Car.blog.br

Pesquisar este blog

Carros Toyota terão mais recursos de segurança em 2018

Categorias: , 15 Comentários

A Toyota Motor Corporation (TMC) anunciou planos para expandir a adoção de tecnologias de assistência ao motorista para reduzir ainda mais a taxa de colisões e anunciou uma expansão de atividades de conscientização de segurança para seus clientes.


A Toyota realizou cálculos independentes com base em dados de acidentes do Instituto de Pesquisas de Acidentes de Tráfego e Análise de Dados (ITARDA) do Japão e determinou que os veículos equipados com o pacote Sensory Safety Sense experimentam uma redução de aproximadamente 50% em colisões traseiras em comparação com veículos sem o Safety package.



Além disso, concluiu que os veículos com o pacote Toyota SafetysSense e ICS (Intelligent Clearance Sonar) experimentam uma redução de aproximadamente 90% em comparação com os veículos sem qualquer característica.


Os veículos equipados com Toyota Safety Sense e ICS são classificados na categoria "wide" Safety Support Car S, e são recomendados especialmente para motoristas mais antigos.


A Toyota anunciou que os sistemas Toyota Safety Sense e ICS estarão em 90% dos veículos vendidos da marca até o final de 2018.

15 comentários:

  1. Quando isso acontecer vai ficar assim
    Corolla de R$ 100.000 à 150.000
    Etios S de R$ 60.000 à 80.000
    Etios H de R$ 55.000 à 75.000
    Camry de R$ 250.000
    Hilux de R$ 200.000 à 300.000
    SW4 de R$ 250.000 à 350.000
    RAV4 de R$ 250.000
    Prius de R$ 250.000

    moleza afinal para o Brasil é assim bastou a marca ser sinônimo de Status vale até R$ 1.000.000.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Status num toyota ? Sério,só um leigo sobre o mundo automotivo acharia isso

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Você está errado. Aqui só chegará o aumento de preços. O pacote de segurança ficará pelo caminho.

      Excluir
  2. mas e o relogio digital do painel? vao manter?

    ResponderExcluir
  3. Toyota n quebra pq os carros n possuem tecnologia e pela mecanica antiquada ja consolidada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, é pura lógica. Um motor 2.0 com 20 anos de idade é engenharia obsoleta, tem materiais mais baratos e qualquer mecânico meia boca sabe mexer, por isso "quebra menos" e a Toyota deveria cobrar pouco por isso. Mas brasileiro é burro demais pra entender esse fato, cara.

      Excluir
    2. Então não é só o brasileiro, pois o Corolla e o carro mais vendido no mundo. A Toyota tem fama, mas nem é tanto pelo carro, mas sim pelo atendimento e respeito ao cliente, coisa que as outras não tem.

      Excluir
    3. Quais motores há 20 anos ofereciam bloco e cabeçote em alumínio, duplo comando de válvulas variável, corrente de comando?

      Excluir
  4. Há quem diga que não, mas pós venda pesa muito na hora da compra...

    ResponderExcluir
  5. Toyota chegando muito atrasada nesse quesito, pois as principais montadoras já oferecem esses pacotes a tempos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você precisa reler a matéria.

      A Toyota já oferece o pacote há muitos anos.

      O que irão fazer é colocar esse pacote em 90% de todos os veículos fabricados até o fim do ano que vem. Quantas montadoras já fazem isso?

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.