Car.blog.br

Pesquisar este blog

Por que o Toyota Corolla vende tão bem e faz sucesso?

Categorias: , , 94 Comentários

O Toyota Corolla é um carro de extremo sucesso no Brasil. Em 2016 ele vendeu 54.740 unidades, quase três vezes mais que o Civic, seu principal concorrente, que no mesmo período ficou em 20.857 unidades. Neste post fazemos algumas considerações sobre os motivos de tamanho predomínio do sedã japonês.

Por que o Toyota Corolla vende bem e faz sucesso?

Depois de circularmos por mais de 200 quilômetros com este Corolla GLi 2018 1.8 CVT, um dos aspectos que chama a atenção é a adequabilidade de sua suspensão ao tipo de piso que temos no Brasil, que é resultado de um esquema robusto, McPherson na dianteira e semi-independente por eixo de torção na traseira, com uma boa altura em relação ao solo, e que permite até mesmo algumas incursões off-road, como fizemos no vídeo a seguir.



O Toyota Corolla 2018 é um carro que veio sendo aperfeiçoado por quase vinte anos e atualmente ele tem características que convergem com as reais dos consumidores desse tipo de carro.

Toyota Corolla 2018

É importante considerar também que o Toyota Corolla, apesar de ser fabricado e projetado por uma montadora japonesa, ele é um carro feito para agrar principalmente o consumidor americano (dos Estados Unidos da América), que aprecia modelos com bom espaço interno, com soluções práticas e suspensão macia, que hoje é também a preferência do brasileiro.

Toyota Corolla 2018

Mas nem sempre foi assim. Nos anos 70, 80 e 90, as quatro empresas que estavam instaladas no Brasil faziam carros tipicamente europeus. A Volkswagen, tipicamente alemã; a Chevrolet, que fabricava e vendia os modelos europeus da Opel; a Ford que fabricava e vendia modelos da Ford Europa, e a Fiat, que era italiana e europeia.

Toyota Corolla 2018

A escola europeia de carros é caracterizada por modelos com excelente comportamento dinâmico, preparados para andar por horas a fio a mais de 200 km/h, com extrema segurança, elevado desempenho em estrada, e sem a necessidade de muita disposição em baixos regimes. Isso porque, na Europa, eles andam em altas velocidades em estrada, e em baixíssimas velocidades em cidade - o que reflete a infraestrutura viária europeia.

Toyota Corolla 2018

Nessa época o brasileiro também apreciava esse tipo de carro. Mas com a abertura do mercado, nos anos 90, e a chegada das empresas orientais - Honda, Toyota e Hyundai - a preferência do consumidor brasileiro começou a se alterar, pois o mercado brasileiro foi exposto a um tipo de carro feito pelos japoneses para vender nos EUA - eficientes, confiáveis, fáceis de serem conduzidos.

Toyota Corolla 2018

Apesar de o Japão ser a terceira maior economia do mundo, Honda e Toyota, e posteriormente Hyundai, desenvolveram carros e serviços para agradar ao consumidor dos EUA. E os EUA, apesar de contar com uma infraestrutura bem superior à brasileira, há algumas características que convergem, como a pavimentação inferior à observada na Europa, e limites de velocidades em estrada.

Toyota Corolla 2018

Dessa forma, "comportamento dinâmico" é algo pouco relevante para o americano, e também para o brasileiro médio, em função da realidade física e legal (limitação de velocidade) das vias brasileiras. E, enquanto o europeu - e o brasileiro era assim também - gosta de câmbio manual, o americano ama as transmissões automáticas.

Toyota Corolla 2018

E foi exatamente a chegada dos Honda e Toyota, precisamente Civic e Corolla, que a atual preferência do consumidor brasileiro por câmbio automático começou a se formar. Desde sempre esses dois sedãs eram vendidos majoritariamente com câmbio automático.

Toyota Corolla 2018

Do ponto de vista técnico, os Toyota e Honda sempre foram modelos com soluções conservadoras de engenharia. Motores turbo? Só agora o Civic oferece apenas na versão topo de linha. Câmbios de dupla embreagem? Até agora nada.

Toyota Corolla 2018

Além disso, sempre foram sedãs práticos, e criaram uma fama de inquebráveis. E, mais ainda, o consumidor brasileiro passou a ser exposto também a outra característica tipicamente americana, que é a excelência de pós venda, trazida também por Honda, Toyota e mais recentemente Hyundai.

Toyota Corolla 2018

Dessa forma, o Toyota Corolla é um carro emblemático da introdução do conceito de carro nipo-americano no Brasil: um sedã macio, confortável, confiável, com ótimo desempenho, fácil de usar, e que está inscrito em um ambiente de pós-venda de excelência, com custos de revisão previsíveis.

Toyota Corolla 2018

E isso é o que hoje seduz o consumidor brasileiro, muito mais que a excelência em comportamento dinâmico dos modelos alemães.

Conclusão

Toyota Corolla 2018

O mercado brasileiro passou por uma mudança cultural desde a abertura de importações. Se antes apreciávamos os hatchs esportivos com câmbio manual, hoje o brasileiro quer SUV´s e sedãs práticos, espaçosos e fáceis de serem conduzidos - cujo maior representante é o Corolla.

Postagens relacionadas:

94 comentários:

  1. Em relação aos seus concorrentes:

    Pós: menor desvalorização, menor manutenção, menor seguro, atendimento das concessionárias, suspensão mais macia para vias brasileiras.

    Contras: menor desempenho, menor estabilidade, menor segurança, menor consumo, além de não disponibilizar mimos como teto solar por exemplo.

    Dessa forma, fica claro que questões relacionadas a mercado, o Corolla dá show. Já em relação a questões técnicas, é inferior aos seus concorrentes.

    No mais, é um excelente veículo, considerando que agora possuí, finalmente, controles de estabilidade, nos modelos a partir de 2018.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tem ESP agora pq ele é menos seguro?

      Excluir
    2. Por conta de sua suspensão ser por eixo de torção e não multilink, o que confere ao veículo maior conforto, mas diminui sua estabilidade quando comparado ao segundo.

      Além disso, o fato de a sua curva de torque se apresentar inferior a de seus concorrentes, faz com que aquele tenha um desempenho inferior, o que reflete diretamente na estrada, em situações de ultrapassagem.

      A situação acima não vale quando a comparação é feita com um Civic 2.0.

      Fica o registro que o desempenho do Corolla, em minha opinião,é excelente em relação aos veículos disponíveis no mercado. A minha crítica é quando comparado aos seus concorrentes.

      Excluir
    3. o golf tb tem suspesão por eixo de torção. o audi a3 tb.

      Excluir
    4. Renan penso o seguinte. O sucesso do Corolla está na segurança de investimento. Sei que carro não é investimento, maneira de dizer. Ninguém quer gastar 100k e ter dor de cabeça, é aí que o Corolla reina. Quando você vê custos totais do carro, não liga muito para ficha técnica. Os outros são melhores no papel, mas não tem a manutenção e confiabilidade do Corolla. É intrigante mesmo o sucesso dele

      Excluir
    5. Bruno está correto, o sucesso do corolla é o efeito "cheque ao portador" em um país em pobre. Infelizmente no brasil carro é um ativo caro e isso pesa muito na compra.

      Excluir
    6. Publicidade, tudo descrito neste post não passa de publicidade. Na verdade o corolla é o que é devido à confiança que ele conquistou no público brasileiro. Nenhum veículo nessa categoria tem o tempo de mercado que o corolla tem. Enquanto todos saíram de linha, o corolla permanece, o único que chega perto é o Civic. As pessoas sabem que comprando um Corolla, daqui 10 anos ele ainda será um Corolla, daí o povo compra. Veja o exemplo da Renault, o Fluence é muito mais carro que o Corolla, mas não vende, porque? É simples assim como a Fiat, Chevrolet, Citroën, Peugeot e outas, seus carros já mudaram uma centena de vezes enquanto o Corolla permanece Corolla, e isto transmite confiança. Tudo é questão de raciocínio, esta matéria é uma publicidade patrocinada pela Toyota. O Corolla veio para o Brasil quase no tempo da sua descoberta, hehehe, e ainda é Corolla até hoje. Esta confiança foi uma conquista. Mas existem vários carros melhor do que o Corolla.

      Excluir
  2. kkkkkkkkk só choro pq o Jetta não alcança o Corolla.
    Eu respondo: Corolla é confiável, robusto, barato de manter (revisões 200% mais baratas que o Jetta ao longo de 3 anos segundo a 4Rodas) de qualidade e tem algo que a Toyota tem de bom que a VW nem sonha: pós-venda. Aliás os outras qualidades que citei do Corolla tb.
    Chora Carlota da Ceci ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou fã boy dá VW. Tenho dois Golfs. Mas vou ser sincero. O Corolla agora mais imbatível do que nunca. Com esp. Barato de manter. Muito bonito. Confiável. Iria fácil de Corolla. Só falta um motor turbo. Mas sinceramente esse motor 2.0 aspirado dele anda muito próximo ao 1.4 tsi. Tem bom torque. Excelente carro. Se for pegar um sedan, vou de corolla no futuro

      Excluir
    2. Com Jetta Tsi 2 litros Dsg nao tem pra Corolla ou Civic. Quem gosta de sedan e não só utiliza carro pra transporte vai de Jetta.

      Excluir
    3. Também acho, agora com ESP, uma excelente opção.

      Excluir
    4. É óbvio que a manutenção do Jetta é mais cara! Motor turbo e câmbio de dupla embreagem são mais complicados de mexer, mais tecnologia embarcada. Os funcionários precisam de treinamento específico e os componentes de manutenção são mais caros. Sorry, amigo, mas vc tá falando só o óbvio. É a mesma coisa que dizer: Meu gol quadrado tem manutenção mais barata do que o up! TSI... Corolla é robusto, confiável e todo o resto do blá, blá, blá. Ninguém nega isso, mas nenhum toyotêro admite que a tecnologia embarcada no corolla é semi jurássica.

      Excluir
    5. semi jurássica, ou chame como quiser. a questão é que ele é eficiente de qq forma. assim sendo, o que justificaria pagar muito mais para levar alguma coisa só um pouco melhor pra casa? do que me serve 0-100 em 7-8s se eu não faço arrancada mesmo? se vc pensar racionalmente leva um corolla. se deixar a paixão tomar conta, ai leva-se qq outra coisa.

      Excluir
  3. Como ele disse no video. Aqui é Brasil não tem estrada pra 200 não tem autubahn. Então não precisamos de carros com muita dinamica. Acorda VW vendendo Jetta por 90000 c volante de plástico

    ResponderExcluir
  4. Alguns detalhes fazem a diferença....

    Atendimento na pré e pós venda.
    Confiança na marca.
    Revenda garantida.
    Manutenção facil, simples, mínima e barata.
    Bonito.
    Gostoso de dirigir.
    Econômico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pós-venda até pode ser, mas (pré-)venda a Chevrolet se saiu infinitamente melhor na minha cidade, o vendedor era muito mais preparado, conhecia tudo do carro. Já o da Toyota, pelo fato do Corolla vender por si só, não exige maiores esforços e preparo pra vender. Outra coisa é que o seu usado na Toyota é muito desvalorizado, a ponto de vc querer ter um infarto. Mas enfim, com os preços estratosféricos dos carros no Brasil, com aumentos frequentes (vide Corolla XEi, que aumentou R$ 4.000 em menos de 2 meses), tá ficando difícil e proibitivo.

      Excluir
  5. Eu tive um Corolla e não gostei nada da suspensão macia demais, da direção pouco direta e da inclinação grande em curvas. Também não gostei do câmbio, embora fosse outro, o automático de 4 marchas.

    Tive vários modelos Chevrolet de origem Opel e também da Volkswagen é, sinceramente, prefiro a escola européia em termos de automóveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muto bem observado. Concordo plenamente.

      Excluir
    2. Exatamente isso, Manoel! Vendi um Xei CVT 2015 agora em janeiro e peguei um Civic EXR 2016. Como gosto de dirigir posso dizer que mudei da água pro vinho. Corolla é carro pra quem quer se locomover e não pra quem gosta de carro.

      Excluir
  6. Só quem teve um pra saber... e por acaso, alguém já viu um corolla quebrado... ou mesmo capotado em virtude da ausência do ESP? Particularmente nunca vi! Todo isso esnaltece a fama do corolla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca vi um Fiat Idea capotado também... Muito vai do perfil do público de cada carro ou das situações de trânsito que cada um é sujeito... Eu infelizmente e felizmente já passei por uma situação parecida com o famoso moose test (procure no youtube para ver que não é tão difícil acontecer em nosso trânsito...). Se não tivesse um carro com ESP, certamente não teria retornado ao traçado tão preciso.

      Excluir
  7. O do meu tio. Aconteceu ao desviar de um cavalo na pista. Rsrsrs

    ResponderExcluir
  8. Um ótimo carro, que tem a fidelidade de seus clientes. Um veículo com este valor, que consegue vender uma média de 5000 unidades por mês em um país como o Brasil, é de se tirar o chapéu. Não sou fã do carro, mas tenho que se render ao grande sucesso!!!

    ResponderExcluir
  9. Quem compra Corolla não olha para ficha técnica. Quer um carro confiável com manutenção barata. São pessoas já estabilizada financeiramente que dão valor no seu dinheiro. Sabem o suor que gastaram para pagar 100k em um carro. Vejo muitas pessoas enaltecendo o Jetta pelo conjunto mecânico, mas as qualidades param quase que por aí. Projeto defasado e com pacotes de opcionais de equiparam aos concorrentes exorbitantes. Mas ainda é um bom carro. Corolla também tem seus defeitos, devia oferecer mais pelo valor cobrado. Comprei um Civic recentemente e olhem, vou falar por experiência própria. Fui em todas concessionárias e quando você começa a ver preço de revisões, peças, seguro e IPVA das marcas americanas e europeias. Você ver que optar pelo Corolla não é uma má ideia. Melhor definição que vi para o Corrolla: Não é o melhor, mas é bom em tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quase tudo isso poderia ser dito para o Onix e Prisma.

      Excluir
    2. que "NÃO" dão valor no seu dinheiro.

      Projeto defasado do Jetta? cite tecnicamente.

      preço de revisões, peças, seguro e IPVA - isso pode alterar, mas pra mudar, pagar o mesmo valor pelo bem, pra ter menos...

      é difícil.

      Excluir
    3. O difícil é o Jetta justificar o preço que pede: custo de revisão elevado, custo de manutenção elevada; custo de peças elevadas (isso se ainda não contar com a indisponibilidade, uma das deficiências do pós-venda muito comum da VWB); custo de seguro elevado; confiabilidade baixa; durabilidade baixa; design questionável.

      Pra nós, brasileiros, quando vemos o que a VWB foi e o que é hoje só nos resta lamentar ...

      Excluir
    4. O Jetta tem custo de manutenção mais baixo que o do Corolla.

      Primeiro que o pós-venda da VW é superior ao da Toyota. A VW tem mais de 600 concessionárias, contra menos de 150 da Toyota.

      Só por aí vê-se a superioridade do pós venda da VW.

      Mas não só isso. VW tem revisões a custo fixo e peças baratas.

      O Jetta, por exemplo, tem pastilhas de freio a R$ 215 reais, enquanto o Corolla custa mais de R$ 400 reais, peças originais.

      http://www.itacuapecas.com.br/pecas-listagem/jg-pastilha-c-sensor-jetta-golf-polo-nfu/JZW698151

      E depois que acabou a garantia, o Jetta tem ainda as peças originais Economy, muito mais baratas que as do Corolla.

      Em resumo: Jetta mais barato, mais equipado, anda mais, bebe menos, mais confiável, e com custo de manutenção mais barata.

      Excluir
    5. Se você considerar que o projeto do Jetta é defasado... o do corolla é o que, então. Eu estou falando tecnicamente, ok?

      Excluir
    6. Carlos, sempre com a mesma ladainha.
      TODOS daqui deste fórum. ABSOLUTAMENTE TODOS sabem que o pós-venda da VWB é péssimo, a começar pelos elevados custos de peças e manutenção.
      Não adianta vir com justificativas pontuais porque não cola.

      Se VWB tivesse um bom pós-venda pode ter certeza absoluta de que Jetta estaria no pódio com muita tranquilidade.

      "Fatos. Apenas fatos"

      Excluir
    7. Só é importante lembrar que o grupo VW deve receber os parabéns por disponibilizar farta maioria de suas peças em OEM como originais e com a mesma qualidade das genuínas por um preço muito mais em conta, coisa que muita montadora não faz. Por outro lado deve receber as críticas por na maioria das vezes sequer informar ao cliente sobre essa disponibilidade, cobrando pelas peças genuínas em sua rede de css por quase o dobro do preço.

      Excluir
    8. Sidney, Daniel é o que eu falei em outro comentário, na ficha técnica o Corolla perde para todos. Praticamente todos na categoria, do Golf então nem se fala. Acho a linha TSI da VW a melhor mecânica do país. Sucesso do Corolla sompode ser o fator pôs venda, ninguém quer arriscar 100k. Sucesso dele é intrigante mesmo

      Excluir
  10. Corolla 0 KM 104 mil, daqui 1 ano você vende por 90
    Jetta, Cruze 104 mil, daqui 1 ano você vende por 50
    Focus vc não vende.

    Fora que é mais confortável para a buraqueira, vende mais fácil, não quebra nunca e seguro e mais barato, o consumidor mais conservador pira no Toyota.

    Agora se voce que prazer ao dirigir e esportividade, tem as outras opções, mais tem que estar ciente que os custos são maiores para manter esse lazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Todos tem seus prós e contras. Tem que por na balança o que vai te satisfazer mais. Na média é assim: Beleza vai de Civic, revenda de Corolla, motor de Jetta, talvez o Cruze seria o meio termo de todos

      Excluir
    2. Beleza vai de Civic?
      Com aquela aparência medonha de transformer?
      Nem á pau, Juvenal!

      Excluir
    3. Respeito sua opinião, mas gosto não se discute

      Excluir
    4. Ainda prefiro pagar pela tecnologia, e trocando dentro da garantia, essa "falácia" de revenda no mercado não cola muito, agora o cara quer ficar piranhando carros, montadoras e CCS, e quer que a Marca o valorize? Piada né.

      Quando se tem bom relacionamento, o que é uma via de mão dupla, se consegue bons negócios. Sei o que falo. Passei por 06 meses em uma CCS - VW no Rio de Janeiro, e vi claramente isso. Essa é a realidade.

      Excluir
  11. Concordo que a taxa de desvalorização do Corolla é menor. Mas não é esse abismo conforme colocado acima.

    Abismo existe sim, do motor 2.0 tsi com câmbio dsg para o 2.0 aspirado cvt do Corolla.

    ResponderExcluir
  12. Revendas, excelência no atendimento, durabilidade e o "status" de carro premium no Brasil.

    ResponderExcluir
  13. O Corolla só vende bem por um motivo, sua boa fama que se espalhou de forma positiva. Juntamente com o excelente serviço de pôs-venda da Toyota, realmente quando você levanta um corolla com seus 40k em uma oficina não tem nada pra fazer, no seus concorrentes a história não é a mesma. Não é atoa que a Toyota não abandona essa mecânica antiga a confiabilidade e muito grande. As outras pagam caro por inovarem. Não gosto do corolla mas ele merece esse título.

    ResponderExcluir
  14. Li a reportagem até o fim esperando e imaginando como iriam meter o Up ou Jetta no meio do texto... Fail! Rsrs

    Off-Topic: Pq alguns estão chamando o Carlota de Carlota da Cevi? Perdi alguma baboseira aqui dita por ele aqui no blog?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o pessoal tá zoando. Ceci seria uma bicicleta, acho que é isso rs

      Excluir
    2. Teve uma matéria de uns 2 anos atrás que a Carlota diz que prefere andar de ônibus e de Caloi Ceci e ficar observando o pessoal no transito engarrafado enquanto ele não se preocupa.
      Já colaram várias vezes a postagem dele aqui.

      Excluir
  15. A percepção de bom produto marcou o Corolla desde o tempo da abertura aos importados, numa época em que a qualidade japonesa dominava os mercados americano e europeu. Ocupou o seu status desde o início. Essa boa impressão foi reforçada com a melhora do atendimento a partir da nacionalização do modelo, somada à confiabilidade mecânica de um carro refinado para os mais diferentes tipos de pavimentos, já que é um produto de abrangência global. Não é um sedã perfeito, mas consagrou-se como um automóvel ideal nas circunstâncias em que se propõe, preenchendo os anseios da classe média dos mercados em que atua ao estabelecer conforto, confiabilidade mecânica/rede autorizada e durabilidade aos longo das suas gerações. Seus concorrentes sempre acabam pecando em algum desses fatores, por isso o terreno se mostra tão favorável ao Corolla por aqui, ainda. Resta ver como a Toyota vai lidar com os custos nas próximas gerações mais refinadas mecânica e tecnologicamente na era de ouro dos híbridos e semi-autônomos. Se não tivermos uma política industrial atualizada e não acompanharmos a roda do mundo em evolução, corremos o risco de ver o nosso Corolla transformar-se num novo Bandeirante no Brasil.

    ResponderExcluir
  16. Excelente matéria. Típica matéria jornalística, mostrando fatos e sem achismos ou factóides. Parabéns, espero que venham mais matérias assim.

    ResponderExcluir
  17. Parabéns ao blog!! Realmente falou do carro em questão, consegui ler ate o final. Mas enfim, Corolla é sinônimo de qualidade, conforto, confiança e excelência em atendimento. Pode não ter mimimis dos outro. Mas como o blog disse as qualidades que interessa ele ao brasileiro ele tem.

    ResponderExcluir
  18. Quem aqui tem coragem de comprar um Jetta tsi ou um cruze 1.4 com 100 mil km?

    E se for Corolla? Vc confia e compraria?

    Talvez essa tb possa ser uma resposta....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk nem a Carlota da Ceci vai responder essa!

      Excluir
    2. O Corolla com painel inteiramente de plástico duro vira uma escola de samba com piuco mais de 20.000 km.

      Já o Jetta tem uma carroceria com maior rigidez torcional, interior totalmente revestido em material softtouch, e muito melhor acabado.

      Assim, o jetta se mantém íntegro com 100.000 km, enquanto o Corolla parece uma escola de samba de tanto barulho.

      Fora isso, o Jetta tem a linha de peças originais Economy, muito mais barata que as da Toyota, e com isso o Jetta tem manutençaõ bem mais barata depois que terminou a garantia.

      Fora que a VW tem mais de 600 concessionárias, e a Toyota menos de 150.

      Jetta superior em tudo. Corolla? Que piada!

      Excluir
    3. Piada é achar que Jetta está em mesmo nível de qualidade que o simplérrimo, mas bem construído, Corolla...

      Excluir
    4. O cara pra falar uma asneira dessa tem que ser muito burro mesmo, até porque ele mesmo sabe que isso é mentira, ou seja, ele quer enganar as pessoas se enganando também, é por isso que anda de bike no sol quente.

      Excluir
    5. Corolla com 100 mil, escola de samba? oi?
      Realmente, vc é mto fãboy da VW.

      Excluir
    6. Isso é doença Charles. Somente um imbecil pra dizer que Corolla vira escola de samba.

      Excluir
  19. Única vantagem do Corolla é o pós venda. Vendi o meu ano 2015 na semana passa em apenas 03:00 na Olx o que eu pedi a cara pagou sem reclamar. Do resto no meu ponto de vista é inferior aos seus concorrentes como, Cruzes, Jetta, Sentra etc.

    ResponderExcluir
  20. O Corolla é ridiculamente mal acabado. Interior todo de plástico duro, cheio de rebarbas. Carro típico para classe C americana, que chegou ao Brasil e é vendido para classe média deslumbrada.

    O Jetta é infinitamente mais carro. No preço do Corolla, leva-se um jetta com motor turbo, mais espaço interno, muito mais equipado, infinitamente melhor acabado, e com manutenção mais barta.

    O Jetta tem custo de manutenção mais baixo que o do Corolla.

    O pós venda da VW é superior ao da Toyota. A VW tem mais de 600 concessionárias, contra menos de 150 da Toyota. Só por aí vê-se a superioridade do pós venda da VW.

    Mas não só isso. VW tem revisões a custo fixo e peças baratas.

    O Jetta, por exemplo, tem pastilhas de freio a R$ 215 reais, enquanto o Corolla custa mais de R$ 400 reais, peças originais.

    http://www.itacuapecas.com.br/pecas-listagem/jg-pastilha-c-sensor-jetta-golf-polo-nfu/JZW698151

    E depois que acabou a garantia, o Jetta tem ainda as peças originais Economy, muito mais baratas que as do Corolla.

    Em resumo: Jetta mais barato, mais equipado, anda mais, bebe menos, mais confiável, e com custo de manutenção mais barata.

    Em resumo: o sujeito que compra um Corolla hoje em dia é um mané e assina atestado que não sabe analisar direito. O carro é boqueta. Basta andar em um jetta e verá o quão superior é o sedã alemão.

    Corolla? Que piada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlao,
      entra no carro para nao falar besteiras... onde que o carro é cheio de plastico duro?
      Entre em um primeiro, para depois relinchar.....

      Seu crédito acabou ai....... nem precisa falar mais nada...
      (se é que vc tem algum crédito.. kkkk)

      Excluir
    2. Carlinhos, o objetivo de TODAS as montadoras é ter lucro.
      No Brasil o Corolla da muito mais lucro para a Toyota do que o Jetta da para a VW.

      Excluir
    3. Concordo! O Jetta é superior em tudo! Agora, o custo de manutenção dele é bastante alto sim! E, diferentemente do Toyota, a periodicidade é semestral. Acho que um powertrain Turbo/DSG é infinitamente superior a um 2.0 aspirado do vovô e, por isso, requer um pouco mais de cuidado e é até natural que as manutenções sejam mais caras e menos espaçadas, mas alguns preços da rede VW são irreais sim!

      Excluir
    4. Concordo! O Jetta é superior em tudo! Agora, o custo de manutenção dele é bastante alto sim! E, diferentemente do Toyota, a periodicidade é semestral.

      MENTIRA. A periodicidade de manutenção do Jetta é ANUAL, como o Corolla. A VW mudou isso faz quase 1 ano.

      http://www.car.blog.br/2016/09/vw-brasil-tem-novo-plano-de-revisoes.html

      Basta ver tb na página de revisões da VW:
      http://www.vw.com.br/pt/servicos/plano_de_manutencao.html

      E depois que acaba a garantia, o Jetta tem peças originais muito mais baratas, na linha Economy

      http://www.vw.com.br/pt/servicos/pecas-originais.html

      Excluir
    5. De fato, a periodicidade de revisões passou a ser de 1 ano. Adquiri um VW recentemente e a instrução que me passaram foi que, para a garantia, vale a revisão de 1 ano ou 10 mil km. Porém, há a recomendação que se faça a cada 6 meses, não implicando em perda de garantia, caso não o faça.

      Excluir
    6. Não há recomendação nenhuma. A recomendação está no site da VW e é de revisão a cada 1 ano.

      Excluir
    7. Há recomendação sim senhor, a depender do modelo. Essa instrução me foi passada pela VW Distac, do Rio de Janeiro, no ato da entrega do carro. Além disso, o computador de bordo do modelo que comprei continua com a programação de revisão por tempo de 6 meses. No entanto, repito, o intervalo de revisão obrigatório, para a garantia, é de 1 ano ou 10 mil Km, o que for alcançado primeiro. Fazer a cada 6 meses é facultativo ao proprietário. Tirei o carro em Março. Portanto, essa informação é fresca.

      Mas, não se preocupe, Carlos. O exposto acima não é um demérito para a VW. De forma alguma. É apenas um fato.

      Excluir
    8. Não há recomendação alguma de fazer revisão a cada 6 meses. O máximo que há é que, nos primeiros seis meses, se o carro for usado em condição "severa" (como viagens de menos de 2 km por dia em circuito urbano), há a recomendação de uma troca de óleo aos 6 meses, caso não tenha atingido 10.000 km. E Só. No resto não há recomendação NENHUMA. Inclusive só é possível fazer revisão com 1.000 km de antecedência. Se der 6 meses e o carro não estiver com 9.000 km, o sistema não aceita a revisão.

      Excluir
    9. De fato, me expressei mal. Não é necessariamente uma revisão, mas, troca de óleo. No Rio, recomenda-se a troca, devido ao trânsito quase sempre intenso, muito anda e para, com o motor normalmente trabalhando fora do regime ideal. A VW tem recomendado essa troca nessas condições. No manual, a troca de óleo preventiva, a cada 6 meses, é "altamente recomendada" nas seguintes condições:
      - trânsito frequente, com tráfego intenso
      - trajetos curtos (abaixo de 8km diários) ou com motor funcionado em temperatura abaixo do regime ideal
      - ciclos urbanos com paradas frequentes
      - em situações de longa inatividade

      As informações acima foram extraídas do manual. Entendo que, para a imensa maioria dos proprietários, essa troca de óleo deverá ser feita.

      Para mim, se é uma revisão ou apenas a troca de óleo, não tem muita diferença, uma vez que o trabalho de ir a uma concessionária será o mesmo.

      Mais uma vez, isso não é um demérito da VW e tal procedimento é totalmente compreensível.

      Excluir
    10. Rapaz se Corolla vende 4k unidades com 150 CSS, e jetta vende 400 unidades com 600 CSS, imagina se Toyota tivesse 600 unidades? ???? Nossa a benga seria COLOSSAL ,corolao venderia 16k unidades mês! !!!!!!
      TOYOTA>>ALL

      Excluir
    11. Renner, o nome disse é EFICIÊNCIA.
      Algo que vc não encontra na V12 Motors.

      Excluir
    12. Não tem como argumentar com uma pessoa que não possui ou nunca dirigiu um carro desse nível (Corolla e jetta), fica só bufando pela internet baseado em achismo, ou então querendo puxar sardinha para o produto que vende que nesse caso é da VW. O que é mais feio é que o cara pensa que sabe de tudo e na verdade não tem experiencia nenhuma com carros, digo no caso de como é manter um carro e tudo que esse produto pode proporcionar seja no âmbito de satisfação e também de possíveis insatisfações. Então quando vem falar que o corolla é mal acabado e não sei mais o que claramente já denota a inveja que a pessoa tem do sucesso do mesmo e da marca, isso porque na concessionária que ele trabalha nem gol vende tão bem quanto corolla. Carlos vai procurar um emprego na toyota que você ganha mais.

      Excluir
  21. Carlos não se o de o trabalho de relinchar nao, seus comentários na fazem nem barulho e só ver seu nome que nem precisamos mais ler, já sabemos que é um monte de besteiras

    ResponderExcluir
  22. Teoria bastante plausível. Concordo. Agora, faltou explicar (ou tentar explicar) o porquê de o Vovôrolla vender mais que o igualmente japa Civic 10... São carros que disputavam a liderança pau a pau até chegar a nova geração do Corolla (essa que acaba de ganhar um facelift). Vende o dobro e não me parece que a surra venha a cessar tão cedo...

    ResponderExcluir
  23. Óbvio que é um ótimo carro, por atender principalmente as aspirações do seu público. Mas acredito que não será uma opção pra mim não...

    Depois do Golf, me incomoda muito a falta de padrão do interior do Corola... Olhem a foto aí de cima, parece que o cara combinou todas as formas, cores, texturas, materiais e alinhamentos que tinha no armário...

    Agora a versão de 92 mil se mostra interessante (apesar que a falta de itens básicos ainda irrita...), mas até então, o Golf, com 7 airbags, segurança ativa, central, motor turbo, 12km/l na cidade, acabamento harmônico e de alto nível, enfim, até então, pra mim, depois de estar em um Golf, o Corolla era totalmente descartado... Se houvesse um Golf AT por 85 mil, até o Corolla atual continuaria impensável pra mim e para quem entende os pontos que destaquei acima... Sendo sincero, hoje, ficaria até com o 1.0 TSI mecânico e ainda guardaria 15 mil no bolso...

    Fiz agora a última revisão do carro e zero problemas. Como cuidei muito do interior também, ainda parece zero km. Acredito que muito sobre a conservação do carro vem do seu próprio público também, das revisões feitas em ordem, do uso responsável... Grande parte do mérito do Corolla está aí também...

    ResponderExcluir
  24. Excelência em pós venda da Hyundai? kkkkkkkkkkkkkkk Essa criatura CLARAMENTE não tem um carro da marca e nunca levou um numa css...

    ResponderExcluir
  25. Pq o Corolla faz sucesso?
    Simples, Pq eh Toyota e Toyota >>ALL

    ResponderExcluir
  26. A carlota fica exaltada com o Corolla vendendo mais que gol e up no Brasil.
    Haja ee relinchar.
    O que adiante ter 600 concessionárias sendo que elas não prestam serviço de pós-venda descente?
    A toyota é imbatível no quesito confiabilidade.

    ResponderExcluir
  27. Vende porque brasileiro não entende de carro. Dizer que vende bem porque brasileiro é "esperto" e sabe do que precisa é uma grande piada. Civic tem as mesmas características e é muito mais carro, mas vende um terço do que vende o corolla. Enfim, brasileiro compra corolla porque botou na cabeça que corolla é um "mito", e aceita a ideia Porque é mais fácil, ou burro demais pra saber avaliar os carros corretamente.. Da mesma forma que boa parte dos americanos ainda pensa que bmw é o que tem de melhor, Mercedes também é boa e Audi é meia boca. O que interessa é o que o consumidor prefere, mas tentar justificar o que o consumidor prefere dizendo que o consumidor está certo é diferente. Brasileiro pode gostar mais de corolla, mas não significa que corolla é melhor é que o consumidor está certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OU que o consumidor está certo - e nesse caso não está...

      Excluir
    2. Corolla eh o carro mais vendido do mundo chora mais hater e volta p teu gol quadrado rebaixado com som até o talo ouvindo "deu onda"
      Adoro ver haters pobretoes com inveja

      Excluir
    3. É o carro mais vendido porque nem todo mundo pode comprar Audi, bmw, Mercedes, land rover, volvo... ou seja, carros de verdade...

      Excluir
  28. Quando li não acreditei...http://g1.globo.com/carros/noticia/volkswagen-faz-recall-de-gol-voyage-saveiro-up-fox-crossfox-spacefox-e-space-cross.ghtml

    ResponderExcluir
  29. Resumo da ópera: o Toyota Corolla não é excelente em nada, mas É BOM EM TUDO!!! E assim é um dos carros mais vendidos do mundo!!!
    A Toyota descobriu a alquimia de se conseguir produzir um produto bom, com custos controlados, ótima qualidade e na maioria dos casos, preços competitivos (à exceção em "terra-Brasilis")...

    ResponderExcluir
  30. Parabéns Fábio, ótimo texto. Carro esportivo no Brasil onde a velocidade máxima é 110km/h só serve se vc desrespeitar a lei ou buscar um autódromo. Estou com um Etios faz 8 meses, ótima direção e suspensão muito macia, me surpreendeu.

    ResponderExcluir
  31. A fama do Corolla (e Toyota) decorre de um contexto histórico que remonta à década de 90. Naquela época, praticamente somente existiam 4 montadoras no mercado: Ford,GM, VW e Fiat. Com a abertura de importações, começaram a vir outros modelos, dentre eles o. Corolla. E vistos como superiores, sob a pecha qualificadora de serem importados. Até hoje, mesmo com um amplo leque de opções, comprar um sedan médio de Honda ou Toyota ainda seria uma questão de superioridade de status em cima das 4 montadoras tradicionais (GM, Ford, Volks e Fiat), embora o contexto histórico não seja o mesmo e tbm a superioridade de tais carros seja no mínimo questionável.

    ResponderExcluir
  32. Explicação não convincente!! O sucesso do Toyota/Corolla deve-se a Toyota Bandeirantes. Fama de inquebrável foi transferido pra todos dos carros da marca, até aquele jossa do Etios tem essa fama juntos aos fãsboys da marca.

    ResponderExcluir
  33. Explicação não convincente!! O sucesso do Toyota/Corolla deve-se a Toyota Bandeirantes. Fama de inquebrável foi transferido pra todos dos carros da marca, até aquele jossa do Etios tem essa fama juntos aos fãsboys da marca.

    ResponderExcluir
  34. tô aqui só rachando os bico. carlota sem moral nenhuma!!!!! kkkkkkkk.kkkkkk.kkkkkkkk.kkkkkkkkkk.kkkkkkkk.kkkkkkkk

    mas pessoal o corolla eh mais ou menos, não pode comparar com os VW tsi nunca!

    mas carros aqui eh um absurdo de caro, como toiora honda vw chevrolet e etc.
    esses carros nos estado unidos valem nada monetariamente lá!

    quem pode comprar um Up tsi aqui, com mesmo dinheiro la se compra um golf ou um camaro 2013.

    aqui nossa parece um pesadelo, os precos dos carros!!

    ResponderExcluir
  35. Porque o corola vende tão bem? que pergunta, o povo brasileiro é burro, gosta de dar dinheiro para as montadoras, que tem um lucro gigantesco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vc é burro também ou não tem carro?

      Excluir
  36. Cade as fontes do artigo? O gosto do brasileiro mudou? Baseado em que pesquisa?

    ResponderExcluir
  37. Corolla Pode vender o triplo.
    Mas sempre vou de Jetta. Motor TSI é infinitamente melhor e o carro muito mais prazeroso de conduzir.
    E Essa fama de Corolla inquebrável, é simplesmente porque os vovôs andam pouco e quando andam não aceleram muito, pior ainda atrapalham o transito.

    ResponderExcluir
  38. Gente, o tio não quer saber de perfumarias, ele quer mesmo é tranquilidade e confiança. o corolla é isso.

    ResponderExcluir
  39. Faltou dizer que mais de 45% das vendas do Corolla são para pessoas com necessidades especiais e versões de 69.000 (chamado de versão tecido),que precisa entrar em fila de espera, mas acessível para qualquer um.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.