrico, composto por três motores, é alimentado por uma bateria de níquel-hidreto metálico II 11% mais leve que o sistema anterior, que recarrega automaticamente quando o veículo desacelera ou freia, sem a necessidade de se conectar a uma fonte de energia externa.

Com esse sistema híbrido, o Novo RAV4 Hybrid pode percorrer cerca de 1.000 km com um único tanque de combustível de 55 litros, dependendo do estilo de condução.

Transmissão e modos de condução

Todas as versões do novo RAV4 Hybrid incorporam um novo tipo de transmissão automática HEV Transaxle continuamente variável (conjunto de engrenagens planetárias) controlada eletronicamente, com um diferencial pré-engatada. O resultado é uma aceleração mais linear. Maior controle na desaceleração de modo sequencial e maior eficiência em alta velocidade, atingindo desempenho, potência e baixo consumo.

Todas as versões contam com quatro modos de condução: Normal, ECO, EV (100% elétrico) e Sport, tornando-se um veículo versátil, preparado para qualquer tipo de condução. Na versão SX, há a opção de trocas de marcha no volante, proporcionando maior prazer e emoção ao dirigir.

Sistema de tração nas quatro rodas inteligente (AWD)

O Toyota RAV4 Hybrid está equipado com um novo sistema inteligente de tração AWD nas quatro rodas chamado, desenvolvido para fornecer uma condução característica de um SUV e excelente eficiência de combustível. Este sistema de tração fornece torque às rodas traseiras dependendo da situação, por meio de um dos motores elétricos, localizado no eixo traseiro (sem cardã). A relação de distribuição de torque com as rodas traseiras melhora em 20/80 em comparação com a geração anterior (40/60).

Além disso, incorpora a função AUTO LSD, usada para sair das condições de deslizamento por meio do bloqueio das rodas. Quando elas giram sem tração ou são suspensas no ar, o sistema envia toda a força para as rodas que estão no chão, que são aquelas que têm tração.

O sistema de tração inteligente AWD combinado com o conjunto híbrido, a transmissão eletrônica HEV Transaxle com diferentes modos de condução, a direção eletricamente assistida (EPS), os freios a disco e a suspensão independente fazem do novo RAV4 um SUV de excelente manobrabilidade, versatilidade, conforto e estabilidade na estrada e fora dela.

Segurança

Toyota Safety Sense:

A Toyota empregou suas tecnologias mais avançadas para alcançar o melhor desempenho de segurança de sua classe para este novo RAV4 Hybrid.

Pela primeira vez no Brasil, o Toyota RAV4 Hybrid incorpora o pacote de segurança ativa "Toyota Safety Sense" para a versão SX Hybrid. Este sistema conta com um radar de ondas milimétricas combinado com uma câmera monocular para detectar uma variedade de perigos e alertar o motorista.

As tecnologias são:

Sistema de pré-colisão frontal (PCS)*

O sistema de pré-colisão frontal do Toyota Safety Sense usa a câmera e o radar de ondas milimétricas para detectar veículos que circulam nas ruas e estradas. Se o sistema detectar a possibilidade de uma colisão, ele alerta o motorista através de avisos sonoros e visuais e ativa a assistência de frenagem para evitar ou reduzir os danos causados por elas.

Sistema de alerta de mudança de pista com condução assistida (LDA)*

Em determinadas circunstâncias, o Sistema de Alerta de Mudança de Faixa (Lane Departure Alert System - LDA) é projetado para detectar desvios de pista quando as linhas divisórias são visíveis. Ao ouvir e ver os alertas, e depois de verificar que é seguro fazê-lo, o veículo deve ser redirecionado para o centro da pista. Este sistema também inclui a funcionalidade de condução assistida. Quando é ativado e se detecta que está se desviando inadvertidamente, o sistema pode aplicar pequenos movimentos de correção no volante para ajudar a manter o veículo na pista.

Faróis altos automáticos (AHB)*

Faróis altos automáticos (AHB) são um sistema de segurança projetado para ajudar o motorista a ver mais claramente à noite sem distrair outros motoristas. O AHB trabalha com uma câmera a bordo para detectar os faróis dos veículos que se aproximam e os faróis traseiros dos veículos na frente e alterna automaticamente entre os faróis altos e baixos em conformidade.

Controle de cruzeiro adaptativo (ACC)*

O controle de cruzeiro adaptativo (ACC) é um sistema semelhante ao "cruise control" que permite a condução a uma velocidade constante pré-determinada. O ACC usa o radar de ondas milimétricas montado na grade frontal e a câmera projetada a bordo para detectar veículos, calcular sua distância e ajustar a velocidade para ajudar a manter uma distância predeterminada de veículo para veículo.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

*Os sistemas de segurança ativa, como o Toyota Safety Sense, são projetados para auxiliar o motorista e não substituí-lo. O motorista deve manter o controle de seu veículo em todos os momentos e é responsável por sua condução, pois este sistema não substitui a condução segura. A operação do Toyota Safety Sense pode ser afetada ou prejudicada devido a fatores externos, não sendo a Toyota responsável pelas consequências derivadas do uso do sistema.

Segurança

A nova geração do Toyota RAV4 recebeu cinco estrelas, de cinco possíveis, nas categorias de Proteção de Ocupantes Adultos e Proteção de Ocupantes Infantis do Latin NCAP, braço para a América Latina do renomado programa Global NCAP que promove testes independentes de segurança de automóveis.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

De acordo com o Latin NCAP, o RAV4 Hybrid demonstrou boa proteção para os ocupantes nos três testes realizados: frontal, lateral e de poste. O modelo também atingiu níveis satisfatórios no teste de controle eletrônico de estabilidade. Além disso, pela primeira vez um veículo Toyota recebeu dois reconhecimentos simultaneamente pelo Latin NCAP: o de Frenagem de Emergência Autônoma (AEB), em virtude do pacote Toyota Safety Sense (TSS), e o de Proteção de Pedestres.

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

O novo Toyota RAV4 Hybrid coloca a segurança como sua principal prioridade, e é por isso que oferece como padrão sete airbags (motorista e passageiro, lateral (x2), cortina (x2) e de joelho para o motorista), controle de estabilidade (VSC), controle de tração (TRC) e ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD) e assistente de frenagem de emergência (BA).

Novo Toyota RAV4 Hybrid 2020

Além disso, possui uma coluna de direção retrátil e uma carroçaria projetada para maximizar a proteção dos ocupantes em caso de colisão. O controle de assistência de arranque em subida (HAC), o sistema de frenagem de estacionamento elétrico com função de auto-hold, os faróis de neblina dianteiros e traseiros, a câmera de ré com sensores dianteiros e traseiros e o sistema ISOFIX de ancoragem para cadeirinha de criança complementam o pacote de segurança.

76 comentários:

  1. Um carrão desse com tecnologia híbrida importado do Japão não tá tão caro como outras montadoras que fabricam aqui no Brasil ou México e cobram o olho na cara fazendo o Brasileiro de trouxa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A concorrência está minando o T-Gol e o Tiguan.

      Renegade Turbo, Hrv Turbo, Equinox, RAV Híbrido e etc.

      A VW até tenta, mas a concorrência não perdoa.

      Viva Collor!

      Excluir
    2. Claro, claro, deve se perdendo desse jeito que a VW é líder de mercado no Brasil.

      https://www.car.blog.br/2019/05/volkswagen-e-gm-disputam-lideranca-de.html

      Excluir
    3. Polos infestaram a localiza.

      Excluir
    4. "Líder" em 22 dias. E no ano?

      Excluir
  2. Carro híbrido não paga imposto de importação. Então é a mesma coisa que carro vindo do México.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LINDO CARRO, TODO CAPRICHO DA TOYOTA, ENGOLE TODOS VW. SEM CONCORRENTES.

      Excluir
    2. Néh!!!!!! O outro ali fala bla bla bla, querendo ustificar o "barato" golf GTE por 175k (no mínimo) kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk VW sempre correndo, atrás!

      Excluir
  3. Concorrência (leia-se Compass, Tiguan, Equinox, Tucson e Sportage), tremei.

    Vai vender as 5 mil unidades previsas já no primeiro mês.
    Aposto que vai se repetir o fato do lançamento do Honda HR-V: haverá uma procura incessante nas concessionárias e ágio de até R$ 10 mil.

    Esse carro era pra vir na casa de R$ 190 a 199 mil. Está absurdamente, inacreditavelmente e apopleticamente barato.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Posicionamento perfeito, mais barato que o Lexus também Híbrido, é o valor HR-V Turbo + 25K.

    Além do ótimo consumo e qualidade Nippon, tem:
    - 50% de desconto no IPVA
    - Desconto no seguro
    - Isento do rodízio de veículos
    - Vagas exclusivas em diversos lugares

    Além de não depender da infra estrutura do Brasil para carregar as baterias, visto que é feito em movimento.

    Não é a toa, o SUV mais vendido no mundo,d 2017.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://quatrorodas.abril.com.br/especial/seguro-de-carro-eletrico-ou-hibrido-e-mais-barato-no-brasil-por-que/

      Excluir
    2. Não sei aonde vc mora Lee, mas em Sp seguro pra carro híbrido chega a ser 30% mais barato que um mesmo carro não híbrido

      Excluir
    3. desconto no ipva não é para carro hibrido até 150.000?

      Excluir
    4. A mensagem que gerou a discussão, 23/5, 17:21 (energydrink), fala em 50% de desconto no ipva

      Excluir
  6. Se um T-Cross custa 126 mil com acabamento de GOL, esse RAV-4 poderia custar facilmente 250 mil...
    VW só pegando os desavisados e fãs acéfalos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O T-Cross custa esse valor na versão mais cara e eu já entrei nela,o acabamento é ótimo e acéfalo não vive seu safado

      Excluir
    2. Minha mulher comprou um Renegade Longitude 2.0 TD com pack safety (full airbags) e farois em LED por R$ 129.000 (tabela 136.000).

      Só compra T-Cross Highline quem é louco ou fã da marca (o que dá no mesmo), visto que se compra um carro de marca premium - Jeep - pelo mesmo valor e com motor a diesel.

      A menos que a VW esteja dando uns R$ 15 mil de desconto (e sacrificando a comissão dos vendedores), aí vale a pena.

      Excluir
    3. Putz. Que burra. Comprou um Jeep que é inferrior em tudo ao T-Cross, veja:

      O T-Cross de 100 mil reais já é infinitamente melhor equipado que essa boquetagem de Renagade de R$ 128 mil. O T-Cross Highline custa R$ 109.990 reais e já é infinitamente mais completo que o Renegade Diesel, que só vem com 2 airbags e não tem faróis de LED. A central multimídia do Renegade é boqueta, e o Renegade tem porta-malas de 250 litros (na verdade um porta-luvas).

      Então, na verdade, o T-Cross Highline é R$ 17 mil mais barato que o Renegade Longitude Diesel e mais equipado.

      Fora que o O Renegade Diesel tem consumo segundo o INMETRO, em ESTRADA, de 11,5 Km/l de diesel, e, na cidade, de 9,4 Km/l de diesel.

      http://www.inmetro.gov.br/consumidor/pbe/veiculos_leves_2019.pdf

      O T-Cross 250 TSI faz 13,2 Km/l de gasolina na estrada, e 11,5 Km/l em cidade, segundo o mesmo INMETRO.

      Ou seja, o T-Cross, que HUMILHA o Renegade em performance, consome MENOS em cidade que o Renegade Diesel em estrada.

      O T-Cross acelera de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos, enquanto o Renegade Diesel é 4 segundos mais lento.

      Pior, o Renegade Diesel na pista foi ridiculamente lento, sendo mais lento que Jac J2, Gol rallye, HB20 1.6. O Renegade Diesel deu um vexame na pista, com 1:16.651, andando muito menos que carros lentíssimos. Uma piada, veja:

      https://youtu.be/wYQNolIumxk?t=385

      Nem como consumo o Renegade Diesel vale a pena, vejamos:

      Segundo a ANP, pesquisa de 2019, Fevereiro,
      https://preco.anp.gov.br/include/Resumo_Mensal_Combustiveis.asp, o preço médio do Diesel no Brasil é R$ 3,6 / L, enquanto da gasolina R$ 4,1 / L. Ou seja, não é R$ 1 a diferença, mas R$ 0,5.

      O custo de rodar com o T-Cross 250 TSI é o mesmo do Renegade Diesel, pois o T-Cross é mais econômico.

      Custo para rodar 1000 km com o Renegade Diesel:

      1000 km / (11,6 Km/l) = 86,2 litros de diesel. 86,2 x 4,1 = R$ 310,3 reais

      Custo para rodar 1000 Km com o T-Cross 250 TSI

      1000 km / 13,2 = 75,7 litros. 75,7 * 4,1 = R$ 310 reais.

      Ou seja, o sujeito que compra o Renegade Diesel, paga R$ 17 mil a mais que o T-Cross Highline, gasta a mesma coisa com combustível, e tem um carro infinitamente pior equipado, com menos espaço interno e porta-malas ridículo de 250 litros, e que anda ridiculamente menos.

      Ou seja, o sujeito que compra o Renegade Diesel, tendo o T-Cross no mercado, quem compra o Renegade assina atestado que é fraco intelctualmente e não sabe fazer conta e nem analisar carros, pois está comprando um produto muito pior e mais caro.

      Detalhe. Como o Renegade é vendido aos borbotões para locadoras, a desvalorização dele é imensa. O coitado paga R$ 128 mil em um Renegade pelado, e vende 1 mês depois por menos de R$ 80 mil.

      Renegade Flex: carro para manés. Renegade diesel: carro para manés que precisam ser internados.

      Excluir
    4. Meu tio comprou um Renegade 1.8 e agora reclama que o carro bebe.

      Excluir
    5. Esses vendedores da volks ficam a inventar um monte de histórias sobre o líder Renegade para denegrir a venda do melhor Suv s do Brasil, mas não conseguem e cada vez que inventam essas histórias sem nenhuma realidade o T-Cross se torna mais mico em vendas.

      Excluir
    6. Melhor SUV?só passou vergonha no comparativo da 4Rodas

      Excluir
    7. O Jeep de $129k TD não vem somente 2 airbags, queira pesquisar mais

      Excluir
    8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    9. Queria acabamento de Rolls Royce num SUV compacto?mas é uma topeira mesmo

      Excluir
    10. Cada mentira que falam do líder Renegade. Ele tem ( 7 ) sete airbag a partir da versão Limit, o valor da Gasolina não custa 4.10 reais igual ao Diesel e sim 5.00 reais e Diesel menos de 4.00 reais e porta malas não é igual o popular Up e tem hoje 320 litros. Sem contar que tem suspensão independente nas 4 rodas, freio eletrônico de estacionamento, acabamentos premium soft touch que o T-Cross sonha em ter.

      Excluir
    11. https://www.youtube.com/watch?v=F1mUx2RdqMs

      Por favor me ajudem. Procurei por um T-Cross neste vídeo, mas não achei. Não devo ter olhado direito...

      Excluir
    12. 86,2 x 4,1 = R$ 310,3 reais ???

      Sabe fazer conta não, bebê?? hahahaha!

      Excluir
    13. Ele tem ( 7 ) sete airbag a partir da versão Limit

      Essa versão custa os olhos da cara

      Excluir
    14. A conta do Carlos está correta. 86,2 x 3,6 = 310,3. Porém, digitou 4,1 por engano. Raciocinou certo, fez a conta certa, mas, se enganou ao digitar.

      Excluir
    15. Diesel = R$ 3.58

      Motor dura 5x mais !

      Vender um carro a gasolina com mais de 80k km já fica ruim, se for turbo então piora...

      Excluir
    16. Teco, você está enganado. Motores a gasolina, hoje em dia, duram mais de 300.000Km

      Tenho um cliente que tem um Pruis que está com 180.000Km. Só trocou amortecedores em pastilhas de freio uma unica vez.

      E as baterias ainda estão tão eficientes quanto quando o carro era novo, pois não sentiu qualquer queda no consumo.

      Excluir
  7. Agora sim ficou legal! A geração atual e as anteriores são insossas. Mas a Toyota deve colocar um preço absurdo nesse carro (Acima de Lexus Hibrido) e vai continuar não vendendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disponível em duas versões, S Hybrid e SX Hybrid, os preços são de R$ 165.990,00 e R$ 179.990,00."

      Excluir
  8. O Tarek já é um fracasso antes mesmo de nascer. Duvido muito que a Volks entregue algo melhor e na mesma média de preço. Tiguan sem nenhum opcional custa 149 mil, muito mais vantagem juntar mais 15 e levar este aí da Toyota.

    ResponderExcluir
  9. Isso sim que é carro! Quer um carro de verdade? Vai de Japonês!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas e se a pessoa não tem amor no dinheiro e gosta muito de plástico?
      Aí ela tem que ir de VW e não de japonês...

      Excluir
    2. Realmente, quando se fala em carro japonês, os adjetivos que vêm a mente são:
      robustez, indestrutibilidade, qualidade de construção. Carros que duram muitos anos.

      Já quando se fala em carros franceses, carros alemães, pensa-se em: tecnologia embarcada, design, porém, fragilidade de componentes e peças. Carros bons novos, mas inviáveis de manter após usados.

      Excluir
    3. https://quatrorodas.abril.com.br/noticias/dez-carros-que-acumularam-mais-de-1-milhao-de-km-no-hodometro/

      Excluir
    4. Carro Francês só a Renault se salva e olha lá

      Excluir
  10. Acho esse carro uma mistura de Compass, Ssangyong Rexton, Tiguan...

    ResponderExcluir
  11. Tiguan híbrida PHEV vendida na China dá um coro nesse Rav4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou apzeiro e nem moro na China.

      Excluir
    2. Pode até ser top essa Tiguan hibrida, mas chegará no Brasil ?? E se vier chega a 175k ???

      Excluir
    3. Não é? Imagina se fosse......

      Excluir
    4. Em criancisse ninguém supera os fiateiros.
      E antes de pegar meu Up eu vi carros de outras marcas.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    8. Tem uns loucos aqui que preferem rasgar dinheiro do que ser esperto e ver que esse carro é uma excelente opção do segmento, foge da minha realidade econômica, mas se eu pudesse adquirir excelente opção, aguardando Novo Onix Sedã,Tracker , Virtus GTS, pra poder definir minha opção, de repente até um Renagade turbo ano que vem

      Excluir
  12. Toyota deve vender bem e incomodar os jeep!

    ResponderExcluir
  13. Ficou muito bom, vai consolidar a Toyota na quarta posição como montadora no BR.

    ResponderExcluir
  14. Esse carro com esse preço é uma opção muito interessante aos seus pares, que custam quase igual e não são híbridos.

    Prevejo Toyota Corolla Híbrido a preço de HRV Touring...

    ResponderExcluir
  15. Deve vir com desconto já q vai ser híbrido w Flex, chuto uns 119mil no maximo!

    ResponderExcluir
  16. SW4 2.7 flex pé-de-boi ou Rav4 híbrida?

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cópia fajuta do COMPASS! e mais cara!

      Excluir
    2. Tem um cara que comprou uma Compass,ele gosta do carro mas não o idolatra,o assistente de partida em rampas da Compass só segura o carro por 2 segundos se o motorista confiar demais nesse sistema,pimba no carro de trás,fora que um carro de 130 mil reais e que só tem 2 airbags,fazer o quê?Fiat nem parado é seguro,canela 12,acha que a Compass híbrida vai custar baratinho aqui?no mínimo 200 mil reais

      Excluir
    3. Todos os assistentes de partida em rampa seguram o carro por 2 segundos! De todas as marcas.

      Excluir
    4. Primeiro que carro automático nem precisa de assistente de rampa né, segundo, se uma pessoa não consegue segurar um carro automático em uma subida ela nem deveria dirigir, porque não sabe.

      Excluir
    5. E por quanto tempo vocês acham que o assistente de partida em rampas deveria atuar?

      E não custa lembar que os airbags adicionais do Compass custam R$ 3500. Eu os compraria.

      Excluir
    6. Todos os assistentes de partida em rampa seguram o carro por 2 segundos! De todas as marcas.


      O do Virtus deixa o carro parado,e com certeza o da Tiguan deve funcionar desse jeito.
      Quando tirei meu Up da loja eu era novato,tinha um mês de ppd,teve uma rampa na saída de um posto que eu deixava o carro morrer várias vezes seguidas e o frentista teve que levar o carro até o plano

      Excluir
    7. Vários carros tem o assistente de partida funcionando por tempo indeterminado.

      Excluir
  18. Pois é, o Lexus Ux250 tb híbrido tá por 169k. Tá certo que ele é menor, mas é um Lexus! Não poderá ocorrer uma pequena canibalização?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.