Car.blog.br

Pesquisar este blog

Brasileiro Lucas di Grassi: campeão da Fórmula-E com Audi

Categorias: , , , 7 Comentários

O piloto da Audi, Lucas di Grassi, é o novo campeão da série mundial de corridas elétricas de Fórmula E. Depois de assumir a liderança da classificação com uma vitória na primeira das duas últimas corridas em Montreal (Canadá), o brasileiro da equipe ABT Schaeffler Audi Sport conquistou o título ao tomar o sétimo lugar no domingo.

Brasileiro Lucas di Grassi é campeão da F-E com Audi

Di Grassi havia chegado ao Canadá no fim de semana final com um déficit de dez pontos para o piloto Renault Sébastian Buemi. Enquanto o suíço estava ostensivamente tenso e, após um acidente nos treinos livres, teve um dia horrível no sábado, di Grassi não cometeu erros e converteu seu déficit com sua pole e vitória em uma vantagem de 18 pontos.

Brasileiro Lucas di Grassi é campeão da F-E com Audi

No domingo, di Grassi e seu colega de equipe, Daniel Abt, largaram da terceira fila, enquanto Buemi só assumiu a posição 14 na fase de qualificação. Após uma largada turbulenta, di Grassi e Abt caíram para as posições nove e dez ma maior parte do tempo, mas também graças ao gerenciamento inteligente de energia, conseguiram lutar para as posições seis e sete. Como resultado, a equipe ABT Schaeffler Audi Sport garantiu o vice-campeonato na classificação das equipes também.

Brasileiro Lucas di Grassi é campeão da F-E com Audi

"Hoje é o melhor dia da minha carreira", o novo campeão da Fórmula E que se entusiasmou após a corrida. "Eu acreditei na Fórmula E desde o primeiro dia, porque o mundo, incluindo o automobilismo, está mudando. Três anos atrás, ganhamos a primeira corrida da Fórmula E em Pequim e, finalmente, o título também. A ABT Sportsline, Schaeffler e Audi Sport fizeram um trabalho perfeito - não menos depois das corridas em Nova York, onde não tínhamos muita força. Aqui em Montreal, na melhor pista de corrida que a Fórmula E já viu, fomos rápidos desde o início ".

Brasileiro Lucas di Grassi é campeão da F-E com Audi

Após o terceiro lugar no ano inaugural da Fórmula E e o vice-campeonato no ano passado, Lucas di Grassi é o terceiro campeão da primeira série de corridas totalmente elétricas do mundo e, com um total de seis vitórias e 20 resultados em 33 corridas, um dos pilotos de Fórmula E mais bem-sucedidos. Na temporada 2016/2017, o piloto da Audi venceu duas corridas, conquistou três pole positions e sete pódios em doze corridas. Somente em Paris, di Grassi não marcou nenhum ponto. No final, essa consistência foi decisiva na corrida do título, embora suas recuperações no início da temporada em Hong Kong e na conquista da vitória no México permanecerão igualmente inesquecíveis.

Brasileiro Lucas di Grassi: campeão da Fórmula-E com Audi

"Para mim, Lucas di Grassi é atualmente o piloto mais completo da Fórmula E", diz o chefe do Audi Motorsport Dieter Gass. "O que ele mostrou em Montreal no sábado foi simplesmente fantástico. Depois de Nova York, provavelmente não havia muitas pessoas esperando que ele pudesse voltar à disputa pelo título. Mas Lucas nunca desistiu nem por um segundo e motivou continuamente a equipe inteira para oferecer melhores performances. Toda a equipe em torno de Hans-Jürgen Abt e Thomas Biermaier fez um excelente trabalho e Daniel Abt, que ficou um pouco abaixo do seu potencial este ano, também levou corridas fortes em Montreal.

Brasileiro Lucas di Grassi: campeão da Fórmula-E com Audi

Este foi um final tremendo e uma boa semana no geral para a Fórmula E. Que, depois da BMW, a Mercedes-Benz e a Porsche nos seguirão nesta série de corridas para o futuro, a importância crescente do automobilismo totalmente elétrico. Já estou ansioso para o início da nova temporada de Fórmula E em Hong Kong, em dezembro, quando nosso compromisso apoiado pela fábrica abre um novo capítulo na história do esporte automobilístico da Audi. Com a ABT e a Schaeffler como parceiros, estamos em uma posição muito boa em uma concorrência cada vez mais dura ".


Lucas di Grassi nasceu em São Paulo em 11 de agosto de 1984 e mora em Mônaco junto com sua esposa, Bianca. O brasileiro ganhou o prestigioso Grande Prêmio de Fórmula 3 no Mônaco em 2005 e atuou na Fórmula 1 como piloto de teste e corrida antes de se juntar ao Audi no World Endurance Championship (WEC) em 2012 e chegar ao pódio nas 24 Horas de Le Mans três vezes . Como piloto de teste desde o primeiro dia, ele ajudou a tornar a Fórmula E realidade. Agora, ele é seu novo campeão.

7 comentários:

  1. Aposto que se fosse campeão com outra marca não estaria aqui

    ResponderExcluir
  2. Categoria mais sem graça de todo automobilismo. Consegue ser mais chata que entediante NASCAR

    ResponderExcluir
  3. É ...tão chata que a Mercedes abandonou o DTM para ir para lá. A BMW terá equipe ano que vem lá. A Porsche abandonou o WEC para ir para lá. A Audi já está.
    Essa Formula-E é a futura Formula 1. A categoria está bombando..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Futura F1 ?!? Não sonha meu amigo, só baterá de frente com a F1 quando as baterias durarem toda a corrida e ter pits stops, além de ter maior velocidade, esses carros correm em circuitos de rua pra dar uma falsa sensação de que são tão rápidos como na F1, então estão muito longe disso, então menos meu amigo, está falando isso pq a sua querida Audi venceu, pq o Buemi praticamente deixou isso de bandeja pra ele, não correu em 2 etapas por compromisso com o WEC...

      Excluir
  4. Por acaso a gasolina aguenta todo corrida?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.