Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda HR-V Touring 2019 1.5 Turbo chega ao Brasil este ano

Categorias: , , , 37 Comentários

A Honda do Brasil confirmou o lançamento da versão topo de linha do HR-V - Touring - este ano - sem precisar a data, tendo como principal novidade a adoção do motor i-VTEC 1.5 Turbo - o mesmo usado no Civic Touring.

Novo Honda HR-V Touring 2019 1.5 Turbo

Além do novo powertrain, o modelo trara diferenciais exclusivos da versão, além do facelift aplicado aos demais modelos da gama.

Novo Honda HR-V Touring 2019 1.5 Turbo

200 mil unidades vendidas

O Honda HR-V já teve mais de 200 mil unidades comercializadas no Brasil, no fechamento de 2018. Lançado em março de 2015 no país, o SUV foi o modelo vendido pela Honda no Brasil que, mais rapidamente, alcançou esse marco.

Novo Honda HR-V 2019

No consolidado dos últimos 4 anos, o HR-V consagrou-se como o modelo mais vendido dentre todos os SUVs ofertados no país.

Novo Honda HR-V 2019

No fim de 2018, o Honda HR-V recebeu sua primeira atualização no design, aprimoramentos dinâmicos e mais equipamentos.

Novo Honda HR-V 2019

O HR-V 2019 recebeu aprimoramentos no design, em especial na dianteira, com a adoção de um novo conjunto de para-choque, grade frontal e faróis, que reforça o aspecto SUV do HR-V.

Novo Honda HR-V 2019

Atrás, novas lanternas trazem guias de LED horizontais e acabamento escurecido na parte inferior. Novas rodas de liga-leve, de desenho mais esportivo finalizam as mudanças externas adotadas no HR-V 2019.

Novo Honda HR-V 2019

No interior, há novos bancos dianteiros, com design mais moderno e com apoio superior para a região das costas e pernas, enquanto o console central elevado recebeu um revestimento inédito em black piano e novos porta-copos.

Novo Honda HR-V 2019

O sistema de áudio também foi aprimorado. A versão EXL recebeu uma nova central multimídia de 7", desenvolvida no Brasil, que traz conectividade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto.



O HR-V 2019 também recebeu melhorias dinâmicas. São aprimoramentos da suspensão, do isolamento acústico e da transmissão CVT que tornaram o modelo mais confortável, sem reduzir, contudo, a dinâmica de condução.

Comercialização

O HR-V 2019 é oferecido em três versões, LX, EX e EXL, todas equipadas com o motor 1.8 16V FlexOne de até 140 cv na gasolina e 139 cv no etanol. Em todas as variantes, o HR-V adota transmissão CVT – com simulação de sete velocidades e aletas para trocas de marchas no volante, nas versões EX e EXL.

Novo Honda HR-V 2019

Para a linha 2019, o HR-V estreou uma nova cor na linha: o Azul Cósmico Metálico, uma tonalidade elegante e que complementa a gama composta pelas cores: Branco Tafetá (sólido), Prata Platinum, Cinza Barium (metálicos), Branco Estelar, Preto Cristal e Vermelho Mercúrio (perolizados).

37 comentários:

  1. Terá que se ver com o T-Cross 250 TSI, com mais espaço interno, melhor acabamento, motor flex, desempenho superior, 6 airbags, painel digital, e etc.

    HR-V chegou tarde à era turbo. T_Cross chegou antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 1.4 tsi da VW é um ótimo motor mas não vai ter mais desempenho que o 1.5 turno da honda.

      Excluir
    2. Tremei-vos que o Hrv Touring está chegando! Matador de T-Cross.
      Certamente terá um ótimo desempenho, semelhante ao Civic Touring, com seus 173cv, que anda muito mais que os concorrentes (Jetta, Corolla, Focus, etc).

      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      T-Cross com desempenho superior ao HR-V 1.5T???

      Aguarde, amigo.
      HR-V 1.5T vai moer o T-Cross 1.4 TSI em todas as provas! ...

      Excluir
    4. Nenhum dos carros que você citou concorrem com o Civic Touring em preço, são todos mais baratos - no caso do Focus, MUITO mais barato.

      Excluir
    5. Se vier no mesmo preço que o T-Cross, todos sabem o resultado, se o T-Cross vier com preço mais elevado então nem se fala...

      Excluir
    6. T-Cross de R$ 140mil, né???

      Excluir
    7. O HRV 1.5 deve vir em torno de 160 mil

      Excluir
  2. As diferenças de desempenho serão irrelevantes. Mas o T-Cross aparentará ter mais desempenho, pois tem um câmbio automático de 6 marchas, enquanto o HR-V com aquele CVT que patina muito na largada.

    Ou seja, mesmo que o HR-V sejá alguns décimos mais rápido, quando o consumidor for testar os dois, achará que o T-Cross é muito mais rápido.

    E outra, quem compra SUV desse valor não é o tipo de idiota que fica disputando arrancadinha de farol como um babaca.

    De mais a mais, T-Cross com painel digital, maior entre-eixos, mais espaço interno, teto solar, mais segurança, e muito mais bonito, com aquela lanterna maravilhosa na traseira.

    Fora que o pós venda da VW é da mesma qualidade de atendimento da Honda e Toyota, veja:

    https://www.car.blog.br/2018/11/pos-venda-vw-no-nivel-toyota-e-honda.html

    Só que a VW tem 540 concessionárias, que é mais que o dobro de Honda e TOyota. logo, pos venda VW superior.

    isso são fatos. O resto, relincho, para variar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse argumento de idiota disputar arrancada em farol eu vou printar. Pq o que mais a Carlo tinha faz é argumentar sobre desempenho.

      Excluir
    2. Se fosse o da VW que fosse apresentasse o motor mais forte, ia ter gente falando que ia comer poeira etc...

      Excluir
    3. Hj os cvt's já estão mais modernos...
      Novo sistema alia marcha direta mecânica a sistema CVT de relações variáveis para mais eficiência e agilidade em saídas...

      Deem uma lida, vale a pena...
      Esse sistema é exatamente pra melhorar sua ineficiência nas largadas...

      https://jornaldocarro.estadao.com.br/carros/toyota-faz-novo-cambio-cvt-dois-em-um/

      Isso já feito pela Toyota, Honda e todos cvt's devem seguir esse caminho.

      A Toyota preparou uma interessante evolução para as transmissões continuamente variáveis, os CVT. A japonesa instalou uma marcha fixa junto ao câmbio, que entra em ação em baixas velocidades. As engrenagens são como as de uma transmissão manual, mas engrenadas eletricamente pela caixa. O sistema é chamado de Direct Shift-CVT
      A “primeira marcha” do novo CVT da Toyota serve para compensar a ineficiência dos câmbios variáveis convencionais em baixas velocidades. 

      Excluir
    4. Pela tua lógica então, Fiat e GM tem mais concessionárias, então, pós vendas delas melhor ainda. Alguns relincham, outros zurram.

      Excluir
    5. A desculpa é a arma dos incompetentes.

      Excluir
    6. “Patina muito na largada”

      É sério isso??

      Mas se o dia estiver chuvoso a largada é com safety car ou não?

      Tem pitstop, bandeirada e pódio também?

      Excluir
  3. Negativo, não terá desempenho semelhante, provavelmente sera mais de meio segundo de diferença no 0 a 100. Quanto ao cambio, o civic touring utiliza e vai de 0 a 100 em 7,9 segundos, sendo mais pesado que o HR-V. Provavelmente o HR-V fará na casa dos 7,8 / 7,7s. Então, pode falar do resto, mas nao cite desempenho. Relinche menos, por favor.

    ResponderExcluir
  4. Maior, mais barato e melhor revenda que o monstrinho que a vw quer lançar...
    Hr-v só vai ficar devendo uma coisa ao T-cross: um pedido de desculpas, mas ainda nao foi dessa vez!!!

    ResponderExcluir
  5. A Honda já disse isso no ano passado. O que todos querem saber é a data de lançamento e os tais diferenciais.

    ResponderExcluir
  6. Curto o motor tsi d vw, mas o t cross achei feio principalmente a traseira bizarra

    ResponderExcluir
  7. É forçar a barra comparar o T-Cross com o Hrv, não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, o suporte de celular no painel traz um refinamento que falta ao HRV...

      Excluir
  8. Acredito que o motor turbo Honda terá um desempenho um pouco melhor, mas isso é irrelevante, o motor 250 tsi deve entregar mais torque em baixa e nas retomadas, isso sim faz muita diferença. A briga vai ser boa, vai prevalecer o SUV que tiver mais tecnologia embarcada.

    ResponderExcluir
  9. Se for 140 mil mesmo esse t-cross, ngm vai deixar de comprar um hr-v touring, ou compass por causa daquele carro pequenino, brasileiro não sabe nem o que é entre eixos, gosta de carro grande!!!

    ResponderExcluir
  10. E um fit elevado que parte aproximadamente de 65 mil e conseguem vender pelo dobro.

    ResponderExcluir
  11. Se tem uma coisa que vc pode ter certeza sobre os idiotas, é que eles são previsíveis. Previsíveis e repetitivos. É o que a mediocridade gera.
    Se não, vejamos.
    No lançamento do Polo, relinchavam que era caro e iria micar. O Polo virou o 4º mais vendido do Brasil.
    Relinchavamque o acabamenbto mimimi. O Polo se tornou um dos carros mais vendidos do Brasil.
    No Virtus relinchavam que era caro, e mimimi acabamento. O Virtus é o sedã medio mais vendido no varejo.

    Depois eles relinchavam que o Argo venderia muito mais que o Polo. O Polo é o 4º, e o Argo não está no top 20.

    Depois as esperanças dos idiotas recaíram sobre o Cronos, que venderia mais, que o acabamento melhor, que o design mais bonito, mimimi, que o povo não gosta de motor turbo. Tá aí. Cronos é um mico. O Virtus um sucesso que vendem 5 vezes mais custando 30% a mais.

    Uma das últimas esperanças era o Yaris.relinchavam que era Toyota, que venderia só por ser toyota, que o Polo iriam derreter...mimimim...relinchos, relinchos e mais relinchos. E estamos aí, o Polo em 4º, e o Yaris não existe.

    Agora estão repetindo esses mesmos relinchos com o T-Cross...mimii preço, mimimi acabamento...mimimi HR-V mimimi....que o T_Cross naõ vai vender...mimimi...mimimi.

    Ou seja, como a realidade dos fatos em 100% dos casos é o inverso dos relinchos dos idiotas, nem preciso entrar em detalhes técnicos e de mercado, design, nada. O T-Cross será certamente um sucesso estrondoso, como é o Polo e o Virtus. E levará a VW à liderança do mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relinchou que o Virtus iria ser Corolla killer, vende menos que ele. Relinchou que o golf após receber o câmbio automático na versão 1.0 tsi iria vender 6k unidades no Brasil e não vende 1/10 avos disso. Relinchou que a VW iria ser líder no mercado nacional com polo e Virtus mas não foi.
      Fatos, apenas fatos.

      Excluir
    2. Lembrando que o Polo hoje faz as vezes do Golf no Brasil, já que o Polo é um hatch médio definido oficialmente pelo INMETRO como hatch médio, veja:

      https://1.bp.blogspot.com/-6maOIQpBu4Y/WZL1Lzm6YWI/AAAAAAACn4Q/IqO7Qyxr8j4c5nGTWkO-f25T_i3Gw-2tACLcBGAs/s1600/novo-polo-2018%2B%25281%2529.jpg

      O que faz todo sentido, pois o Polo, hoje, é maior e mais espaçoso que o Golf mk3 e mk4.

      Além disso, a VW chama o Polo de "Mini-Golf". "Mini" em relação ao MK7, pois em relação ao Mk4, é um "macro-Golf", já que ele é maior e mais espaçoso que os dois.

      Sendo assim, como o "nome" Polo vende 6.000 unidades por mês, no Brasil, podemos dizer que o mini GOLF vende 6.000 unidades por mês. cqd.

      Excluir
    3. Carlos, já que o POLO é mini GOLF porque estão desenvolvendo um GOLF menor na Alemanha sendo que lá também vende o POLO. Você se atrapalha nos seus próprios comentários. CRIANÇAS FAZER O QUE? Comedia

      Excluir
  12. Vai dar trabalho, mas vai ser bem caro

    ResponderExcluir
  13. Hrv bem mais baixo q t cross e outros... Quando chega nos buracos...prefiro conforto e passar dos obstáculos

    ResponderExcluir
  14. Provavelmente o motor será recalibrado e oferecerá uma potência e torque menores que o Civic.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.