Car.blog.br

Pesquisar este blog

Hyundai CAOA interrompe a importação do hatch médio i30

Categorias: , , 25 Comentários

A Hyundai CAOA interrompeu a importação do hatch médio i30. O modelo ainda consta do site da marca, mas não é mais encontrado nos revendedores. E também não há definição da chegada da nova geração ao Brasil.


O segmento de hatchs médios foi muito afetado com a chegada dos SUV´s compactos, e no caso do Hyundai i30 tem o fato de que o modelo chega importado da Coreia do Sul, pagando imposto de importação de 35%, torna seu preço final pouco competitivo.


Dessa forma, a nova geração do Hyundai i30 só poderá desembarcar no Brasil caso haja uma mudança na legislação que acabe com o "Super IPI" para modelos importados fora da cota do Inovar-Auto, algo que está sendo negociado para 2018.


Caso isso aconteça, o Novo i30 poderia chegar ao Brasil em 2018, com o motor 1.4 turbo de 140 cv, e transmissão automática.



O visual totalmente reformulado externa e internamente permitiria ao i30 estabelecer uma competição em melhores condições com o Chevrolet Cruze, VW Golf e Ford Focus - todos produzidos localmente.

25 comentários:

  1. É um carro com excelente revenda e encontra-se modelos 2015 com baixa quilometragem e bom preço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente revenda???
      "Bom" para quem compra um usado, mas péssimo para quem vende.

      Se tiver que ficar com um HB médio há opções muitos mais interessantes, como Golf e Focus. [Cruze, só no ano que vem].
      i30 tem interior simples, suspensão mal acertada, conjunto mecânico 1.8L frouxo e beberrão.
      Definitivamente, é um péssimo negócio! ...

      Excluir
    2. Sem falar que era o único aspirado monocombustível do mercado! Uma aberração!

      Excluir
    3. Quando uma loja compra seu carro e vende chama-se revenda. Eu não disse que era bom porque deprecia pouco. Eu disse que era um ótimo carro de revenda ponto. Interior simples e suspensão mal acertada é na sua opinião, em comparação com o golf as avaliações em geral dizem que em pisos irregulares filtra melhor que o GOLF. Acabamento é muito melhor que FOCUS e o preço do GOLF ainda é maior no mercado de seminovos. Apesar das opções citadas (focus tem um motor melhor e um câmbio péssimo, golf tem um conjunto melhor porém cobra por isso e o novo cruze ainda não possui um mercado formado de usados. A questão de ser monocombustível pra mim não é um ponto negativo. Respeito as opiniões acima porém não concordo com os argumentos apresentados, são todos devidamente refutáveis se olhar com atenção para este carro.

      Excluir
  2. Esse carro atualmente é uma grande piada!

    ResponderExcluir
  3. A ganância da caoa.
    Quando veio a primeira geração ao Brasil. Tinha um preço muito bom e vendia a rodo.

    O preço aumentou muito. O motor diminuiu(2.0 pra 1.6) e povo esqueceu dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a CAOA começou a importar a linha Hyundai não existia super IPI. A Kia também vendia muito bem seus carros, o Cerato chegou a ser o 3° sedã médio mais vendido por alguns meses, atrás somente de Corolla e Civic.
      Até a chinesa Jac chegou vendendo bem o J3.
      Colocar 35% em cima do valor final e querer que custe o mesmo que os montados aqui é complicado. E pior ainda é culpar essas montadoras de ganância.
      O governo protegeu as 4 grandes aqui instaladas nivelando a qualidade dos carros por baixo e ainda por cima tirou a competitividade do mercado.
      Tem que ver sempre os dois lados.

      Excluir
    2. Quais 4 grandes???
      Hj temos honda. Toyota(que nos segmentos que atua é líder)
      A própria Hyundai com o hb20 é segunda colocada.
      O imposto está para todas(tbm acho um absurdo o que pagamos)
      Mais nao dá pra justificar a ganância da montadora com o governo.
      Até pq eles tem sim fábrica no Brasil.
      Logo poderiam trazer via ckd o i30 e nao ter problema nenhum de imposto extra se importação.

      Excluir
    3. Luiz, me refiro as 4 grandes que dominavam na época. Hyundai construiu fabrica depois do super IPI. Honda e Toyota sempre foram lideres no seu segmento mas onde se tem mais volume (compactos) não atuavam e ficavam atrás de Renault, Peugeot e Citroën.
      A questão é que as montadoras traziam carros com a mesma qualidade ou até melhores que os montados aqui podendo cobrar menos, pelo fato do custo de fabricação fora do Brasil ser menor que aqui, e ainda por cima pagando as mesmas taxas.
      A ideia do super IPI pra midia era trazer mais montadoras pro Brasil, gerando empregos e receita interna, mas a realidade é completamente diferente, vide os casos de desvio de dinheiro público que estamos vendo agora.

      Excluir
    4. Reiterando que não estou defendendo a CAOA, mas como disse antes, tem que ver sempre os dois lados.

      Excluir
    5. CAOA boazinha, http://epoca.globo.com/tempo/filtro/noticia/2015/10/montadoras-pagaram-propina-pela-aprovacao-de-mp-durante-governo-lula-diz-jornal.html

      Excluir
  4. Se trouxerem esse modelo 2018 com motor e preço competitivo ..

    ResponderExcluir
  5. otimo carro uma pena que reduziram a potencia do motor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse motor nunca forneceu a potência declarada de fábrica.
      O que fizeram foi apenas declarar os valores corretos.
      Na prática, esse 1.8L anda pouca coisa mais que o 1.6L...

      Excluir
  6. Já foram extintos Bravo e I30, o próximo é o 308.

    ResponderExcluir
  7. demoraram pra tirar de linha. era o pior hatch médio disponível, e com o preço com pior cxb

    ResponderExcluir
  8. Deveria interromper também a importação do Elantra, do Azera e do Santa Fé... São todos carros mortos.
    à CAOA interessa vender os que ela monta, como o caminhãozinho , e Tucson (da idade da pedra) e o IX35... O resto já morreu.
    Um dia, matará a Hyundai Brasil.
    E quem viver, verá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hyundai do Brasil morrer?
      Esqueceu que o HB20 é um dos 3 carros mais vendidos do Brasil?

      Excluir
  9. Meu único espanto foi saber que ele não é mais encontrado nas concessianarias, sinal que ele não é mais importado há meses pois para tirar um desse do pátio o vendedor ganha a placa de funcionário do mês e o próprio Mauro Correia liga para agradecer o feito.

    ResponderExcluir
  10. definitivamente a tal CAOA matou esse carro, a primeira geração vendeu muito e ate hoje e muito procurado em usados, veio a segunda meteram motor de hb20 e preço de 80 mil. ninguem comprou ai colocaram o 1.8 quando o carro ja estava no abismo ai deu no que deu. uma pergunta quando acaba essa parceria CAOA e hyundai? quando a hyundai pode tomar de contar de todos os carros vendidos dela aqui no BR?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.