Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW e-Golf deixará de ser produzido com a chegada do I.D.

Categorias: , , 24 Comentários

O Volkswagen e-Golf, versão elétrica do hatch médio alemão, deixará de ser produzido até 2020, sendo sucedido pelo novo modelo desenvolvido desde o zero para adotar motor elétrico: o I.D.

VW e-Golf deixará de ser produzido com a chegada do I.D.

O Volkswagen I.D. já vem sendo mostrado em versões conceituais ao longo dos últimas mostras de automóveis europeias, especialmente Genebra e Frankfurt, e é baseada em uma nova plataforma da montadora alemã para carros elétricos, a MEB.

Volkswagen I.D.

Como o I.D. foi criado para ser um modelo elétrico, ele não precisa dispor de espaço para os componentes de carros à combustão, o que lhe permite adotar baterias maiores e mais eficientes, o que se traduz em maior autonomia (o dobro) que um hatchback convencional como o e-Golf.

Volkswagen I.D. Hatchback

Segundo a VW, de acordo com a norma europeia, o I.D. oferece autonomia de 600 Km, enquanto o e-Golf 2018 chega a 300 Km.

Volkswagen I.D. Hatchback - interior

Entretanto, a chegada do I.D. ao mercado não significa o fim da propulsão elétrica no Golf, que manterá a versão híbrida, GTE plug-in, a qual será a base de “eletrificação” do icônico alemão.

Volkswagen I.D. Hatchback

A versão de produção da versão hatchdo I.D. (haverá ainda um ID CROZ SUV e o ID BUZZ - minivan) chegará ao mercado um mês depois do lançamento do Golf VIII, no Salão de Frankfurt de 2019.

Volkswagen I.D. Hatchback - interior

Fonte: Auto Hoje

24 comentários:

  1. Esse carro vai dar dor de cabeça pra Nissan.

    ResponderExcluir
  2. Na realidade vai acabar com a festa da Tesla, isso sim.
    Ele é muito superior ao Tesla Modelo 3..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que festa do Tesla ? Quem vende muito E Renault Nissan...Tesla um pouco nos USA...e VW mico por enquanto kkkk

      Excluir
  3. Acha que com o tempo ele vai aposentar o golf Gte?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também, pois os híbridos deixam de fazer sentido quando os puramente elétricos tiverem autonomia de mais de 600 km e puderem ser recarregados rapidamente.

      Excluir
  4. Por que os carros eletricos tem que ser tão esquisitos? Não poderia ser um eletrico com design de carro normal?Tipo como e o e-golf, que poucos detalhes fazem a diferença. Mas e bonito esse conceito, so e esquisito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com Vc. Parece que fazem de sacanagem. Será que não dá pra fazer algo mais próximo da realidade, mesmo nos conceitos.

      Excluir
    2. Isso é só protótipo,o definitivo com certeza será mais bonito.

      Excluir
    3. Os elétricos são considerados esquisitos para nosso conceito, porque eles precisam ter aerodinamica melhorada em relação a um carro comum. Mas em breve nós acostumaremos com eles.

      Excluir
  5. Esses elétricos são umas aberrações,motor tem q bom é aquele poluidor v6,v8 e v10 kkkk

    ResponderExcluir
  6. tirando o interior que obviamente será muito diferente num modelo de produção, o exterior desse ID esta muito bonito. acho que se a engenharia conseguir, não precisariam mudar praticamente nada nesse exterior.

    ResponderExcluir
  7. Essa modinha de carro elétrico vai durar até quando as baterias de milhares de carros começarem a se acumular no período de troca, vão para os oceanos ou aterros ? Carro elétrico é apenas um estágio, o futuro será de carros movidos a hidrogênio, porém o lobby não permitirá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carro hidrogênio não tem segurança e os postos de hidrogênios são bem mais caros que os postos de recarga elétricos,fora que eles são ainda mais caros que os elétricos,e nenhum desses postos a hidrogênio tem a pressão necessária pra aproveitar a autonomia desses veículos.
      E muito provável que no futuro a bateria de carros elétricos seja reaproveitada.

      Excluir
    2. Fala merda não. Você sabe de onde vem o hidrogênio? Não existe reserva natural de hidrogênio. Todo hidrogênio é produzido, seja a partir do gás natural ou de energia elétrica. Ou seja, melhor usar a energia elétrica ou gás natural direto do veículo do que ter que produzir hidrogênio para usar depois. Além do que, hidrogênio comprimido num cilindro num carro não tem autonomia nenhuma, mesmo num carro célula de combustível.

      Excluir
    3. Vc tem autonomia,mas não a que o fabricante anuncia.

      Excluir
  8. Gostei dele, será um bom rival para Hyundai ioniq e Nissan Leaf.

    ResponderExcluir
  9. mas o e-golf nõ era o suprassumo da categoria?

    Micou?

    E-golf muito pior que focus eletric, pior q Nissan learf, pior q tesla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem micou foi o focus elétrico

      Excluir
    2. Errou....
      Focus ainda em produção e com sua automia ampliada recentemente.
      Já o E-golf seu obituario esta pronto

      Excluir
    3. Dá uma olhada nisso então,o E-Golf vai sair de cena pq não faz sentido dois elétricos do mesmo porte e marca concorrendo.
      http://www.verdesobrerodas.com.br/2017/04/ford-retira-eletrico-focus-de-producao.html

      Excluir
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  10. Tive a oportunidade de assistir a um vídeo com maiores detalhes desse conceito em Frankfurt e o achei fantástico. Belíssimo, mesmo. Redefine para mim o conceito de design minimalista. Se entrar em produção como tem sido divulgado o protótipo, será a grande virada de chave para os veículos elétricos na próxima década.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.