Car.blog.br

Pesquisar este blog

Oficial: PSA compra Opel e torna-se a 2ª maior da Europa

Categorias: , , 15 Comentários

O Grupo francês PSA, controlador de Peugeot e Citroen, comprou a unidade Opel da General Motors em uma transação avaliada em 2,2 bilhões de euros (2,3 bilhões de dólares), criando a segunda maior montadora da Europa.


A combinação deverá gerar economias anuais de 1,7 bilhões de euros até 2026. A PSA espera tirar a Opel do prejuízo e voltar ao lucro até 2020 com margem operacional de 2% até 2020 e de 6% até 2026. .

O acordo inclui a Opel, com sede na Alemanha, e a a Vauxhall no Reino Unido, bem como o braço financeiro da unidade da GM. O banco BNP Paribas SA vai comprar 50 por cento do divisão financeira da Opel por cerca de 450 milhões de euros.

A GM, que é proprietária da Opel há quase 90 anos, optou por vendê-la depois que a divisão falhou em sua meta de parar de perder dinheiro em 2016. Desde 2009 a Opel já deu prejuízo acumulado de cerca de US $ 9 bilhões.

A PSA aposta que as cerca de 1,2 milhão de vendas anuais da Opel vão solidificar sua recuperação e ajudar a diluir custos de desenvolvimento de novos veículos. São prováveis cortes de empregos e de produção, uma vez que as duas empresas oferecem um portfólio semelhante de modelos em mercados de alta demanda, como Alemanha, França e Reino Unido.

Para a GM, vender a Opel significa uma despesa adicional entre US $ 4 bilhões a US $ 4,5 bilhões, pois terá que pagar parte das despesas de pensões dos funcionários da Opel, e pagará ainda à PSA cerca de 3 bilhões de euros para liquidar certos planos de aposentadoria. Ainda assim, o negócio liberará cerca de US $ 2 bilhões em dinheiro, que a GM planeja usar para recomprar ações.

O acordo reinstaura o grupo PSA como o segundo maior fabricante de automóveis da Europa depois do Volkswagen Group, empurrando-o à frente da Renault após um declínio constante na participação de mercado nos últimos anos.

O atual CEO do Grupo PSA, Carlos Tavares, simplificou as operações do conglomerado após o resgate feito em 2014 pelo Estado francês e pela Dongfeng Motor Corp, da China. O foco agora é de crescimento. Sua visão para uma combinação de PSA e Opel é criar um "campeão europeu" cortando custos, combinando esforços de desenvolvimento e explorando o apelo da engenharia alemã.

Com a adição da Opel, a PSA controla 16% do mercado automóvel europeu, colocando-o atrás apenas dos 24 por cento da Volkswagen.

Postagens relacionadas:

15 comentários:

  1. A PSA só sabe fazer 50% dos carros. O motor, por exemplo, não sabe fazer. Teve que pedir ajuda aos universitários da BMW para fazer um motor 1.6 turbo.
    Agora comparam a Opel, muito bem. A Opel até que está atrasada uns 10 anos em relação à VW, mas pelo menos tem um motor 1.0 turbo, um motor 1.4 turbo, e isso poderá ser usado nos carros da PSA.
    Então é claro que a aquisição faz sentido. A PSA está com dinheiro chinês, e ao comprar a Opel, reduz a competição, e adquire uma enorme base de tecnologia, que ela não tinha.
    A Opel, por sua vez, fica melhor nas mãos da PSA que da GM, pois a GM já mostrou que só sabe fazer carro para quem não entende de carro, como brasileiro (vide Onix, que é pior que o Gol em tudo) e americano (que compra banheira ineficiente). Então é melhor a GM esquecer mesmo a Europa, pois lá jamais ela conseguirá competir.
    O problema da GM é que sem a Opel, vai ficar difícil continuar a se modernizar. Esse motor 1.4 turbo do Cruze veio da Opel. E a engenharia da gordoLândia da GM em Detroit já sabemos que está no século XX, ainda.
    Então, o que vemos, japas (Toyota) e americanos (GM/FCA) fazendo carros do século passado e pedindo para o tio Trump fechar o mercado pois eles não estão achando graça de perder mercado para VW nos EUA, que está avançando como nunca.
    Então, GM, ao vender a Opel, acho que é começo do fim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como vc escreve besteira meu deus

      Excluir
    2. Como vc escreve besteira fala sério

      Excluir
    3. Carlos menos, menos... Os motores da PSA são muito bons. Motores premiados na Europa 1.2 puretech e o 1.2 turbo. Sem contar o seu 1.6 aspirado de desempenho decente.

      Excluir
    4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Só não podemos esquecer que a Consumer Reports também avaliou "muito bem" a confiabilidade dos extraordinários carros da VW ...

      Excluir
    5. Tanto os carros da VW são os melhores do mundo que a Audi, que é a marca de luxo da VW, foi considerada a melhor marca do mundo pelo Consumer Reports:

      http://www.car.blog.br/2017/02/audi-e-porsche-faem-z-os-melhores.html

      E mais ainda. A própria VW teve pontuação de testes de 78 pontos, nada menos que 10 pontos acima dos 68 da Toyota.

      E isso para um teste apenas nos EUA, onde a VW cresce há 5 meses consecutivos e a Toyota cai a 5 consecutivos. E a Audi cresce a 76 meses consecutivos.

      http://www.car.blog.br/2017/02/eua-vw-e-subaru-crescem-fca-gm-ford-e.html

      Como se não bastasse, a VW superou a Toyota em 2016 e se tornou a maior do mundo:

      http://www.car.blog.br/2017/02/oficial-volkswagen-supera-toyota-em.html

      fatos. apenas fatos.

      Excluir
    6. ^^ Orelhada. Carros da VW melhores do mundo? Nunquinha.

      Excluir
    7. Fanatismo é foda.

      Daí criticamos os tais "torcedores" que saem unicamente para brigar sob o pretexto de honra de seus respectivos times; dos religiosos que vem nos perturbar o sossego; mas nunca dos fan-lovers destes fóruns quando defendem esta ou aquela marca, mesmo com dados concretos e inquestionáveis, apenas para sustentar o ego de que a "minha escolha é a verdade absoluta".

      Ledo engano, e lamentável postura de pessoas de sabedoria tão pequena ...

      Excluir
    8. PSA com Opel e Vauxhall será o grupo mais "transeuropeu" de todos. Vamos ver como francês, alemão e inglês se comportam sentados numa mesma mesa.
      Sabemos que alemão e americano não dá muito certo, haja visto Mercedes-Chrysler e Autolatina.

      Excluir
    9. PSA é um grande grupo automobilístico. Os que falam mal vão estudar a história bicentenária dá Peugeot.

      Excluir
  2. Péssima notícia para os europeus, menos um concorrente num mercado que já é extremamente fechado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é tão ruim assim porque a Opel não era viável nas mãos da GM. Já com a PSA tende a sobreviver. Então realmente tem uma redução de competição. Mas ok. O.mercado e assim mesmo. Tem momentoa de consolidação.

      Excluir
    2. Os europeus estão é comemorando a aquisição, nessa o Carlos tem razão. O presidente da PSA já disse que não haverá demissões na Opel e nenhuma fábrica será fechada. Inclusive irão investir algumas centenas de milhões de euros na fábrica da Opel portuguesa para montar uma nova plataforma ultra-moderna. A entrevista do presidente da PSA foi dada hoje cedo, e a notícia foi transmitida em diversas rádios e Tvs européias.

      Excluir
  3. Essa união vai dar bons frutos. Fico feliz por darem continuidade a uma indústria que inspirou design. Pois os GM de hoje com influência coreana/americana são sem identidade.

    A linha Opel sempre foi a mais bela. Tem história e know How. Peugeot mande bem. Renderá bons carros e sinergia de tecnologias. Principalmente nos motores maiores.

    ResponderExcluir
  4. Enquanto isso hoje em aqui em sbc a volks nos procurou(trabalhadores) dizendo que se não houver um corte de 3 mil funcioarios há grande chances de fechamento da planta...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.