Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda HR-V EX-L 2018: SUV mais vendido do Brasil - vídeo

Categorias: , , 59 Comentários

O Honda HR-V chegou ao mercado brasileiro em março de 2015, e logo se estabeleceu como o modelo referencial no segmento de SUV´s compactos. Mais de três anos depois ele ainda reina soberano na preferência do consumidor, líder disparado nas vendas de varejo. Neste artigo tentamos entender o fenômeno relacionando nossas impressões de uma semana de uso com um exemplar da versão EX-L 2018.

Honda HR-V EXL 2018

Se você olhar as tabelas de vendas de modelos mais vendidos do mercado brasileiro, verá o Jeep Compass como SUV mais vendido do Brasil, com 33.553 unidades emplacadas até agosto, seguido do Honda HR-V, com 26.593 exemplares. Entretanto, quando se observa no varejo, o Honda HR-V registra 24.654 unidades vendidas no ano - mais de 9 mil unidades à frente do Jeep Compass (15.543 emplacamentos no período).

Honda HR-V EXL 2018 - painel

Esses números mostram que, das vendas totais do Honda HR-V em 2018, a esmagadora maioria - 92,7% - foram comercializadas no varejo - ao consumidor final. Já no caso do Jeep Compass, a relação é inversa, pois, de seu total, apenas 46,3% foram no varejo. O quadro abaixo traz os dez SUVs mais vendidos no varejo em 2018, e a representatividade das vendas ao consumidor final sobre as totais.

RankModeloVendas ao consumidor final (varejo) - Julho de 2018Vendas ao consumidor final (varejo) - Jan-Jul 2018 Vendas Totais 2018 - acumulado (Jan-Jul-2018)Vendas ao consumidor final / vendas totais [%]
1Honda HR-V3.239 24.654 26.593 92,7%
2Hyundai Creta2.587 16.967 24.390 69,6%
3GM Tracker2.058 14.113 15.870 88,9%
4Jeep Compass1.908 15.543 33.553 46,3%
5Ford EcoSport1.544 12.290 19.095 64,4%
6Nissan Kicks1.418 13.135 24.994 52,6%
7Renault Captur1.178 11.960 11.957 100,0%
8Jeep Renegade1.071 8.726 25.463 34,3%
9Hyundai ix35667 4.173 5.338 78,2%
10Chery Tiggo456 958 958 100,0%

O Honda HR-V só fica atrás em representatividade de vendas no varejo para o Renault Captur e para o Chery Tiggo 2, esses dois que não tiveram vendas diretas em 2018.

Honda HR-V EXL 2018

Isso mostra que, do ponto de vista do consumidor final, o Honda HR-V é virtualmente imbatível, vendendo, no acumulado de 2018, 45% a mais que o segundo colocado - o Hyundai Creta, 74,7% mais que o Tracker e 58,6% superior ao Jeep Compass.

Vídeo avaliação - Honda HR-V 2018 EXL



Honda: vendas apenas ao consumidor final

Esse elevado indicador de vendas no varejo do Honda HR-V reflete a política da Honda de não vender seus modelos de passeio para locadoras, órgãos policiais entre outros. De fato, no Brasil, as locadoras estão cheias de Jeep Compass, Ford EcoSport, Toyota Corolla e até de modelos premium como Audi A3 Sedan, Audi Q3 e Mercedes-Benz Classe C/GLA, mas não há nenhum modelo da Honda para locação.

Honda HR-V EXL 2018

Em outros países também é assim. Nem nos EUA, o paraíso das locadoras, há modelos da Honda para locação. Segundo informações de um revendedor, essa é uma diretriz mundial da marca, e tem como objetivo manter elevado valor no mercado de usados, com baixa desvalorização. Essa diretriz é algo notável, ante a "atratividade" que as vendas às locadoras oferecem.

Honda HR-V EXL 2018

As vendas diretas das montadoras para locadoras ocorrem sem a incidência de ICMS - o que reduz mais o preço dos modelos no atacado - o que já é bem mais baixo que o de varejo. Assim, as locadoras compram os carros com grandes descontos, e seis meses depois os despejam mercado de usados, a preços maiores do que pagaram na compra direta, com grandes lucros. Em muitos casos, essa operação é até mais representativa em termos de lucratividade que o core-business, que é a locação de automóveis. Evidentemente, essa estratégia provoca grande depreciação no mercado de usados dos modelos que são vendidos pelas locadoras, pela ampliação exponencial de oferta.

Honda HR-V EXL 2018

Assim, ao se colocar fora desse mercado de vendas diretas para locadoras, a política da Honda consegue manter alto valor dos seus modelos no mercado de usados - com baixa desvalorização, e também  elevada liquidez, já que não há "competição" de oferta entre unidades a venda de particulares com os de locadoras. Isso explica - em parte - a facilidade com que se vende os Honda FIT e Honda HR-V no mercado de usados, mesmo a preços mais altos que seus concorrentes.

O Honda HR-V EXL 2018

O Honda HR-V não é um carro barato. Essa versão que avaliamos, intermediária, EX-L, na cor Prata Platinum metálica, tem preço sugerido, em agosto de 2018, de R$ 106.700 reais (R$ 105.500 do preço básico + R$ 1.200 reais da pintura). É o mais caro SUV dessa categoria do mercado.

Honda HR-V EXL 2018

Nesse preços ele traz uma lista de itens de série que contempla rodas de liga leve de 17 polegadas, câmera de marcha a ré multivisão, farol de neblina, lanternas traseiras em LED, maçanetas externas cromadas, retrovisores elétricos na cor do veículo com indicador de direção, rebatimento elétrico dos retrovisores em função Tilt Down no retrovisor do lado do passageiro, acendimento Automático de faróis.

Honda HR-V EXL 2018 - interior

No interior, essa configuração traz ainda volante com acabamento em couro, acabamento Soft-touch na moldura do painel, acabamento em couro no console central, descansa-braço dianteiro e apoio de braço das portas, ar-condicionado com digital com zona única de climatização, freio de estacionamento eletrônico com sistema Brake Hold, banco do motorista com regulagem de altura, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, display multimídia com tela de 7" multi touchscreen com navegador GPS, computador de bordo multifunções, piloto automático (cruise control), volante multifuncional, entre outros.

Honda HR-V EXL 2018 - interior

No quesito segurança, o HR-V EXL vem com airags frontais e laterais para motorista e passageiro (4 airbags), alarme, freios à disco nas 4 rodas, ABS e ABD (Anti-lock Brake System/Eletronic Brake Distribution), sistema HSA (Hill Start Assist - Assistente de partidas em aclive), sistema VSA (Vehicle Stability Assist - Assistente de tração e estabilidade), ISOFIX, ESS (Emergency Stop Signal) e travas elétricas com travamento automático acima de 15 km/h.

Honda HR-V EXL 2018 - espaço traseiro

É um pacote relativamente bem servido, mas que, ante o preço, fica devendo os airbags de cortina  e um porta-óculos de teto. E o display multimídia, apesar de dispor de um competente GPS (que traz informações de tráfego em tempo real), não é compatível com o Apple Carplay ou Android Auto - o que impede de usar os sistemas de navegação Waze ou Google Maps.

Honda HR-V EXL 2018 - central multimídia

É importante anotar que o display multimídia dos Honda FIT e Civic atuais já traz conectividade Android Auto e Apple Caplay - o que indica que na linha 2019 do HR-V, que trará o facelift já aplicado aos modelos americanos e europeus (veja aqui), a central de informação e entretenimento será atualizada.

Equilibrado

O Honda HR-V pode não oferecer o melhor desempenho entre os SUV´s compactos (o Creta Prestige 2.0 é o mais rápido entre os com motor aspirado) e nem o menor consumo (nesse ponto o Kicks 1.6 é o melhor),  mas o Honda HR-V, com seu motor 1.8 de 140 cv e sua eficiente transmissão CVT, marca o conjunto mais equilibrado.

Honda HR-V EXL 2018

O desempenho é bom, ágil em cidade e em estrada, e o consumo está entre os melhores. Ou seja, o HR-V é marginalmente mais lento que o Creta 2.0, mas bem mais econômico. Ao mesmo tempo, bebe um pouco mais que o Kicks 1.6 CVT, mas anda bem mais.

Honda HR-V EXL 2018

O quadro abaixo traz um comparativo de dados de consumo (INMETRO) e desempenho (fabricantes) do Honda HR-V EXL 1.8 CVT 2018 contra seus principais concorrentes (com classificação pelo indicador médio de consumo).

Modelo
DesempenhoConsumo GasolinaConsumo Etanol
Média Gas.
0 a 100 Km/hVel. MáxCidadeEstradaCidadeEstrada
Nissan Kicks 1.6 CVT12,417511,413,77,79,412,4
Honda HR-V 1.8 CVT11,217511,012,37,78,611,6
Ford EcoSport11,818010,412,87,18,911,5
GM Tracker9,419810,611,77,38,211,1
Renault Captur 1.6 CVT13,116910,511,77,38,111,0
Jeep Renegade11,118210,112,17,08,511,0
Hyundai Creta 2.0 AT69,718810,011,46,98,210,6
Chery Tiggo15,01709,011,26,17,610,0
Jeep Compass10,61928,810,86,17,59,7
Hyundai ix3511,01758,710,36,07,29,4

Os números da tabela refletem o bom compromisso entre desempenho e consumo do HR-V, como restou evidente em nossa avaliação de uma semana, quando obtivemos um consumo médio em cidade (Brasília) de 12,1 Km/l de gasolina - 10% melhor que a média do INMETRO.

Honda HR-V EXL 2018

Nesse período, o Honda HR-V EXL mostrou agilidade em uso urbano e rodoviário. O motor responde bem, e o câmbio funciona de forma precisa, alterando as relações de marca de forma continuamente variável de modo a manter o motor em regime de maior eficiência. Se você acha que pode ser melhor que o sistema eletrônico de gerenciamento, basta operar o câmbio pelos seletores de trocas de marchas (shift paddles) no volante. Há ainda o modo Sport "S" da transmissão, que mantém o motor em rotações mais altas, favorecendo a agilidade.

Honda HR-V EXL 2018

O HR-V é surpreendentemente agradável de dirigir. Boa posição de dirigir e solidez do passeio proporcionam uma sensação de que o carro está plantado na estrada. A suspensão é claramente projetada para lidar com o piso brasileiro - boa altura em relação ao solo faz do HR-V imune a lombadas, valetas e crateras. É praticamente impossível raspar a parte inferior da carroceria, mesmo quando se abusa.

Honda HR-V EXL 2018 - interior - painel

Até mesmo em estradas de terra e esburacadas a suspensão mostra seu valor e competência. O carro também tem mínimos ruídos de vento e de rodagem, e oferece boa visibilidade graças ao amplo para-brisa.

Honda HR-V EXL 2018 - acabamento interno

E mesmo depois de passar muitas horas dentro do HR-V, os assentos mantém-se confortáveis ​com bastante espaço, suporte de quadril e apoio lombar.

Interior

Ao abrir a porta, você é recebido por um interior tecnológico, e um cockpit centrado no motorista. A ausência de botões físicos dá ao carro um apelo moderno e minimalista que é elegante de se olhar. Os materiais pretos foscos e brilhantes deixam o interior com aspecto esportivo, e a qualidade geral e o layout são mais sofisticados do que qualquer outra concorrente do mercado.

Honda HR-V EXL 2018 - espaço de bagagem

Os assentos dianteiros são bastante confortáveis ​e seguram seu corpo de forma competente. Os assentos traseiros se dobram ao simples puxar de uma trava. Com os bancos totalmente rebatidos, o porta-malas de 437 litros expande-se a 1.665 litros.

Honda HR-V EXL 2018 - espaço de bagagem

Mas o HR-V não é perfeito: as portas não se travam automaticamente ao sair do carro, e a operação das janelas só é possível com a ignição ligada. E o belo e sofisticado console central flutuante, esconde a maioria das conexões USB e de carga, que tem o seu acesso bastante dificultado.

Honda HR-V EXL 2018 - espaço de bagagem

O espaço interior, porém, é surpreendente, especialmente para os passageiros traseiros (maior até que de SUV´s de categoria superior, como o Compass - veja aqui). O interior transmite uma sensação de solidez e qualidade, refletindo precisão e cuidado de montagem.

Honda HR-V EXL 2018

O Honda HR-V já está no mercado há mais de três anos, mas sua estética continua atual. Ele tem linhas esportivas e recortadas que dão a impressão de que o HR-V é maior do que realmente é. Algo particularmente requintado, do ponto de vista de design, são as linhas de caráter esculpidas que levam seu olhar para as maçanetas “escondidas” na coluna "C".

Honda HR-V EXL 2018

As rodas de liga leve de 17 polegadas são as mesmas desde o lançamento. Com pintura diamantada, contribuem para dar a esse SUV um aspecto esportivo.

Conclusão

Honda HR-V EXL 2018

O Honda HR-V EXL é carro equilibrado, que oferece desempenho mais do que adequado para sua proposta, e alia a isso à resistência de um SUV, ao comportamento dinâmico de um hatch e à funcionalidade de uma minivan - um conjunto maduro, que faz dele o campeão incontestável na preferência do consumidor.

59 comentários:

  1. Captur não teve venda direta em 2018 ? Procede isso ?

    ResponderExcluir
  2. Renegade é o que tem melhor desempenho em SUVs abaixo de 1.8, e ainda fala que ele é manco. Esse 1.8 da Fiat é muito bom, mas penso que um 1.0T a altura do 1.0TSI seria melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na Europa já existe Renegade 1.0 turbo, mas ele bebe muito mais e anda menos do que o Renegade 1.8 flex nacional.

      Excluir
    2. Como a FCA, já atrás da concorrência, conseguiu a proeza de fazer um downzing que teoricamente seria moderno, beber mais que o ETorq?
      Por isso tá do jeito que tá...

      Excluir
    3. Simples, o Jeep Renegade é 200 kg mais pesado do que o Golf, nele não cabe motor 1.0 turbo, simplesmente ficou subdimensionado.

      Excluir
    4. É só a sua amada, ultrapassa e chinfrim FCA conseguir produzir uma plataforma moderna que o lixo do Jeep Renegade não pesará quase 200 quilos a mais do que o Golf. E só um Fiateiro frustrado para comparar umícone o Golf, Aclama, aplaudido e recordista empremiaçãos com olixo de Renegade!Explica aí Zigfredo, qual a relação do Jeep Renegade palião com o Golf? Pois Só da cabeça de um Fiateiro frustrado zigfredo para sair um raciocínio com tamanha capacidade acéfala! Entendeu Zigfredo ou vou precisar desenhar?

      Excluir
    5. 1.8L EVO é bom em qual aspecto?
      Gera razoável potência, bebe demais, e ainda se mostrou bastante inadequado para mover um carro tão pesado quanto o Renegade.
      Mesmo no Argo e Cronos, não se mostra nada.de destaque.
      Cumpre apenas o trivial, mas segue devidamente criticado por conta do consumo elevado ...

      Excluir
    6. Charles, então porque ele é o mais potente dos modelos abaixo 1.8, e o consumo dele também é razoável se comparado com os outros, perde mais para o Kicks 1.6 que anda muito menos. Traduzindo não é um motor bom, mas também tá longe de ser ruim como as pessoas falam.

      Excluir
    7. Fazer médias de 5 km/l com Etanol na cidade e 7 com Gasolina são números bons?
      0-100 km/h em +13s é horrível!

      1.8L do HR-V está longe de ser exemplar na categoria, mas dá um banho de competência nesse 1.8 da Fiat...

      Excluir
    8. prazer de dirigir é péssimo com esse 1.8 enceradeira

      Excluir
    9. Pelo que li o 0-100 é em 11,1 s, nem um outro com motor abaixo de 1.8 faz isso, sem contar que ele é o que tem a maior velocidade final. Agora sobre esse consumo que você tá dizendo se tiver como prová-lo para gente.

      Excluir
    10. Carlos, se o 1.8 não te satisfaz tem o 2.0TD.

      Excluir
    11. Não conheço nenhum dono de Renegade que consiga mais que 5,5 km/l na cidade, com Etanol.
      Com gasolina, nada além de 8 km/l.


      https://youtu.be/5IsNR2-uY8w

      Não há muito o que defender a favor desse 1.8L da Fiat...

      Excluir
    12. Vai muito do motorista também, melhor ter uma noção a partir das medições oficiais.

      Excluir
    13. Sim, vai do motorista.
      Mas, se tomarmos medições oficiais o 1.8L EVO continuará feio na história.
      Um "D" pelo Inmetro mostra o quão deficiente é o motor. Um dos piores consumo e desempenho da categoria ...

      Excluir
    14. Então esses dados da postagem devem estar errados, porque ele parece ser extremamente potente e econômico.

      Excluir
  3. Excelente matéria!!! Realmente disse tudo Tintim por Tintim a respeito do carro. Estou adorando o meu HR-V ELX 2018, tem o melhor design, cockpit moderno, amplo espaço, melhor equilíbrio entre desempenho e consumo. Realmente só falta uma multimídia com Android auto e Apple CarPlay q virá na nova versão. A Honda está de Parabéns por não vender seus carros para as locadoras o q faria os preços e estados dos carros desabarem no mercado de usados. Isso só mostra q é o carro DISPARADO EM PREFERÊNCIA PARA O CONSUMIDOR FINAL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo.
      Tive um por 3 anos, e o carro é impecável.
      O pós-venda é perfeito.

      Excluir
    2. O HRV é um produto curioso. Projeto com imensas limitações, seja de acabamento ou de mecânica, continua vendendo bem.
      Os japoneses sao ordinários mesmo, assim mesmo as críticas se aplicam à Toyota, uma fabricante de automóveis com foco em cobrar mais por menos.
      Uma vergonha essas montadoras japonesas

      Excluir
  4. Este blog ficará ainda mais divertido quando o patrão dos blogueiros começar a revender FIAT e/ou Jeep.

    ResponderExcluir
  5. Não concordo muito em generalizar as vendas varejo apenas para consumidor final.
    Tenho CNPJ e também sou produtor rural. Posso comprar para o meu uso particular qualquer veículo de qualquer marca por meio da venda direta. Ou seja, venda direta não é apenas veículos de "frota". Eu e muitas outras pessoas usam a venda direta para ter seu veículo particular e nesse caso somos o consumidor final.
    Ano que vem pretendo comprar um compass ou um hrv.....compass tem desconto de 15% e o preço fica bem proximo do hrv.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vendas para PCD também são contabilizadas como vendas diretas.

      Excluir
    2. A materia se refere, claramente, à frotas

      Excluir
    3. Jera, parabéns. Desenha isso para os fan"boys".

      Excluir
    4. Pois, concordo com o Jera. Tanto é que fica fácil constatar quando se anda nas ruas, só se vê Compass.

      Excluir
    5. Brasileiro é mesmo o país do jeitinho... Gosta de levar vantagem... Uso particular... desconto para CNPJ, produtor rural... Parabéns! Merecemos o País que temos... Os políticos que temos.

      Excluir
    6. Anuar, moro aqui nos EUA, e aqui também montadoras dão descontos para políticos, membros de instituições sociais, produtores rurais na aquisição de veículos, a Ford é um exemplo que da bons descontos. E no Brasil da mesma forma, praticamente todas as marcas tem esse tipo de venda, minha mãe comprou um Land Rover com desconto para empresário.

      Excluir
  6. Realmente procede o que foi mencionado na matéria excelente; estive em maio por 20 dias nos EUA, mais precisamente em NY, Boston, Chicago e Washington, e em nenhuma delas vi qualquer carro da Honda em locadoras e tb de qualquer tipo de serviço. Pelo contrário, o que vi de RAV4 foi uma coisa impressionante, principalmente como táxi e nas locadoras. O que explica a liderança do modelo da Toyota atualmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentou o sujeito que disse que o Onix é um bom carro!

      Excluir
    2. O HR-V não existe em locadoras mesmo, já o Civic, Accord e o CR-V tem aos montes, pelo menos aqui na Flórida e no Texas tem bastante.

      Excluir
  7. T-cross diz para HR-v: eu sou você amanha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguem falo de t-cross na matéria? Então fica caladinha, ou vc é diretora de vendas da vw pra se preocupar. Idiota se tem aos montes por ai...

      Excluir
    2. Não concordo com o Carlota em vários pontos, mas desta vez acho que ele tem razão.

      Excluir
    3. E a vw n vende seus carros de baciada pra pj n ne? Só tem gnt fanática aqui meu deus...

      Excluir
    4. Mas o Tcross vais ser SUV médio, para concorrer com Compass, New Tucson e 3008. Ele não concorde com o HRV, kkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    5. Quem compra Honda não pensa em VW.

      Excluir
    6. "...Mas o Tcross vais ser SUV médio, para concorrer com Compass, New Tucson e 3008. Ele não concorde com o HRV, kkkkkkkkkkkkk...."

      Não, o T-Cross é um crossover compacto, o SUV médio será o Tarek.

      Excluir
    7. Brasuca, o Tarek é que vai concorrer com estes que vc citou.

      Excluir
    8. Estou esperando o lançamento do TCross.
      Será meu carro de uso diário.

      Excluir
  8. Retifica o texto o prazo não é de seis meses,mas de um ano para a venda!
    https://www.car.blog.br/2016/08/carro-de-locadora-so-podera-ser-vendido.html?m=1

    ResponderExcluir
  9. Único suv desses ah que eu compraria, mais bonito , Honda marca confiável! !!

    ResponderExcluir
  10. Não diminuindo mérito da Honda, mas T-Cross vem pra esmagar... qualidade, tecnologia e preço determinam um vencedor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Honda Brasil >>>> VW Brasil
      Públicos diferentes, amigo. Não adianta torcer pra marca. Por melhor que venha o carro da VW (eu, por exemplo, aguardo ansioso) não fará frente ao que a Honda tem pé oferecer em termos de confiabilidade aos seus clientes.

      Excluir
    2. Não faço está avaliação.
      A Honda é uma marca tradicional japonesa, mas só vende HRV porque começou cedo nessa categoria.
      O carro é pobre até mecanicamente.
      O FIT é outro carro pobre.
      O CIVIC é outro carro pobre, à exceção a versão turbo.
      O CRV é uma aberração.

      Excluir
    3. O que o pessoal não entende aqui (leia-se fãs boys) é que o consumidor de Honda e Toyota jamais olha pra VW na hora de comprar carro.

      Excluir
  11. Tenho um Ex acho ele pelado e acabamento sofrível mas sem dúvida muito mais bem resolvido que a concorrência

    ResponderExcluir
  12. Me impressionou o sucesso da Tracker junto ao consumidor final. Certamente a melhor compra abaixo dos 100 mil reais, como recomendou a 4 Rodas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desde quando a 4 Rodas voltou a ter alguma credibilidade na indicação de compra de um veículo?
      Procedimento e metodologias do século passado são insignificantes aos tempos atuais...

      Excluir
    2. power train mais justo e eficiente que essa enceradeira beberrona...
      hrv só berra e bebe... andar que é bom.... nada...

      Excluir
    3. Sem defender HR-V, os números de consumo e performance dizem outra coisa muito diferente.
      Não gosto do HR-V por alguns motivos, mas dizer que o 1.8L EVO da Fiat é melhor realmente não mostra conhecer muito bem nenhum dos carros que os equipam ...

      Excluir
    4. Não acho a 4 rodas referência de nada em específico, mas mencionei porque nessa tive de concordar. É o carro com melhor conjunto mecânico abaixo dos R$ 100.000,00, além de ter boa aceitação junto ao público final. Colocaria o Golf Confortline na disputa se vendesse alguma coisa, mas como não vende nada eu não indicaria. Golf somente o Highline e o GTI mesmo.

      Excluir
    5. 1.8L + AISIN AT-6 melhor conjunto mecânico abaixo de R$ 100k?

      Amigão, não força a amizade, vai!
      1.0 TSI AT-6 dá um banho no 1.8L da Fiat.
      1.8L do HR-V toca um caminhão de cal sobre o túmulo desse 1.8 EVO ...

      Excluir
    6. Estou falando do 1.4 turbo da Tracker, Charles. Olhe meu primeiro comentário.

      Excluir
    7. Charles ta viajando legal...hahahah

      Excluir
    8. Viajei msm!

      Agora que vi pelo notebook toda a confusão.
      Pelo celular fica muito ruim.

      Densidere minhas msgs anteriores...

      Excluir
  13. Não dá para comparar HRV e Compass. O HRB é áspero ao rodar, barulhento. Vcs estão confundindo vendas diretas com vendas para locadoras. O Compass com preço de venda direta é muito competitivo frente ao preço do HRV. A reportagem não apurou que a Honda também faz vendas diretas, mas o desconto é pequeno, um Honda Civic Touring por exemplo sai por cerca de R$ 119.000,00.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.