Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo VW Polo e T-ROC ganham 5 estrelas no Euro NCAP

Categorias: , , , 26 Comentários

O novo Polo e o T-Roc alcançaram a classificação máxima de cinco estrelas nos testes de colisão Euro NCAP. Os dois últimos modelos da Volkswagen na Europa alcançam classificações muito boas nas principais áreas de teste: adultos, crianças, pedestres e sistemas de assistência ao motorista.


O Polo 2018 fabricado no Brasil já foi avaliado também pelo Latin NCAP e obteve 5 estrelas para adultos, 5 estrelas para crianças e Advanced Award para pedestres.




As versões básicas do Polo e T-ROC na Europa são equipada com seis airbags, controle de estabilidade, sistema de frenagem pós-colisão automática e o sistema de monitoramento de área de assistência frontal com frenagem de emergência em cidade. O T-Roc também vem com o sistema Lane Store Lane Store como padrão.

O novo Polo foi testado na classe de 'Superminis' no Programa Europeu de Avaliação de Carros Novos (Euro NCAP). Nos testes, o Euro NCAP examina as cargas a que os "ocupantes adultos" estão sujeitos em vários cenários de acidentes. Nesta classificação, o Polo atingiu um valor muito bom de 96 por cento (de um máximo de 100 por cento) em sua classe.

O Polo também recebeu uma classificação impressionante no teste de impacto lateral que é desafiador no design do veículo - porque as zonas de deformação nos lados são, naturalmente, menores que as da frente e da retaguarda. Comentando sobre o teste de colisão com uma barreira lateral e o teste de colisão com um pólo lateral, o Euro NCAP observou que "a proteção de todas as áreas críticas da carroceria são boas e o Polo alcançou pontos máximos".

Na área de teste de proteção de "ocupante infantil", a Euro NCAP classificou o Polo com um valor de 85 por cento. Em seu campo competitivo, o novo modelo compacto também alcançou notas exemplares na proteção "Pedestre" (76 por cento) e na área de sistemas de assistência, "Assistência de segurança" (59 por cento).

O T-Roc no teste Euro NCAP

Os resultados para o T-Roc foram consistentemente impressionantes. Considere "Ocupante Adulto": aqui, o SUV recebeu uma classificação de 96 por cento.


O T-Roc também terminou muito bem na classificação de proteção "Child Occupant" com um resultado de 87%. Aqui os testes foram realizados com manequins em cadeiras para crianças. Considere o impacto frontal paralelo e o impacto lateral: o Euro NCAP comentou: "No teste Front Offset, a proteção de todas as áreas críticas do corpo dos dois manequins de criança era boa. Da mesma forma, a proteção de todas as áreas críticas do corpo dos dummies também era boa no teste de impacto lateral ". Os elementos do corpo dianteiro deformáveis ​​e a detecção padrão de pedestres também resultam em um valor de 79 por cento para a proteção "Pedestre", o que é notável no campo competitivo. Além disso, o novo T-Roc alcançou os principais números na área 'Assistência segura' para seus sistemas de assistência.



O Programa Europeu de Avaliação de Carros Novos. O Euro NCAP é um consórcio internacional e independente de governos e organizações não governamentais. A sede da Euro NCAP está localizada em Bruxelas (Bélgica). A missão declarada da Euro NCAP é fornecer aos compradores de automóveis informações sobre a segurança dos veículos mais populares vendidos na Europa em tempo hábil.

26 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Cade o teste o Argo e do Kwid brasileiro ultra mega reforçado????

    ResponderExcluir
  3. O Polo é simplesmente um carro perfeito, nem o pára brisas trincou, os isofix funcionaram perfeitamente, na colisão lateral houve pequeno deslocamento da plataforma e no poste sucesso total. Fico entusiasmado com uma Engenharia neste nível, o Estado da Arte em automóveis. E, por a partir deste mes famílias brasileiras poderem adquirir um carro tão seguro, confiável e performático por 50k reais apenas. show.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segurança é item de série na Volkswagen. Na GM e Ford... Fiat sequer tem coragem de submeter o Argo, que covardia.

      Excluir
  4. Muito bom a atualização do layout do site. Deu uma modernizada, parabéns! Única crítica é em relação a área de anúncio que ficou ocupando metade da tela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok . Obrigado. Tivemos que mudar pq o layout anterior estava com problemas nos comentários e no site para celular. Agora estamos usando um.layout que se adapta automaticamente as dimensões da tela e tb oferece zoom em qualquer dispositivo. Mas estamos fazendo ajustes ainda . ()s.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    4. ficou moderninho mas o anterior era um clássico. abraço

      Excluir
  5. A VW não está para brincadeira!
    Carlão vai ter um orgasmo e os haters vão pirar!

    ResponderExcluir
  6. O polo na versão top com painel digital a 76 mil reais. Simplesmente é perfeito !!!!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Pergunta que não quer calar: A FIAT tem medo de submeter o Argo ao teste de impacto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendo o motivo do teste não acontecer com recursos próprios. Será que se houvesse uma vaquinha virtual para a aquisição de dois modelos do Argo esse teste não seria reaizado com mas breviedade?
      Creio que, se o Latin Ncap quisesse já teria realizado.

      Excluir
    2. Já faz algum tempo que não vejo mais publicidade ligando o Argo a segurança... será que a recusa da FIAT e os resultados do Polo tem algo a ver com isso? rs

      Excluir
    3. O Latin Ncap tem um orçamento anual como qualquer organização, portanto o Argo em algum momento deverá ser testado por eles. As montadoras sim deveriam adiantar-se e patrocinar testes. A própria FIAT no lançamento do carro alegou que o Argo teria bons resultados. Então, por que não patrocinam os testes? Só a Fiat poderá responder. Mas é bom ficar bem claro que conversa fiada não cola mais....que o projeto segue as Normas Brasileiras etc. Vejam o Onix que segundo a GMB segue todas as normas e mesmo assim, agora em março vão lançar uma edição repaginada e reforçada estruturalmente para resistir ao Latin NCAP. Até GMB a best seller sucumbiu ao "marketing das estrelinhas" como citam apedeutas de plantão.

      Excluir
    4. O governo brasileiro deveria exigir das montadoras aqui que cedessem os veículos para teste no Latin NCAP.

      Tomara que a GMB patrocine o teste no Latin NCAP do novo Onix "reforçado".

      Excluir
    5. Eddie plenamente de acordo. Rota 2030 pode instituir selo de segurança para carros novos no Brasil. Etiqueta será colada em modelos novos, para identificar nível de proteção.

      Excluir
    6. O Governo não pode, sob qualquer hipótese, interferir tão diretamente assim na organização de uma empresa. Quem regula as relações de consumo, é, por óbvio, o próprio consumidor. Agora, se o nosso consumidor é imbecilizado e não procura conhecer tecnicamente o que está adquirindo não é culpa da montadora, que, na minha opinião, está mais do que certa: por qual motivo vou fazer um carro mais robusto e caro, sendo que o público que o compra não dá a mínima pra isso?

      Excluir
    7. O que mais existe é "interferência" do governo sobre as empresas, só para citar DOIS exemplos: os níveis obrigatórios de emissão de poluentes; os equipamentos que o governo ao longo do tempo vai estipulando como obrigatórios, etc., etc., etc....

      Excluir
    8. Mais exemplos: cotas que o governo estipula para importação; prazo mínimo de garantia que o governo determina; benefício fiscal que o governo estipula para carros 1.0 e não para outros; etc., etc., etc., enfim, o que mais já existe é interferência do governo.

      Excluir
  9. O Polo europeu ecoa os resultados obtidos pela versão nacional. Isso é um excelente sinal. Apesar de não termos os mesmos itens de segurança de série da versão europeia, é excelente que praticamente todos eles já estejam disponíveis a partir de pacotes iniciais. Agora, é aguardar a resposta dos consumidores e torcer que seja positiva. Eu já indiquei o carro a consumidores que estavam para comprar os concorrentes. VWBR, agilize a distribuição do carro nas lojas, os clientes querem conhece-lo nas versões tops!

    ResponderExcluir
  10. Poderia testa a possibilidade de usar os comentários do Disqus. Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Tem pouca matéria do polo, galera...posta mais ae

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.