Car.blog.br

Pesquisar este blog

Peugeot 3008: SUV agrada apreciadores de Golf e Corolla

Categorias: , 52 Comentários

O Peugeot 3008 ficou sob nossa avaliação por uma semana, ao longo da qual já publicamos artigos com especificações, teste-drive e detalhamento do sistema de informação e entretenimento. Neste post vamos relacionar nossas impressões qualitativas ao final desse período, começando com a constatação de que este SUV é um veículo que agrada não somente os tradicionais apreciadores desse tipo de formato de carroceria, mas também vai impressionar positivamente - por suas características dinâmicas - pessoas que gostam de hatchs médios como o Golf e sedãs médios como o Corolla.

Peugeot 3008 2018

Nós já tínhamos ficado muito impressionados com o Audi Q5, um SUV de porte intermediário, com todas as características de um SUV, mas que oferta um comportamento dinâmico irrepreensível mesmo para quem está acostumado com um Golf GTI, por exemplo. O "problema" do Audi é que ele não é um carro para mortais, já que seu preço acima de R$ 245 mil o torna muito exclusivo. Ocorre que este Peugeot 3008, por R$ 139.990 reais, é quase tão competente quanto o Audi nesse aspecto, como mostramos no vídeo abaixo.



Sim, ele não a tração Quattro Ultra do Q5, mas ele encara curvas de qualquer raio com competência e segurança, sem que a carroceria oscile ou tombe de forma excessiva - o que transmite muita segurança ao motorista.

Peugeot 3008 2018

Este SUV francês suporta uma condução mais esportiva com a mesma competência que sua suspensão supera lombadas, buracos, valetas e crateras sem quase tomar conhecimento, evidenciando a versatilidade de seu conjunto mecânico.

Peugeot 3008 2018  - inteiror - painel digital

A posição de dirigir é outro aspecto notável. Diferentemente do que ocorrem com outros SUV, neste Peugeot 3008 o motorista não fica como se estivesse em uma cadeira alta. Ao contrário, a posição de condução coloca as pernas quase esticadas, favorecendo muito a sensação de estar em um carro convencional, mesmo com o ponto H bem elevado.

Peugeot 3008 2018  - inteiror - painel digital

O volante de direção contribui muito para a excelente posição de direção, pois tem diâmetro reduzido - muito esportivo. A assistência elétrica torna as manobras levíssimas em cidade, mas a progressividade torna ele muito seguro em auto estrada em velocidades elevadas.

Peugeot 3008 2018 - acabamento interno

A direção também é muito direta - muito mais direta do que se espera da direção de um SUV, com muito feedback sobre o que acontece no asfalto, e de reações muito rápidas.

Peugeot 3008 2018  - teto solar panorâmico

Some-se a isso o excepcional conjunto mecânico, formado pelo motor quatro cilindros 1.6 THP Turbo, de 165 cv, associado com uma transmissão automática de seis marchas. O conjunto está muito bem harmonizado. O motor tem abundância de torque em qualquer regime, e essa elasticidade é muito bem explorada pelas relações de transmissão bem escalonadas. As trocas são suaves e quase imperceptíveis em condução normal. Quando se acelera, o motor segura mais as rotações, e as trocas ficam mais evidentes.

Peugeot 3008 2018 - interior

Segundo a Peugeot, esse carro acelera de 0 a 100 Km/h em 8,9 segundos e chega a 207 Km/h. Na prática, o 3008 é muito ágil, com acelerações vigorosas, e retomadas de velocidades quase instantâneas - e o melhor de tudo, sem qualquer sinal de insuficiência de torque em baixos regimes.

Peugeot 3008 2018

Não parece se tratar de um motor turbo, mas de um motor aspirado de grande deslocamento e muito torque em baixos regimes.

Peugeot 3008 2018

O consumo, porém, não é exemplar. Durante nosso teste, o consumo médio ficou em 9Km/l de gasolina, em um percurso 50% cidade, 50% estrada, sempre com gasolina, e, em média, duas pessoas a bordo.

Peugeot 3008 2018

Além do comportamento, o Peugeot 3008 agrada muito também pelo design externo e interno. Este modelo ganhou o prêmio de design alemão Red Dot Design - um dos mais prestigiados do planeta.

Peugeot 3008 2018

É claro que a avaliação estética é um aspecto subjetivo, mas o consideramos o SUV mais bem resolvido esteticamente que há no mercado com preços até R$ 300 mil reais, tanto externa quanto internamente.

Peugeot 3008 2018

As soluções de design que foram adotadas neste carro claramente têm o objetivo de, na lateral, abaixar o perfil, tornando-o mais longilíneo e esportivo. A área envidraçada em preto, e as molduras pretas na parte inferior, com frisos cromados abaixam a altura do carro.

Peugeot 3008 2018

Mesmo tipo de efeito foi buscado na traseira, com lanternas elegantes e delgadas, com um elemento em preto brilhante interligando as duas, abaixando e alargando o carro, tornando-o mais esportivo.

Peugeot 3008 2018

Já na dianteira temos soluções que enfatizam a robustez e o aspecto SUV. A frente é muito imponente, quase vertical. Os faróis em Full LED com indicadores de direção dinâmicos completam o aspecto tecnológico.

Peugeot 3008 2018

Finalmente, ele é bem resolvido em termos de tecnologia, já que o sistema de informação e entretenimento compatível com o Apple CarPlay e Android Audi, permite que se rode o Waze ou o Google Maps em sua tela sensível ao toque de 12,3 polegadas.

Conclusão

Peugeot 3008 2018

O Peugeot 3008 é um SUV de respostas ágeis, estética bem resolvida, interior bem acabado e tecnológico, com proporções tipicamente SUV, mas com comportamento dinâmico com credenciais para agradar até mesmo apreciadores de modelos como Golf GTI ou Toyota Corolla.

52 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Foi eleito o melhor da Europa no seu seguimento! !!

    ResponderExcluir
  3. O carro custa praticamente metade do que custa o Q5 e ainda dizem que é "quase tão competente".

    Nesse preço eu diria que é muito mais vantajoso o 3008.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem como comparar o Q5 com este carro. Essa comparação é vergonhosa!!! O preço já diz que são produtos diferentes !!!

      Excluir
    2. Q5 tem status e o 3008 não, morre por aí a diferença...

      Excluir
  4. Muito interessado pelo carro... foda vai ser esperar aparecerem os semi novos.... neste momento não tenho condições de pegar um zero.

    ResponderExcluir
  5. Dono do Blog: não fala isso não que o Carlota morre! Kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Lembrou a orelhada "francês só sabe fazer queijo."

    ResponderExcluir
  7. Top d+
    O q penso é o seguinte invadindo uma certa faixa de preço o cliente sai do sedan ou hatchback e parte para os SUVs, a MSM coisa para o pólo.
    A 70k na versão topo ele entra na seara dos SUVs e é ai q ele perde vendas.
    Conclusão por 50k o comprador vai de Ônix, HB20 ou Argo.
    Por 70k ele vai de EcoSport. Duster, Tiggor ou MSM o T5 da jac.
    Sendo q a 70k ele já tem acessos aos hatchback golf ou Focus q transmitem ainda mais refinamento e status.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem colocado. Acho que 60 mil é o limbo dos carros zero km hoje.

      Excluir
    2. Focus transmite refinamento de onde? Carro com acabamento vagabundo.

      Excluir
  8. Lindo.. até precisar de uma peça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse quase tudo, eu acrescentaria "até precisar do pós venda da Peugeot".

      Excluir
    2. Então compre um Audi e precise de uma peça. Ai vc vai achar que foi lindo até vender um rim por uma peça a Audi só perde pra Mercedes em cesta de peças.

      Excluir
    3. Quem compra Audi e Mercedes tem que ter bala, pois as peças são caras sim. Mas o que vale é o que eles te proporcionam!!!

      Excluir
    4. Tem um certa pessoa aqui no Forum, que comparou o Cruze com um A3 e ate disse que ambos possuem tabela de manutenção iguais e que disputavam o mesmo seguimento, já que os preços dos seus modelos são bem proximos. Como voce mesmo disse para ter Audi ou Mercedes precisa ter bala para poder manter o carro.

      Excluir
    5. o audi é mais caro que a bmw?

      Excluir
  9. Um carro que tem tudo pra subir como a toro subiu. Compete diretamente com o compass. Espero que a Peugeot fabrique ele por aqui

    ResponderExcluir
  10. Falem o que quiserem, esse carro já ganhou prêmios lá fora, então temos que admitir ou engolir, que esse SUV é um bom produto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente a eleição é feita através de votos "provavelmente de jornalistas da área automotiva", ou seja, não prova nada. O que realmente vai dizer se ele é bom é o tempo. Espero que ele seja sim um ótimo produto, gostei muito do designe com exceção da dianteira.

      Excluir
    2. Sucesso absoluto de critica e vendas, visto que está vendendo toda sua cota de importação e tem fila de espera de até 4 meses.

      Excluir
    3. A Peugeot pode investir um pouco em novas concessionária s que o 3008 vai puxar as vendas em 2018 com o fim do super IPI.

      Excluir
  11. Pra mim está no padrão da nova Tucson. Ou seja muito bom

    ResponderExcluir
  12. Mas francês não fazia somente queijo? É agora como fica?

    ResponderExcluir
  13. Tem ou teve carro da peugeot e já precisou de peças ou esta falando de orelhada? eu tenho e o pós vendas é melhor que o das ex quatro grandes.

    ResponderExcluir
  14. Podem até ter melhorado o atendimento pós venda, mas eu não quero arriscar.
    Já dei meu voto de confiança e comprei. Péssima experiência de atendimento.
    O produto é bom, mas não arrisco minha paciência e meu dinheiro.

    Agora, o produto é bom mas deve esbarrar na estrutura de venda e pós venda no Brasil.

    Não acredito que a Peugeot tenha em seu planejamento vender o 3008 em grandes volumes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vendeu 247 unidades em Agosto, no meu primeiro mês. De janeiro até julho foram 54 unidades da versão antiga. Se não me engano o limite da Peugeot de importação é 250 unidades pra esse carro, ou seja, tá no limite. Sei que o carro está com fila de espera.
      Fonte: carblog e motor1

      Excluir
  15. apreciadores do corolla tudo bem agora de que adianta agradar os apreciadores do golf não vende nada .

    ResponderExcluir
  16. Se a marca fosse so Francesa Seria bucha ,mas ja nao he puramente Francesa . Isso he muito bom , pois carro Frances he igual a queijo. Qt a agradar donos se Corolla acho meio dificil ja q 99% sao tiozao .

    ResponderExcluir
  17. Ainda é muito arriscado gastar tanto em um Peugeot... Não passou anos cometendo erros de gestão e atendimento, que primeiro passe um bom tempo provando boa qualidade e bons preços, para depois poder cobrar o mesmo ou mais do que os rivais. Tem Compass 4x4 com 7 airbags por 120 mil. O 3008 tem a obrigação de oferecer mais, mas pelo mesmo preço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se compara o nível de sofisticação e equipamentos de uma compass de 120 mil com o Peugeot 3008, que esta muito a frente em várias coisas.
      Se for assim muita tem que fazer o mesmo, inclusive a ford e a vw que despencaram em gestão e atendimento segundo a jd.power.

      Excluir
    2. Em uma comparação detalhista até pode ser, mas, na prática, o Compass passa muita satisfação, com otimo porte e um interior de alta qualidade, dos materiais ao design. Nessa versão + pacote safety teria 7 airbags (1 a mais que o 3008), espelhamento, ótima plataforma, tração 4x4 (3008 não), enfim, 20 mil a menos, além do bom mercado e confiabilidade Jeep, que há meses coloca 8 mil ou mais dessa plataforma no mercado brasileiro. O 3008 se mostra mais sofisticado, mas em detalhes que depois podem virar paisagem. Nem o controle adaptativo tem... Até o Renegade pode oferecer... Enfim, o 3008 é mais imagem e, pelo histórico da Peugeot, ainda um risco. Tomara que passe meses, anos de sucesso, e assim possa ser considerado uma opção segura em todos os sentidos.

      Excluir
    3. Amigo, essa versão do compass que vc se refere é muito pelada. Os preço fica em torno de 121 mil reais. Só que para se ter uma ideia de como é a versão veja:
      -Rodas 17
      -Interior em tecido
      -Multimídia de tela minúscula (resolução sofrível)
      -Faróis halógenos
      -Sem chave presencial
      -Sem bancos elétricos (massagem nem pensar)
      -Desempenho sofrível
      -Consumo alto

      Já foi discutido isso aqui, para ficar bem equipado o compass não sai barato. Essas tecnologias que todo mundo comenta, como controle de cruzeiro adaptativo, só sai com o caríssimo pacote tecnológico. Poucas pessoas sabem que a versão completa custa R$ 182.000,00.

      Acho o compass até honesto, mas algumas coisas não descem. O fato do desempenho de todas as versões ser medíocre me incomoda. Recentemente andei na Toro 2.4 pensando que iria me empolgar com o carro, a condução é totalmente anestesiada. Tenho um 3008 do antigo e é muito mais gostoso de dirigir.

      No aspecto de acabamento também não há o que comparar. Até na europa é consenso que o acabamento supera o de todos os concorrentes.

      Enfim, iria de compass somente se eu precisasse de tração. De resto sou mais o 3008.

      Excluir
    4. 1) A versão Sport 4x4 vem com a nova central de espelhamento. 2) Tecido? Oba, melhor ainda! Odeio couro. 3) Roda, farol, chave presencial? Você só pode estar de brincadeira... Isso não é diferencial para uma compra séria... E por 20 mil a menos!!! Cara, irrelevantes. 4) Desemprego sofrível? Cara você não andou no carro ou não entende da categoria. Se o Renegade 1.8 atende o dia a dia, imagina o Compass 2.4. 5) Consumo alto? 20% a mais em consumo, no meu caso, daria menos de 5 mil em 5 anos. Ainda está abaixo de 20 mil. E olha que quem tem 120 mil, nem se preocupar com isso. Enfim, respeito caso for sua preferência, mas me apoiei na racionalidade... O Compass anda dentro do que se espera e pode no dia a dia da cidade e da estrada. No off road o 3008 nem vai... É pessoalmente, o Compass impressiona mesmo. O "luxo" do 3008, como disse, pode virar paisagem e ainda custar 20 mil a mais...

      Excluir
    5. Não existe compass 2.4 no Brasil, andei na toro 2.4 e broxei(que alem do motor maior usa a caixa zf). Imagina o compass 2.0 então. Nunca que vou dar cento e cacetada num carro que anda junto com uno 1.4.

      Por fim, no offroad de verdade o 3008 não vai, e o compass também não. Se vc acha que o compass é indicado pra offroad é pq não sabe o que é offroad. Até as pickups médias apanham.

      Excluir
    6. Cara, teu comentário de cima desmontou o Carlos JBS. Os comentários dele foram sofríveis tb. (chave presencial, farois etc não importam). An? Oi? É unanimidade em todo lugar que o desempenho da Compass está abaixo da concorrência. Acho um baita carro, mas pra pegar um descente teria que desembolsar 150k. Portanto, o 3008 é a melhor compra.

      Excluir
  18. Esse "Leão" via ter que comer muito "feijão" para encarar o mercado no Brasil. Peugeot em agosto/17 - 11ª em vendas no Brasil. O primeiro da lista é o 208 com 1018 unidades vendidas em agosto/17 sendo o 47º no Ranking.

    ResponderExcluir
  19. "Peugeot 3008: SUV agrada apreciadores de Golf e Corolla"

    A Peugeot melhorou o pós-venda ao nível das japonesas que o mercado não está sabendo?

    3008 pode até agradar em muitos quesitos, independente do perfil, mas o pós-venda da Pug acaba por espantar muitos possíveis cliente, principalmente os tradicionais conservadores...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^ larga mão de ser orelha, Jaspion. A única coisa que sabe fazer é repetir essa papagaiada de pós-venda.. Vira o disco fio.

      E, de mais a mais, a Peugeot tem um novo sistema de pós venda chamado Peugeot Total Care, que dá até carro reserva. A Toypta e Honda tem isso? nÃO. Então pare de relinchar.

      O pós venda da Peugeot só não chegou ainda no nível do da VW, que tem 600 concessionárias. Já o da Toyota e Honda já superou.

      Excluir
    2. É preciso repetir justamente pq há antas, como você Carlos, que não sabe o que é pós-venda.

      Peugeot Total Care não sana nem 10% das deficiências do pós-venda da marca.

      Número de concessionárias não representa 5% do imenso universo do pós-venda.

      Não se fala em custo-benefício sem ter pós-venda minimamente adequado. Fato!...

      Excluir
  20. Esse visual do Peugeot 3008 é muito emperiquitado. Não gostei e tende a enjoar logo...logo.

    O acabamento está longe de ser premium.

    Mas o pós-venda da Peugeot com esse sistema Peugeot Total Care hoje está acima de Toyota e Honda, mas ainda não chegou no nível do pós venda da VW, com suas 600 concessionárias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar da Peugeot ter melhorado muito o pós-venda, o mercado ainda não dá credibilidade, pela fama passada da Peugeot.

      Acredito que o Jeep Compass nesta faixa de 140 mil, apesar de ser inferior em quase tudo ao 3008, continuará vendendo bem, principalmente o modelo longitude 2018 por 142 mil com central atualizada, banco de couro, motor diesel 4x4. A Jeep está melhorando o pós-venda a cada dia, depois destes primeiros anos que se espalhou a fama que seu pós-venda era ruim.

      O mercado poderá mudar em relação ao Compass, apenas com os próximos lançamentos da VW, que aí sim tem produtos completos, tecnologias únicas e qualidade de pós-venda.

      Excluir
    2. A Peugeot pode ter implementado algumas melhorias pontuais em quesitos do pós-venda, mas ainda está muito longe de alcançar o minimamente aceitável ...

      Excluir
  21. Vai vender bem, bom mesmo será daqui há dois anos, pegar um 2017 por menos de 100k. GTI era bom em 2014, hoje em dia quem paga 130k em gti pelado precisa ser estudado, sem mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em dois anos pega por 50% do preço atual. Esse é um dos problemas da Peugeot

      Excluir
    2. Meu 3008 custou 88 mil em 2012. Hoje vale em torno 40 mil (42 na fipe).

      Pelo visto demorou um pouco mais que 2 anos para desvalorizar 50%.

      Isso pq não é um carro bonito nem tem jeitão de SUV (moda).

      Certeza que esse 3008 novo não vai desvalorizar como estão esperando. Tem muito gente na mesma situação que estou, dando um tempo para aparecerem os semi novos.

      Excluir
  22. Este veículo está com uma relação custo X benefício muitíssimo atraente. É um destaque do mercado.

    ResponderExcluir
  23. Compram carro pra ir todo dia na CCS ou pra dirigir? Toda CCS é sem noção no preço de peças e serviços. Só vale mesmo pra não perder a garantia do carro. Passou a garantia adeus CCS.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.