Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Audi A8 terá novo sistema híbrido mais eficiente

Categorias: , , 3 Comentários

O novo Audi A8, que será apresentado no próximo dia 11 de junho, será um passo à frente em termos de eletrificação do sistema de propulsão, já que será a primeira vez que o modelo terá um powertrain híbrido de série.


Para esse fim, os motores de combustão serão equipados com tecnologia "híbrida suave", o que significa passeio refinado e um desempenho aprimorado, juntamente com maior eficiência. A base é o sistema elétrico de 48 volts, que apresenta pela primeira vez no novo Audi A8 como o sistema elétrico primário.

A unidade híbrida leve compreende dois componentes principais: primeiro, o alternador de 48 volts refrigerado a água (BAS), que complementa o motor de partida convencional. Este último só é necessário para partida a frio no novo Audi A8. Em seguida, há a bateria de íon de lítio no compartimento de bagagem para atuar como acumulador de energia para o sistema elétrico híbrido com capacidade de carga de 10 Ah e um sistema de 48 volts.

A vantagem do BAS torna-se particularmente clara quando o motorista se aproxima de um sinal de trânsito vermelho ou de uma rotatória. Se o sinal de trânsito ficar verde durante a frenagem, enquanto o veículo está em processo de frenagem, e o motorista solta o pedal do freio, ou se aparecer um espaço para que o condutor entre, o motor de combustão é iniciado imediatamente, sem qualquer demora. Isto é tudo graças ao novo BAS que funciona como motor de partida, e que está conectado permanentemente ao motor de combustão.

A nova unidade combina eficiência e conforto de uma maneira muito especial: A A8 da quarta geração pode entrar no modo de deslocamento silencioso dentro da faixa de velocidade de 55 a 160 km / h. Ele pode ainda entrar em modo coasting com zero emissões por até 40 segundos, com o motor desligado. Assim que o motorista pisar no acelerador novamente, o BAS inicia o motor de forma rápida e suave. Além disso, a operação de start/stop do motor é efetivamente ativa a 22 km /h.

A função start/stop do novo Audi A8 difere bastante dos sistemas atualmente em uso, pois é capaz de distinguir entre diferentes situações de trânsito. Quando o sistema detecta que a estrada à frente está desimpedida, o BAS inicia o motor de combustão prontamente, deixando o Audi A8 acelerar rapidamente. Já em trânsito pesado com longas fases de paralisação, e se for ligado o ar condicionado, o motor de combustão é iniciado de forma extra suave e silenciosa. Outra inovação é o sistema de partida preditiva: assim que o veículo à frente do Audi A8 se move, o sistema dá a partida no motor mesmo se o freio ainda estiver pressionado. Nesse cenário, a estratégia de controle conclui que o motorista entrará espontaneamente no fluxo de tráfego.

Para alcançar o alto padrão de eficiência, o novo Audi A8 vem com gerenciamento de powertrain sofisticado: processa dados de rota provenientes do GPS e informações de seu conjunto de sensores conectados em rede, que inclui também informações da câmera frontal. O gerenciamento de powertrain usa estes dados decidir se o A8 deve ficar em coasting (powertrain desacoplado e motor desligado) ou em processo de recuperação de energia (para carga das baterias).

Além de aprimorar o conforto, o novo A8 ficou mais econômico- em média 7% - graças a tais medidas.

3 comentários:

  1. Tecnologia de ponta. Tem que ler o texto umas 3 vezes pra entender o funcionamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza e ainda sobram dúvidas...kkk

      Excluir
  2. Numa boa, 7% de economia a maior pra todo este esquema talvez caro de manter. Não entendi se o A8 é um carro hibrido plugin ou não, ou simplesmente um carro a combustão com o novo sistema elétrico bateria de 48V, que é a nova tendencia para o futuro. Não entendi se o novo A8 roda somente na bateria em baixa velocidade. Muitas duvidas! rrss

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.