Car.blog.br

Pesquisar este blog

Golf GTE marca 44 milhões carros produzidos - Wolfsburg

Categorias: 6 Comentários

Precisamente 44 milhões de veículos foram produzidos na principal fábrica da Volkswagen em Wolfsburg desde o seu início de operação há cerca de 72 anos. O veículo marcou o evento foi um Golf GTR na cor Dark.

VW Golf GTE 2018

Com 44 milhões de veículos produzidos, a maior fábrica de automóveis da Europa em Wolfsburg atingiu um novo marco na produção de veículos. Desses 44 milhões, a lista é liderada pelo Golf, com cerca de 18 milhões de veículos, seguido pelo Beetle, produzido até 1975, com quase 12 milhões de unidades.


Atualmente, a fábrica de Wolfsburg da Volkswagen produz as séries Golf, Golf Sportsvan, Touran e Tiguan, incluindo veículos elétricos. Desde que a produção começou em 2014, quase 70.000 modelos e-Golf e Golf GTE deixaram as linhas de produção. A unidade de Wolfsburg da Volkswagen é, portanto, a unidade de produção da empresa com o maior volume de produção de veículos elétricos.


A planta também produz componentes por meio de áreas de negócios especializas em plásticos e em chassis. E é uma fornecedora de sistema interno de produção do Grupo Volkswagen. Além da fábrica de veículos Volkswagen de Wolfsburg, que tem obtém 100% desses componentes da unidade, ela fornece peças também para outras plantas da Volkswagen, Audi, SEAT e ŠKODA em todo o mundo.

6 comentários:

  1. O design do Golf reestilizado é ainda mais refinado, com um jeitão chique. Tem cara de coisa boa, de qualidade.

    ResponderExcluir
  2. É verdade. E não acho que esse facelift tarde a chegar por aqui. Como não houve mudança de plataforma e nem de estamparia, os custos de atualização da linha de montagem não são tão altos. Não me espantaria se no final deste ano ou no início de 2018 já tivéssemos unidades comercializadas em terras tupiniquins.

    ResponderExcluir
  3. O problema não são os impostos. O problema são as fabricantes cobrarem lucros em cima da porra de um imposto. E isso acontece lá nos EUA também! Se lá cobram 7%, então a mintadora cobra 14%. O que não dá nem pra sentir. Agora, aqui... 40% de imposto, cobram 80%! O que realmente faz o preço do carro dobrar no brasil. Então a culpa continua sendo das fabricantes!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse abusa do direito de relinchar.

      Excluir
    2. Huahuahua......essa foi demais!!! Não consigo mais parar de gargalhar!!!!

      Excluir
  4. Quando teve o salão do automóvel em SP tive a oportunidade de ver e andar no passageiro com um instrutor da WV. Esse GTE de motor 1.4 + o elétrico é um canhão. Sinceridade, Deixa o ótimo GTI comendo poeira. A arrancada desse carro é uma coisa fantástica.... De final o GTI ganha, mas esse carro de acordo com o instrutor faz 22 km/l na cidade.Compraria sem dúvidas.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.