Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Audi Q5 2018: impressões ao dirigir - vídeo e preços

Categorias: , , , 39 Comentários

A primeira geração do Audi Q5 foi lançada em 2008, em um momento de crescimento acelerado de vendas de crossovers de tamanho médio, quando milhões de consumidores decidiram que queriam um veículo mais alto que um carro, mas não tão desajeitado como um verdadeiro SUV. Nesta segunda geração, o Q5 mantém a identidade com o anterior, mas está mais silencioso, tecnológico, seguro e econômico - e continua com dimensões práticas em cidade, mas suficientes para uma família. E é capaz de enfrentar uma aventura off-road sem reclamar.

Novo Audi Q5 2018

Este novo Audi Q5 foi lançado mundialmente no Salão de Paris de 2016, e é baseado na plataforma MLB Evo, de motor longitudinal - a mesma dos atuais Audi A4, A5 e Q7, e que também suporta modelos como Porsche Macan, Bentley Bentayga, Volkswagen Phideon e até o novo Audi A8.



Essa arquitetura modular usa uma maior quantidade de alumínio, além de aços de alta resistência, o que permitiu que o novo Q5 ficasse até 90 Kg mais leve, melhorando desempenho, economia e agilidade.

Novo Audi Q5 2018

Além de mais eficiente, sua adoção permitiu que o Q5 ganhasse recursos de assistência ao motorista e de segurança avançados, similares aos usados no atul SUV topo de linha da Audi, o Q7.

Ao volante

O Audi Q5, apesar de ser um crossover de vocação familiar, seu interior é parecido com o dos Audi A4 e Q5, com poucas alterações além do fato de você se sentar em uma posição mais elevada. O painel é mais alto e, neste Q5, trocou-se as saídas de ar que percorrem toda a parte superior do painel do A4/A5 por quatro difusores convencionais - dois na área central, e dois nas extremidades do painel.

Novo Audi Q5 2018 - interior

A Audi se esforçou para tornar a cabine deste crossover parecida com a de um carro, e o mesmo se aplica à experiência de condução. Este Q5 evidencia que é possível conciliar capacidade 4x4 tradicional em um off-road, com comportamento dinâmico que fará até mesmo os apreciadores de hot hatchs gostarem deste Q5.

Novo Audi Q5 2018 - interior

Interior - tecnologia, habitabilidade e acabamento

É bastante difícil encontrar falhas nesta cabine. Este novo Q5 é mais uma evidência - bem clara - de que a Audi realmente está na frente de suas concorrentes alemãs (BMW e Mercedes-Benz) em termos de acabamento, construção e montagem.

Novo Audi Q5 2018  Virtual Cockpit

A posição de condução o coloca naturalmente à frente do volante e dos pedais. Os comandos e controles são lógicos e relacionam-se com seus dedos de forma precisa e suave.

Novo Audi Q5 2018  - sistema MMI Plus

A tela de infotainment eleva-se acima das saídas centrais de ar, e fica bem longe do motorista, mas não precisa se preocupar porque os gráficos são nítidos, e você também não precisa se esticar porque ela não é sensível ao toque.

Novo Audi Q5 2018 - sistema MMI Plus

Você a controla por meio de um centro de operações ergonomicamente alocado à frente da alavanca de transmissão. Na verdade, a própria alavanca é moldada para atuar como um repouso de pulso enquanto você opera a central.

Novo Audi Q5 2018 - sistema MMI Plus

Desde a versão Attration o Q5 vem com um monitor de alta resolução com sistema de navegação integrado, Audi Smartphone Interface, Audi Connect e Bluetooth, enquanto nas versões Ambiente e Ambition há o sistema MMI Plus (modelo das imagens).

Novo Audi Q5 2018 - sistema MMI Plus

O modelo que andamos é o topo de linha, Ambition (MMI Plus). A operação do sistema de informação é lógico e intuitivo, exceto o espelhamento do telefone (por Apple CarPlay e Android Auto), que está incluído no sistema MMI e funciona bem, mas não conta com uma tecla de atalho para alternar rapidamente entre o sistema nativo do Q5 e o espelhamento do telefone. Então, se você, por exemplo, quiser verificar se há rotas diferentes entre o Google Maps ou Waze que estão rodando no celular, e o sistema de navegação nativo do Q5, é necessário manusear o botão giratório, e apertar alguns botões - o que é pouco prático.

Novo Audi Q5 2018 - ar- condicionado digital

O Q5 conta com duas entradas USB, uma aux-in e permite streaming de áudio via Bluetooth. As tomadas USB carregam o celular e estabelecem conexão com o sistema MMI. Não há, porém, ao menos nas especificações do modelo brasileiro, o sistema de carregamento de smartphone indutivo presente no Q5 vendido nos EUA.

Novo Audi Q5 2018 - interior

Já a partir da versão Ambiente o Q5 conta com o Virtual Cockpit - que é o cluster de instrumentos digitais da Audi - que é um espetáculo visual, e que, mesmo quase três anos após ter sido lançado (no TT em 2014) ainda não tem concorrentes à altura. Este sistema da Audi é configurável, nítido e veloz. E é capaz de colocar na sua visão um enorme mapa do sistema de navegação.

Novo Audi Q5 2018 - interior - painel

Os bancos dianteiros têm revestimento em couro, ajuste elétrico e regulagem lombar em todas as versões. Mas nas versões Ambiente e Ambition há os bancos esportivos com memória de posição para o do motorista.

Novo Audi Q5 2018 - espaço traseiro

O banco traseiro tem almofadas com contornos nítidos os quais sugerem espaço para dois adultos com uma criança ao centro - que provavelmente não reclamará, como o faria um adulto, do elevado túnel de transmissão central (necessário à tração Quattro). O espaço para pernas e pés é excelente. A partir da versão Ambiente o ar-condicionado tem três zonas de climatização, então o compartimento traseiro pode ter ajuste de temperatura diferenciado do motorista e do passageiro.

Novo Audi Q5 2018

O encontro do banco traseiro é ajustável em inclinação, de modo que em posição mais vertical amplia o espaço de carga do porta-malas de 550 litros para 610 litros, e quando colocado mais inclinado favorece o conforto dos passageiros.

Novo Audi Q5 2018

Os passageiros dos bancos traseiros contam também com redes porta-revistas nos encostos dianteiros, porta-garrafas nas portas e porta-copos no apoio de braços central. O porta-malas é profundo e o encosto traseiro 40:20:40 confere flexibilidade adicional. Nas laterais há pequenas redes, uma alça elástica e um par de ganchos para evitar que pequenos objetos fiquem pulando no porta-malas.

Na estrada

Se você gosta de carros alemães e precisa de espaço, há alternativas na Audi, BMW e Mercedes. Na BMW e na Mercedes-Benz, o Série 3 Touring e o Classe C Estate são claramente mais agradáveis de dirigir que suas respectivas versões crossover - BMW X3 e Mercedes-Benz GLC.

Novo Audi Q5 2018

Mas na Audi não é assim. Se você aprecia o refinamento e o comportamento dinâmico envolvente do Audi A4 e do A4 Avant, então você não irá se decepcionar com este Q5. Em qualquer situação de uso, o Q5 é um SUV dinamicamente impressionante - mais maleável que BMW X3, e mais ágil que um Mercedes-Benz GLC.

Novo Audi Q5 2018

O motor 2.0 TFSI de 252 cavalos é enérgico e muito silencioso. Há uma abundância de torque desde os regimes intermediários de rotações, e que continua a ofertar torque de progressiva e suave até a linha vermelha em 6800 RPM. Números: ele acelera de 0 a 100 Km/h em 6,3 segundos e chega a 237 Km/h.

Novo Audi Q5 2018

Mas o Q5 nem sempre é tão rápido assim, porque esse tempo é obtido no modo de condução Sport (do sistema Audi Drive Select), com a tração Quattro operando para a máxima performance e a transmissão de dupla embreagem S-Tronic fazendo mudanças de marchas instantâneas. A maioria das pessoas, porém, vai conduzir este Q5 no modo "Auto", que é capaz de "ler" a estrada e seus pensamentos também. Se você esta cruzando de forma suave em declives, a transmissão vai desacoplar o eixo traseiro e deixar a roda livre, tanto quanto possível, para economizar combustível.

Novo Audi Q5 2018

O Q5 faz tudo isso sem que você perceba. Quando você precisa de algum torque nas rodas traseiras em pisos escorregadios, ou em saídas rápidas no asfalto, ou mesmo em uma tocada esportiva em curvas, a tração traseira aparecerá sem que você precise chamá-la. A suspensão adaptativa a ar, ainda mais competente, no Brasil estará disponível apenas para o modelo blindado (veja aqui), que chega em novembro.

Novo Audi Q5 2018

A direção é precisa e progressiva. O Audi Q5 é um carro fácil de perfilar com precisão as curvas de uma estrada sinuosa, e de manter-se estável em uma via de auto estrada. Mas a direção não traz feedback ou ajustes variáveis em respostas de aceleração. O Q5 não é esse tipo de carro.

Novo Audi Q5 2018

A impressão principal em movimento no Q5 é a ordem silenciosa. É rápido, seguro e bem controlado, mas confortável. E acima de tudo, notavelmente silencioso. Monitore a velocidade - pois, do contrário, há enorme probabilidade de estar viajando a velocidades acima do que acredita.

Segurança

O Audi Q5 foi aprovado com louvor pelo Euro NCAP (10 estrelas - 5 para adultos e 5 para crianças). Seis airbags, cinto de segurança com sensor de afivelamento, controle de estabilidade e tração, auto-hold, câmera de ré e faróis bi-xenônio com luzes diurnas em LED são de série.

Novo Audi Q5 2018 - Branco

O Q5 vendido no Brasil, porém, não vem de série com o sistema de frenagem autônoma de emergência em cidade que detecta pedestres, carros e ciclistas. O piloto automático é o convencional (não adaptativo), mas traz limitador de velocidade. A versão Ambiente vem com o assistente de estacionamento e entrada Keyless. Faróis de full-LED, lanternas de LED com indicação dinâmica e assistente de farol alto apenas na Ambition.

Novo Audi Q5 2018 - Cinza Manhattan

E mesmo nesta versão topo de linha, o sistema o Audi Side Assist, que contempla monitor de ponto cego, aviso de saída involuntária de faixa e aviso de tráfego reverso é um opcional de R$ 6.300 reais.

Audi Q5 2018 - Azul Utopia

Mas ainda assim, o piloto automático adaptativo - um item que reduz a fadiga em viagens pois mantém a velocidade e a distância dos carros à frente de forma automática - é um opcional que custa R$ 12.600 reais adicionais aos R$ 292.990 reais do modelo Ambition. Ou seja, quem deseja um Q5 com função de condução semiautônoma precisa gastar mais de R$ 300 mil reais - um valor que já dá para começar a pensar em um Porsche Macan.

Preços e opcionais

No Brasil o Q5 2018 é vendido em três versões: Attraction - R$ 244.990; Ambiente - R$ 274.990; Ambition - R$ 292.990. Todas com o motor quatro cilindros 2.0 TFSI de 252 cv e 370 Nm de torque, associado a uma transmissão automática de dupla embreagem S-Tronic de 7 marchas e tração integral Quattro Ultra.


Pintura metálica/perolizada custa R$ 2 mil, e há ainda dois pacotes de opcionais: Audi Side assist com Exit Warning e Pre Sense Traseiro - R$ 6.500, e o Pacote Assistance Tour, que contempla Controle de Cruzeiro Adaptativo com Traffic Jam Assist e Active Lane Assist por R$ 12.600 reais.

Conclusão

A Audi obteve um enorme sucesso com o Q5 da geração anterior, tendo vendido mais de 1,6 milhões de unidades ao longo de seus dez anos de mercado, e, compreensivelmente, optou por não correr riscos com esta nova geração. Ele se parece com o anterior, mas é um SUV muito mais evoluído, especialmente em design, desempenho e tecnologia. E mais refinado também.

Novo Audi Q5 2018

O preço torna o Audi Q5 2018 o mais caro dos SUV´s premium de porte intermediário. É caro, mas é magnificamente bem feito. E, se isso é importante para você, saiba que seus vizinhos ficarão enciumados, mas não tanto quanto se tivesse comprado um Porsche Macan.

39 comentários:

  1. Eu gostei muiuto desse novo Q5 e acho ele melhor quê o X3 e GLC...
    a Audi ganhou pontos com revisão tabelada.

    traffic jam assist deveria vir opcional em todas...ne? mais tudo bem que X3 e GLC não tem...

    e quem acha que Volvo é concorrente. não é...volvo é casamento..comprou casou..kkkkkk desvaloriza um monte...e não tem peça...um lixo.

    premium é audi...bmw e mb...e só.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui estamos falando de marcas premium. O Lexus não é, tanto que é vendido nas concessionárias da Toyota.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O XC60 é mais espalhafatoso que o Audi Q5.

      E, pior, anda BEM Menos, e bebe muito mais.

      O XC60 é mais apertado internamente, apesar de ser 200 kg mais pesado, o que mostra o quão chinês ele é.

      E, de mais a mais, Audi Q5 é um carro alemão. E o XC60 um chinês.

      Quem compra um XC60 (carro chinês) tendo o Audi Q5 no mercado pelo mesmo preço, o comprador do XC60 precisa ser avaliado por um psiquiatra, pois tem sérios problemas!.

      Não tem o que dizer. Este Q5 é o melhor SUV nesta classe. O resto é resto.

      Excluir
    2. Como falei antes, compro carro para me agradar e não aos outros. E o Volvo me agrada em tudo, principalmente na segurança.

      Com relação a andar mais ou menos, sempre ando no limite da via na qual estou trafegando, e pouco me importa meio segundo a mais ou a menos no 0-100.

      Com relação ao consumo, a tabela mostrada no link abaixo mostra que os dois tem consumo exatamente iguais.

      http://www.car.blog.br/2017/08/volvo-xc60-2018-precos-consumo-e.html

      Um é um carro alemão e o outro é um carro sueco montado pela empresa que sempre esteve na vanguarda da segurança automotiva, então acho que não é preciso pensar muito na hora de escolher.

      Excluir
    3. Interessante, então o carro que anda menos, bebe mais, é menos espaçoso te agrada mais? Para vc pode ser assim, mas para a maioria das pessoas, normais, o carro que oferece melhor desempenho com menor consumo, e o que tem mais espaço interno, é o que agrada mais.

      Ademais, sobre consumo, colocaram o consumo da versão de acesso do XC60. As versões Inscription e R-Design: 8,4 Km/l (cidade) e 10,2 Km/l (estrada).

      Enquanto o Audi bebe igual, mesmo andando muito mais, já que o A5 acelera de 0 a 100 km/h em 6 segundos, enquanto o XC60 faz em 9 segundos.

      Em resumo, não dá para comparar em termos de eficiência.

      Sobre segurança, o Q5 recebeu classificação máxima do Euro NCAP. E o XC60? Então, o Q5 é o campeão de segurança, apesar de ser 200 kg mais leve (e mais espaçoso).

      O painel digital do Q5 é infinitamente mais bonito.

      Enfim, cada um gosta do que quiser, mas o Q5 é mais estético, anda mais, bebe menos, tem mais espaço, louvado em segurança, e é um carro alemão.

      Por mais que queiram falar, o XC60 é um carro chinês. A Volvo hoje é uma marca CHINESA, de propriedade da Geely Motors, 100% China.

      E inclusive a maior parte dos XC60 é fabricada na China, incluindo todas as versões híbridas.

      E mesmo que fosse fabricado em Marte, continuaria a ser chinês o XC60, já que o que manda é o controle acionário.

      Volvo XC60 -> Chinês
      Audi Q5 - Alemão.

      Pode escolher.

      Excluir
    4. Cara, bota uma coisa na sua cabeça: se você acha que é o melhor, compre um e pare de ser chato!!!
      Esse carlos4carros só pode trabalhar nesse blog!!! Ô bicho tonto sô!!!

      Excluir
    5. Vamos lá
      "Interessante, então o carro que anda menos, bebe mais, é menos espaçoso te agrada mais? Para vc pode ser assim, mas para a maioria das pessoas, normais, o carro que oferece melhor desempenho com menor consumo, e o que tem mais espaço interno, é o que agrada mais."

      Com ralação a andar menos eu não tenho os dados de desempenho de ambos aqui para afirmar qual é mais rápido ou não. E como estou no trabalho, e não trabalho em lojas ociosas de carro, eu não tenho tempo para procurar.

      A tabela já citada mostrada mostra que ambos os carros tem o mesmo consumo, então é irrelevante falar mais sobre o assunto.

      Quanto ao espaço interno, ambos o carros me atendem. Uma vez que sou casado e não tenho, e nem pretendo ter filhos.

      "Sobre segurança, o Q5 recebeu classificação máxima do Euro NCAP. E o XC60? Então, o Q5 é o campeão de segurança, apesar de ser 200 kg mais leve (e mais espaçoso)."

      O Q5 já foi testado, porém o novo XC60 ainda não foi testado, então não tem como comparar. Caso já tenha sido, peço desculpa pelo meu desconhecimento, mas uma vez afirmo que estou trabalhando e não tenho tempo para ficar procurando esse informação.

      "O painel digital do Q5 é infinitamente mais bonito."

      Isso é uma questão de gosto pessoal, para mim aquele tablet gigante preso no meio do painel é a coisa horrível do mundo.

      "Enfim, cada um gosta do que quiser, mas o Q5 é mais estético, anda mais, bebe menos, tem mais espaço, louvado em segurança, e é um carro alemão.

      Já argumentei sobre esses pontos acima e não tenho tempo para repetir tudo de novo.

      "Por mais que queiram falar, o XC60 é um carro chinês. A Volvo hoje é uma marca CHINESA, de propriedade da Geely Motors, 100% China."

      Capital chinês concordo, porém o controle de qualidade e obsessão por segurança continuam no padrão sueco.

      Se for para pensar nessa ótica, Seat deixa de ser espanhola, Lamborghini deixa ser italiana, Bentley e Bugatti deixam de ser inglesas.

      Que eu me lembre o foto do iphone ser montado na China não o transforma em um hiphone, uma vez que o o controle de qualidade é totalmente diferente de um para o outro.

      "E inclusive a maior parte dos XC60 é fabricada na China, incluindo todas as versões híbridas."

      Então que dizer que os audi fabricados na China também são chineses a partir de agora? Quer dizer que o controle de qualidade deixou de ser o alemão?

      No fim de tudo isso não vai levar a lugar algum. Uma vez que não vou mudar a minha opinião a respeito do assunto, e muito menos você que seria capaz de morrer mas não reconheceria o mérito de alguma marca não pertence ao grupo vw.

      Finalizando, por vérios motivos já informados aqui eu não pretendo comprar o Q5 ou XC60, justamente por serem muito grandes para mim.

      Atualmente estou aguardando o lançamento da linha 2018 do Renegade diesel, que o carro atende totalmente as minhas necessidades de desempenho, consumo, e espaço interno.

      Excluir
    6. Quanto ao espaço interno, ambos o carros me atendem.

      Só que o Q5 atenderia mais. O Q5 é muito mais espaço e tem porta-malas de 610 litros, contra menos de 500 litros do XC60.

      O Q5 já foi testado, porém o novo XC60 ainda não foi testado, então não tem como comparar. Caso já tenha sido, peço desculpa pelo meu desconhecimento, mas uma vez afirmo que estou trabalhando e não tenho tempo para ficar procurando esse informação.

      pior ainda. O XC60 é uma compra no escuro. Já o Q5 foi testado e aprovado em segurança.

      Isso é uma questão de gosto pessoal, para mim aquele tablet gigante preso no meio do painel é a coisa horrível do mundo.

      Não falei do MMI, mas do Active Display, da Audi, que é configurável e coloca o mapa do GPS no painel. O painel do XC60 parece uma TV de tudo de raios catódicos. Obsoleto o XC60.

      Capital chinês concordo, porém o controle de qualidade e obsessão por segurança continuam no padrão sueco.

      tanta obsessão por segurança e o carro xc60 nem testado por órgão de segurança foi? Que piada. Segurança é marketing na Volvo, e engenharia na Audi. Essa é a diferença.

      Se for para pensar nessa ótica, Seat deixa de ser espanhola, Lamborghini deixa ser italiana, Bentley e Bugatti deixam de ser inglesas.

      Sim, claro, o que manda é o controle acionário. Seat é alemã, Lambo é alemã, Bentley é alemã, e a Bugatti, que era francesa, hoje é alemã.

      Que eu me lembre o foto do iphone ser montado na China não o transforma em um hiphone, uma vez que o o controle de qualidade é totalmente diferente de um para o outro.

      A maior parte dos XC60 é fabricado na China.

      Então que dizer que os audi fabricados na China também são chineses a partir de agora? Quer dizer que o controle de qualidade deixou de ser o alemão?

      Os Audi fabricados na China são fabricados na China por uma empresa ALEMÂ, com padrões de qualidade alemães.

      O XC60 fabricado na China é um carro chinês fabricado na China por uma empresa CHINESA, com padrões de qualidade chineses.

      Excluir
    7. "Sobre segurança, o Q5 recebeu classificação máxima do Euro NCAP. E o XC60? Então, o Q5 é o campeão de segurança, apesar de ser 200 kg mais leve (e mais espaçoso)."

      Já viu o teste de capotamento do novo XC60? A estrutura permaneceu praticamente intacta, e o habitáculo interno nada sofreu.

      Volvo é sinônimo de segurança e nenhum, NENHUM dos seus produtos deixaram de receber NOTA MÁXIMA nos testes.

      Se ainda não viu, observe:
      https://www.youtube.com/watch?v=J8BjKhwWeV0
      O choro é livre

      Excluir
    8. Isso justifica o XC60 ser mais pesado que o Audi. Queria ver o desempenho deste Audi num teste de capotamento.

      Excluir
  3. Respostas
    1. XC60 é muito emperiquitado. Vai envelhecer na velocidade da luz.

      Q5 é sóbrio e elegante. UM carro adulto. XC60 é infantil. O que não me admira, já que o XC60 é um carro chinês.

      Excluir
    2. Q5 é sóbrio, não vai envelhecer pelo simples motivo de já ter nascido velho.

      Excluir
  4. Essa nem a Carlota diria, "Volvo é um lixo".

    ResponderExcluir
  5. XC60 muito de longe, tenho um e digo que uma máquina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voce realmente acha q eu ligo para oq voce diz? Voce anda de bike e de busão e acha q vou dar moral a você???? Piada!

      Excluir
  6. Engraçado que o XC60 vem da Suécia, paga o imposto de importação de 35%, mas ainda assim é mais barato que o Q5.

    ResponderExcluir
  7. Colega a diferença que É um Audi e não um volvo e por isso vale cada centavo a mais por ser Audi dá pra entender? Só pra lembrar é um verdadeiro e puro sangue ALEMÃO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso que os caras não entendem. Ande em um Xc60 lesmão, pesado e sem dinâmica alguma.

      E depois ande em um Q5. Não dá para comparar. O Q5 é infinitamente mais carro. O Q5 é um legítimo alemão, enquanto o XC60 é um carro chinês emperiquitado.

      Excluir
  8. O Q5 tem um acerto dinâmico fantástico, esportivo, por essa razão iria nele mas além de ele ser mais caro ele é menos equipado que o XC60 e perigosamente perto do Porsche Macan ou uma Cayanne de baixa quilometragem.

    Painel digital, as assistência tecnológicas, os itens que tornam o rodar mais confortável são todos opcionais e bem caros, enquanto no Volvo são de série.
    Sem essas falácias de um certo comentarista deste blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Q5 custa R$ 244 mil, e é um carro alemão. O XC60 é um chinês que custa R$ 240 mil na versão de acesso.

      Em termos de equipamentos, Q5 Attraction e XC60 são equivalentes.

      Só que o Audi Q5 faz de 0 a 100 Km/h em 6.1 segundos, enquanto o XC60 em mais de 9 segundos.

      O Q5 bebe menos, é 200 kg mais leve, e o Audi Q5 foi aprovado com nota máxima de segurança no Euro NCAP.

      O XC60, como todo chinês, tem algumas bugigangas a mais, e só, mas não deixa de ser um chinês. É pesado e ineficiente, pois é muito mais lento que o Q5, tem menos espaço interno, e bebe mais.

      Não dá para comparar. Q5 é infinitamente superior, e custa apenas R$ 5 mil a mais.

      Entre pagar R$ 240 mil em um carro chinês (XC60) e R$ 244 mil em um alemão, qualquer um em sã consciência fica com o alemão.

      Excluir
  9. Audi Q5 e Volvo XC60 são belíssimos exemplares, decidir por qual é uma questão de gosto pessoal haja vista que TODOS atendem às expectativas exigentes desse tipo de consumidor (no Brasil).
    Eu ainda colocaria no páreo o X1 que evoluiu muito da 1ª geração para essa atual, principalmente o X1 28i Xdrive...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^ logo se percebe que não entende nada de mercado de SUV´s premium.

      O X1 mede 25 cm menos que o Q5. O X1 não concorre que o Q5. O Concorrente do Q5 é o X3, cuja nova geração chega ao Brasil só em 2018, e mesmo assim está bem atrás do Q5.

      O BMW X1 tenta concorrer com o Audi Q3, mas mesmo assim fica muito atrás, pois sua tração xDrive não é páreo para o Quattro do Q3 Ambition 2.0.

      O Audi Q5 é o atual referencial no segmento de SUV´s intermediários. Ele é superior a todos, e por isso é ligeiramente mais caro.

      O melhor tem que ser mais caro. Simples assim.

      Excluir
    2. Você tem razão, o X3 é o SUV que briga diretamente, mas isso não significa que é inferior!!!
      E o X1, para mim atende tanto quanto o Q5... Então eu o considero.

      Excluir
    3. O X3 nem sequer piloto automático adaptativo tem.
      Não dá para comparar com o Q5. Esquece.

      Excluir
  10. Um baita carro, mas prefiro o volvo xc60, que aliás é o líder de sua categoria na Europa desde o lançamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Audi Q5 e XC60 foram lançados em 2008.

      O Audi Q5 vendeu 1.6 milhão de unidades.
      O XC60 1 milhão.

      Audi Q5 vende 60% a mais que o XC60. Fatos, apenas fatos.

      Excluir
    2. Me referi apenas ao mercado europeu (que é o mais exigente do mundo) onde o volvo é o líder. Como você diz apenas fatos.

      Excluir
  11. O Volvo XC60 é um carro fabricado por suecos mas cuja marca pertence aos chineses. Já o Audi Q5 é um carro cuja marca pertence aos alemães e é montado por mexicanos. Eita mundo globalizado...

    ResponderExcluir
  12. Macan não usa MLB Evo, usa a primeira geração.

    De acordo com o INMETRO, em reportagem da própria car.blog, a XC60 T5 tem rigorosamente o mesmo consumo que a Q5. Pode até andar menos, mas o consumo é igual.

    E o blog acertou na avaliação: é o melhor SUV da categoria no mercado, mas chegou no Brasil com um preço salgado, beirando o preço do Macan, que tem mais "apelo", embora seja até menos carro na versão de entrada.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.