Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW: vendas globais crescem 9,3%. Brasil dispara 91,8%

Categorias: , 37 Comentários

A Volkswagen registrou aumento de vendas de 9,3% em agosto de 2017 relativamente a agosto de 2016. No total foram vendidos 495.200 veículos em todo o mundo, refletindo resultados muito bons na América do Sul e Europa Central e Oriental.

VW: vendas mundiais cresceram 9,3%. Brasil dispara 91,8%

Na América do Sul a Volkswagen vendeu 40.500 veículos em agosto - 68,1% maiores do que no ano anterior. Uma contribuição fundamental foi feita pelo mercado do Brasil, onde as entregas vendas aumentaram 91,8% para um total de 25.500 veículos.


Nos EUA, a tendência positiva continua. Neste momento, 32 mil veículos foram entregues aos clientes em agosto, representando um aumento de 9% em relação a agosto de 2016. No Canadá, a marca entregou 9 mil veículos aos clientes, o que corresponde a um aumento de 71,9%. A Volkswagen, portanto, gravou um recorde histórico no Canadá neste mês. Este desenvolvimento positivo foi impulsionado pelo lançamento no mercado do Atlas e do e-Golf.



A marca Volkswagen continuou sua tendência ascendente em seu maior mercado, a China, em agosto. 265.400 veículos foram entregues a clientes no maior mercado nacional, com destaque para as 7.500 unidades do Teramont recentemente introduzido foram entregues aos clientes. Um aumento de 60,7 por cento nas entregas da família Tiguan foi registrado.

Relatório de vendas globais - Volkswagen - Agosto/2017


agosto-2016agosto-2017ΔJan-Ago-2016Jan-Ago-2017Δ
Europa106.900 105.300 -1,5%1.127.900 1.119.800 -0,7%
Europa Ocidental89.600 85.600 -4,5%984.300 954.200 -3,1%
Alemanha41.700 37.000 -11,3%383.400 355.700 -7,2%
Europa Central e Oriental17.200 19.700 14,5%143.700 165.500 15,2%
Russia6.200 7.200 16,1%45.600 54.000 18,4%
América do Norte51.800 55.500 7,1%378.300 386.200 2,1%
USA29.400 32.000 8,8%207.200 220.300 6,3%
América do Sul24.100 40.500 68,0%233.600 277.300 18,7%
Brazil13.300 25.500 91,7%154.500 168.800 9,3%
Asia-Pacific253.700 278.400 9,7%1.961.200 1.998.600 1,9%
China241.300 265.400 10,0%1.844.300 1.889.900 2,5%
Worldwide453.200 495.200 9,3%3.827.200 3.897.200 1,8%

37 comentários:

  1. Provavelmente a Volkswagem do Brasil vai crescer ainda mais este ano, com o lançamento do Novo Polo, pois como o carro é novidade, a procura será grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A expectativa é grande, vamos esperar que as vendas também sejam. O grande problema são os tais SUV, que estão iniciando numa faixa cada vez menor de preços;

      Excluir
  2. isso significa milhares de novos empregos, mais renda, mais dinheiro e crescimento econômico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Populismo barato, que saiu caro, na última década dizimou a economia. Deixe ela crescer pelo ritmo normal que tudo melhora: emprego, renda, consumo, produtos e serviços. Não quero o retorno do populismo.

      Excluir
  3. Deu ruim na Europa?!!!! E agora,Carlos?

    ResponderExcluir
  4. América do Sul e Brasil bombado para a VW! Realmente estão fazendo um bom trabalho regional.
    Ao que parece a estratégia de criar a divisão SAM, com a América do Sul, sob o comando do presidente da VW Brasil, deu muito certo.
    E este ano e até 2020 a tendência é de crescimento acelerado, com o Novo Polo, Virtus, T-Cross e nova picape.

    Sem nenhuma dessas novidades, VW está em 2º no Brasil. A liderança de mercado por aqui não é mais uma questão de "se", mas de "quando". Será que vem em 2018 ou 2019?

    Minha opinião é que a VW Brasil deve estar liderando o mercado no fim de 2018, mas no acumulado de 2018 a GM ainda estará á frente. Mas em 2019 a VW abre o ano na liderança.

    ResponderExcluir
  5. Não posso deixar de comentar o excelente resultado nos EUA, em particular, e na América do Norte em geral.

    O mercado americano caiu 7% em agosto, enquanto isso a VW cresceu 7.1%. FCA caiu, GM caiu, toyota caiu, e VW subiu.

    E isso que as vendas do Novo Tiguan nem começaram direito e não há ainda efeito da redução do preço do Tiguan Limited.

    Até o fim de 2017 essa performance na América do norte será acelerada.

    ResponderExcluir
  6. Na Europa Ocidental registrou uma retração de 1,5% mas isso é muito previsível: troca de geração do Golf e do Polo.

    O Polo é o 2º carro mais vendido da VW por lá e está em processo de transição. É por isso. Mas no acumulado do ano certamente haverá crescimento.

    Essas são minhas análises frias e desapaixonadas a respeito de vendas da marca VW.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. análises frias e desapaixonadas????.?

      Ahhh, tá!!

      Excluir
  7. Uhullll
    Que beleza!!! Maravilha!!!
    Vou abrir uma champagne pra comemorar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não há o que se comemorar. E do ponto de vista do consumidor, se uma empresa é líder ou não, ou se um carro X vende mais que o Y, é irrelevante.

      O que interessa são aspectos técnicos, segurança, custo x benefício.

      mas, fica o registro, que tem espécimes (muitos) que ficam dando pulinhos de alegria e gritinhos quando o Mobi, com vendas para locadoras, vende 30 unidades a mais por mês que o Up!.

      Como disse o Nelson Rodrigues: "não dá para competir com os idiotas! Eles são muitos!"

      Excluir
    2. Nelson Rodrigues sempre preciso.

      Excluir
  8. A Toyota então deve ter dobrado o crescimento!!!
    Toyota é Toyota!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Vc não tem informação alguma, não sabe nem onde buscar. Não tem a menor ideia das vendas, mas está torcendo!
      Muito bom! O argumento então, mostra bem sua capacidade de análise: "Toyota é Toyota!!!" Um espanto! Extremamente fundamentado.
      Se a Toyota precisasse de seus fanboys, estaria no sal. Um só fala das maravilhas do pós venda da Toyota (cafezinho, atendentes educadas, tv com programa da Ana Maria Braga na sala de espera...e outras irrelevâncias desse tipo). e o outro diz "Toyota é Toyota!".
      coitada da toyopta. Tá mal de fanboy!

      Excluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. A VW DISPAROU AGORA, OU VENDEU MENOS EM 2016 ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, claro, vendeu "menas" em 2016, o ano que a VW superou a Toyota.

      Pesquise antes. Evite relinchar.

      Não sabe pesquisar, não abre a boca. Já tem muita bobagem escrita por aí, não precisa contribuir com mais.

      Excluir
    2. http://www.car.blog.br/2017/02/oficial-volkswagen-supera-toyota-em.html

      Excluir
    3. carlos4carros2 de outubro de 2016 09:07
      A mega-ultra-power VW saiu do top 10! bem feito!

      Bingo1! "Outros estão sentindo-se orgulhosos de si mesmos, considerando-se verdadeiros sábios automotivos, pois veem a queda de uns modelos, esquecem que há fábricas paradas há dois meses, e logo supõem que suas mini-certezas sobre o que eles acham que está errado está se confirmando na tabela de vendas. "

      invista e atualize nos seus carros abaixo de R$ 70 mil.

      Bingo2 a desferir um monte “conselhos”, que não lhes foram pedidos, mas mesmo assim eles recitarão as besteiradas de sempre, para a multinacional X sobre o que fazer com o carro Y ou a versão Z, ou que modelos deve ou não lançar, etc e tal.

      Corolário de Carlos4Carros: "QI e prensibilidade são inversamente proporcionais"POR FAVOR...EDUCAÇÃO É BOM E EU GOSTO!!!

      Excluir
  11. Mercado americano é de 2 milhões de carros/mes. Vw tem share de 3 %... failed

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^ coitado, vítima da falida educação brasileira. Não sabe fazer conta de dividir.

      Mercado americano compra 16 milhões de carros por ano, então o mercado mensal é de 1,3 milhão de unidades.

      favor pesquisar, antes de relinchar.

      Excluir
    2. E a Fiat nos EUA é um 0 a esquerda.

      Excluir
    3. What is Fiat?... I know... I remember it. Something like "Fui Iludido Agora é Tarde"...

      Excluir
    4. Fix It Again, Tony. Se quer tirar onda em inglês, ao menos use o trocadilho americano.

      Excluir
    5. Veja que a fama da Fiat vai longe. Longe da minha garagem já é o suficiente.

      Excluir
  12. A vw ainda oferece take up sem ar-condicionado em pleno 2017.
    ta de brincadeira kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Mobi easy o Ar Condicionado sequer é opcional é a direção é mecânica.

      Excluir
    2. Quem disse que o Mobi é carro ? Não passa de carrinho de brinquedo ( Lego ) eita bichinho mais feio que a Cuca !!

      Excluir
    3. E daí?Celta também era barato.

      Excluir
    4. O desmonte feito no Pobi pela 4R indica que sairá MUITO caro após a segunda revisão. Carro mal montado, mal feito, péssima qualidade. O pior da revista, seguido pelo EcoSport.

      Excluir
  13. até esses dias americano nao sabia comprar carro... pelo jeito ainda nao sabem... kkkkkkkkkk 4 patas pra presidente da vw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes, eles tinham a disposição GM, Ford, Chrysler, como as maiores e absolutas do mercado. Agora, com o mercado mais dividido, eles têm VW, Audi, BMW com fatias maiores e dos consumidores mais exigentes. A Jeep é uma das que mais está sofrendo os impactos da mudança do consumidor americano, que exige desempenho, performance, qualidade. A Chrysler foi a primeira que dançou.

      Excluir
  14. Esses números colossais obtidos no Brasil não refletem a realidade. Parece que esse Blog "se esqueceu" da paralisação da produção da VW ano passado. Então esse "aumento" deveria ser acompanhado de tal explicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. VW passou o segundo semestre do ano passado com problemas na produção e agora cresce "milagrosamente " 91%.

      Excluir
  15. Isso mesmo o aumento de Janeiro a Agosto foi de 9,3%.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.